home sobre mim sobre o blog mídia kit

Todos os posts sobre maceió

maceió (minha sereeeia)


MaceióEu conheço Maceió desde que eu me entendo por gente. Metade da minha família materna é de lá, então frequento a cidade desde sempre. Já tive um namorado maceioense, muitos amigos, contatos profissionais, enfim, conheço bem a cidade. Mas sempre conheci com olhos de quem é de casa. De quem sai de Recife e vai pra Maceió como quem pega o carro pra ir na casa de uma tia que mora só um pouco mais distante que as outras.

Dessa vez foi a primeira vez que eu fui para Maceió com ar de turista. Ficar em hotel, conhecer os lugares mais badaladinhos que foram indicados pra quem tinha pouco tempo na cidade, enfim, fazer um programinha mais turístico mesmo. Como meu lindo não conhecia a cidade, eu estava me sentindo quase uma anfitriã. Mas a verdade é que eu estava conhecendo, junto com ele, Maceió de um jeito diferente. E tenho que dizer que fiquei bem satisfeita com a cidade.

Eu vi Maceió passar por grande mudanças, crescer e melhorar um bocado. E hoje, eu vejo que é uma cidade feliz para o turismo. O litoral alagoano, de forma geral, é lindíssimo e encantador. Todas as praias, desde a divisa com Pernambuco até depois de Maceió, são lindas e valem uma visita. Maragogi, Japaratinga, São Miguel dos Milagres, Praia do Francês e Barra de São Miguel merecem destaque. Mas o legal de Maceió é que a praia urbana é linda, de água azul e de um banho delicioso. A praia de Ponta Verde, que pode ser considerada a Boa Viagem de lá, pelo seu grau de “badalação”, é uma delícia. Vale o mergulho.

Além disso, a orla de Maceió é muito bem trabalhada. É muito legal ver uma orla ativa, sabe? Com bares e restaurantes bons, que funcionam durante o dia, pra quem tá pegando uma praia, e à noite pra quem quer jantar ou tomar uma. O nosso bar da vez foi o Lopana, que foi indicação do amigo Rique e que fica perto do Radisson, a gente foi andando tranquilo. O lugar é bem bacana, a cerveja é gelada e a dica é chegar cedo. Ou ter paciência pra esperar o nome na lista ;)

A saída da noite é a mesma indicação de todo mundo: Maikai. É um bar grande, que tem espaço pra show e vive lotado. O chopp é gelado, a comida é boa e a música vale a noite. Ou a gente deu sorte, vai saber. A cidade tem outras opções pra noite sim, como o Coconut, que a gente terminou indo muito tarde e pegou já fechando, aí nem ficamos. Mas pareceu ser legal. Além disso, tem alguns lugares com shows de bandas locais legais, como o Orakulo. Ficamos devendo a visita a Chopperia Alagoana, que também foi indicação e que, pelo Foursquare, é bem bacana.

Lugares com boa gastronomia não é difícil de encontrar em Maceió. Difícil é indicar em qual ir, já que as opções são várias e muito boas. Na praia as famosas tapiocas são sempre uma boa opção pro fim de tarde. A Massarella é, sem dúvidas, a melhor massa da cidade. Mas no Armazém Guimarães a pizza é imoral demais. Sério. Tem um Armazém aqui em Recife mas a pizza não é igual. A de Maceió é uma delícia da vida. No caminho para a Praia do Francês tem um pólo gastronômico chamado Massagueira, que tem vários e vários bares e restaurantes bem legais. Indo lá, o Bar do Pato é uma delícia e eu super recomendo, mas fiquei sabendo que o Casquinho de Siri também é bem bacana. E quem tiver a oportunidade também deve conhecer o Divina Gula, que o nome faz jus ao cardápio. Ah, e também os Sorvetes Bali são uma ótima pedida pra sobremesa.

Bem, além disso, a dica que eu posso deixar é ir conhecer o Pavilhão do Artesanato e a Feira de Artesanato que fica logo na frente. É bacana pra quem quer olhar aquelas coisinhas de artesanato que tem em todo lugar hahaha :P Mas eu confesso que gosto, e é sempre um bom lugar pra comprar a lembrancinha da viagem pra família. Com certeza Maceió tem mais miliuma coisas para se conhecer, se indicar, lugares para beber, para comer, praias legais, e que eu ainda não conheço. Mas quem tiver alguma dica bacana, não faça cerimônia em deixar um comentário por aqui. Combinado? :)

E para o fim de semana eu desejo dias azuis como o mar de Alagoas. Que tal? :D

 


massarella, a melhor massa de maceió


massarella maceiómassarella maceiómassarella maceiómassarella maceiómassarella maceiómassarella maceiómassarella maceióO título do post é quase um trava língua, né? Mas eu não tinha outra forma de dizer isso. Eu sou apaixonada por massas. É um fato. Adoro fazer em casa, comer fora, na casa dos amigos, de qualquer jeito. Seja uma massa caseira ou uma seca, barata ou cara, com um molho elaborado ou só no alho e óleo. Foi uma boa massa, eu tô feliz e salivando.

E na Semana Santa eu e meu lindo fechamos a nossa viagem com chave de ouro. Logo antes de pegar a estrada de volta, nós paramos para almoçar na Massarella, uma casa de massas muito conhecida lá em Maceió. Ela tem um ambiente bem aconchegante lá dentro. Meio escurinho, trabalhado na madeira, com uma decoração meio de cantina italiana. Bem agradável.

Quando nós fomos atendidos a mocinha explicou que os pratos eram individuais, porém muito bem servidos. E que podiam servir até duas pessoas, dependendo da fome. Optamos por pedir um medalhão de filé ao molho de queijos com talharim caseiro. E tenho que dizer, foi uma das melhores massas que eu já comi. Não digo de cara que foi a melhor porque eu tenho meu carinho todo especial pelo Parpadelli com Porpetas do Bodega & Pizza lá de Candeias, mas essa massa foi imoral. Sério.

Foi legal ter recebido a dica do tamanho do prato, realmente seria muito pra uma pessoa só. Mas a massa estava tão boa que pareceu ser pouco pra dividir pra dois, apesar da gente ter saído satisfeito. O ambiente externo parece ser super agradável à noite, e deu vontade de ir pra lá comer uma pizza qualquer dia. Quem sabe o dia que eu voltar ao Radisson eu não escolha ir à noite para a Massarella? :)

Se você vai pra Maceió e gosta de uma boa massa, não deixe de conhecer a Massarella. De verdade ;)



© 2017 - ideias de fim de semana