home sobre mim sobre o blog mídia kit

Todos os posts sobre 3 porcento

indicação de seriados


Esse é o tipo de post que eu nunca pensei que faria aqui no Ideias. Primeiro, porque há um ano atrás eu simplesmente não via séries. Nenhum tipo delas. Eu não conseguia acompanhar e, aqui entre nós, eu sou dessas que dorme em filme. Pode ser ótimo, o melhor, animadão, eu posso estar amando, mas eu simplesmente durmo. Puff. Simples assim. Então por essas e outras eu nunca tinha pensado em acompanhar uma série.

A primeira tentativa, anos atrás, foi com Lost. Podem me apedrejar, mas eu achei uma merda. Ela até pode ser boa, revolucionária, genial e blá blá blá. Mas eu, Anna Terra, não gostei e parei antes de terminar a primeira temporada. Então foram anos sobrevivendo lindamente sem os tais seridados, até que entrei nesse mundo e não sei se vou conseguir sair :P Então trago aqui para vocês algumas indicações de séries que eu vi/estou vendo e indico. Lembrando que eu não sou crítica de cinema, série ou novela, hein. Essas indicações são totalmente baseadas no meu achismo e no meu gosto pessoal. Depois não digam que eu não avisei :P

Lie to Me

Essa foi a primeira que eu comecei a ver valendo, e adorei. Foi indicação de Rafa e Cami, que assistem umas 1571651 séries ao mesmo tempo :P É a história desse cara que é irônico, grosso, estúpido e genial. Ele trabalha estudando microexpressões do rosto e do corpo, para saber se você está mentindo, falando a verdade ou o que você quer (ou não) dizer. Eu via um episódio atrás do outro compulsivamente. Tenho que admitir que muito por conta do Dr. Lightman, que me cativou incrivelmente com esse jeito meio doido dele. Ver um eposódio atrás do outro pode até ser chato, porque fica meio repetitivo e você começa a achar as histórias muito parecidas. Mas ainda assim eu só consegui parar de ver quando a série foi interrompida na terceira temporada.

 

The Big Bang Theory

A famosa série dos nerds e da gostosa. Todos falavam e falavam e eu nunca tinha visto. Até que  eu comecei a trabalhar no núcleo digital, cercada de nerds por todos os lados, e foi amor ao primeiro eposódio <3 Tenho que dizer que até o toque do meu celular virou a música de abertura da série (sou dessas). Gente, é muito divertida. MESMO. Assisti loucamente as 4 primeiras temporadas, um episódio atrás do outro, e fiquei contando os dias para a chegada da 5 temporada, que estreou esses dias e veio tão legal quanto as outras. Todos os personagens são muito bons. TODOS. Os atores são muito bons e parece que nasceram para esses papéis. E eu ainda posso contar com o meu pouco conhecimento de cinema e a minha memória de peixinho dourado para simplesmente não lembrar de nenhum dos atores em outros filmes antes. Então, pra mim, eles são os personagens de verdade :P

 

House

Eu tenho uma relação de amor e ódio/medo com House. Assim como Lie to Me, o que me faz ver cada episódio é o Dr. House. Ele é irônico, chato, mal amado e genial. Mas tenho que dizer que gosto de ver TV (ou cinema, tanto faz) pra me divertir, relaxar, ou ficar vidrada numa história fascinante. Mas os episódios de House são pra mim quase um filme de terror. Aquele que você tampa o olho mas deixa uma brechinha pra ver a desgraça. Isso tudo porque eu sou uma fraca, claro, e fico impressionada com as pessoas tendo ataques, convulsões e quase morrendo a cada episódio. Por isso não é a série que eu mais viciei na vida, porque eu sou uma frouxa. Mas é muito boa e eu super indico. Mas também não é pra você ver um episódio atrás do outro porque, além de ficar repetitivo, você pode ter pesadelos se for tão besta quanto eu. :P

 

Game of Thrones

Essa é, sem dúvidas, a mais incrível e viciante de todas as séries que eu já vi. Lembra que eu disse que eu durmo em filmes? E que simplesmente posso estar amando e eu apago? Pronto. Os filmes tem em média 2 horas, né? Pois é. Eu ganhei a primeira temporada completa de Burguinhos, e cada episódio tem mais ou menos 1 hora. Pasmem: eu consegui assistir 8 num dia, num feriado desses, um atrás do outro. Porque eu tinha assistido um no dia anterior e assisti o último um dia depois. E em 3 dias (que poderia ter sido só em um ou no máximo em 2) eu terminei a primeira temporada e estou sedenta pela segunda. Tanto assim que comprei o livro, para ler tudo que eu já assisti, e ainda assim me surpreendo e estou amando. É uma produção FODA, com atores incríveis, figurino, fotografia, trilha sonora e, principalmente, um enredo show de bola. Tem muita putaria e mulher pelada? Tem. Tem muita violência e cabeças rolando? Tem. Tem. Mas também tem uma surpresa a cada episódio. É, sem dúvidas, a série mais imprevisível que eu já assisti. Mas só assista se você curtir essa onda mais épica e de fantasia, porque se não nem vale a pena.

 

SVU – Law & Order – Special Victims Unit

Eu adoro filmes policiais. Acho que são o meu tipo preferido para os dias que não são sexta-feira. É porque pra mim sexta é dia de comédia romântica e filmes que a gente pode rir sem pensar muito, sabe? Acho que herdei esse interesse por filmes policiais da minha mãe, que sempre viu vários e eu assisti muitos com ela. Então quando ela e Malu me indicaram SVU, eu fui dar uma conferida. A questão é que essa série é super antiga e já está na 13a temporada e eu tenho o TOC de ter que começar do começo, sabe? Então ainda estou na primeira temporada, vendo episódios que parecem rodados (e devem ter sido) no final dos anos 90. O que não faz eles serem piores e, por sinal, me parecem bem atuais. Então pra quem gosta de série policial e pra pensar um pouquinho mais, fica a dica ;)

 

Modern Family

E, por fim, a mais divertida de todas. Sim, The Big Bang Theory é FODA, mas é que com Modern Family eu dou GARGALHADAS, sabe? De rir alto MESMO. É um besteirol com um estilo de humor que eu não sei definir, mas que eu agradeço a cada episódio por Dani ter insistido tanto para eu assitir. Eles são bobos, irônicos, conversam com a câmera e as vezes dão umas lições bem clichês, mas até isso é ótimo. São três famílias diferentes e bem modernas, interligadas por alguns parentescos. Eu não vou nem falar muito para não estragar a surpresa se você decidir assistir o primeiro episódio da primeira temporada. Vale a pena, gente. Porque as vezes tudo que a gente precisa é dar boas risadas vendo uma besteira na televisão (ou no computador), e Modern Family tem sido esse escape pra mim. Por isso que eu devorei as duas primeiras temporadas e fiquei me coçando até sair a recém-lançada terceira temporada. E eu já assiti os três primeiros episódios. Quedê mais, gente? :)

Entre essas eu ainda vi alguns episódios do clássico Friends, que eu nunca tinha visto numa sequência para entender de verdade (me matem), e também vi a série brasileira 3 porcento, que lançou o seu episódio piloto e está esperando para fechar com alguma emissora para poder continuar. Eu gostei bastante, viu? Achei o tema interessante e a produção bem bacana. Eles disponibilizaram o episódio piloto completo em HD no Youtube, e você pode ver aqui.

Então é isso, gente. Espero que vocês gostem e, agora que eu já sou uma viciada mesmo, podem me deixar outras indicações por aqui. Quem sabe eu não arrumo mais um seriado pra viciar? :P



© 2016 - ideias de fim de semana