home sobre mim sobre o blog mídia kit

Todos os posts sobre clássicos

clássicos do design numa casa alegre


classicos do designclassicos do designclassicos do designclassicos do designclassicos do designUm detalhe importantíssimo: quando eu digo “clássicos do design”, eu quero dizer que são clássicos por mim mesma, baseados na minha própria ignorância e achismo. Não tenho ideia se o que eu estou chamando de clássico é de fato uma peça tradicional, mas pelo que vejo são estilos de peça que marcaram seus momentos.

Quando eu vi essa casa lá no lindo Eye Candies eu pensei: gente, que casa alegre e cheia de cores. Mas depois eu parei pra dar uma analisada e vi a quantidade de peças clássicas que aparecem na decoração. Eu nunca fui fã das peças mais clássicas, porque defendo que a decoração tem que ter a cara do dono, e não da moda. Mas confesso que mudei um pouco os meus conceito ao ver essa casa e a harmonia da sua decoração.

Primeiro a linda luminária amarela e enorme, que charme, né? Uma releitura alegre da tradicional Luminária Arco, dos anos 60. No mesmo ambiente, um jogo de cadeiras Panton, criadas por Verner Panton em 1968. Além desses clássicos, a clarabóia e as janelas enchem o ambiente de luz, trazendo vida ao painel que está na parede. Coisa linda e alegre da vida :)

Depois algumas peças que eu definitivamente não sei se são clássicos ou não, mas que eu simplesmente adoro. Os castiçais simples retos e longos trazem ainda mais cor, cercados por lindos quadros. E essas almofadas em formato de pedra, hein? Tem como não amar? Tem como não desejar pra ontem?

Nessa casa eu consegui até perder o meu preconceito com a tradicional Poltrona Eames, clássico criado em 1940. Podem me tacar pedra, mas eu não acho essa poltrona bonita… Mas dentro desse contexto e com um belo tecido colorido por cima ela ficou bem simpática :)

Eu não sei se posso chamar essa cabaninha de camping de clássico, mas já vi tanto em lugares tão lindos que se ainda não está, vai entrar para lista dos tradicionais em breve. Junto com ela esse par de cadeiras de cores vibrantes também é de um modelo de nome conhecido, mas eu juro que não faço a menor ideia =/ Eu sei que é um tipo de design criado ou reproduzido por artesãos que constroem cadeiras através de troncos de árvore inteiros.

E essas cadeiras de fiozinho, hein? Lembro muito de ter uma desse estilo na casa da minha tia Moema há quase de 20 anos atrás (eita, revelei a idade). Pode até estar aqui no hall dos clássicos, mas ao contrário dos outros esse clássico tem várias versões e uma delas com certeza cabe no bolso, afinal, era o tipo de “móvel de pobre” da época.

Mas a verdade é que seja clássico ou não, o design tem que ser lindo e funcional. Uma casa bem decorada é aquela que supre as necessidades do seu morador, as mais práticas ou as mais subjetivas. Então com essa casa eu perdi um pouco do meu preconceito com peças clássicas e passei a admirá-las em ambientes assim, modernos e alegres, como elas merecem.

Um viva aos clássicos \o/



© 2016 - ideias de fim de semana