home sobre mim sobre o blog mídia kit

Todos os posts sobre azeitona

recebendo os amigos em casa


Eu adoro receber meus amigos em casa :) É um prazer sem tamanho pra mim, ficar cuidando dos quitutes, dos preparativos… Claro que sempre é tudo muito simples, mas é feito com muito carinho. Um dia eu vou ter uma casa bem grande, pra poder convidar todos de uma só vez. Porque né, em 70 e poucos metros quadrados não cabem todos os amigos que cabem no meu coração.

Ontem fez exatamente 1 mês do dia do meu aniversário, e foi uma boa desculpa pra reunir alguns amigos que eu não via desde aquela data. Passei a noite dizendo que eram todos figurantes, porque na verdade eu só estava fazendo essa festinha para tirar fotos e postar aqui hahaha :P Mas era tão mentira que terminei esquecendo de tirar foto de alguns quitutes. O cardápio foi simples, começando com sanduichezinhos de pasta de salsicha e outros de pasta de queijo do reino. Preparei as duas pastas no mixer, que é meu mais novo xodó da cozinha.

Pode me chamar de pobre, de brega, do que for. Mas festinha na minha casa tem que ter azeitona e amendoim. Muito amendoim. E durante a noite saíram outros quitutes, como as pipocas servidas no cone de papel, que eu vi aqui na Casa e Jardim, minicrepes de lombinho e blanquet de peru, e o famoso pão de queijo do Paolo, que fez o maior sucesso aqui. Eu ainda preparei um couscous marroquinho para servir no copo, mas simplesmente esqueci de desligar o fogo depois de colocar o couscous e ele queimou… =( Deu pra salvar alguma coisa, oferecer uma provinha, e prometer fazer um que preste da próxima vez.

Os doces ficaram por conta da especialista Camilla. Ela fez os brigadeiros e beijinhos em versão adulta, cobertos com cacau em pó e espetados no palito de petisco, e o brownie, que enrolamos na chita, fechada com um pau de canela, como eu tinha visto aqui, e ficou de presentinho para os convidados levarem pra casa. As jujubas eu confesso que só coloquei porque eu acho elas lindas pra foto :P Ninguém comeu, nem eu.

As bebidas ficaram por conta dos convidados, porque a festinha foi humilde :) Eu fui de chopp Heineken, porque o barrilzinho me encantou. E tenho que dizer, é bom demais. Ju trouxe essa linda sangria, e prometeu dizer aqui como é que ela fez. Uns foram de suco, outros de vinho, outros de smirnoff ice. Alguns de cerveja, outros de refrigerante. E o que importa é que todos estavam aqui, cada um com a sua bebida e compartilhando da mesma diversão.

A decoração foi simples, toda trabalhada na mistura de estampas. Abusei da chita, cobrindo todos os tamburetes que tenho em casa, e cobri o aparador também. Cada um com um chitão diferente, retalhos que eu tinha em casa e outros que ganhei da minha mãe. Para colocar ainda mais cor, comprei várias flores e coloquei nas garrafas que abrigavam o meu roxinho anfíbio, do qual já falei aqui. E, claro, muita vela. Eu já disse aqui que sou apaixonada por velas, e elas não podiam ficar de fora agora. Foi bom para estrear algumas velas novas, que comprei aqui no mercado São José.

E assim foi a noite, entre copos e tragos no narguile, entre risadas e fofocas, uma alegria gostosa de viver. E que venha a próxima :)


torta salgada


Dessa receita o que vale é a massa, o resto é meio que “faz com o que tiver”. Eu gostei muito dessa massa porque além de ser simples, não faz muita sujeira e fica pronta rapidinho. É só misturar numa bacia 4 xícaras de farinha de trigo, uma de leite, uma de margarina, uma colher de sopa de fermento, outra de sal e uma gema. Ai é o literal “mão na massa”, até ela ficar macia e homogênea. Eu abri ela com o rolo de massa, no balcão povilhado de farinha de trigo, porque achei mais rápido, mas você pode ir abrindo aos poucos e já ir forrando a travessa. Forra com metade e deixa a outra metade pra fechar em cima. Ai o recheio é o que você estiver com vontade de comer, ou o que tem pra se virar na dispensa. Eu fiz uma mistureba de palmitos cortados em pedaços grandes, porque eu amo palmito e gosto de sentir a sua textura, ai juntei pedaços de tomate, brócolis cozido no vapor e uns poucos pedaços de azeitona com pimentão, tudo isso repois de refogar cebola e alho no azeite. Ai para deixar um pouco mais cremoso, coloquei um pouco de requeijão, pedaços de gorgonzola, maizena diluída em leite e depois de tirar do fogo, um pouco de creme de leite. Temperei com sal e pimenta do reino e pronto. Joguei tudo na travessa forrada, fiz a tampa de massa, dei uma pincelada (com garfo… mas o pincel tá prometido pra minha cozinha) com uma gema e mandei pro forno, até dourar. Experimenta e me diz como ficou :)



© 2016 - ideias de fim de semana