home sobre mim sobre o blog mídia kit

Todos os posts sobre facebook

páginas pra amar no facebook


Eu sou meio louca das páginas do Facebook hahaha :) Talvez por trabalhar com isso, eu saio loucona curtindo várias. Pra estudar, pra inspirar. Mas claro que nem tudo é trabalho, curto umas pra rir, pra chorar, pra amar. Essas coisas. E eu tenho visto umas muito boas surgindo, então resolvi trazer pra compartilhar algumas indicações com vocês. :)

Eu me chamo Antônio. Um poeta e artista dos guardanapos, que sempre mexe aqui dentro com o que coloca pra fora.eu me chamo antonioeu me chamo antonio

Cansei de ser gato. Um gato que deve estar cansado dessa palhaçada toda, mas que eu morro de rir. :P

cansei de ser gatocansei de ser gato

Ela isso, ele aquilo. Frases e desenhos que traduzem situações que ela vai se identificar, e ele também.

ela isso ele aquiloela isso ele aquilo

Pó de Lua. Os desenhos e as frases que se juntam pra falar de coisas lindas <3

pó de luapó de lua

Tu que é blogueira. E tu que não é também, vai dar risada. :) to que e blogueiratu que e blogueira

Confissõezinhas. Porque tem mais gente que confessa isso que você finge que esconde.ConfissoezinhasConfissoezinhasE claro que temos vááárias outras páginas legais. De blogs, de sites, de marcas, de produtos. Tem muito conteúdo legal sendo jogado aí nessa ~rede social~ todos os dias. Mas queria compartilhar alguns que adoro :) Se tiver mais algum pra somar, coloca aqui nos comentários ;)


dica de leitura


Esses são quatro livros completamente diferentes, mas que eu gosto de todos. Já indiquei aqui também a coleção das Brumas de Avalon, que eu amo e é totalmente diferente desses quatro. Resumindo, eu tenho um gosto amplamente duvidoso para livros hahahaha :P Mas aproveitando o post sobre as salas de livros, resolvi trazer um pouco da minha estante e da minha mesinha de cabeceira pra cá.

O HADO – Mensagens Ocultas na Água é um livro muito interessante, que mostra o trabalho do cientista japonês Masaru Emoto. Ele estuda os cristais da água, e descobriu que as moléculas são afetadas por nossos pensamentos, palavras e sentimentos. E considerando que a maior parte do nosso corpo e do planeta são compostos de água, ele traz nos seus estudos uma premissa muito conhecida: pensamentos bons atraem coisas boas, pensamentos ruins atraem coisas ruins. Ele mostra isso através de um estudo cheio de lindas fotografias e de histórias curiosíssimas dos seus experimentos.

Com Bilionários por acaso – A criação do Facebook aconteceu uma coisa que eu não gosto, eu vi o filme que foi basedo no livro (A Rede Social) antes de conseguir terminar de ler. Isso geralmente tiraria toda minha instiga em continuar lendo, mas Ben Mezrich conta os detalhes de criação da mais bem sucedida rede social do mundo de uma forma muito envolvente. Muito mais do que um livro para viciadinhos em internet (como eu hehehe), mas uma coisa de filme que aconteceu de verdade. Exatamente como ele descreve: uma história de sexo, dinheiro, genialidade e traição.

Eu ainda estou lendo Comprometida, que é o que aconteceu com Liz Gilbert depois de Comer, Rezar, Amar. Mais do que um relato dos fatos, ela traz um verdadeiro apanhado histórico sobre a instituição do casamento. Ela mistura seus conhecimentos adquiridos através de muito estudo com seus meses de pesquisa no sudeste da Ásia. É a história dela com o brasileiro que ela encontra no livro anterior. Duas pessoas que se apaixonaram enquanto recuperavam o seu coração partido por um péssimo divórcio. Se amavam muito mas queriam manter distância do casamento, e faziam questão de manter a sua individualidade. Mas então a imigração americana apareceu na história e foi taxativa: ou eles se casavam ou nunca mais Felipe iria poder entrar nos Estados Unidos, onde vivia sua maior parte do tempo com Liz e onde estava o berço dos seus negócios. Obrigados a se casar para continuarem juntos, Liz conta essa história e faz uma excelente meditação sobre o que foi, o que é e o que será o casamento.

E o meu mais recente presente foi o Elas e outras histórias, escrito pelo meu querido e adorado amigo (que ainda vou ter a honra de conhecer pessoalmente) Alexandre Luna, o conhecido @tarrask. Eu adoro conversar com Tarrask, principalmente porque eu adoro o jeito que ele escreve. Então falar com ele por e-mail, gtalk, twitter e afins é muito divertido. Eu realmente adoro o jeito que ele escreve. Eu ainda não terminei de ler o livro, mas já li alguns capítulos que foram disponibilizados em um dos milium blogs do Tarrask, o Qualquer coisa de triste, e indico que você faça o mesmo :) Se você gostar da primeira vez que ler, não vai mais conseguir parar. São histórias de mulheres, segundo ele todas falsas como os casos de amor. São histórias intensas, safadas, cruéis, tristes, e, sem dúvidas, muito originais. Ah, e eu ainda aguardo a minha dedicatória :)



© 2017 - ideias de fim de semana