home sobre mim sobre o blog mídia kit

Todos os posts sobre brastemp

correndo atrás do tempo perdido (e dos quilos achados)


corrida na ruacorrida na ruacorrida na ruacorrida na ruacorrida na ruacorrida na ruacorrida na ruacorrida na ruacorrida na ruacorrida na ruaFim de ano é aquela coisa né? Comida, comida, comida. Confraternizações, festas, bebida e mais comida. É difícil manter a linha, viu? Ainda mais pra quem, assim como eu, adora uma farra regada de boa bebida e boa comida.

Então chega janeiro e as promessas de voltar pros eixos vão se acumulando. Voltar pra academia, voltar a comer melhor, voltar a correr, pedalar, patinar. Mas a verdade é que nem sempre dá tempo de organizar a vida como a gente quer né? Por isso que qualquer tempinho extra, mais uma boa dose de coragem e força de vontade, pode virar um bom tempo pra um exercício pro corpo e pra mente. Porque se tem uma coisa que eu sinto é que os exercícios fazem super bem pra cabeça, sabe? É uma terapia.

E dando continuidade ao meu projeto de encontrar mais tempo pra mim, com a ajuda de Brastemp+Finish, eu tirei do papel minha vontade de correr na rua. Gente, como faz toda a diferença. Correr na esteira é aquela coisa sacal, né. Pra quando não tem outra opção. Correr no parque ou na pista de corrida da avenida da praia é ótimo, mas nada se compara a correr na rua. Você se sente fazendo parte da cidade, é como se não tivesse fronteiras. Você vai correndo e a rota vai acontecendo, de forma natural e feliz.

Então dia desses peguei carona na corridinha matinal de um amigo meu, Burgos, que tem me inspirado muito com a sua história. Ele perdeu 30kg mudando a alimentação e entrando para os exercícios físicos, e agora se prepara pra correr sua primeira maratona. Rumo aos 42km! É muita energia. E depois de ficar dias só de olho nas fotos de corrida dele, resolvi acompanhar. No meu ritmo, claro.. Mas chegar de manhã cedinho e ver o sol começando a levantar no Marco Zero dá uma energia tão boa… Ver as pontes iluminadas pelos primeiros raios, as ruas ainda com poucos carros, o cenário perfeito pra uma corrida. É pra começar o dia mais feliz, sem dúvidas.

Tirando que no meio da corrida eu levei uma mordida de um cachorro de rua e tive que tomar um monte de injeções, foi tudo perfeito hahaha :) Foram 5km em 40 minutos, porque além da paradinha dos cachorros eu alternei com caminhada e fui curtindo o visual, sem pressa. Porque pode parece pouco, mas se você conseguir uma horinha que seja por dia, nem que seja aquela hora que você deixa a roupa numa máquina e a louça na outra, você consegue fazer uma caminhada ou uma corridinha que vão fazer o dia inteiro render bem melhor.

Então que esse seja o começo da minha volta aos treinos. Sem exageros, sem exigir muito de mim. Exercícios pelo prazer de se sentir bem, é assim que tem que ser. Né? :)

* Post em parceria com a Brastemp+Finish


como decorar uma parede gastando pouco


Eu tenho que confessar que já não aguentava mais minhas paredes brancas… Ai como ficam sem graça. Desde que saí do meu apartamento de Piedade que descuidei das minhas paredes… Lá eram coloridas, com plantas e quadros, mas desde que me mudei fiquei totalmente relapsa com elas. Que feio… E nem dá pra dizer que é caro, porque nem isso. Era um misto de preguiça com falta de tempo mesmo. Então dando continuidade ao projeto de ter mais tempo pra mim, que a Brastemp+Finish está me ajudando, eu finalmente coloquei um pouco de vida em uma das paredes da sala. :Ddecorar paredes gastando pouco Aí aproveitando que eu estou dando uns toques de cor a mais na decoração, como eu mostrei com a mesa rosa aqui na semana passada, eu fiz uma composição de quadros com molduras e fotos coloridas. E se liga na sequência de dicas pra você não ficar com desculpinha pra decorar sua parede, hein? 1. Revele e imprima suas fotos decorar paredes gastando poucoAs fotos em preto e branco que estão nas molduras coloridas eu mandei “revelar” em tamanho básico, 10×15 nessas lojinhas de foto. São do Jardim Botânico do Rio de Janeiro e também do manguezal de Maracaípe. A horizontal do nascer do sol foi num ano novo em Japaratinga, que eu mandei imprimir numa gráfica rápida junto com as três lá de cima. Elas foram de uma viagem pra Pipa e que eu até postei o lugar inteiro aqui, o Exótica, uma antiga boate. 2. Desapegue das revistasdecorar paredes gastando poucodecorar paredes gastando poucodecorar paredes gastando poucodecorar paredes gastando poucoDando uma catada nas gavetas, achei uma revista que eu trouxe da viagem que eu fiz pra Buenos Aires, há anos atrás. Então folheando achei essas ilustras super bonitas, que me pareceram perfeitas pra essas molduras rococós que eu trouxe da última ida ao Rio, no final do ano passado. Então eu não tive dúvidas. Cortei, colei com duplaface na moldura, recortei as sobras e pronto. Rapidamente eu tinha dois quadros lindos em duas molduras lindas. :D 3. Solte seu lado artísticodecorar paredes gastando poucoAntes que me perguntem: não, eu não tenho nenhum lado artístico pra soltar. Eu sou uma negação nesse mundo das artes hahaha :P Eu só sei olhar mesmo. Minha praia é e sempre foi escrever. Mas pra dar uma balanceada nas fotos e uma quebrada nas cores, resolvi transcrever um mantra que tenho usado pra vida: mais amor. Porque nunca é mais, né? E vendo a foto aí em cima, deu pra ver que nem uma coisa tão simples saiu com facilidade, né? hahaha :P Mas o que importa é colocar a mão na massa.

Eu já tinha umas molduras em casa, mas também não adianta usar isso como desculpa. Essas foram super baratinhas e as coloridas, por exemplo, são porta retratos lindamente adaptados. Então molduras também não serão problema, certo? Aí depois de organizar o que vai em cada lugar, é hora de ver o espaço que você tem na parede e dar uma diagramada nos quadros. A dica é fazer num lugar com espaço, onde você possa ter noção do todo. Se a mesa for pequena, afasta os móveis e faz no chão mesmo.decorar paredes gastando poucoSe você não tem o dom de usar a furadeira, nem martelo e pregos, você pode usar as fitas duplaface. Eu acho uma solução prática, rápida, sem barulho, sem sujeira e com menos riscos. Ou seja, prefeita. Claro que você tem que usar essas fitas mais fortes e na hora de tirar você pode terminar arrancando um pouco da tinta da parede, mas se fosse um furo você também teria que fazer um acabamento, então esse é o menor dos problemas. decorar paredes gastando poucodecorar paredes gastando poucoAí é só ir fazendo a baliza certinha para os quadros não ficarem muito tortos, porque um pouco é até natural :P Eu usei o nível da minha trena pra ajudar, inclusive na medida da distância dos quadros. Como eu estava sozinha, nem tinha ninguém pra ajudar guiando feito guardador de carro “mais pra esqueeeerda, agora gira pra direeeeita” hahaha :P Então favor não reparar, mas com certeza eles estão tortos :P decorar paredes gastando poucoE aí, gostaram do resultado? E olhe que fazer isso tudo foi até rápido para o que eu imaginava. Fui no shopping e em 20 minutos estava saindo com as impressõe (todo shopping hoje em dia tem uma gráfica rápida, né?) e as fotos “reveladas”. Chegando em casa foi recortar, limpar as molduras, fazer minha “arte”, recortar a revista e colar os quadros. E o que eu achei mais legal é que tudo tem um pouco de algumas viagens que eu fiz, um pouco da minha vida refletido aí. Isso é o mais legal. Sim sim, quando a gente pode dedicar um pouco mais de tempo a nossa casa, rapidamente ela vai ficando mais bonita. E se você ainda não está convencido que pode resgatar um tempo perdido deixando de lavar louça, pode ficar de olho nos próximos posts. De pouquinho em pouquinho a gente vai se organizando melhor. ;)

 

* Post em parceria com a Brastemp+Finish


reformar e pintar uma mesa de madeira


Lembram do post que eu falei aqui na semana passada, sobre o tempo que faltava na minha vida? Pronto. Como prometido, vou começar a trazer aqui pra vocês um pouco do resultado desse tempo que a Brastemp+Finish está me ajudando a trazer de volta. :D

Se a gente pensar direitinho, a gente já otimizou tanta coisa na vida com tecnologia, né? Porque não a louça? Acho que faz cada vez menos sentido a gente ficar na beira da pia enchendo a mão de detergente, se podemos economizar tempo usando a lava-louças. Então era isso que faltava pra eu começar a tirar alguns projetos do papel. E reformar essa mesinha era um deles. :) Agora se liguem no passo a passo:

nova mesa de cantonova mesa de cantonova mesa de cantonova mesa de cantonova mesa de cantomesa lateral reformadaE olha aí a minha mais nova mesinha de canto velha :) Não ficou linda? Atenção para a participação especial de Chica nas fotos hahaha :P

Fazia tempo que eu estava querendo dar um trato nessa mesa que mamãe comprou em Gravatá e eu roubei hahaha :) Aí quando comecei a reorganizar a casa e colocar mais cor nos móveis (depois mostro meu rack roxo \o/) eu resolvi que essa mesinha seria assim, rosa. Na verdade, o nome da cor é cereja, mas pra mim é rosa mesmo.

Depois que eu comprei a tinta e os materiais de pintura, confesso que tudo ficou encostado por um bom tempo até eu ter uma folga pra fazer o trabalho. Não que seja algo que vá demorar muito, mas tem que se dedicar um tempo, né? Aí na correria de trabalho e dia-a-dia de casa, estava difícil. Então se você tiver um tempinho, nem que seja deixando de lavar uma pia de louça, aproveita pra dar um up na decor da casa que vale super a pena <3

O passo a passo é simples e vale pra todo tipo de móvel de madeira.

Primeiro: Lixar

A fase mais chata é lixar… Foi quando eu me dei conta que esses detalhes da mesa iam dar trabalho. Mas com um pouco de paciência e uma lixa pra madeira a gente vai indo. O ideal é lixar bem pra tirar todo verniz que possa ter no móvel. Isso vai ajudar a deixar o acabamento completo.

Segundo: Preparar a tinta

Eu usei esmalte acrílico sem odor para madeira. É ótimo tanto por não ter cheiro quanto por ser solúvel em água, o que deixa a aplicação mais fácil e qualquer sujeira no chão é fácil de tirar. Então a medida é para 9 medidas de tinta, uma medida de água. Mistura com uma espátula de madeira e pronto.

Terceiro: Primeira mão de tinta

Quando eu comecei a pintar a primeira mão de tinta, vi que tinha comprado o pincel errado. Era muuuuito grande e de cerdas muito moles, algumas até soltaram e ficaram no meio da tinta. Foi horrível, principalmente para os detalhes menores. Então confesso que a primeira mão não ficou nada boa. Mas deu pra dar a base e começar a deixar a mesa com a cor da tinta, e as falhas iam sumir nas próximas.

Quarto: Segunda mão de tinta

O ideal é esperar pelo menos 4 horas até a segunda demão, mas eu só fiz alguns dias depois mesmo. Então a tinta estava super seca hahaha :) Foi quando eu peguei uns pincéis menores que tinha em casa e também experimentei usar um rolinho pra deixar a tinta mais homogênea. E super funcionou. Aí percebi que pra essa mesinha duas mãos de tinta iam ser suficientes, precisando de uma terceira só nos detalhes menores que a primeira mão com o pincel grande não funcionou.

Quinto: Lixar pra dar um ar de antigo (opcional)

Esse passo eu não fiz na minha, preferi deixar a cor mais chapada e forte mesmo. Mas fica a dica pra quem quer criar um ar mais desgastado, pode dar uma leve lixada nas extremidades. Fica bonito e dá um toque mais retrô.

mesa lateral reformada

E aí, curtiram? Sim sim, é possível ter um móvel novo mesmo ele sendo velho :P E tem coisa melhor do que colocar um toque diferente na decoração? Então não vem com essa de que não tem tempo e não leva jeito. Jeito eu também não levo (dá pra ver a bagunça, né? hahaha), mas tempo a gente arruma, nem que seja deixando de lavar louça por uns dias. ;)

E fiquem espertos que na semana que vem tem mais dicas pra gente deixar a casa linda e colorida, aproveitando melhor o tempo da gente. Ou vai me dizer que ao invés de estar decorando a sua casa você preferia estar com as mãos enfiadas na louça suja? :Pbrastemp finishE olha como a lava-louças é linda! Além de ser uma mão na roda, deixa sua cozinha ainda mais bonita. ;)

* Post em parceria com a Brastemp+Finish


sobre aquele tempo que faltava


A minha realidade é a seguinte: eu moro sozinha com minha filha schnauzer, trabalho em agência de publicidade o dia todo (e algumas vezes a noite toda também), tenho que cuidar da casa, da comida, da minha filha, da minha saúde e, ainda assim, arrumar tempo pra curtir, sair com meus amigos e ver minha família. E, pelas minhas contas, a soma disso aí passa e muito das 24h que um dia tem pra oferecer. E olhe que eu nem durmo aquelas boas e recomendadas 8 horas por noite…

Então a verdade é que a gente passa a ter que escolher o que fazer e o que não fazer pra, só assim, conseguir fazer alguma coisa hahaha :P Algumas vezes tiro umas horas do sono, outras vezes deixo de fazer comida, outras vezes (tadinha) deixo de sair com Chica e outras muitas vezes eu apenas deixo de arrumar a casa. Sério gente, quem mora sozinho me entende (eu espero que não seja só eu a ser assim). Tem horas que parece que vivem 10 pessoas ao mesmo tempo na casa, devido ao grau de bagunça e sujeira que se acumula quando só sem tem diarista de 15 em 15 dias.

Mas tem dias que nem eu mesma estou aguentando e parece que eu encarno um taz mania e saio feito um furacão limpado, guardando, arrumando, jogando fora, lavando, varrendo, cozinhando, lavando louça, estendendo roupa, tudo ao mesmo tempo hahaha E quando termina essa maratona eu vejo que perdi horas, estou exausta e a casa parece só uns 30% mais arrumada. :(

Foi no meio desses momentos de caos e agonia que a Brastemp+Finish vieram com uma proposta incrível: devolvemos o seu tempo de volta em poucos cliques. E assim chegou lá em casa uma lava-louças linda e incrível. Gente, uma lava-louças! Eu confesso que nunca tinha pesado em ter uma, sabia? Não sei porque, sério. Porque além do tempo que eu não tenho, tem a alergia nas mãos que eu tenho, que me faz sofrer por dias depois de lavar louça mesmo de luva. Aí quando chegou lá em casa eu parecia uma matuta olhando, analisando, me perguntando como usa. Até ver que é tipo, ridiculamente fácil. É só colocar a louça, os produtos que a Finish também mandou (arrasaram <3) e pronto. Aperta dois botõezinhos e relaxa o coração.
Brastemp+FINISHBrastemp+FINISHE pode relaxar mesmo, porque a louça vai sair muito mais limpa do que aqueles dias que você lava de má vontade e só percebe o resultado quando vai pegar a louça pra usar de novo. Ou vai dizer que você nunca deixou passar uma sujeirinha ;) E com a lava-louças não tem isso, saca? Ela lava com a água quente , jatos mega fortes e tudo sai brilhando. E, enquanto minhas louças ficam lá dentro num verdadeiro spa da limpeza, eu tenho tempo pra fazer o que eu quiser. Inclusive nada, porque tem dias que é tudo que a gente precisa, né?

Mas deixando o nada pra outras horas, em breve vocês vão ver o resultado dessas minhas horas de folga dignamente recuperadas. E quando você vê o tempo que você ganha e o que você pode fazer com ele, repara como lavar-louça na beira da pia em breve vai ser uma coisa tão antiquada que vocês vão lembrar e dizer “naquela época que eu não tinha lava-louças…”. Esperem pra ver ;)

 

* Este post é um publieditorial



© 2016 - ideias de fim de semana