home sobre mim sobre o blog mídia kit

Todos os posts sobre backstreet boys

meu instagram viu – junho/15


O mês de junho é o meu mês, e nele aconteceram várias cosias importantes e que mudaram um pouco a minha vida e a minha percepção das coisas. Aqui nem tem tantas delas, porque muitas são só na cabeça e no coração, e nem passam pela lente da câmera. Mas tem uns momentos legais e que super valeram o registro. :Dmeu instagram viu 10Meu Instagram Viu o show de Backstreet Boys que foi um dos melhores da minha vida. Fui por acaso, sem expectativa e me surpreendi muito! Eles cantam mesmo! Eles dançam mesmo! E deu pra sentir que eles fizeram o show com vontade e alegria, sabe? Foi arretado.meu instagram viu 9Meu Instagram Viu o conhecimento das ruas aqui em Casa Amarela. O amor é importante, porra.meu instagram viu 8Meu Instagram Viu Chica sorrir para a foto na rede do Olodum. meu instagram viu 7Meu Instagram Viu como tomar picolé em casa pode não ser tão fácil quanto parece.meu instagram viu 6Meu Instagram Viu meu sorriso frouxo num clique de Ivan Alecrim lá no Instituto Candela.meu instagram viu 5Meu Instagram Viu a igreja do batman aqui em Recife.meu instagram viu 4Meu Instagram Viu o clima junino chegar pro café da manhã, com queijo coalho assado e goiabada. Pense numa mistura boa!meu instagram viu 3Meu Instagram Viu quando eu comecei a colorir meu livro de mandalas mágias e ó, adorei.meu instagram viu 2Meu Instagram Viu quando eu levei Chica pra trabalhar lá no Candela, mesmo que na foto só dê pra ver uma mancha preta com língua. :Pmeu instagram viuMeu Instagram Viu o banzo desses irmãos num dia de chuva.meu instagram viu 11Meu Instagram viu quando Malu fez o meu aniversário ficar ainda mais especial, ficando comigo o dia todo, da praia ao bar. <3

Para acompanhar todos os posts do meu Instagram, segue aqui: Terrinha.

E aqui estão os outros posts da série “Meu Instagram Viu” e até o mês que vem!


nostalgia musical pra ver e pra ouvir


backstreet boysEu tive várias fases na vida, de estilo, “tribos”, músicas e tudo mais. E uma delas foi ao som de Backstreet Boys no início dos anos 90. Não era só mais uma boyband pra mim, até porque eu nem gostava das outras. Eu gostava deles, achava um máximo aqueles meninos com roupas de street dance cantando e dançando ao mesmo tempo. Enquanto metade das minhas amigas queria o galego e a outra metade queria o moreno, eu queria o ruivinho, coisas de criança, né? Mas hoje posso dizer que não errei nas apostas, Brian é sem dúvidas do BSB mais gato e mais gente boa hahaha :P

E rolou o show deles aqui em Recife final de semana passado. Eu nem tinha pensado em ir, com outras prioridades de grana não era muito nisso que eu consideraria investir uns 200 conto só de ingresso. Mas aí eu fui convidada pelo pessoal da Brasil Kirin pro camarote da Devassa e pensei: CLARO! E quando contei a novidade pro meu namorado, já pensando que ele ia rir e dizer “massa, bom show” e eu ia levar uma amiga como acompanhante, ele disse que queria ir e eu pensei que não podia ser melhor!

Então fomos lá e chegamos exatamente na hora de começar. Foram duas horas de show com esses caras dançando, cantando de verdade, conversando com a platéia, tocando, tudo! Gente, foi um show INCRÍVEL! Eu fiquei muito feliz o tempo inteiro, não só pelas músicas e pela nostalgia feliz que elas trazem pro meu coraçãozinho, mas por tudo estar sendo mil vezes melhor do que eu imaginava. Foi uma experiência maravilhosa e sem dúvidas um dos melhores shows da minha vida. Sem medo e nem vergonha de dizer. Backstreet’s back alright!

Kurt Cobain File Photos nirvanaOutro momento de nostalgia musical que tivesse esses dias foi assistir ao documentário Kurt Cobain: Montage of Heck. Eu fui muito apaixonada por Nirvana na minha adolescência. Até hoje eu guardo algumas revistas, black book e tenho um poster enorme de Kurt no meu escritório. Nirvana sem dúvidas foi o som de uma geração, mesmo que Kurt tenha morrido quando eu tinha só 7 anos e eu tenha começado a ouvir com uns 11 ou 12, era a voz da minha geração. Meus amigos ouviam, tocavam suas músicas nas bandas de garagem e até quando rolava luau só no violão, ia de Legião Urbana a Nirvana rapidamente. E eu sempre digo que não gosto das músicas só pelas letras ou pela melodia, as músicas mexem com meus sentimentos de memórias, recordações de momentos, de pessoas e isso vale muito mais do que qualquer acorde. Então Nirvana é isso, mexe com meu coraçãozinho e me resgata pra uma das melhores épocas da minha vida.

E o filme Montage of Heck é obrigatório pra quem é fã ou pra quem gostou da banda. Conta muito do que já sabíamos sobre a história dele na família, com Courtney Love, com a heroína. Com cenas da infância dele, áudios originais, trechos dos diários, vídeos dos shows históricos, vídeos caseiros dele com a filha, é tudo incrível. É como se a família permitisse abrir as portas da vida dele e nos convidasse pra entrar e dar uma olhada em como tudo. Mostrar como foi caótico, alucinante, difícil e como as coisas aconteceram se atropelando. É maravilhoso.

Então deixo aqui o meu convite para que vocês escutem músicas que fizeram parte da sua infância, adolescência e que marcaram momentos importantes da sua vida. É um resgate que faz um bem danado pra gente. E pode chorar, sempre pode chorar. :)



© 2016 - ideias de fim de semana