home sobre mim sobre o blog mídia kit

Todos os posts sobre fábio

equilíbrio, família, amor e uma tatuagem que eu nunca faria


Eu sempre achei que tatuagem é muito mais do que o desenho. Do mesmo jeito que música é muito mais que a melodia, sabe? Tem toda uma áurea em volta dessas coisas. Os momentos que elas acontecem, as pessoas que elas lembram, os sentimentos que inspiram. E pra mim tatuagem também tem muito disso. Claro que pode ser só um desenho na pele, afinal, é um adorno, uma vaidade. Mas mesmo quando é só um desenho, você vai lembrar do dia que fez, com quem estava, pra onde foi depois, essas coisas. E é por essas e outras que eu digo e repito: tatuagem é muito mais que o desenho.

E na minha última ida pra São Paulo eu fiz uma tatuagem que eu nunca faria. Sim sim, desse jeito. Eu não estava nem pensando em me tatuar, muito menos em São Paulo, muito menos um triângulo, muito menos no braço. Fui para comemorar com meu pequeno seus 18 anos, e era justo a idade que ele estava esperando pra fazer a sua primeira tataugem. Mas não era só as velinhas da nova fase que ele esperava. Ele chegou pra mim e fez: eu te esperei pra fazer a minha primeira tatuagem contigo! Gente, como não se emocionar? Sério, achei de um carinho, de um amor, inexplicável. Que honra.

tattoo fabinhotattoo fabinhoOs desenhos eram simples e lindos. Num dos braços ele fez as iniciais da família em braile. A, de Angélica. C, de Cor Jesus. L de Leonardo. A, de Anna Terra. É muito amor, hein? Que coisa linda. E no outro braço ele fez um triângulo perfeito, símbolo do equilíbrio. Afinal, essa é a chave da vida né. O equilíbrio diante de todas as coisas. Mas quando eu me deparei com tantas homenagens lindas, tanto o fato dele me esperar pra ir com ele fazer, quanto por ter uma letrinha minha ali na primeira tatuagem dele, eu animei pra homenagear também.

Isso mesmo. Uma tatuagem de última hora, de um desenho que eu nunca pensaria em fazer, num lugar que eu não pensaria em tatuar agora. E, aqui pra nós, é uma das tatuagens com maior significado pra mim. Porque além de todo momento de fazer com Fabinho, junto com a sua primeira tatuagem, um desenho igual ao dele, meu triângulo tem ainda mais significados. Somos três irmãos de sangue, assim como os três lados do triângulo. Eu, Malu e Fabinho. No entanto, Malu e Fabinho não são irmãos entre si, ela é da minha mãe e ele é do meu pai. E eles têm exatamente a mesma idade. Isso. Os dois têm um mês de diferença só. Ou seja, eu sou o ponto de equilíbrio entre eles. Bem no meio. Meus dois amores, minhas duas coisas preciosas. Que mesmo não sendo irmãos, tanto se gostam e se dão bem. E minha tatuagem ainda calhou de ser no braço esquerdo, o braço do coração.tattoo anna terratattoo equilibroOu seja, precisa dizer mais alguma coisa? Na verdade, nem precisava dizer nada. Porque é um significado meu, todo meu. Mas que por ser tão bonito e feliz, eu vim compartilhar com vocês. :) Porque, no final das contas, não importa se é uma tatuagem, uma carta, uma música ou uma foto. O que importa é a gente nunca esquecer de compartilhar e demonstrar o amor uns pelos outros. Pela família, pelos amigos, pelos bons momentos. Então que essa segunda-feira seja o começo de uma semana cheia de amor pra viver.

Malu e Fabinho, amo vocês. <3

Ah, e caso tenham interesse, fizemos as tatuagens no Jack Tattoo, na Galeria do Rock. O Tatuador foi Diego Parroy, e ele é ótimo. Tranquilo, da mão leve, paciente e passa uma energia boa danada, o que faz toda diferença.


um lindo loft francês


loftfrançaloftfrançaloftfrançaloftfrançaloftfrançaOntem eu recebi um e-mail engraçado do talentoso Heitor Pontes, me passando um site de decoração de interiores e dizendo que achava que eu já conhecia todos :P Mas não é verdade, eu tenho conhecido poucos e cada vez menos, então conhecer um novo ou olhar novamente um que eu já conheço é sempre uma ótima :) E eu que não conhecia o Kikette Interiors, já adoro.

Navegando por esse blog que traz lindas fotos de casas por todo o mundo, encontrei esse loft francês e só lembrei do meu irmão Fabinho. Ele disse que amou o loft industrial em Barcelona que eu postei aqui e disse que iria morar lá um dia. Então vou postar esse aqui só pra você ficar em dúvida, tá irmão? :)

Esse edifício em Saint-ouen era uma antiga garagem para caminhões de bombeiros, e foi totalmente reformado para virar esse lindo loft. Ele tem 300m2 distribuídos em 6 metros de altura. Espaço pra dar e vender :) Os moradores atuais estudaram bem a estrutura da casa e descobriram que ela teve duas fases de construção: a parte de madeira que data de 1906 e a de ferro que é mais pra 1936. Então para acompanhar esse clima antigo da casa a decoração foi feita basicamente com peças antigas resgatadas de diversos lugares.

Preciso dizer que amei tudo e mais um pouco? Antes de tudo eu quero esse piso aqui em casa (é, eu sei que eu falo isso pra quase todos os pisos de madeira, mas esse é tão lindo…). Depois eu quero as paredes de tijolo aparente, as vigas de madeira e as clarabóias pra entrar muita luz natural.

Depois eu vou querer essa cozinha americana que mais parece um bar dos anos 50, com direito a esse piso losangular e tudo. Quero todos esses móveis antigos, os quadros gigantes, as luminárias industriais e os ladrilhos da lareira (duvido você falar três vezes bem rápido “ladrilhos da lareira” hahaha)

Mas eu só queria isso tudo pra dar de presente pro meu irmão, afinal, o loft vai ser dele, e ele vai precisar me convidar muuuito para eu aproveitar cada pedacinho desse lugar lindo :)



© 2017 - ideias de fim de semana