home sobre mim sobre o blog mídia kit

Todos os posts sobre abertura

onde comer e beber em vitória


Como eu disse no post de ontem, sobre meu bate e volta na cidade de Vitória, a visita foi rápida demais. Aí vai dar pra resumir tudo que eu fiz aqui, num post só hahaha :P E já vou adiantando as minhas desculpas pelas fotos… Não levei câmera, então ficou por conta do iPhone mesmo. Aí umas até enganam, mas outras entregam. Mas o que vale mesmo são as dicas, então aqui vai! :D

Saidera Botequim

Saideira BotequimSaideira BotequimSaideira BotequimSaideira BotequimSaideira BotequimSaideira BotequimSaideira BotequimO Saidera Botequim foi o bar que me levaram na única noite que eu passei na cidade. Do aeroporto direto pra agência, da agência direto pro bar. É assim que eu gosto. :P O bar é bem simpático e fica no que eles chamam de Triângulo das Bermudas, que é um complexo de bares e restaurantes bacanas. Parece que tem algumas coisas fechando por lá, mas pra mim não tirou o charme do lugar.

Eu já comecei a ficar animada com o nome do lugar. Mamãe e papai sempre me contaram das histórias das suas “saideiras” por aí, e tomar uma saideira já virou piada lá em casa. A gente toma duas cervejas e uma grade de saideira hahaha :) E sim, pra quem não sabe, meu pai é esse aparece na foto onde meu sorriso está mais aberto :D Onde ele trabalha tem uma fábrica lá em Vila Velha e ele aproveitou pra unir o útil ao agradável ;)

O Saidera é bacana, tem cerveja gelada e petiscos deliciosos. O que eu experimentei posso indicar de olhos fechados, que são os pastéis que foram embora tão rápido que nem deu tempo de fotografar :P A calabresa com molho de maracujá que olha, eu nunca pensaria que uma combinação assim fosse ficar tão boa, viu? E a vedete da noite que foi a polenta frita com molho de calabresa. GENTE, é imoral. Sério.

Aí deu pra entender como foi que começou a viagem e porque eu tô comendo salada com peixe grelhado até hoje, né? hahahaha :P Enfim, vale a visita, a comida, a bebida e a companhia valeu demais! Os amplianos capixabas e meu papai foram maravilhosos! :D

Kiosque do Alemão

Kiosque do AlemãoKiosque do AlemãoKiosque do AlemãoClaro que eu não ia sair de Vitória sem experimentar a tradicional moqueca de lá, né? Como eles bem gostam de dizer “moqueca é capixaba, o resto é peixada”. Diferente da moqueca baiana, a de lá não leva azeite de dendê, o que deixa ela mais leve e, aqui pra nós, mais saborosa também. Então quando se falou em comer moqueca ninguém teve dúvida em indicar o Kiosque do Alemão. Infelizmente o dia não estava lá muito bonito, mas o visual é bacana, na beira da praia. Infelizmente foi corrido demais, entre um expediente apertado e a minha palestra, só deu tempo de comer e ir embora sem pagar a conta hahaha

Pedimos uns pastéis que olha, são super recheados e mega suculentos! Se você é desses que come feito um passarinho, se comer um pastel desses não vai querer almoçar :P E pra mesa gigante também pedimos moqueca de cação, de camarão, de banana (que é tradicional na cidade) e também arroz de polvo. Tudo estava bem gostoso mas, pra mim, teve um sério defeito. Tudo leva MUITO coentro e gente, eu não consigo gostar de coentro :(

Como diz papai, eu só gosto de coentro mexicano. Eu aqui e ele lá no México! Pode parecer frescura, besteira, mimimi ou o que for. Mas meu paladar não consegue tragar o tal verdinho. Mas catando daqui e dali deu pra comer e experimentar de tudo. E olha, pra quem tem tanto pavor desse tempero eu comi bem e posso indicar sem medo de errar: é uma delícia!  Na foto a galera da Ampla que se reuniu pra almoçar comigo. Olha, fiquei toda boba, viu? Feliz de verdade. Não tem bolo de rolo que pague uma companhia dessa ;)

Abertura

AberturaAberturaAberturaAberturaTrabalho resolvido, palestra dada, dever cumprido, tive a oportunidade de curtir as minhas últimas horas em Vitória na companhia do meu pai, tomando um chopp e conversando bem muito. Tem coisa melhor? Fomos no Abertura, que já tinham indicado pra gente, e foi uma ótima pedida. É o tipo de bar que eu gosto. Tem mesa na calçada, tem mesa lá dentro, tem vários rótulos de cerveja e tem até chopp da casa!

Poxa, eu sou uma apreciadora de cerveja, sabe? Apesar de não ser das mais chatas, exigentes ou entendidas do assunto, eu sou das que gosta e acho que isso já é grande coisa :P O chopp pilsen da casa é bem gostoso, nível chopp Brahma que pra mim é o melhor, só que um pouco mais amargo, o que faz dele ainda mais gostoso. Vale demais a pedida. O amendoim é cortesia da casa e dá pra enganar enquanto se conhece o cardápio.

Eu tive vontade de comer mil coisas de lá, tem umas salsichas especiais, umas coisas meio alemãs. Mas como só estávamos eu e papai, tinha que ser só um petisco mesmo, aí pedi a especialidade da casa. Eu esqueci o nome agora, mas é um frango empanado recheado com queijo e presunto que olha, é imoral. É desses que você vai comendo, comendo, comendo, enche o bucho e continua comendo, sabe? Pronto. Vale demais a pedida.

Enfim, foi isso. Rápido e intenso. Mas posso dizer que já estou com saudades de Vitória, das pessoas queridas e com vontade de voltar com meu amor do lado pra conhecer mais dessa cidade charmosa.

E aí, quem tem mais dicas da capital capixaba? :D



© 2016 - ideias de fim de semana