reciclagem com iniciativa, criatividade e bom gosto

Existem vários projetos de reciclagem utilizando garrafas pet para diversos fins, mas muitos são feios e tem cara de que foi catado no lixo. Mas essa casa ficou realmente simpática. A arquiteta boliviana Ingrid Vaca Diez desenvolveu uma técnica para reutilizar garrafas plásticas e de vidro para construir casas. Ela enche as garrafas com leite em pó vencido, fuligem, areia e até esterco, para erguer as paredes. Com a ajuda de outras seis mulheres, Ingrid juntou quatro mil garrafas e levantou a primeira casa. O acabamento é feito com argila, que reforça a estrutura das paredes. Cada metro quadrado tem cerca de 80 garrafas, e a casa tem dois quartos, banheiro, cozinha e sala. A iniciativa pretende construir casas para 500 famílias da região, e Ingrid também pretende transformar o local em um atrativo turístico, com parque aquático com barcos, pedalinhos e lagos artificiais para cultivo de peixes. São iniciativas como essa que me fazem acreditar que a palavra sustentabilidade, apesar de cansada, ainda tem o seu foco.

As imagens eu peguei do blog Dimdoum e as informações do Pequenas Empresas & Grandes Negócios.

para dar um up na decoração sem gastar muito

Eu adoro essa história de decorar gastando pouco, afinal, decorar gastando rios de dinheiro é bem mais fácil. Adorei essas ideias que vi numa matéria da Casa & Jardim sobre a mostra Morar Mais por Menos. São ideias simples, de fácil execução, baratas, e que podem ficar lindas.

A roda de bicicleta foi pintada de branco e colocada na parede, o antigo lustre ganhou retalho para mudar de visual, as luminárias de papel e flores artificiais também ficaram uma graça e cheias de cor. O antigo varal foi pintado e virou um lustre para várias lâmpadas, a mesa de tampo de vidro ganhou outra roda de bicicleta e um visual bem descolado. Os joelhos (esses canos de pvc) viraram ganchos na parede, caixas de mdf viraram nichos e as garrafas de vinho com uma roda de um antigo carro de chá viraram um belo lustre. E para finalizar, um pufe feito de lata de tinta com uma almofada em cima, e uma estante feita de escadas de madeira e prateleiras.

Tudo muito interessante, né?

Adorei :)

SORTEIO – Kook Temperos do Mundo

Sejam bem vindos ao primeiro sorteio do Ideias! \o/

Ah, eu tô tão feliz de poder compartilhar aqui no blog mais do que as fotos ou os textos,  poder oferecer um produto tão bom para vocês. E quando eu digo bom, é bom de verdade.

Esses temperos da Kook são um produto recente no mercado. Os irmãos Bruno e Gustavo Accioly juntaram a paixão pela cozinha com um espírito empreendedor, e criaram a Kook Temperos do Mundo. São sais e pimentas importados de vários países, com altíssima qualidade.

Além do produto, todo o material da marca é de muito bom gosto. Os irmãos Accioly contrataram Henrique Zirpoli e Rodrigo Perrelli para desenvolver toda a identidade da marca, desde o nome, até as embalagens. Sim, eu sou apaixonada por embalagens e essas são as minhas preferidas no mercado atualmente, sem dúvidas. E ainda o Studio Aurora desenvolveu todo o site da Kook, onde você pode conhecer mais sobre a marca e os produtos, ver umas receitas e saber onde comprar.

Eu fiquei muito feliz quando recebi de presente esse kit de sais e pimentas, junto com mais outro para sortear aqui no blog. Fiquei uma semana experimentando cada um deles. Primeiro, me encantei com a praticidade de ter as tampas moedoras. Achei genial, porque além de prático é bem mais saudável moer sal e pimenta da hora. O sal defumado vai muito bem com carne, mas também funcionou deliciosamente para temperar o tomate seco. As pimentas são a minha perdição. Aromáticas, saborosas, ardidas na medida certa. Ai, como eu amo pimenta. Então para que eu pudesse espalhar esses sabores de forma mais justa, resolvi contemplar não apenas uma, mas duas pessoas. Serão dois sorteios.

sorteio: kit com 3 pimentas

Pimenta do Reino Preta – Origem: Indonésia

Pimenta do Reino Verde – Origem: Índia

Mix de Pimentas – Origem: Sudeste da Ásia

sorteio: kit com 3 sais

Sal Marinho – Totalmente natural, originário do oceano Atlântico

Sal do Himalaia: Colhido dos antigos depósitos de sal das montanhas do Himalaia

Sal Salish: Sal defumado com madeira de amieiro, originário do oceano Pacífico


Para participar você deve seguir o @ideiasfds e postar a seguinte frase no Twitter:

Eu sigo o @ideiasfds e quero ganhar um kit de sais ou pimentas da Kook Temperos do Mundo http://migre.me/153IY

O sorteio será realizado na sexta-feira, dia 20, e é válido para todo território nacional :)

E eu vou ficar muito feliz por quem ganhar, porque o negócio é realmente muito bom.