home sobre mim sobre o blog mídia kit

Todos os posts sobre chili

chili de forno com batatas


E dando continuidade as receitas deliciosas em parceria com as pimentas Delati, hoje eu trago pra vocês uma receita ótima pra curar a ressaca do carnaval. :) Sabe aquele chili tradicional mexicano que se come com nachos? Pronto, é bem diferente hahaha :P

chili de forno com batatasComo eu disse no post das fatias de frango, eu não me atrevo a fazer coisas muito tradicionais pra não profanar as culturas :P Então me inspirei nos famosos chili bens mexicanos e fiz um prato que pode ser uma ótima pedida pro almoço ou pro jantar. Se liga no preparo.

A primeira coisa a fazer é pegar um pimentão vermelho e tirar a pele dele usando essa técnica simples e gostosa. Basta você queimar o pimentão direto na boca do fogão. Isso, sem dó nem piedade. Pode queimar até ele ficar todo preto, usando uma pinça de macarrão de aço para virar. Essa técnica além de tirar a pele fácil, deixa o pimentão com um gostinho meio defumado que dá um toque especial. Aí depois que o bicho estiver todo carbonizado você taca ele numa vasilha grande com água gelada e a mágica começa a acontecer. Você espera ele dar uma esfriada e pode ir mexendo nele e tirando a pele. Ela vai sair todinha, bem facilmente. Então é só abrir, limpar e cortar em fatias. Eu gosto de cortar as fatias no meio, pra não ficarem muito longas, mas aí é como o mandar o freguês.

Depois você refoga uma cebola ralada num pouquinho de azeite e junta uma colher de sopa de alho picado. Deixa refogando enquanto você rala uma linguiça calabresa sem aquela pele. Aí junta a linguiça ao refogado e espera ela soltar o excesso de gordura. Então pode juntar a meio quilo de carne moída. Eu mandei moer patinho, mas você pode fazer com a carne da sua preferência.

Aí é dar uma  mexida pra carne ir soltando e já pode começar a temperar. Coloca o pimentão cortado, uma pitada de sal lembrando que a calabresa já é mais salgada e coloca umas 4 colheres de chá de pimenta Delati vermelha. Ela é mais suave que a habanero que nós usamos na receita das fatias, então pode ser generoso se gostar. Também pode colocar uma salsinha picada na hora e dar uma misturada. Depois disso, coloca uma lata de tomate pelado cortado em cubos, mistura e deixa lá cozinhando. Há quem goste de usar extrato ou purê, mas eu gosto desse tomate pelado porque, mesmo sendo em lata, ele é bem natural e suave. Aí deixa lá cozinhando uns 15 minutos.

Depois disso tá na hora de misturar uns 250/300g de feijão carioca cozido. Posso confessar uma coisa? Eu nunca faço feijão em casa. Tanto porque como pouco quanto por preguiça mesmo. Aí pra essa receita eu comprei aqueles feijões já cozidos no vapor, que vem fechado a vácuo e vende numa caixinha, sabe? Juro que estava com medo do resultado, mas tenho que admitir que é surpreendente. Muito gostoso. Então fica aí a dica pra quem, assim como eu, tem preguiça de fazer feijão. Aí pode misturar e deixar cozinhar por mais uns 10 minutinhos.chili de forno com batataschili de forno com batatas

Então é só fazer a montagem. Num refratário você vai espalhar umas 3 batatas inglesas médias descascadas e cortadas em rodelas de aproximadamente meio centímetro. Não pode ser muito grossa porque ela vai cozinhar no molho da carne, sabe? Aí depois das batatas pode colocar o recheio inteiro e finalizar com parmesão ralado na hora. Aí é forno baixo por uns 20 minutos. Abre, espeta pra ver se a batata já está no ponto e pronto. É só servir. chili de forno com batatas

O ponto da pimenta é aquele que dá pra sentir o tempero levemente picante mas que dá pra adicionar mais um pouco da pimenta Delati vermelha na hora. E eu adicionei mesmo porque super combina. Ah, e se a fome estiver apertando, reserva um pouco do recheio e serve com uns nachos de entrada que dá pra ir sentindo o que vai sair do forno. :D

Espero que gostem da receita, aqui em casa fez o maior sucesso. :) Ah, e eu vou precisar da ajuda de vocês para decidir a última receita dessa parceria. Lá no Facebook do Ideias tem uma enquete pra vocês responderem. São três opções de “fast-food” com inspiração mexicana. A receita mais votada até a segunda-feira da semana que vem, será preparada por mim e na quinta-feira vem pra cá pra vocês. E aí, bora lá?

 

Este post é um publieditorial.


temperos do mercadão


O Mercado Municipal Paulistano, mais conhecido como Mercadão, foi inaugurado em 1933. Ele tem uma área de 12.600m2, quase 300 boxes, 1600 funcionários, e uma variedade de frutas, verduras, legumes, temperos, carnes e de todo tipo de comida que chega é difícil imaginar sem ver. Por dia, o Mercadão recebe 14 mil visitantes e movimenta mais de 350 toneladas de alimento. É muita coisa gente!

Mesmo com vontade de comprar tudo que tem lá dentro, eu consegui fazer uma pequena lista para Paolo trazer de São Paulo pra mim. E essa foi a minha pequena compra. Um pacote de tomate seco desidratado, que é só ferver uma água e depois jogar no azeite bem temperadinho que essas 500g se transformam em 1kg de um tomate seco prontinho. O shitake e o funghi, que ajudam a dar uma variada na cozinha nossa de cada dia, servem para vários pratos diferentes. Inclusive em São Paulo, numa pizzaria que ainda vai virar post aqui, comi uma deliciosa pizza de funghi e palmito.

A farinha de amêndoas é coisa dos céus, né não? Amêndoas já são coisas dos céus, e ainda assim moidinhas, prontinhas pra se jogar em qualquer receita, são incríveis. Ah, claro que não podia faltar uma pimenta na minha lista, né? Eu já disse que sou louca por pimenta? Pois sou. Então por dica de Eden escolhi essa pimenta chili que tem cara de ser forte e saborosa, do jeito que eu gosto.

Pois bem, foram essas minhas comprinhas. E prometo ir postando os pratos que for preparando com esses ingredientes, tá? :)

Essa linda foto do Mercadão eu encontrei no flickr de Carlos Alkmin.

Ah, e você pode ver também minhas últimas compras no Mercado de São José.



© 2016 - ideias de fim de semana