home sobre mim sobre o blog mídia kit

Todos os posts sobre street art

pimp my carroça e minha experiência com voluntariado


pimp my carroca 12Eu nunca tinha tido uma experiência de voluntariado assim. Já tinha ajudado em um evento ou outro de arrecadação de livros, roupas, mas nunca tinha vivido um dia inteiro tão intenso como foi o meu último sábado. Quando eu vi que o Pimp My Carroça vinha pra Recife, fiquei super animada pra conhecer de perto esse projeto que eu já admirava pela Internet. Mas quando vi a chance de me voluntariar para o evento não pensei duas vezes, me cadastrei sem ter nem ideia do tipo de trabalho que poderia ser desenvolvido por lá.

Para quem não conhece o projeto, o Pimp My Carroça é muito mais do que eu posso descrever aqui. Então sugiro que olhem o site e as redes sociais deles para entender um pouco melhor. Mas em resumo, eles dão o devido valor aos agentes ambientais que nós chamamos de carroceiros. Aquela galera que a gente vê na rua, carregando sua carroça nas costas abarrotada de material reciclável, sabe? Pronto. Esse pessoal tem uma importância incrível para a limpeza da nossa cidade e para o meio ambiente, afinal, eles estão dedicando sua vida para recolher e reciclar materiais. Mas muitas vezes eles são invisíveis nas ruas, hostilizados e sofrem muito preconceito. Então o Pimp My Carroça vem para dar um grau na carroça e no carroceiro e devolver um pouco da autoestima que eles precisam.

pimp my carroca 2pimp my carrocaQuando eles chegam com suas carroças sujas, quebradas, tortas, enferrujadas é quando o trabalho começa. A carroça vai para limpeza e funilaria, onde é toda reformada e ganha chapas de ferro para reforçar a estrutura. Enquanto isso, o carroceiro pode dar um tapa no visual cortando o cabelo e também recebe atendimentos médicos medindo pressão, fisioterapia e orientações nutricionais. No fim, a carroça vai para a mão dos artistas voluntários, que vão pintar uma arte criada pensando no que o dono da carroça quer, afinal, é tudo para deixar ele feliz e satisfeito. No final, o agente ambiental ganha um kit com roupa refletiva, luvas, boné com proteção de sol no pescoço, corda, protetor solar e caneca, e pode ir pra casa feliz depois de ter recebido almoço, lanche e muito carinho. Incrível, né? Então vou contar um pouco de como foi o evento pra mim.pimp my carroca 3Comecei o sábado acordando na hora que eu facilmente poderia estar indo dormir no fim de semana para chegar ao evento pontualmente às 7h. Quando cheguei já tinha gente na labuta pra lá e pra cá e eu fui logo catar o que fazer. Na reunião dos voluntários dois dias antes eu já tinha me oferecido para cuidar da comunicação do evento, porque percebi que eles não tinham alguém para fazer cobertura nas redes sociais e auxiliar o pessoal de foto e vídeo para registrar o evento. Mas quem disse que a gente só faz uma coisa de cada vez, né? :) Então desde organizar as latas de tinta, cadastrar voluntários, distribuir camisas, finalizar carroças com retrovisor, buzina e fitas refletivas, eu fiz de tudo um pouco. Até entrevistar o pessoal pro vídeo do evento rolou. :P

Tendo uma aula de vida por aqui. Acompanhem ?? @pimpmycarroca #pimpmycarroça #comorgulho

Uma foto publicada por Anna Terra (@terrinha) em

Mas, com certeza, o mais emocionante de tudo foi poder conhecer alguns carroceiros e ouvir um pedaço das suas histórias. Enquanto eu estava ali, achando que estava fazendo o bem e ajudando, na verdade eu estava era tendo uma aula de vida com cada um deles. Conheci mulher que deixou de se prostituir pra viver de reciclagem, jovem que largou das drogas pra viver de reciclagem, pedreiro que largou o emprego pra viver de reciclagem, tanta gente com um coração enorme e pensando no seu papel na cidade e no meio ambiente, que eu chega me senti pequena. Foi impressionante. Durante o evento eu assumi o Instagram e o Facebook do Pimp My Carroça, então vou colocar aqui alguns dos depoimentos que ouvi por lá.

 

Os artistas estavam super empolgados e inspirados, e saiu cada carroça uma mais bonita que a outra. Ao longo do dia foram cerca de 50 artistas se revezando pra pintar e dar uma nova vida para as carroças.  

Vários artistas na função aqui, tá ficando massa! #pimpmycarroça #comorgulho Um vídeo publicado por Pimp my Carroça (@pimpmycarroca) em


Preciosismo de @florim_graffiti mostrando pra que veio. #pimpmycarroça #comorgulho Uma foto publicada por Pimp my Carroça (@pimpmycarroca) em

  01 – Carroça do catador Nal! #pimpmycarroça   Uma foto publicada por Jeff Alan (@jeffalanmf) em

  Foto linda !! #regram @angelgouveiabrito #pimpmycarroça #recife??   Uma foto publicada por Karina Agra (@agrakarina) em

Vão destruir minha casa pra construir um shopping. #pimpmycarroca Uma foto publicada por João Victor (@joaov.iori) em

  Hoje o dia foi frenético no @pimpmycarroca aqui em Recife! Muita troca de experiências e muito desejo de continuar sonhando.   Uma foto publicada por Jota ZerOff (@jotazer0ff) em

A carroça do Neto já foi. Próóóóxima! #pimpmycarroça #vacilante Uma foto publicada por Vacilante (@vdevacilante) em

  Missão dada é missão cumprida! Carroça do Vel (ao meu lado) que com a ajuda do seu brother reciclam pra sobreviver. Vel me contou que recicla de tudo, “o lixo é muito rico , e eu tiro meu sustento dele”. Super alegre, pra cima e super feliz com o evento, foi o primeiro a chegar com a carroça no evento, e saiu com sorriso no rosto,com sua carroça 01 !!! Satisfação demais em poder participar dessa ação que luta pela visibilidade dos catadores, onde geralmente são desfavorecidos no dia-a-dia. Catadores sao os nossos Agentes ambientais!! @pimpmycarroca obrigado de coração por todo o empenho e dedicação de vcs com o projeto. #pimpmycarroca #pimprecife #recirco #pernambucanidade #recicle #RecifeArt #Recife #muitoamorenvolvido #sustentabilidade #humanizados   Uma foto publicada por Tati Naára Moraes (@naaratati) em

Foram 12 horas de trabalho intenso, a maioria do tempo debaixo do sol andando de um lado para o outro. Mas sabe quando o cansaço só bate na hora da exaustão? Fui embora do evento sem fome, com dor nas pernas, dor de cabeça, dor nas costas e o coração cheio e emocionado. Fiquei muito feliz, de verdade, por fazer um pouquinho que seja de diferença nesse dia.

Ah, uma besteira que achei que devia compartilhar. Durante o evento eu perdi minha carteira com documento, cartão, dinheiro… E antes que eu desse conta de que ela caiu da minha pochete, eu fui chamada no som do evento dizendo que tinham encontrado minha carteira de motorista. Mas quando cheguei lá pra buscar, estava a carteira com tudo dentro, sem tirar nem um real. E eu não esperaria nada diferente disso num evento com tantas pessoas incríveis circulando como esse.

Eu ainda tenho muito a digerir e absorver sobre tudo que eu vi e ouvi nesse sábado. Mas de uma coisa eu tenho certeza: eu vou me dedicar mais a projetos sociais e voluntariado. Porque não existe isso de não ter tempo. Se você não consegue colocar na sua agenda um dia pra fazer o bem para o outro, repense seu estilo de vida. Porque a gente nunca pode dar menos do que recebe. Vamos pensar mais assim. :)

Valeu Pimp My Carroça! Até a próxima. <3pimp my carroca 10


cores de sexta – a arte de maser


Como falar de formas coloridas e geométricas sem lembrar daquele que a internet tanto ama odiar? Ele mesmo, Romero Britto. Mas vendo o trabalho do artista irlandês Maser, podemos ver que com cores e formas dá pra fazer coisas bem bonitas por aí.

Olhando o Ohpera Blog, dei de cara com o trabalho dele, e realmente é recheado de cores, formas, tipografia e uma confusão visual que dá prazer em olhar pra desordem. Ele pinta seus nomes da rua de Dublin desde os 15 anos, e botaria minha mão no fogo pra dizer que essa clara paixão dele por Helvetica surgiu na faculdade de comunicação social.cores de sexta 4 cores de sexta 3 cores de sexta 6 cores de sexta 5 cores de sexta cores de sexta 7 cores de sexta 9 cores de sexta 2 cores de sexta 8Seja nas ruas ou em exposições fechadas como as que tem aí em cima, achei o trabalho dele bonito, forte e diferente do que a gente vê por aí. Ah, e é sempre bom olhar coisas coloridas e felizes assim numa sexta-feira, né? Contanto que não seja Romero Britto… Tá bom, parei! Hahaha :)

Então vou finalizar o post com mais uma intervenção do Maser, mas em preto e branco, porque acho que o colorido dessa está nos olhos e no coração de quem vê. <3

Boa sexta-feira e bom fim de semana, gente. :)cores de sexta 10


cores em construção


Cores em ConstruçãoCores em ConstruçãoCores em ConstruçãoCores em ConstruçãoCores em ConstruçãoCores em ConstruçãoCores em ConstruçãoEu sou o tipo de gente que adora street art. De verdade, acho muito legal. A gente que vive numa selva de pedra, e que pra onde olha a gente vê prédios e mais prédios, entre outros sendo construídos, as vezes fica carente de ver coisas bonitas e diferentes pelas ruas. Acho super válido que, entre uma coisa e outra, a gente tenha um pouco de arte pra limpar a vista. Arte e cor, que é vida, né. Então grafite e todo tipo de street art é muito bem vinda no meio do meu caminho :)

E foi por isso que eu achei tão legal o projeto “Cores em Construção” da Imobiliária Eduardo Feitosa, em parceria com a ONG Cores do Amanhã. O projeto consiste em usar os tapumes das obras como mural, como verdadeiras telas gigantes para expor arte pela rua. Eu achei muito legal e estou torcendo que várias construtoras topem entrar nesse projeto.

A ONG Cores do Amanhã trabalha com mais de 100 crianças e adolescentes carentes, oferecendo a eles a oportunidade de se envolver com essa arte que é a grafitagem. Eu valorizo essas ONGs que levam a arte para a vida das crianças, sabe. Porque eu acho que crianças que crescem se envolvendo com arte, se tornam pessoas melhores. E, de tabela, valorizo bem as empresas que firmam parceria com essas ONGs. A Eduardo Feitosa está de parabéns, bem como a Lira, primeira construtura que apoiou o projeto, e todas as outras construturas que toparem entrar nessa também.

O Projeto Cores em Construção será todo registrado e seus relatos serão reunidos num documentário. O vídeo vai mostrar detalhes do projeto, da ONG e das empresas que entrarem nessa parceria. Ele será editado e divulgado para mostrar o impacto sócio-econômico desta iniciativa, além de mostrar como a cidade pode ficar mais bonita :)

Convenhamos gente, a cidade está em obras sempre. E os tapumes, quando são bem tratados, levam apenas alguns grafismos (geralmente muito parecidos uns com os outros), e a marca da construtora. E se a marca agora estivesse envolta de arte? Pra mim tem muito mais valor :) Então eu vou ficar por aqui, torcendo para ver vários tapumes do projeto Cores em Construção pela cidade. Porque além das construturas deixarem seus tapumes com mais beleza e vida, também vão ajudar a divulgar a ONG Cores do Amanhã e seu lindo trabalho.

 

Este post é um publieditorial.



© 2017 - ideias de fim de semana