batidas para o carnaval

batida para o carnavalEm Recife já é carnaval. Alguns dizem que é desde o ano passado, alguns que começou depois da virada do ano. Pra mim, começa mesmo quando a gente entra no clima. E coloca as roupas coloridas, tira os sapatos velhos e confortáveis do armário, e taca brilho na cara. Começa mesmo quando a gente vai sozinho pro meio da rua sabendo que vai encontrar todo mundo, e se perder, e se encontrar e se perder de novo. Dá pra ver que o carnaval começa quando vemos as pessoas indo comprar pão com flores na cabeça e camisas de chita, porque o carnaval é um estado de espírito que vai além dos blocos. E quando a gente vê que começou, tem mais é que curtir o máximo que der, porque infelizmente “no melhor da festa chega a quarta-feira”.

No carnaval a gente abstrai de muita coisa pra curtir, né? Esquece o calor, o suor, a chuva, o sol. Esquece até da cerveja quente. Mas como essa parte é uma das poucas que nós podemos fazer alguma coisa pra mudar, eis que chega a hora das batidas. Eu sou apaixonada por cerveja, sem dúvidas é a minha bebida. Mas no carnaval, por exemplo, eu sou do wisky e da cachaça. Menos líquido que entra é menos líquido que sai, concorda? E enquanto mulher isso faz toda diferença na praticidade da folia. Mas como não são bebidas que eu realmente encho a boca pra dizer que gosto, eu dou meus pulos pra deixar mais gostoso e fazer a alegria da galera, né isso?

E foi assim que sugiram as minhas batidas. Comecei a fazer pra primeira prévia que eu fui esse ano, levei debaixo do braço 1,5 de batida congelada, que foi descongelando e eu fui bebendo, e fui distribuindo pros amigos. E todo mundo que provava fazia uma cara feia pela cor verde e pelo cheiro, mas quando provavam se surpreendiam. Sim sim, foi uma batida de abacaxi com gelo verde (couve e hortelã) e gengibre. Ficou fera, viu? Então resolvi fazer mais algumas cores e sabores diferentes pra dar uma variada. E trago aqui a receita de 5 batidas que podem garantir a alegria do seu carnaval hahay! Porque além de lindas, coloridas e gostosas, elas ficam geladas por mais tempo e, aqui pra nós, rola até beber quente, ao contrário da cerveja… Então senta e acompanha:

Observação: Todas as batidas daqui são feitas com uma média de 500ml de cachaça e preparadas para garrafas plásticas de 1,5L. E a quantidade de açúcar (e de todos os outros ingredientes, naturalmente) pode variar de acordo com o gosto do freguês :)

1. Mijo do Hulk

Carinhosamente apelidada pelo amigo Sebba, durante a prévia do Amantes de Glória.
batida para o carnavalbatida para o carnaval
500 ml de cachaça

1 abacaxi pequeno

Folhas de hortelã (pra mim, quanto mais refrescante melhor)

Gengibre fresco ralado (é termogênico, então além de dar um sabor ótimo vai dar uma instiga a mais pra subir e descer ladeiras)

Açúcar a gosto

Bate tudo junto no liquidificador, dá uma peneirada pra tirar o bagaço do abacaxi e do gengibre e coloca na garrafa. Completa com água, dá aquela misturada e bota pra congelar. Fechou.

2. A cor mais quente

Sensualmente apelidado pela querida Bruninha Lins, e não podia ter nome melhor.

batida para o carnavalbatida para o carnaval

500ml de cachaça

8 limões expremidos

200ml de Curaçau Blue

Açúcar a gosto

Esse nem precisa bater no liquidificador, eu fiz a mistura direto na garrafa, usando um funil. Coloquei a cachaça, o curaçau, os limões já expremidos e na hora de colocar o açúcar eu já diluí na água, pra facilitar. Aí completa com água até encher e taca no congelador. É a batida mais forte, já que Curaçau Blue tem um teor alto também. Mas… Se não guenta porque veio?

3. Vampiro Doidão

Saudosamente apelidado por Raul Seixas.
batida para o carnavalbatida para o carnaval
500ml de cachaça

2 caixas de morango

4 limões expremidos

Folhas de hortelã

Gengibre fresco ralado

Açúcar a gosto

Claro que podia ser só morango… Mas com todos os ingredientes na mão resolvi incrementar. Pra mim limão e hortelã são sempre bem vindos, e como o gengibre é a instiga do termogênico, somei também. Bate tudo no liquidificador, coa, completa com água e bota pra congelar. É o mais “engana moça” de todos. Docinho, bonitinho, vermelhinho, deixa você bebinho. hahaha :P

4. Mecânica

Cinéfilamente apelidada por Rommel, que foi a única pessoa que já experimentou todas as batidas.
batida para o carnavalbatida para o carnaval 500ml de cachaça

200ml de tanjal

Gengibre fresco ralado

Essa eu nem coloquei açúcar, porque o Tanjal já é tão doce, né? Aí bati o gengibre com a água, coei e juntei ao resto. Completa com água e congela. :)

5. Ciroleza

Radicalmente apelidada por Ciro, que constatou que é a bebida cotista da lista.batida para o carnavalbatida para o carnaval

500ml de cachaça

500ml de suco integral de uva

Açúcar a gosto

Outra que nem precisa bater nada, é só misturar direto na garrafa. Mistura tudo, completa com água e congela.

Gostaram? Então aproveitem as dicas, façam novas misturas e voltem pra contar o resultado (do que lembrarem, claro). :P

E que venha o carnaval! Hahay!batida para o carnaval

capuccino caseiro light

capuccino caseiro lightcapuccino caseiro lightcapuccino caseiro lightcapuccino caseiro lightcapuccino caseiro lightDuas coisas que são a cara da segunda-feira: café e dieta. E essa receita bate aí nesses dois lados :P

Eu sou apaixonada por café, gosto de todo jeito. Quente, gelado, puro, misturado, licor, no drink, com chocolate, de todo jeito. E essa versão de capuccino é uma delícia. Cremosa, saborosa e light :) E o bom dela é que você também pode ir fazendo do seu jeito. Com mais ou menos chocolate, mais ou menos café. Aqui é só uma base, mas as quantidades vão do gosto do freguês :)

No liquidificador você vai colocar um sachê de café solúvel (eu uso o extra forte) e bater pra ele ir ficando fininho.
Depois junta 200g de leite desnatado em pó (bate mais um pouco) e umas 8 colheres de sopa de achocolatado diet (eu uso aquele Gold). Pronto, é só isso. Bate mais até incorporar todos os ingredientes e acabou :)

Como opcional da receita você pode colocar 1 colher de chá de bicarbonato de sódio, pra fazer aquela espuminha. E também pode acrescentar canela a gosto. Depois é só colocar uma média de uma colher de sopa cheia pra uma xícara. Eu coloco um pouco mais porque gosto mais forte, aí também vai do seu gosto. A dica é ir colocando a água quente aos poucos e mexendo, pra não ficar com bolotas e ficar bem cremoso.

Como o achocolatado, apesar de ser sem açúcar, já é bem doce, eu não adoço mais na xícara, mas quem quiser pode ou bater adoçante em pó na mistura, ou adoçar na hora de servir. Versátil essa receita né? :)

Então que a semana comece assim, leve e ligada pra todos nós :)

cookie pop de goiabada

cookie pop goiabadaGente, essa receita é a coisa mais fácil do mundo todo. E pense numa coisa GOSTOSA. Além de ser linda, né? :) Então se liga no passo a passo que é mel na chupeta. Ou goiabada… :Pcookie pop goiabada

Primeiro um parênteses pra um depoimento do coração: esse doce de goiaba cremoso é a coisa mais gostosa que eu comi nos últimos tempos. Sério, gente. Ele é o tipo de coisa que nem precisa de receita, sabe? Ah, coloca na bolacha, em cima do queijo, na panqueca, na tapioca, no pão. Ele é tipo um requeijão doce, vai bem com tudo. Então vai com fé e mantém um desse do armário que vai fazer sucesso quando você menos esperar ;)cookie pop goiabadacookie pop goiabadacookie pop goiabadacookie pop goiabadacookie pop goiabadacookie pop goiabadacookie pop goiabadacookie pop goiabadacookie pop goiabadacookie pop goiabada

Então, voltando pra receita. Pra usar um pacote desse de Doce de Goiaba Cremoso Tambaú (280g) você precisa de 200g de biscoito Maria, que é meio pacote. Então pode dobrar a receita se precisar, claro ;) Olha que coisa fácil. Primeiro você tritura a bolacha no liquidificador até virar uma farinha. Aí depois mistura o doce de goiaba e pronto hahaha :P É basicamente isso. Aí você faz as bolinhas, espeta os palitos de churrasco cortados na metade e coloca no congelador por uns 15 minutos pra endurecer.

Enquanto isso, você derrete uma barra de chocolate branco. Aqui pra nós, eu fiz a besteira de colocar 1 minuto seguido no microondas, aí terminou dando uma queimadinha :x Então se liga pra colocar 30 segundos, tirar, mexer, colocar mais 30 segundos, tirar, mexer, até ficar bem molinho. Então é só montar os pirulitos. Tira do freezer, mela até a metade da bolinha no chocolate branco, encosta num granulado colorido e pronto. É só espetar em algum lugar ou colocar num copo assim como eu fiz.

A textura dele fica ótima, porque é firme mas quando morde é cremoso, coisa de louco. Além de ficar uma gracinha pra decorar uma festa, né? Achei um doce feliz :D E a parte mais feliz é fazer, porque ele é tão fácil e fica tão bonito que parece ser alguma coisa que dá o maior trabalho hahaha :P É bom que valoriza a receita :Pcookie pop goiabada

E ainda dá pra servir em forminhas como um docinho diferente dos tradicionais brigadeiro, beijinho e bem casado. Fica a dica ;)

* Post em parceria com a Tambaú

andando pro trabalho

Mudar de emprego é sempre mudar a rotina, né. E a minha mudou bastante. Estou trabalhando no Recife Antigo, que pra quem não sabe, é um dos lugares onde é mais difícil de estacionar na cidade. Cercado de Zona Azul por todos os lados, as ruas vivem lotadas e conseguir uma vaga é pura sorte. É a terceira vez que eu trabalho no Recife Antigo, em épocas diferentes, e posso dizer com conhecimento de causa que a melhor coisa é procurar meios de locomoção que não precisem de estacionamento.

Sim, eu poderia ir de bike, mas ainda tenho medo da distância e do trânsito… Além disso, preciso comprar capacete, colocar a bicicleta na revisão, essas coisas que a gente sempre vai deixando pra depois, sabe? E, além disso, eu sou uma pessoa que AMA andar. Eu acho que sou capaz de ir pra qualquer lugar andando, sério. Gosto mesmo de uma caminhada.

Aí num dia desses, depois de pegar 50 minutos de trânsito e de passar 50 minutos rodando atrás de uma vaga pra parar o carro, resolvi que só iria de carro quando realmente precisasse. E desde então praticamente não tenho precisado. Alguns dias eu vou e volto de ônibus, que apesar de ter o mesmo trânsito do carro, me parece bem menos cansativo e estressante do que dirigir e ter que estacionar. Mas como na vida da gente algumas pessoas são anjos feitos, na minha vida tem Ju (do Pitadinha).

Ela mora bem pertinho do meu atual trabalho, e abre as portas da casa dela pra mim, que chego pôdi de suada, pra tomar um banho antes de pegar no batente. É muito amor, viu? E não é só isso. Das 3 vezes que já fui andando e tomei banho lá, nenhuma eu saí de mãos vazias hahaha :P Um dia um bolinho do aniversário de Daniel, outro dia uma bolachinha, ontem foi a superação. A moça me deu uma marmita completa, gente. Almoço phyno com camarão, couscous marroquino e legumes, bolacha integral, cocada zero açúcar, castanhas e frutas desidratadas. Porque não basta dar a comida, tem que ser dentro da dieta, né? Olha, é um amor de mãe mesmo… O tipo de coisa que eu não tenho como agradecer <3 marmitamarmitaAh, e ainda me dá a chance de ser inundada pela beleza desse sorriso logo cedo. Gente, overdose de amor, morri.

Aí quando fiz a caminhada de casa pro trabalho da primeira vez, comentei no Facebook e meu amigo Mauro Faccenda, que também faz as caminhadas pro trabalho, me mostrou o tumblr dele. Ele tira algumas fotos no meio do caminho e posta no Andando pro Trabalho. Eu ainda não tinha pensado em fazer isso, porque de um jeito ou de outro eu também estou no objetivo da atividade física. Então vou caminhando rápido, com o celular tocando música dentro da mochila, focada no trajeto. E tudo que eu via eu pensava que era apenas pra mim e pra minha memória. Ah gente, ir andando pro trabalho é muito mais do que ir andando pro trabalho. É um tempo onde você pode olhar melhor a cidade, as pessoas, o caminho. É um tempo pra pensar na vida, no corpo, no coração, na mente. Na verdade, é uma terapia, é isso.

Mas ontem eu resolvi que tentaria algumas fotos no meio do caminho. Saí de casa um pouco mais cedo com o objetivo de ir num ritmo mais moderado e de esticar um pouco mais a caminhada. A ideia era tirar fotos sem parar de andar. Por isso muitas estão com um certo ~movimento~ e poucas aí da sequência são “posadas” hahaha :)andando pro trabalhoandando pro trabalhoandando pro trabalhoandando pro trabalhoandando pro trabalhoandando pro trabalhoandando pro trabalhoandando pro trabalhoandando pro trabalhoandando pro trabalhoandando pro trabalhoandando pro trabalhoandando pro trabalhoandando pro trabalhoandando pro trabalhoandando pro trabalhoandando pro trabalhoandando pro trabalhoÉ quando a gente pode reparar um pouco mais no trânsito, nas praças, nos rios. Nas calçadas, nas pessoas, nos prédios. É quando a gente pode reparar de todo mundo que tá ali na rua está indo pra lugares diferentes, pensando e sentindo coisas diferentes. É divertido ir andando e pensando no que as pessoas estão sentindo… Pressa, raiva, estresse, prazer. Enfim, ir andando pro trabalho é ser transbordado de informações sobre mil coisas diferentes. Que se a gente for parar pra pensar, mostra como a gente é pequeno diante desse mundo que, algumas vezes, a gente pensa que domina.

Então se você não puder ir caminhando pro trabalho, tenta dar uma caminhada pela cidade. Um dia, ou outro. Só pra poder viver um pouco disso, que as vezes passa batido entre um carro e outro. Um elevador e outro. Um expediente e outro. A gente esquece que existe muita, muita vida lá fora. E aqui dentro também. E a gente precisa pensar nela com carinho. <3andando pro trabalhoandando pro trabalho Nota mental: lembrar de passar protetor solar da próxima vez, pra não ficar com a marca do short e da camisa. hahaha

Página 3 de 2191234567...203040...Última »