home sobre mim sobre o blog mídia kit

Todos os posts sobre comidas

meu instagram viu #14 comidas por aí


Captura de Tela 2014-09-22 às 22.36.18Meu Instagram Viu o brigadeiro de leite Ninho com Nutella da Chocolate, Poesia e Arte. E ele é INCRÍVEL! Captura de Tela 2014-09-22 às 22.35.19Meu Instagram Viu as fofuras gostosas do novo e lindo espaço de Recife, o No Quintal Café e Bistrô.Captura de Tela 2014-09-22 às 22.34.53Meu Instagram Viu esse filé com nhoque em plena segunda-feira, entre um job e outro lá no Armazém Central do Shopping Guararapes.Captura de Tela 2014-09-22 às 22.34.35Meu Instagram Viu essa linda e deliciosa salada do Ponto do Açaí, enquanto o Pó de Lua me fazia companhia no almoço.Captura de Tela 2014-09-22 às 22.34.12Meu Instagram Viu essa peixada de mamãe que de tão gostosa colocou todo mundo pra dormir depois :P

Captura de Tela 2014-09-22 às 22.33.43Meu Instagram Viu esse delicioso crepe de charque com queijo manteiga lá da Casa de Irapa.Captura de Tela 2014-09-22 às 22.33.15Meu Instagram Viu essa incrível tapioca rendada do Empório Gerbô.Captura de Tela 2014-09-22 às 22.32.36Meu Instagram Viu essa estúpida sobremesa lá do Café Evoé que fica dentro do Paço do Frevo.Captura de Tela 2014-09-22 às 22.32.16Meu Instagram Viu essa deliciosa e inesquecível feijoada da Pitadinha <3Captura de Tela 2014-09-22 às 22.31.53Meu Instagram Viu meu martírio diário para resistir a esses deliciosos chocolates da Dona Maroca.

Espero que essa sequência de fotos abra o apetite de vocês, como fez comigo hahaha :P

Para acompanhar todos os posts do meu Instagram, segue aqui: Terrinha.

E aqui estão os outros posts da série “Meu Instagram Viu” e até a próxima o/


ideias genias com comida


comidas geniaiscomidas geniaiscomidas geniaiscomidas geniaisGenial é um termpo muito usado em publicidade. Muito até demais, sabe como é? Tanto que enjoa e perde o sentido. Mas eu não consegui pensar em outro termo pra definir essas coisas. Sério. São coisas tipo, geniais e pronto. Ideias simples, lindas e gostosas, muito gostosas.

Volta e meia eu me pego pensando na origem de algumas receitas e pensando como eram espertas as pessoas que criaram. Tipo, a primeira pessoa a assar um tomate recheado, ou a fazer um bolo de canela, ou a descobrir como tira o amargor da beringela e a fazer uma conserva. Convenhamos que é genial quem congelou chocolate, colocou no palitinho e chamou de picolé, e quem bateu com leite e fez o milkshake.

Mas aí vendo algumas coisas assim com comida, depois de encher a boca de água eu só consigo pensar: putz, como eu não pensei nisso antes? Bem uma expressão de um publicitário frustrado que perdeu um prêmio com uma peça que parecia tão óbvia. Pronto. Foi o que eu pensei quando me deparei com os gelos de morango, ou com os morangos recheados. Com as maçãs fazendo as vezes de pote de doce de leite ou os milhos recheados com linguiça. E essas gelatinas na laranja, gente? Que com certeza levam vodka e são um shot colorido e delicioso. Fala aí, tem outra palavra pra descrever? Acho genial e pronto.

Tem várias outras que nem caberiam nesse post, essas foram só as que eu achei dando uma olhadela rápida no Pinterest. Então fica aí pra gente de inspiração, né? :)

 


cruzeiro: para comer


A comida no navio é muito boa e variada, isso não se pode negar. De manhã tem um belo buffet café da manhã em dois restaurantes. Frutas, bolos, pães, cereal, panqueca, bacon, ovo, linguiça e tudo que é digno de um café da manhã multicultural. O almoço também é no’ você-se-service’ e tem uma variedade bem legal com carne, frango, peixe, massas, saladas e uns acompanhamentos bem gostosos, além das sobremesas.

Entre o café da manhã e o almoço, e entre o almoço e um jantar, tem um lanche muito bem servido de pizzas, sanduíches e outros quitutes práticos e gordos. Eu não fotografei nenhuma dessas refeições por pura demência (ou fome), e terminei registrando só as delícias do jantar.

O jantar é a única refeição a la carte do navio, servido num restaurante bacanudo, com mesas grandes e compartilhadas com outros passageiros. Todos os dias você senta na mesma mesa e é atendido pelos mesmos garçons, o que é ótimo. Além de você sempre saber onde vai ter um lugar vago pra você no jantar, você cria uma intimidade engraçada com os garçons e eles conversam com você sobre tudo. O nosso garçon mesmo tem uma cunhada chamada Anna, que ele ODEIA, e disse que por isso jamais esqueceria o meu nome. E todo dia chegava com uma história diferente e engraçada da dita cuja pra contar.

Todos os dias o couvert é servido com uns 3 tipos de pão diferentes e manteiga, enquanto a gente escolhe. O menu são cerca de 5 opções de entrada, 5 de prato principal e mais umas 7 de sobremesa, das quais umas 4 tem sempre e umas 3 mudam a cada dia. Ah, e um detalhe: todos os dias tem uma opção vegetariana sinalizada no cardápio. Achei digno.

Você faz o pedido todo de uma vez e depois é só aguardar ser servido, bebendo espumante =P Eu não vou colocar todos os pratos aqui porque nem dá, né. Mas tentei reunir entre os meus preferidos as fotos mais legais e aqui está :)

Folheado de patê de pato de entrada. Sem dúvidas um dos mais gostosos e, pelo tamanho, podia ser um prato principal tranquilamente.

folheado de pato

 

Salmão com molho de maracujá e uma farofinha delícia. Esse foi mamãe que pediu, mas eu experimentei e apaixonei. O salmão estava delícia, bem suave, e o molho de maracujá nem se fala. Parece pequeno pra um parto principal, mas não é, acredite.

salmão ao molho de maracujá

 

Camarão grelhado com presunto cru e risoto de legumes. Também pode parecer pequeno, mas satisfaz muito bem depois dos pães e da entrada. E sabe que eu nunca tinha parado pra pensar na combinação de camarão com presunto cru? E fica uma delícia :)

camarao com presunto cru

 

Carne é sempre o que tem menos variedade para escolher, geralmente um prato por dia. O desse dia foi roast beef com esse bem delícia por cima, acompanhado de uma batata delícia e tomates secos suculentos. Muito, muito gostoso. roast beef

 

Tilápia ao molho de laranja com risoto de legumes e ervas. Um prato simples e fácil de ficar gostoso. Infelizmente a tilápia estava cheia de espinhas e deu um trabalho chato pra comer (lembra quando eu disse que não seria perfeito?) mas o molho estava tão bom que ainda assim eu fui catando e comendo, e ainda saí de lá feliz. :) tilapia ao molho de laranja

 

Pernil de carneiro. Não preciso dizer mais nada. Mamãe tem total culpa do fato de todos da mesa terem pedido a mesma coisa. Acho que ela passou essa paixão pelos “bicho que berra” pra gente ainda dentro da barriga. Eu e minha irmã adoramos bode, carneiros e afins. E essa noite não teve erro. O acompanhamento eram legumes marinados no molho do carneiro, uma delícia. Tudo bem que é muito difícil de escolher, mas acho que esse foi um forte candidato a ser meu prato principal preferido.pernil de carneiro

 

E depois de encarar couvert, entrada e prato principal, ainda tinha o pecado da gula da sobremesa. E, geralmente, era bem pecado mesmo. O tiramissu foi a sobremesa do primeiro dia e foi inesquecível. Uma delícia cremosa <3tiramissu

 

Brownie três camadas. Uma sobremesa linda e imoral. Um brownie com mais duas camadas de alguma coisa doce e deliciosa que lembrava uma mousse ou algo do tipo. E ainda vinha acompanhado desse biscoitinho enrolado fofo, chantily e uma massinha folheada com algum tipo de creme dentro. Essa é aquela delícia que enche os olhos e que vai direto para os pneus hahaha :Pbrownie tres camadasE assim se deram nossos dias de rainha. Comendo muito, bebendo muito e engordando muito também hahaha =P Tudo bem que nas refeições que eram buffet eu estava bem controlada e saudável. Mas de noite, com essa apresentação linda, eu tinha que mandar pra dentro. Sempre.

Então se o bar está aberto, o restaurante também está. É só entrar e ficar à vontade :)


comidinhas em miniatura


A miniaturalização (??) das coisas não é nenhuma novidade, inclusive já postei aqui sobre design de interiores em miniatura. Mas como é uma coisa fofa, linda, chuqui chuqui e incrivelmente bem feita, achei que valia um post :)

Esse material tão delicado é criado por Stéphanie Kilgast, uma artista francesa de 24 anos que descobriu sua paixão pelas miniaturas em um momento de tédio numas férias de verão. Isso é o que eu chamo de ócio criativo ;) Hoje ela vive de fazer suas miniaturas e de estudar outras formas de artesanato, que se forem feitas com tanto carinho como essas, vão ser um sucesso sem dúvida.

Você pode conferir o flickr, o site e o blog dela para ver ainda mais coisas fofas.



© 2016 - ideias de fim de semana