home sobre mim sobre o blog mídia kit

Todos os posts sobre pimenta

chili de forno com batatas


E dando continuidade as receitas deliciosas em parceria com as pimentas Delati, hoje eu trago pra vocês uma receita ótima pra curar a ressaca do carnaval. :) Sabe aquele chili tradicional mexicano que se come com nachos? Pronto, é bem diferente hahaha :P

chili de forno com batatasComo eu disse no post das fatias de frango, eu não me atrevo a fazer coisas muito tradicionais pra não profanar as culturas :P Então me inspirei nos famosos chili bens mexicanos e fiz um prato que pode ser uma ótima pedida pro almoço ou pro jantar. Se liga no preparo.

A primeira coisa a fazer é pegar um pimentão vermelho e tirar a pele dele usando essa técnica simples e gostosa. Basta você queimar o pimentão direto na boca do fogão. Isso, sem dó nem piedade. Pode queimar até ele ficar todo preto, usando uma pinça de macarrão de aço para virar. Essa técnica além de tirar a pele fácil, deixa o pimentão com um gostinho meio defumado que dá um toque especial. Aí depois que o bicho estiver todo carbonizado você taca ele numa vasilha grande com água gelada e a mágica começa a acontecer. Você espera ele dar uma esfriada e pode ir mexendo nele e tirando a pele. Ela vai sair todinha, bem facilmente. Então é só abrir, limpar e cortar em fatias. Eu gosto de cortar as fatias no meio, pra não ficarem muito longas, mas aí é como o mandar o freguês.

Depois você refoga uma cebola ralada num pouquinho de azeite e junta uma colher de sopa de alho picado. Deixa refogando enquanto você rala uma linguiça calabresa sem aquela pele. Aí junta a linguiça ao refogado e espera ela soltar o excesso de gordura. Então pode juntar a meio quilo de carne moída. Eu mandei moer patinho, mas você pode fazer com a carne da sua preferência.

Aí é dar uma  mexida pra carne ir soltando e já pode começar a temperar. Coloca o pimentão cortado, uma pitada de sal lembrando que a calabresa já é mais salgada e coloca umas 4 colheres de chá de pimenta Delati vermelha. Ela é mais suave que a habanero que nós usamos na receita das fatias, então pode ser generoso se gostar. Também pode colocar uma salsinha picada na hora e dar uma misturada. Depois disso, coloca uma lata de tomate pelado cortado em cubos, mistura e deixa lá cozinhando. Há quem goste de usar extrato ou purê, mas eu gosto desse tomate pelado porque, mesmo sendo em lata, ele é bem natural e suave. Aí deixa lá cozinhando uns 15 minutos.

Depois disso tá na hora de misturar uns 250/300g de feijão carioca cozido. Posso confessar uma coisa? Eu nunca faço feijão em casa. Tanto porque como pouco quanto por preguiça mesmo. Aí pra essa receita eu comprei aqueles feijões já cozidos no vapor, que vem fechado a vácuo e vende numa caixinha, sabe? Juro que estava com medo do resultado, mas tenho que admitir que é surpreendente. Muito gostoso. Então fica aí a dica pra quem, assim como eu, tem preguiça de fazer feijão. Aí pode misturar e deixar cozinhar por mais uns 10 minutinhos.chili de forno com batataschili de forno com batatas

Então é só fazer a montagem. Num refratário você vai espalhar umas 3 batatas inglesas médias descascadas e cortadas em rodelas de aproximadamente meio centímetro. Não pode ser muito grossa porque ela vai cozinhar no molho da carne, sabe? Aí depois das batatas pode colocar o recheio inteiro e finalizar com parmesão ralado na hora. Aí é forno baixo por uns 20 minutos. Abre, espeta pra ver se a batata já está no ponto e pronto. É só servir. chili de forno com batatas

O ponto da pimenta é aquele que dá pra sentir o tempero levemente picante mas que dá pra adicionar mais um pouco da pimenta Delati vermelha na hora. E eu adicionei mesmo porque super combina. Ah, e se a fome estiver apertando, reserva um pouco do recheio e serve com uns nachos de entrada que dá pra ir sentindo o que vai sair do forno. :D

Espero que gostem da receita, aqui em casa fez o maior sucesso. :) Ah, e eu vou precisar da ajuda de vocês para decidir a última receita dessa parceria. Lá no Facebook do Ideias tem uma enquete pra vocês responderem. São três opções de “fast-food” com inspiração mexicana. A receita mais votada até a segunda-feira da semana que vem, será preparada por mim e na quinta-feira vem pra cá pra vocês. E aí, bora lá?

 

Este post é um publieditorial.


eu amo pimenta e ela me ama


pimentas delatiQue eu amo pimenta não é muita novidade, né. Eu sou daquelas que coloca pimenta em tudo. Sanduíche, omelete, macarrão, feijão, carne, sopa, peixe, qualquer coisa mesmo. Não tem tempo ruim. Pra mim o tempero só está completo com uma boa e generosa dose de pimenta. Eu sou daquelas que pede pimenta de presente, sabe? Pronto. Seja em grãos, molho, pasta, conserva. Pimenta pra mim é boa de todo jeito.

E se ela vier em forma de uma simpática parceria então, aí é que ela fica ainda mais gostosa. :D Pois é, a Delati me convidou pra ser a ~embaixadora~ da marca pelos próximos dias (achei chic) e nós vamos ter por aqui algumas receitinhas deliciosas e picantes usando as pimentas Delati como ingrediente. :D Preciso dizer que vai ser demais? Eles me mandaram esse kit lindinho com as três pimentas deles, inclusive a lançamento que é essa amarelinha, a Habanero. Ainda bem que eles mandaram, viu. Porque eu tinha a Original e a Jalapeño mas elas já estavam acabando hahaha :P

Isso que é legal, né. Você ser convidada a falar e usar uma marca que você já conhece, gosta, tem em casa e indica. Pois é. Então podem ficar espertos que na semana que vem já tem a primeira receitinha delícia pra vocês. Ah, e também acompanhem a fanpage do blog no Facebook que vai rolar enquete. Quero saber o que vocês vão querer cozinhar com essa pimenta delícia. :D

Agora é esperar com água na boca o que vem por aí. ;)

 

Este post é um publieditorial.


domingo (pseudo)marroquino


Há alguns meses, comprei numa super promoção da TokStok a minha linda louça Marroquina, mas ainda não tinha preparado nada para sua estréia. Já havia utilizado as peças separadas, inclusive a tajine num almoço na casa de um casal muito querido, Lus e Ju, mas nada que eu tivesse preparado. Mas o dia chegou, e ele foi ontem.

Claro que para criar o clima, soltei o som. Não faço a menor ideia se é realmente música marroquina, mas ajudou a fazer uma cena. Escutem: Mostafa Terakaa

Eu digo que foi um domingo pseudo marroquinho porque as receitas não são fielmente marroquinas… Os petisquetes lá de casa são quase sempre os mesmos. Azeitona, amendoim, grissini com alguma pasta e pronto. Ideal para a cervejinha gelada que estávamos bebendo. A receita do couscous foi uma mistura do que a Ju fez, com um vídeo que vi na internet e com um toque meu, mas vamos lá. Quando disse para meu querido amigo Tarrask que ia receber um casal de amigos para um jantar marroquinho ele disse que era culinária de nível avançado, mas não sabia ele a simplicidade dos pratos.

O couscous é a coisa mais fácil do mundo. Esquentei 3 xícaras de água com um tabletinho de caldo de legumes e, já com o fogo desligado, joguei 2 xícaras e meia do couscous. Então só dei uma espalhada com um garfo, tampei e deixei ele hidratando por uns 5 minutos. Enquanto isso, em outra panela fiz um refogado com cebola, alho, pimentão verde, amarelo, vermelho, azeitona preta, uma pitadinha de sal, pimenta e páprica picante. Ah, tudo refogado no azeite. Depois que desliguei o fogo, misturei tomate em pedaços, sem semente. Eu deixei pra misturar o couscous com o refogado na hora de servir, fiquei com medo de virar uma gororoba se misturasse antes. Fora isso, piquei salsa, manjericão e cebolinha. Como eu não consigo gostar de cebolinha e manjericão, deixei essas ervinhas separadas nas mini tajines e coloquei só a salsa misturada no couscous. Pronto, lindo de comer.

O espetinho de frango foi de uma receita que peguei lá no Rainhas do Lar, mas que infelizmente eu não tinha, nem encontrei pra comprar, a cúrcuma e o cardamomo, que tenho certeza que fazem toda a diferença no sabor… Mas bem, depois de partir o peito de frango em cubos grandes, coloquei dentro de um saco plástico para marinar junto com o suco de 3 limões, um cálice de vodka (eu prefiro vinho, mas não tinha…), 1 cebola picada, 3 dentes de alho amassados, 1 colher de sopa de açafrão, páprica picante, noz moscada, uma pitada de canela em pó, sal e pimenta do reino. Ai ele fica lindo no saco plástico por 1 hora (no mínimo) na geladeira, só pegando o gostinho dos temperos. Depois é só preparar os espetinhos, mas não esqueça de molhar os palitos antes para eles não queimarem. O ideal é fazer na brasa né, mas fiz no forno mesmo. Coloquei numa assadeira em fogo baixo, vez por outra virava os espetinhos de lado e ia regando com o tempero que ficou da marinada. Não sei o tempo que ele ficou no forno, mas foi bastante. Virando, regando, virando, regando…

Ai pronto, para acompanhar preparei uma saladinha simples de alface, tomate cereja e palmito e pronto, todos ficaram bem satisfeitos.

A sobremesa foi uma invenção de última hora. Na vedade eu queria fazer sanduichinhos de biscoito maria com recheio de sorvete, e para incrementar bati no liquidificador um pacote de biscoito Negresco para misturar. Mas terminou que o sorvete ficou muito derretido e não tinha consistência para os sanduichinhos. Solução: molhei os biscoitos maria no leite, forrei uma travessa de vidro, coloquei o sorvete de creme com o biscoito batido por cima, mais uma camada de biscoito, outra camada de creme, e esses biscoitinhos em cima pra decorar. Na verdade ficou muito doce… Não precisava da camada do meio de biscoito, da próxima vez eu dispenso ela. Mas pelo que eu vi consegui satisfazer as boquinhas famintas de Paolo, Rafa e Cami. :)


saladinha básica


Essa nada mais é do que a salada básica de alface, tomate e cenoura, só que com um ingrediente que é mais do que especial para mim, o queijo. De família mineira, sou completamente apaixonada por todo tipo de queijo e não perco a oportunidade de usar em minhas receitas. Para essa saladinha eu só ralei um pouco de queijo mussarela por cima, temperei com orégano, azeite e limão e ela estava pronta para ser servida acompanhando qualquer prato do dia-a-dia. É uma forma de variar na salada trivial, o que é muito importante principalmente para quem tem resistência a comer verduras ;)



© 2017 - ideias de fim de semana