home sobre mim sobre o blog mídia kit

Todos os posts sobre saladão

apertem os cintos: a marmita sumiu


Esse é só o post desabafo… Essa semana, como eu já falei aqui, eu me comprometi com Lu e Carol que faria uma semana de marmitas lights para as três. Elas me ajudavam, porque eu tinha o compromisso de fazer comida saudável todos os dias, e eu ajudava elas fazendo as comidas. Fui ao supermercado todos os dias da semana, sem excessão, para comprar verduras frescas, peixe fresco, e ingredientes especiais para variar nas saladas.

Foi cansativo e muito feliz ao mesmo tempo. Consegui fazer salada e pratos leves todos os dias da semana, e as meninas conseguiram gostar de todos. Como ontem eu estava muito cansada, deixei para preparar a última marmita da semana hoje de manhã. Comprei filés de tilápia fresquinhos e deixei que eles dormissem no tempero de limão, azeite, sal e pimenta. Hoje acordei mais cedo que o normal, e com a ajuda de Paolo fui fazer o saladão: alface, tomate, cenoura, milho verde, pimenta biquinho, tudo temperado com muito azeite, pimenta, orégano e um pouquinho de sal do himalaia.

Deixei um pimentão vermelho e outro amarelo queimar no fogão para tirar a pele e Lu comer sem nem perguntar o que era (ela não gosta de pimentão, só quando eu digo que é tomate). Enquanto isso, fervia uma água temperada para hidratar meu couscous marroquino. Enquando ele hidratava, preparei um refogadão de cebola e para fazer os filés de tilápia, a mesma receita da segunda-feira, mas com tomate pelado. Enquanto o peixe ficava na panela, fiz o refogado para o couscous e pronto. Estava tudo lindo, cheiroso, gostoso, fresquinho e esperando para ser devorado.

Deixei os potes de plástico abertos para a comida esfriar enquanto me preparava para sair de casa. Guardei tudo com cuidado, porque marmita não é bagunça, né? Sempre quero que tudo cheguei num estado mínimo de organização ao menos. Chegando na agência me sentei no chão da copa para organizar o pequeno frigobar e fazer caber os potes de saladão, couscous e peixe. Mexi umas coisas, tirei outras e pronto, coube tudo.

Às 11h50, com as meninas já mortas de fome, fui preparar nosso lugarzinho de almoço. Então vi que tinham limpado o frigobar, mas não era só isso. Estava lá meu pote de salada, o couscous, mas e o peixe? Procurei tudo, o que não é muita coisa numa copa apertada com um frigobar, e não encontrei. Pensei “será que a moça da limpeza jogou fora por engano?”, mas o pote plástico deveria estar lá, né? Mas não estava. Simplesmente sumiu. Puf. Mágica.

Na hora senti um misto de raiva, com frustração, com tristeza, e tudo isso fez minha fome sumir na hora. Pensei: puta falta de sacanagi, meo.Um “tapaué” com filés de tilápia frescos, com quantidade para servir 3 pessoas, ter simplesmente desaparecido? Eu não sei explicar, nem ninguém soube até agora. O que me restou foi comer uma salada de camarão no shopping, bancada pela agência, que ficou de encontrar uma explicação, ou um culpado.

Não é a primeira vez que somem coisas. Em todo lugar tem um rato de geladeira, né? Um que toma um iogurte, que come um biscoito, que toma um redbull… Mas roubar um pote de peixe é a primeira vez que eu vejo, sério mesmo. Então é isso, só queria desabafar e dizer que eu não consegui finalizar a minha semana de marmitas leves… Tinha até pensado em me pesar pra ver se fez algum efeito, qualquer 500g que fosse. Passar o cardápio completo e tal… Mas desanimei, desculpem.

Sei que a sexta-feira pede um post mais alegre, afinal, é sexta. Prometo tentar, mas hoje estou com a pauta cheia e não sei se consigo. Mas vou tentar daqui pro fim do dia.

Obrigada por “ouvirem” meu desabafo.



© 2017 - ideias de fim de semana