home sobre mim sobre o blog mídia kit

Todos os posts sobre anna terra

um ano novo realmente novo


Eu sou péssima de aniversários. Tipo, muito ruim mesmo. Primeiro porque eu não gosto de dar parabéns para as pessoas pelo Facebook, aí vejo lá a data e fico de ligar ou mandar uma mensagem e o dia passa e eu não mando nada. E muitas vezes esqueço a data mesmo, passa batido por mim várias vezes. E isso de pessoas amadas, queridas mesmo, familiares e tudo mais, é triste. Mas a verdade é que, quando eu lembro ou sou lembrada dos aniversários, eu passo o dia pensando na pessoa. Recordo de momentos bons ao lado dela e tudo mais, mas na hora de mandar a peste da mensagem, eu não mando. Não sei porque, quero até melhorar nisso. Mas a verdade é essa. Pelo menos as boas energias eu mando, sempre mando. :)

E pra mim, o aniversário é o ano novo de cada pessoa. Aquele momento de colocar as coisas na balança, ver o que está dando certo, como mudar o que não está dando. E esse meu ano novo será realmente novo. Diferente de tudo que eu já vivi. Estou num momento de busca interior pela felicidade e realização, deixando meu coração guiar meus passos e com a certeza de que o meu propósito de vida é ajudar as pessoas e fazer uma diferença positiva na vida delas. E é bem busca disso que eu vou. E eu já dei o primeiro passo.

Nesse meu ano eu estou decidida a ir em busca só daquilo que me faz bem. Porque eu acredito que podemos ser felizes na vida e ajudar os outros a serem mais felizes também. Pode ser uma utopia romântica, mas o que esperar de uma pessoa que é inteira coração? Comigo quero só os de bom coração, ao meu redor quero só os de boa fé. No meu caminho quero aqueles abertos a viver intensamente, o hoje e o amanhã. Meu maior presente hoje é estar começando, com o pé direito, esse meu ano novo. De verdade.

Obrigada a todos que estiveram e estão do meu lado, a cada dia, me ajudando a construir um pouco da minha vida e da minha história. Cada um faz uma diferença enorme no meu dia. E mesmo que eu esqueça seu aniversário, não fique chateado comigo. Ainda vou melhorar nisso.

Vamos ser felizes, que é o melhor presente que podemos nos dar. :)


curso social mesa de bar


social mesa de bar 1social mesa de bar 2Quando o pessoal da Camino Criativo me chamou pra ministrar o curso Social Mesa de Bar, eu já me animei. Tanto porque eu adoro compartilhar conhecimento e trocar ideia sobre o meu trabalho, quanto porque eu adorei a proposta do curso. Ser feito num bar, numa ideia de desconstrução criativa, uma coisa fora da caixa mesmo, sabe? Eu quebrei a cabeça pra saber como eu podia ajudar, mas no fim das contas vi que a gente estava alinhado desde o começo.

Então tenho o maior prazer de convidar todos para participar comigo desse curso. :) Será nos dias 30 e 31 de agosto, já já, lá em João  Pessoa. Vamos sentar num bar, pedir uma cerveja e trocar conhecimentos. Eu trabalho com publicidade desde 2006 e na área social mídia e comunicação digital há 4 anos. Tenho minha agência, a Cumbuca, e faço as vezes de Estratégia de Conteúdo e Planejamento Digital. Ao longo desse tempo acumulei uma experiência sobre a presença corporativa nas redes sociais que eu vou ter o maior prazer de compartilhar.

E aí, vamo nessa?

As vagas são limitadas!
▲ Inscreva-se agora: http://goo.gl/msVb6i
▲ Mais informações: http://caminocriativo.com/ social mesa de bar 3


anna terra, o quadro


Eu não consegui misturar esse post com o da exposição toda. Foi especial demais, sabe?

Quem acompanha o blog entende que eu e Carol temos um caso de amor há alguns anos, que começou quando trabalhávamos juntas, e depois no separamos, e juntamos de novo e fomos novamente afastadas uma da outra. Mas só profissionalmente, claro, já que não trabalhamos mais na mesma agência. Já que eu não tiro mais as fotos pro Small Fashion Diary. Já que não temos mais nosso bolinho de bacia da padaria, nem o café depois do almoço, nem a fugida no meio da tarde. E foi por tudo isso que a noite de ontem foi tão especial. Porque quando a saudade tem dessas coisas.

Ontem foi a vernissage (achei chic, hein) da exposição de Carol, que reuniu grandes amigos e grandes saudades. E então eu estava lá, toda trabalhada na máquina fotográfica registrando a exposição, quando me deparei com meu quadro. Isso mesmo. MEU quadro. Carol disse que tinha uma surpresa pra mim, mas eu não imaginei que ela fosse me fazer essa homenagem tão linda… Gente, eu caí em prantos automaticamente. Chorei, chorei, chorei. E depois eu percebi que não chorava só pela homenagem, mas pela saudade. Como Carol, Lucila, Miau, Myrella, Danilo e todo pessoal tão especial da Plano b) me deixa com saudades. Porque lá eu fiz mais do que contatos, eu fiz amigos de verdade, pra toda vida. E foi isso que me fez soluçar por alguns longos minutos. E eu sou dessas que se eu estou com vontade de chorar, eu choro, e não tô nem aí se tem gente vendo. Chorar não faz vergonha pra ninguém, é uma expressão tão sincera quanto uma crise de riso.

Então eu quero agradecer Carol não só pelo quadro, mas por ser assim tão especial na minha vida. Por ser tão fundamental para o meu bem estar. Porque eu percebi que períodos longos de distância dela não me fazem muito bem…

Carol, te amo <3

E vocês aguardem só um pouquinho que já já sai o post completo da exposição :)



© 2016 - ideias de fim de semana