home sobre mim sobre o blog mídia kit

Todos os posts sobre forno

baked potato


Eu bem que queria que essa fosse a minha marmita do dia, mas enquanto vocês estão lendo esse post eu estou no curso de Estratégias de Marketing Digital no roadshow da ESPM, aqui em Recife. Essa batata eu fiz ontem, fim de feriado, depois de um dia cheio. Ela é de uma simplicidade deliciosa.

É só pegar algumas dessas batatas inglesas, lavar muito bem e fazer furinhos superficiais com um garfo. Eu dei uma bezuntada com manteiga antes de enrolar no papel alumínio e ficou ótima. Com cada batata enrolada no seu papel alumínio, pode colocá-las direto da grelha do forno, e deixar lá por uma hora, virando na metade do tempo com uma luva térmica.

Ao final do tempo, abrir com cuidado o papel alumínio, porque o vapor pode queimar. Então abrir a batata com uma faca, cuidando para não furar o fundo. Com a batata ainda no papel alumínio, fazer uma pequena pressão nas extremidades do corte, usando luva térmica, para abrir mais a batata. Então é só dar uma mexida dentro da batata com uma colher, colocar um pouco de manteiga e o recheio da sua preferência. É a coisa mais simples do mundo.

O meu recheio foi de quatro queijos. Parti o gorgonzola em pedaços, adicionei umas colheres de requeijão, mussarela ralada, parmesão ralado e misturei tudo. Para ajudar a mexer coloquei um pouquinho de leite, e temperei com minha pimenta com alho. Depois de rechear a batata, coloquei ela num refratário e coloquei no forno, com o fogo já desligado, só para manter aquecido e dar uma derretidinha no queijo enquanto eu organizava a mesa.

E eis que ficou uma delícia :D Fácil, né? Já vejo com recheios de linguiça, carne moída, creme de frango, ah… São miliuma possibilidades :P


marmita do dia: peixe embalado


Uma marmita bem leve na sexta-feira é o segredo para uma consciência igualmente leve para enfiar o pé na jaca no fim de semana hahaha :P

Esse peixinho é super simples, e ficou mais saboroso do que bonito pra foto. Comprei filés de tilápia, porque eu acho que desses congelados ele é o melhor. Abri um pedaço de papel alumínio numa assadeira, coloquei o peixe e temperei com limão, sal, pimenta verde, cúrcuma e alho poró. Montei com cenoura, pimentão e ramos de tomilho fresco, coloquei um fio de azeite e fechei. Atenção pra fechar bem todos os cantinhos. É bom enrorlar uma lateral junto com a outra.

Deixa na geladeira por um tempo pra pegar o sabor dos temperos. Enquanto o forno aquecia, eu preparei um delicioso arroz integral, refogado no alho poró e, depois de pronto, misturado aos brócolis cozidos no vapor. Para acompanhar, preparei uma saladinha com alace americana, tomate seco, palmito e milho verde. O peixe fica no forno baixo uns 30 minutos, e quando retirar ele tenha muita atenção. O papel alumínio vai estar quente, e quando você for abrir o pacote o vapor que está acumulado lá dentro vai sair e pode queimar a sua mão. Sugiro que abra o pacote com um garfo e uma faca. Cuidado, tá?

Fica saboroso, leve e é super rápido de preparar :)


marmita do dia: massa cremosa ao forno


Massa é o prato da preguiça :D E eu amo massa, e amo “preguiçar”, então esse foi o prato do domingo, e consequentemente a marmita da segunda-feira :P Comidinha simples e rápida, para poder ter mais tempo pra não fazer nada :D

Eu fiz com fusilli, mas pode ser com qualquer tipo de massa, de preferência essas curtas. Coloquei a água do macarrão para ferver e fui preparar o molho. Refoguei no azeite uma cebola, pedaços de linguiça calabresa defumada e alho. Em seguida misturei ao refogado uma lata de tomate pelado, temperei com sal (usei sal defumado e sal do himalaia moídos na hora), pimenta do reino preta moída na hora, uma pitada de açúcar e orégano. Coloquei um pouquinho de água para deixar ferver bastante. Quando desliguei o fogo misturei 2 colheres de sopa de requeijão (para cozinhar eu compro desses mais baratos, porque tem gosto mais suave e levam amido de milho, que ajuda a engrossar o molho).

Quando a massa estava al dente (quase ai mel dente já que vai ao forno) eu escorri e, ao invés de regar com azeite, coloquei umas 3 colheres de sobremesa de geléia de pimenta e misturei na massa quente. Dá um toque discreto e saboroso ao prato :) Então é escolher uma travessa para ir ao forno, que eu deixei pré-aquecido, depejar a massa e misturar o molho. Quando coloquei na travessa misturei cubos grandes de queijo colho, manjericão fresquinho (e de folhas giganetes) da minha horta e um pouquinho (menos da metade de uma caixinha) de creme de leite, porque achei que esse molho merecia ser mais cremoso.

Então foi só cobrir com um queijo ralado honesto, que pode ser o parmesão ralado na hora ou o Pampulha Provence, que é o melhor desses que vem pronto em saquinho, e foi o que eu usei. Aí é só deixar no forno o tempo de colocar a mesa, organizar a cozinha e derreter o queijo. Ficou cremoso na medida certa, sem ficar pesado, e uma delícia. Para acompanhar, hidratei uns tomates secos e temperei com azeite, pimenta, orégano e azeitonas. :)



© 2017 - ideias de fim de semana