antes e depois de um banheiro


decoracao de banheiro
decoracao de banheirodecoracao de banheirodecoracao de banheirodecoracao de banheiroConfesso que decoração de banheiro é uma coisa que pouco me passa pela cabeça… Sei lá, sempre penso que uma pia organizada, um espelho bonitinho e mais um charme no revisteiro ou algo assim, já é suficiente. Talvez eu pense isso porque tenho sempre tantas coisas na frente pra decorar antes do banheiro, como a sala, a cozinha e os quartos, que eu nunca pare pra pensar exatamente nessa parte da casa. Mas quando eu vi esse antes  depois lá no site da Minha Casa, eu vi que esse banheiro merece o meu respeito.

Achei a reforma muito digna e o lugar ficou lindo, gente. Assim, eu acho massa essas molduras de espelho estilo “camarim”, mas eu não teria algo com tantas luzes assim, só penso no gasto de energia. :P Mas achei uma graça. As cores, os detalhes, o móvel inteligente, tudo. As pastilhinhas pequenas no chão e no box também ficaram muito fofas.

Enfim, admiro quem pensa nesse ambiente como um lugar “decorável” e investe nele. :D

Bom fim de semana, gente!

quando não é dia de cozinha

Tem dias que não é nosso dia na cozinha, né? Ontem foi assim comigo. Eu tô doente, a gripe me pegou de jeito. Na terça-feira voltei mais cedo pra casa do trabalho com crises de tosse horríveis, corpo mole, tive febre, vomitei, coisa linda só que não. Na quarta acordei com o corpo massacrado das crises de tosse. Sério, gente. Era de doer até meu couro cabeludo. E um plus: acordei com cólica. Eu tinha vontade de chorar cada vez que eu tinha que tossir, porque todos os meus músculos estavam doloridos. Tenho certeza que crises de tosse queimam mais calorias e trabalham mais músculos do que muito treino em academia :P

E por conta disso fiquei em casa pra repousar e melhorar. Eu devia ter percebido que, com tanta zica, ontem não era o meu dia. Mas a pessoa sozinha em casa, sem internet, sem tv a cabo, sem disposição pra colocar o pé pra fora de casa, o que restava? Experimentar algumas receitinhas na cozinha, que fossem simples, fáceis e não demandassem muito esforço. Não tinha como dar muito errado, né? Não. Tinha como dar errado. E deu. Vamos a saga.

Primero eu resolvi tentar o cottage caseiro de Pitadinha. Acho que fiquei com medo do leite ferver e desliguei antes da hora, não sei. Pode ser a qualidade do leite, ou do limão. Enfim, o resultado é que o bicho não “engrumou”. Ainda tentei dar uma esquentada a mais e ainda tentei coar, mas ele nem pelo pano passou… Mas acontece, né? Depois vou tentar de novo. :P

Aí resolvi fazer o bolo de canela também de Pitadinha, afinal, um bolinho quentinho é quase um auto cafuné, né? E eu já paquerava ele desde que ela postou no blog. A receita é simplinha, eu só troquei o açúcar por adoçante culinário e pronto. Forno. Fiz o teste do palito e, apesar dele não estar com uma aparência muito bonita, pareceu pronto. Tirei, desenformei e… tava solado. Eu achei que era porque eu troquei o açúcar por adoçante… Mas o gosto tava bom, sabe? Apesar da textura estranha. Fiz uma caldinha com chocolate 85% de cacau, água e adoçante pra cobrir e comi achando bom mesmo solado. Aí, por desencargo de consciência, fui ver a validade do fermento. Eu nunca faço bolo, nem lembro da existência dele. VENCIDO DESDE 2011! hahahaha! Não tinha mesmo como dar certo. :P Vou refazer com um fermento que preste porque a receita é deliciosa :D

Aí dei uma descansada, tirei um cochilo, e acordei com ainda mais cólica. :( Eu merecia um docinho, né? Aí vi no Saboridades uma receita de trufas do bem. Pareciam tão lindas e suculentas. A receita não podia ser mais simples. Três ingredientes misturados e só. Não tinha como dar errado. Fon. Deu. De novo. Misturei e nada da parada ficar cremosa que nem a dela. Mas mesmo assim arrisquei fazer umas bolinhas e… Não. Ficou ruim. Arrisquei um pouco de adoçante… Arrisquei um pouco de pasta de amendoim… Nada fez dar certo. Foi tudo pro lixo.

Então eu resolvi jacar. Ahhh! Eu tava sozinha em casa, doente, com cólica, tudo já tinha dado errado. Liguei o foda-se. Peguei uma xícarazinha, coloquei leite condensado, misturei com cacau em pó e taquei no microondas. 15 segundinhos eu abri, olhei, misturei e coloquei mais 15. Foi suficiente. Suficiente pra transbordar a porra toda, sujar o microondas inteiro, derrubar metade da minha gordice e me fazer comer o resto com raiva. Sério, po! Como até isso deu errado? PQP. Não era meu dia na cozinha. Definitivamente.

Mas… Eu não desisto. Eu ainda não tinha almoçado e precisava de alguma coisa salgada no bucho, né? Com preguiça e um pouco de receio de fazer qualquer coisa pro almoço, resolvi fazer uma tapioca. Lá em casa o tapioqueiro oficial é Manoel, eu nunca tinha me metido pra fazer. Mas sempre olhei e, poxa, é tão fácil. Não tem mistério, né? Espalha a massa, coloca o recheio, pronto. Tá lindo. Só que ontem não ia ser tão simples, né? Coloquei a massa e algo deu errado. Ficou uns buracos, e quando eu tentava tapar com mais massa quebrava tudo. Ahhh inferno! Joguei a massa no lixo, peneirei mais e fui de novo com fé. Deu um pouco mais certo… Ficou meio grossa, meio dura, mas pro saldo de coisas que já estavam dando errado até que ficou boa.

Aí consegui dar mais uma relaxada, dei mais um cochilo, assisti um filme triste na sessão da tarde. Relaxei e desencanei de fazer qualquer coisa na cozinha. Tudo que tinha pra dar errado já deu, né? Vamo combinar. Aí lá pro final da tarde eu lembrei que tinha que fazer o almoço de hoje… Venci a preguiça e no começo da noite voltei pra cozinha. Já tinha deixado o frango no tempero de manhã e fui colocar pra cozinhar e desfiar. A meta era fazer o famoso Salgado Maromba da Tati Guidi. Aí coloquei o frango lá na panela com água, deixei a tampa semi aberta e fui colocar os pés pra cima no sofá. Eis que no meio do meu relax aquele barulho na cozinha. Sim sim, a água do frango subiu mesmo com a tampa semi aberta, transbordou, sujou o fogão todo e escorreu até o chão. E você aí achando que desgraça pouca é bobagem.

No final das contas consegui fazer o Salgado Maromba ficar gostoso, mesmo fazendo no mixer porque não tenho processador :P Mas acho que ainda preciso acertar umas coisas pra ficar 100%, aí eu trago aqui pra contar história. :D

Enfim, esse foi o resumo do dia que eu nunca devia ter pisado na cozinha. Todo mundo tem um desses, né? Ou não… :P

copos com fundo estampado – diy

Eu adoro conhecer blogs novos :) Principalmente quando são brasileiros, lindos e com um conteúdo cheio de carinho e atenção. A leitora Branda mandou uma inbox lá na fanpage do blog no Facebook me indicando o Hoje Tem Visita, dizendo que achou a minha cara <3 E eu adorei no primeiro clique. É o tipo de indicação que você se sente elogiado por lembrarem de você :D

Tem muita coisa linda, comidinhas gostosas, inspirações fofas, decoração, projetinhos do it yourself. Vale muito a visita :)

Copo-com-fundo-colorido

E foi de lá que eu roubei esse projetinho lindo de fazer copos com o fundinho estampado. Gente, que coisa simpática isso. Receber os amigos em casa e ter um copinho lindo assim faz toda a diferença, né? Então vou repassar aqui o passo-a-passo justo como a Laura postou lá no blog. Primeiro os “ingredientes” pra essa receita da fofura :)

- Copos de vidro com o fundo reto

- Cola branca

- Guardanapo de papel estampado

- Lixa fina

- Pincel

- Rolinho

- Verniz geral (só serve este verniz, tá? Tem uma foto dele lá embaixo)

- Solvente para limpar o pincel (pode ser aguarrás – o verniz geral não sai com água)

Copo-com-fundo-colorido

1. Desgrude a folha do guardanapo que tem a estampa. Os guardanapos são formado por três camadas, você só precisará de uma delas.

Copo-com-fundo-colorido

2. Passe cola branca no fundo do copo e cole o guardanapo estampado, com a estampa virada para o vidro.Copo-com-fundo-colorido

3. Passe o rolinho delicadamente por cima para o guardanapo grudar e alisar bem.Copo-com-fundo-colorido

4. Deixe secar por 24 horas.

Copo-com-fundo-colorido

5. Depois que estiver seco, você precisará lixar para tirar os excessos. Com uma lixa fina, lixe as laterais.

Copo-com-fundo-colorido

6. Ficará assim:Copo-com-fundo-colorido

7. Com pincel, passe uma camada de verniz geral. Deixe secar por 24 horas. Para limpar o pincel depois, você precisará de aguarrás. Não tente limpar com água porque não sai (eu tentei, rsrs, e só fiz bagunça). Depois de aguardar as 24 horas, pegue a mesma lixa fina e lixe bem por cima da estampa. O guardanapo já vai estar seco e completamente grudado no copo, então não vai estragar. O objetivo é só tirar as irregularidades. Depois de lixar passe um paninho seco para tirar o pozinho que fica. Passe mais uma mão de verniz geral e deixe secar por 48 horas.Copo-com-fundo-colorido

8. Está pronto!!! Olhem que lindo que ficou:Copo-com-fundo-coloridoCopo-com-fundo-colorido

Lindos, né? Ela conta que já fez em pratos de vidro e que super funciona também. A dica é só não lavar na máquina pra conservar melhor a estampa. Poxa, dá pra ver a quantidade de possibilidades? Jarros, copos, pratos, xícaras, bandejas, tudo. Agora vou querer sair colando em tudo que é vidro dentro de casa hahahaha :D

Fica aí a inspiração linda pro resto da semana :)
Copo-com-fundo-colorido

suflê de cenoura e abobrinha com iogurte natural

sufle de cenoura e abobrinha com iogurte naturalNa vibe das comidas mais saudáveis, essa ganhou um espaço cativo. E tenho que dizer que a combinação com os cubrinhos de frango grelhados foi providencial pra dar um up no sabor. Então anota aí que o lance é simples, gostoso e leeeeve pra começar a semana com o pé direito. :)

Primeiro você vai refogar cebola, alho, uma cenoura ralada e meia abobrinha em cubos. Tempera com sal, pimenta, ervas e um pouco de curry, e coloca um dedinho de água para os legumes cozinharem. Se precisar, coloca mais um pouco depois junto com a gema de um ovo (opcional). Enquanto nisso, bate 5 claras em neve com o suco de meio limão.

Quando o recheio já estiver bem cozido, desliga o fogo e mistura um copo de iogurte natural desnatado e também vai super bem também uma ricota esfarelada aí no meio ;) Então é só misturar o recheio bem delicadamente com as claras em neve, colocar numa travesssa de vidro e levar pro forno até dourar. Para a marmita eu juntei uns cubos de frango temperados com alho, sal, pimenta e vinagre balsâmico (como sempre) e grelhadinhos. Combinou MUITO.

E aí, essa é bem fácil, hein? E pra aproveitar, que tal comer uma sobremesa deliciosa? É só cortar uma maçã, colocar canela e aquecer por 1 minutinho no microondas. Pronto. :D Fica a inspiração de uma alimentação gostosa e saudável pro resto da semana.

macã assada com canela

 

Página 40 de 228« Primeira...102030...37383940414243...506070...Última »