home sobre mim sobre o blog mídia kit

Todos os posts sobre oca gourmet

a comida deliciosa do restaurante oca gourmet


restaurante ocarestaurante ocarestaurante ocarestaurante ocarestaurante ocarestaurante ocarestaurante ocarestaurante ocarestaurante ocarestaurante ocarestaurante ocarestaurante ocarestaurante ocarestaurante ocarestaurante ocaPapai começou as comemorações do aniversário dele na quinta-feira, lá em Santos, num jantar para os amigos, no Oca Gourmet. Angélica organizou super bem as coisas, e foi naquele esquema de escolher o cardápio resumido antes e deixar pro pessoal fazer o pedido do menu de entrada, prato principal e sobremesa na hora. O restaurante é lindo e super aconchegante. Alguns probleminhas de atendimento, mas entre tantas taças de proseco e chopps Heineken eu nem percebi. Mas o que me chamou a atenção mesmo foi a comida. Gente, que comidas incríveis.

Sabe quando você vai comendo e vai fazendo involuntariamente aquele sinal de “sim” com a cabeça? Pronto. Foi assim desde as entradas. Aqui pra nós, eu nem gosto de queijo de cabra… Mas esse “pastelzinho” com a geléia de abacaxi tava coisa divina. Eu fui muito feliz na escolha da minha salada pra entrada. Apesar as folhas super montadas, eu apenas cortei tudo (mal aê, Glorinha) e mandei essa combinação perfeita de queijo brie e tomate seco pra dentro. Como é que uma salada tão simples pode ficar tão gostosa? Sério, chamou a atenção.

No pedido dos pratos, eu fui a única da nossa mesa que pedi peixe, e não me arrependi. O filé estava uma delícia, frito sequinho, maravilhoso. E o torteloni que acompanhou estava levinho, tudo combinou muito bem. Claro que eu não sou besta nem nada, e fui dar uma bicada no risoto de alho poró de papai, e estava perfeito. E olhe que risoto é aquela coisa, né? Ou está muuuuito bom, ou está péssimo. Ainda bem que foi a primeira opção :D

E as sobremesas… Ahhh as sobremesas… Claro que entre tapioca e churros, eu fui de churros,  né? Sair de Recife pra ir comer tapioca em Santos é sacanagem hahaha :) Até porque provei a tapioca, mas considerando que meus critérios foram formados entre Olinda e Recife, acho que faltou um bocado pra ser aqueeela tapioca, sabe? Mas como eu fui de churros com doce de leite não teve erro. Churros sequinho, quentinho, tive vontade de comer um balde inteiro disso, sério. Rezava por mais espaço na minha barriga.

E era engraçado ir comendo e reparando nas pessoas, porque foi unânime. A comida agradou a todo mundo, todo mundo comendo feliz e satisfeito. Eu fiquei na curiosidade de voltar lá pra conhecer o cardápio da casa, sem ser esse reduzido pra festa, que deve ser incrível. Então quem tiver pela baixada santista em busca de uma comida inesquecível, dá um pulo lá no Oca Gourmet que você não vai se arrepender.

E eu, como fotógrafa da festa, registrei minha presença com um selfie básico hahaha :)

restaurante oca


© 2017 - ideias de fim de semana