sobre isso de “vai dar tudo certo” (ou um papo de bar na minha cabeça)

vai dar tudo certo Quando eu era mais nova eu carregava a máxima de “toda história tem um final feliz, se não foi feliz é porque ainda não chegou ao fim”. Mas demorei pouco tempo para perceber que o conto de fadas não era bem assim. Nenhum fim é realmente feliz. Feliz é o começo, o durante, o pra sempre. O fim das coisas sempre é meio triste. E quando falo isso não estou dizendo de relacionamentos, mas de tudo. Por mais tranquilo, calmo e certo que seja, se o meio foi feliz o fim há de ser triste.

Então acompanhando uma situação delicada que aconteceu com uma família muito querida, que envolvia saúde, amor, esperança e muita força, presenciei a corrente do “vai dar tudo certo” ficando super forte. E esse mantra se espalhou para essa situação, para outras, para meus amigos, familiares e eu tomei essa máxima pra mim. Todos os dias eu olho pra minha canequinha em cima da mesa e penso: vai dar tudo certo.

Foi quando conversando com essa minha amiga que ajudou a espalhar a corrente, ela comentou que a parte difícil desse mantra é “às vezes é se desfazer do que colocamos como ‘certo'”. E mesmo que ela tenha dito que a partir daí a conversa só se terminaria numa mesa de bar, isso ficou na minha cabeça. E não é que é a maior verdade?

Por exemplo, quando a gente termina um relacionamento perguntam logo: não deu certo, né? Mas pra mim é exatamente ao contrário. Todos os meus relacionamentos deram certo. Super certo. Os namoros curtos, os namoros longos, os casamentos, todos deram certo. Todos foram felizes. Quer dizer que foram perfeitos? Claro que não, o conto de fadas lá de cima caiu faz tempo. Mas deram certo do jeito que tinham de ser, e tiveram o seu fim. O fim foi feliz? Não, de nenhum deles. Mas deu certo, e aí que o conceito de certo pode mudar.

Quando eu fui demitida da agência que eu trabalhava há alguns anos foi porque não deu certo? Não. Foi a coisa mais certa do mundo. Foi certo eu ter entrado e eu ter saído, e até hoje agradeço por isso ter me ajudado a dar um grande passo na minha vida profissional. Deu certo e teve seu fim. O fim foi feliz? Não, mais uma vez. Mas se a gente se apegar ao final das histórias, será sempre a parte mais triste. O que faz a gente se perguntar se deu certo, se foi certo, certo, certo. Certo é a vida estar acontecendo enquanto nós temos fé e força que tudo vai ficar bem.

Então já que está chegando o final de semana e eu estou com essa reflexão de bar na minha cabeça, resolvi compartilhar com vocês. Porque a partir do momento que nos desapegamos do que é o “certo” damos a chance de ver que realmente tudo vai dar certo, e se isso não é motivo pra gente ser feliz, eu não sei mais o que é. :)

Boa sexta-feira, gente!

buscas malucas que chegam ao blog

googleHá um tempo atrás eu cheguei a postar algumas vezes as buscas malucas que as pessoas faziam no Google e, por acaso, davam aqui no blog. Eu sei que não é nada original, mas dia desses eu me peguei curiosa e ri tanto com os resultados, que resolvi compartilhar de novo por aqui. :P

“ser pai engraçado” Tá afim de ser descoladão, né?

“provas de amor inusitadas” Se tá no Google não é mais tão inusitada assim, hein.

“personalidade de pessoas tatuadas” Freud explica?

“cansade dessa palhaçada blog” Olha realmente, viu. Esse pessoal que tem blog, coisa séria… Afe.

“as vezes o que agente precisa” É completar a frase antes de jogar no Google.

“amor sem sexo é amizade ?” Sério que isso é uma pergunta?

“amizade sobrevive a brigas?” Chora não, po. Sobrevive sim, fica tranks.

“alegria quando compartilhada se multiplica” Que bonito isso, você que escreveu?

“adoro me exibir de mini saia para meu sogro” Ahhhh safaaaaada! Confesso que fiquei chocada com a busca e intrigada dela ter caído aqui no blog oO

“acho q não tenho coração” Pra fazer uma busca dessa acho que é mais falta de cérebro, mas tudo bem. 

“abandonar tudo e ir embora” Sacudir a poeira e dar a volta por cima, super apóio.

“ideias de coisas pra postar no instagram” e “comentários de fim de semana para facebook” Tem gente que busca no Google dicas pra alimentar as redes sociais, e você aí reclamando de quem posta foto comida.

“hoje e sexta ta na hora de tomar serveja fotos engracadas” HAHAHAHAHAHAHA!

“eu pensei que a minha vida ia ser assim” A vida nunca é exatamente como a gente pensa que ela seria, cara. Fica a dica.

“ele tirou até meu bigode chinês” Arrasou na plástica, amiga.

“como faço para colocar numeros em uma planta de casa feito no paint” A parte mais difícil tu já fez, po. Uma planta de casa feita no paint não é para os fracos.

“bares escondidos no recife” Tá mal intencionado, né? Estamos de olho.

decoração com cores suaves

decorar com cores delicadasdecorar com cores delicadasdecorar com cores delicadasdecorar com cores delicadasdecorar com cores delicadasdecorar com cores delicadasEu estou numa fase de colocar cor em casa. Sempre tive uma pegada mais rústica na decoração, mas agora estou misturando com elementos mais modernos e adicionando cor onde eu posso. Mas geralmente são cores mais fortes, sabe? Mais intensas mesmo. Aí quando eu vi essa casa lá no SignePline, toda em tons tão delicados achei de uma paz incrível.

Acho que me sobe aos olhos justo por nunca ter uma decoração assim tão clara. Talvez por ter cachorro, talvez por ser estabanada mesmo, mas a verdade é que sempre optei por tons escuros ou intensos. A paleta de lilás dos detalhes nas almofadas, junto com o amarelo e o verdinho ficou linda. Quando vejo um ambiente assim eu fico imaginando uma família de mulheres com vestidos floridos, talvez ruivas com sardas, carregando cestas com maçãs e flores.

Já experimentou essa reflexão de olhar para um lugar e imaginar as pessoas que vivem lá? É uma terapia feliz. Indico. :D

alguns sites pra ouvir qualquer música (ou uma música qualquer)

Eu sempre fui uma pessoa com faniquito auditivo, e já falei disso por aqui antes. Mas com o tempo e o trabalho nos ambientes barulhentos felizes da criação das agências de publicidade, eu fui me acostumando a ouvir mais música. Confesso que não tenho uma banda preferida, um estilo de música preferido e nem uma rádio preferida. E foi por isso que eu conheci tantas bandas legais que eu não tenho ideia do nome hahaha :)

Pois é, eu sou a típica pessoa ~eclética~ que reflete a máxima de “quem gosta de todo tipo de música não gosta de nenhum que preste” hahaha Mas, no final das contas, música pra mim tem que agradar na hora que é ouvida e pronto. Se agradou, cumpriu o seu papel. A maioria do tempo que eu tô ouvindo música é no trabalho ou no carro, poucas vezes eu tô ouvindo música sozinha em casa, sou mais meus programas de culinária, não vou mentir hahaha

Muitas vezes me pego carente das músicas da minha adolescência, e nas rádios só toca metal, do melódico ao pesado, e eu batendo cabeça. As vezes eu tô numa vibe sexta-feira-bagaceira e fico ouvindo funk proibidão com músicas pop-lixo qualquer, e me divertindo horrores sozinha. Então passo por um ska ou surf músic ~maneiro~ e volta e meia caio no peso do funk roots e soul. Mas tem dias que olha, só um triste blues e um bom jazz fazem minha cabeça trabalhar. Meu único problema é trabalhar com MPB, que eu termino me concentrando mais na música do que no trabalho, fora isso, deu pra ver que eu sou realmente ~variada~ nos sons hahaha :)

Então pra quem gosta de dar uma animada, aqui tem alguns sites que eu escuto música pra trabalhar :D

Superplayer

A rádio que tem sentimentos <3 Você pode escolher pelo gênero, pela atividade que você vai fazer, pelo sentimento do momento, como você preferir. E você ainda pode misturar os estilos e tudo mais, então aqui vai uma dica: faça sua combinação de três rádios que você curtiu, e jogue a “pé na jaca” no meio. Mesmo que você passe a música quando ela começar, vai garantir um sorriso no meio da playlist hahaha :P

TuneIntuneinEssa na verdade eu conheci esse fim de semana e só ouvi no aplicativo do celular, mas já achei o site e dá no mesmo. Não sei se eu dei sorte, mas no app do iPhone eu não cheguei a pegar propaganda no meio das músicas, mas no site peguei várias na sequência. Mas se você não se importa muito, dá pra curtir umas playlists fera.

Grooveshark

groovesharkEssa é pra quem gosta de fazer suas playlists e ir ouvindo. Algumas bandas não estão mais disponíveis lá por conta de direitos autorais das gravadoras, uma tristeza. Mas ainda tem muita coisa legal e vale a pena criar umas playlists que suprem aquela necessidade de músicas específicas. Eu mesma tenho algumas tipo “Adolescência peso” e também faço algumas pra prévia de shows, tipo, “Guaiamum Treloso 2013″ com algumas bandas que tocaram e tal. Vale a pena ;)

DeezerdeezerEsse eu também baixei primeiro no celular, mas ele tem um período trial pra você viciar e depois fica pago. Mas no site é de boa ouvir tranquilo. Você pode escolher algumas rádios por estilo, algumas são assinadas e tal. E você também pode escolher uma banda e ouvir a rádio dela, aí ele casa várias de estilos parecidos pra você ouvir na sequência. É massa :D

Então pra quem mal ouvia música no dia-a-dia, eu estar aqui fazendo post indicando rádios pra passar o dia de fones de ouvido, é uma grande evolução, hein? hahaha :D Espero que gostem e quem músicas boas tragam bons momentos pra vocês <3

Ah! E se tiverem outras rádios e playlists pra indicar, façam as honras :D

Página 30 de 229« Primeira...1020...27282930313233...405060...Última »