home sobre mim sobre o blog mídia kit

Todos os posts sobre beirute

quando eu não conheci brasília


Processed with VSCOcam with b5 presetSemana passada eu fiz um bate e volta em Brasília, que durou dois dias. Mas foram dias tão intensos de trabalho, entre uma reunião e outra, que eu nem posso dizer que conheci Brasília. Ainda mais com a chuva temporal que estava caindo, o jeito foi aceitar que tenho que voltar outras vezes pra conhecer :P

Mas, mesmo assim, vi um pouco e gostei do pouco que vi :D E apesar de não ter tirado muitas fotos, ou tirado fotos pensando em compartilhar aqui, vou deixar registrado o que tem, porque acho que vale a dica :D

parrilla madridChegando, direto do aeroporto, fomos almoçar no Parrilla Madrid. Éramos 4 pessoas e pedimos uma parrillada com acompanhamentos livres, todos deliciosos. Tinha uma farofa de ovo incrível e um purê de queijo que por lá tem o nome chic de Aligot de queijo meia cura que é inesquecível. Além disso tinha vários outros acompanhamentos para a chapa com 1,2kg de carnes e linguiças variadas. Bem servido, com chopp Stella Artois. Eu achei caro, mas comi tão bem que vou nem reclamar. :P

Depois de ir madrugada adentro trabalhando e ter um dia seguinte cheio de reuniões e chuva, almoçamos no Tia Zélia, na Vila Planalto, e eu achei sensacional. O restaurante é famoso entre os políticos que trabalham por lá, e vive cheio de engravatados. Mas a simplicidade do lugar permanece. A baiana Tia Zélia acerta na mão, na conversa e no sorriso, indo de mesa em mesa.tia zelia 2Lá o esquema é o seguinte: cada dia tem alguns pratos e você escolhe o que quer comer. Não é prato feito, não é self service, é um a la carte sem cardápio que você paga por pessoa. 30 reais por cabeça e você come a vontade. Quando fomos era dia de rabada, macaxeira com carne de sol e galinhada, além do famoso bolinho de macaxeira com carne moída. Gente, tudo estava tão gostoso, mas tão gostoso. Eu tava com uma fome triste, primeira refeição do dia, então nem registrei os pratos… Mas vai na fé e joga na internet que por lá é só elogio.tia zelia tia zelia 3Depois de encher o bucho lá na Tia Zélia e passar mais uma tarde inteira em reunião e sem ver a cara da rua, quando colocamos a fuça pra fora: chuva. Muita chuva. Então não nos restava nada a não ser sentar pra comer e tomar uma cerveja, né? E foi isso que a gente fez, lá no Beirute da Asa Sul. Ou a gente ia lá ou Ely tinha um troço, porque mais do que todo o trabalho, o Beirute foi a pauta dos assuntos sobre Brasília desde que marcamos a viagem.beirute 3Eu até fiquei animada quando ele disse que tinha uma cerveja da casa, mas quando experimentei eu não gostei :( Tudo bem também, né? Lá tem a Heineken mais gelada da cidade, segundo muita gente. :P Eu ainda estava até a goela do almoço, porque eu realmente exagerei em pratos e mais pratos, finalizando com pudim de leite <3 Mas não podia ir embora sem provar o tal Kibeirute, que é um kibe achatado recheado com queijo e acompanhado com um molho tártaro que olha… Não tava careta não. Bem gostoso mesmo.

beirute 2E pelo que eu vi nas mesas, e li no Foursquare, toda comida de lá é muito boa. Gostei e quero voltar. E falando em Foursquare, vi muita gente indicando uma batida chamada Diabo Verde. Uma batida com um nome desse tem que deixar a pessoa com medinho, né? Principalmente depois de perguntar pro garçon o que é que leva a batida e ele responder que é “cachaça, vodka, rum, menta… é uma farmacinha.” Mas os elogios eram tantos que valeu a pena experimentar. E tenho que dizer, não podia ter outro nome. Ô djabo!beirute copyDepois disso foi só aeroporto de novo… Então não deu pra dizer que conheci Brasília, né? Mas espero voltar em breve, então pode deixar aqui a sua dica que vai ser ótimo trocar essa experiência. :D



© 2016 - ideias de fim de semana