são joão com histórias e a receita vencedora

Primeiro, gostaria de agradecer a todo mundo que participou! Espero que tenha valido a experiência de relembrar histórias antigas e felizes, e também das receitas. Eu já guardei algumas que pretendo fazer :D

Mas como só uma pessoa podia ganhar, fiquei lendo e relendo cada história. Afinal, uma tábua linda dessa de Pedro Melo, feita exclusivamente pro São João da Tambaú, não podia correr o risco de ser entregue por uma história qualquer, não é? :)
Tábua de Carne 01

Então foi por isso que eu escolhi essa história de amor. Ah gente, histórias de amor sempre serão as mais linda pra mim <3 Sou dessas hahaha :) Ainda mais quando tem um príncipe, uma princesa, um final feliz e é de verdade! :) Então parabéns Adri! Sua história foi escolhida e você vai ganhar uma dessas tábuas de Pedro Melo e um kit de produtos da Tambaú! :)

Captura de Tela 2014-06-18 às 17.04.37Ah, e a receita também é muito boa! Então se você se inspirou com a receita e quer fazer dela uma simpatia pra esse São João, anota aí que Adri deixou bem detalhadinho:

Ingredientes:

. 1 lata de leite condensado
. 1 xícara (chá) de creme de leite fresco (240 ml)
. 100 g de coco ralado
. 1 xícara de milho ralado e cozido
. 1 colher (sopa) de manteiga

Para decorar:
. Coco ralado a gosto

Modo de preparo:

No liquidificador, bata o leite condensado, o creme de leite, o coco ralado, o milho e a manteiga. Transfira para uma panela, leve ao fogo brando, mexendo sem parar até engrossar e soltar do fundo da panela. Deixe esfriar, molde os docinhos, passe-os no coco ralado e sirva nas forminhas.

Espero que o São João de vocês seja uma delícia! <3

* Post em parceria com a Tambaú Alimentos

são joão com histórias e promoção

Tábua de Carne 03Eu não sei quais são as comidas que eu mais gosto, se são das da Semana Santa ou do São João.. Mas a verdade é que eu comemoro só ter essas datas uma vez no ano, se não o bicho (e o bucho) ia pegar hahaha :P E com a chegada do São João vem a lembrança dos feriados passados, das comidas, das festas, das danças, da paquera. Todo mundo tem uma história de São João, né? E sempre tem uma comida boa no meio.

E toda receita também tem uma história, né? Seja na hora de fazer, na hora de comer, ou na hora de separar os ingredientes. A comida tem memória, eu acho. Então que tal puxar na memória uma receita bem gostosa e que tenha uma história inesquecível?

A receita que tiver a história mais legal vai poder comemorar o São João com uma linda tábua ilustrada dessas, do artista (e querido amigo) Pedro Melo, que criou esse material exclusivamente pra Tambaú. Olha, capricha na história porque essas tábuas são a coisa mais linda e eu sou super afim de ter uma pra mim. Agora é a sua hora de aproveitar a oportunidade.

Ah, e não é só isso. O vencedor também leva um super kit de produtos da Tambaú, que vai garantir que as receitas cheias de história também fiquem cheias de sabor. :)

Tábua de Carne 01IMG-20140611-WA0010Então é assim:

Comenta aqui nesse post dizendo a receita e a história até o dia 17/06, encerrando as participações às 17h. Não esquece de colocar o nome e o e-mail no formulário do comentário, pra gente poder entrar em contato, ok? Então eu vou escolher a história mais legal pra ganhar a tábua ilustrada de Pedro Melo e o kit de produtos Tambaú. O resultado será publicado aqui no blog no dia 18/06.

Agora é só caprichar na história e comentar! Boa sorte, gente!

sorteio de são joão

*Este post é uma parceria com a Tambaú Alimentos.

feliz ano novo pra mim

Tem gente que ama aniversário, tem gente que odeia. Eu não sei de qual dos lados eu fico, na verdade. Acho que sou geminiana demais até pra isso. Eu tenho um inferno astral que costuma me botar pra chorar uns dias antes, e se vier junto com uma TPM daquelas então, fodeu. Ao mesmo tempo eu também não sou daquelas que ama fazer aniversário e trata isso como o melhor dia do ano. Eu acho que eu gosto mesmo é de uma boa farra cercada de gente querida, sabe? E o que são as festas de aniversário se não isso, né?

Eu encaro o aniversário como um ano novo de cada um. Aquele momento de virada só seu. E, assim como todo ano novo, é um momento de reflexão, balanço, análise. E, nossa, se eu for pensar em tudo que aconteceu na minha vida nesse meu último ano, eu posso dizer que foi um ano e tanto. E que eu tenho mesmo é que comemorar.

Eu diria que foi um ano de descobertas. Descobri pessoas que eu vou levar pra vida inteira. Dessas pessoas que você conhece e parece que sempre esteve por perto, sabe? Amigos incríveis. Descobri músicas novas e a minha incrível capacidade de me viciar em coisas que eu acabei de conhecer. Descobri receitas novas que eu repito sempre. Tenho descoberto um pouco a cada dia como é trabalhar pra uma empresa minha, construir meu pé de meia. Descobri que tem amor que a gente vai descobrindo a conta-gotas, e que é o melhor jeito de amar. Descobri que por mais que a gente mude e evolua, tem coisas aqui dentro que serão sempre iguais.

Todo dia eu descubro alguma coisa nova sobre mim. Não sei se sou eu mudando, ou me conhecendo, ou se eu sou demente mesmo pra passar 28 achando coisas diferentes na minha própria personalidade. Mas a verdade é que se descobrir é uma reflexão diária, e que a gente termina só fazendo o balanço em dias como o ano novo.

E acho que também é um momento pra gente agradecer pelas coisas boas, sabe? O que será da nossa vida, do nosso dia de amanhã, se não houver gratidão? Então eu queria muito agradecer aos amigos que estiveram comigo em momentos difíceis, e nos felizes também, nesse último ano. Não adianta dizer nome por nome, vocês sabem quem são e o quanto são importantes na minha vida. Agradecer a minha mãe por me mostrar cada dia a força que eu herdei dela. Agradecer ao meu pai por sempre me apoiar nas minhas decisões, mesmo nem sempre concordando com meus passos. Agradecer ao meu irmão e a minha irmã por me mostrarem o lado bom da saudade, e que o bom de ser a irmã mais velha e poder acompanhar os passos de cada um, desde sempre, pro orgulho do caminho ser dobrado. Agradecer a Chica por ser minha companheira de vida todos os dias. Agradecer aos meus sócios que embarcaram nessa aventura empreendedora comigo, pela paciência com as diferenças, pela força nas dificuldades e pelos motivos pra comemorar. Agradecer a você, meu bem, por me lembrar todos os dias que temos todo tempo do mundo.

Agradecer a cada pessoa que me acompanha um pouco e vive um pouco da minha vida junto comigo. Porque eu gosto de viver assim, livre e abertamente, compartilhando minhas alegrias e minhas angústias. E fico feliz quando, de alguma forma, me vejo ajudando alguém a se entender também. Obrigada mesmo.

E que venha mais um ano. :)

casamarela

drops de uma rápida viagem

Eu fiz uma viagem super rápida, mas foi tão boa e tão cheia de coisas legais, que eu vou compartilhar em pequenos drops fotográficos aqui, pra não passar em branco :)

IMG_0001Toda viagem que se presa, começa com uma foto do aeroporto. Mentira, mas essa começou.

IMG_0002 (3)Eu escolho meu lugar no avião com antecedência porque eu gosto de sentar na janela. Não é pra ver do lado de fora, é apenas pra dormir mais confortável mesmo. Eu sou dessas que começa a dormir antes do avião decolar, sabe? Pronto. E eu já estava irritada com a menina sentada do meu lado que era só eu pegar no sono que ela metia a mão na janela e abria. E eu acordava com o sol na cara. Aí eu pedi pra ela não fazer mais isso, e o que ela fez? Esperou anoitecer e foi lá e abriu de novo. Ainda bem, porque eu pude ver essa cena linda de entardecer. Obrigada por isso, moça.

IMG_0003 (2)Porque em Recife não tem cigarrete? Sim, é só um enroladinho frito de queijo com presunto. Mas porque não tem? Cigarrete é o gosto da minha infância em Juiz de Fora, e só de pensar eu fico com água na boca. Eu não vou em Juiz de Fora sem comer um cigarrete, é fato.

IMG_0014 (2)Essa foto nem precisa de legenda, eu acho. Acho que dá pra ver o amor nos olhares e basta.

IMG_0004 (1)Na casa da Vó é assim: panelão pra família inteira. E sempre tem mais. Mais gente e mais comida. Êta família grande, sô.

IMG_0015 (2)Esse é me pai tirando selfie na igreja. Bregado.

IMG_0006 (3)Juiz de Fora é assim, morro pra todo lado. E eu, que sou dessa cidade plana abaixo do nível do mar, enxergo nesse cotidiano uma beleza encantadora.

IMG_0005 (1)Este é papai e seu ombro recém operado no casamento de Leandro e Maísa. Obrigada pela piada pronta, Valesca.

IMG_0007Este é o Rio de Janeiro sendo lindo mesmo num dia feio, e o Bar Urca sendo gostoso até debaixo de chuva.

IMG_0016 (1)Esse é o casal querido e amado do meu coração, que não importa a distância e o tempo que afaste a gente, parece que estamos sempre na mesma sintonia. Rafa e Cami, é amor o nome disso.

IMG_0009 (1)Esse é Marley no alto dos seus 12 anos de malandragem. Filho do casal aí de cima. :)

IMG_0010 (3) Este é o bom dia na casa de Rafa e Cami, e a comemoração da volta da delícia de blog: Naminhapanela.com :) VIDA LONGA! \o/

10376077_10152499024620972_4583260991195503228_nDescobri esse pastel de costela do Antigamente pelo Foursquare. Estava tomando um chopp no bar do lado, abri pra ver as dicas e resolvi mudar de mesa. E foi a melhor coisa que eu fiz. Além de ter visto como é bom sentar num bar sozinha, tomar um chopp, comer uma coisa gostosa e olhar o movimento. São os benefícios de fazer uma viagem só.

IMG_0011Esse é o Projeto Morrinho no Museu de Arte do Rio. Dá vontade de ficar horas só olhando e sendo surpreendido por cada pedaço da mensagem.

IMG_0017 (2)Vista do MAR.

IMG_0018 (2)Bezerra da Silva no MAR.

“A favela nunca foi reduto de marginal.

Ela só tem gente humilde marginalizada,

essa verdade não sai no jornal.

A favela é um problema social.” 

Bezerra da Silva – “Eu sou favela” – 1992

IMG_0013O Manifesto de Arte Pornô no MAR.

IMG_0012 (2)A descoberta do sanduíche de perfil perfeito. Com molho, cebola e abacaxi, acompanhado de uma Terezópolis estupidamente gelada. Lá no Opus.

E a viagem teve muito mais. Foi muito mais. Mas é que nem tudo se fotografa ou se pode descrever. Tem coisas que a gente só sente mesmo, aí fica difícil compartilhar. Mas voltei dessa viagem com bons pensamentos sobre viajar sozinha, planos pro futuro e alguns objetivos. É, viagem mexe com a gente, né? :)

Página 7 de 229« Primeira...45678910...203040...Última »