home sobre mim sobre o blog mídia kit

Todos os posts sobre vegetariano

bifum vegetariano de uma panela só


bifum vegetariano 9Eu sou fã de macarrão de uma panela só. Primeiro porque eu amo comida gororobenta, segundo porque é prático e também porque eu amo salsicha/linguiça e geralmente ele é feito disso, né? Pelo menos é como eu sempre faço. Aí fica aquela coisa deliciosa, mistureba e engordiet. Mas em busca de uma alimentação melhor, fiz essa versão vegetariana usando bifum e ficou ótima!

Confesso que até pouco tempo atrás eu tinha medo de bifum.. É, pois é. Eu tinha medo de cozinhar e ficar uma massa só, uma gororoba ainda maior do que a que eu geralmente como. Aí por isso eu nunca tinha feito em casa. Mas trocando uma ideia com minha amiga Nara, eu resolvi fazer o teste. E olha, deu super certo e agora eu faço direto! Virei adepta total do macarrão de arroz de um minuto. Simples, rápido, gostoso, leve. Tudo de bom :)bifum vegetarianobifum vegetariano 4bifum vegetariano 3bifum vegetariano 2bifum vegetariano 7bifum vegetariano 6bifum vegetariano 5Essa receita é bem simples, como dá pra ver praticamente todo o passo a passo pelas fotos. Primeiro eu cortei uma cenoura em cubinhos e refoguei no azeite. Como vamos usar molho pronto, então não refoguei cebola nem alho, deixei tudo mais simples mesmo. Aí deixei ela refogando com a panela tampada, porque aí ela também já dá uma amolecida, sabe? Depois juntei uma beringela em cubos, que eu já tinha cortado e colocado de molho na água e sal pra tirar o amargor. Então escorri, lavei e juntei no refogado. Tampei um pouco mais a panela pra beringela amolecer um pouco também. Aí depois é só juntar meia lata de milho e despejar o Molho Pronto de Manjericão da Tambaú. Deixei cozinhando tudo junto pra pegar o sabor um pouco, mexendo sempre pra não grudar.

Depois eu coloquei mais ou menos um copo de água e deixei levantar fervura. Quando ferveu eu coloquei 100g de bifum. Aí tem que ir colocando e regando com o molho pra ele ir cozinhando, sabe? É bom ir soltando com o garfo e mexendo pra não grudar. Aí tampa um pouco, abre e mexe mais um pouco. Ele cozinha com uns 3 minutos no máximo, mas vale ir vendo a textura e experimentando se precisar. Aí pronto, é só servir :D bifum vegetariano 8Gostoso, rápido e saudável :D

Post em parceria com a Tambaú Alimentos


petiscos vegetarianos


Poucas coisas são melhores do que receber os amigos em casa pra tomar uma, petiscar e falar merda. Melhor ainda quando são só mulheres fofocando, falando da vida dos outros, de safadeza e ainda por cima cortando os cabelos hahaha :P Foi uma quarta-feira melhor do que a encomenda. Depois de adiar esse encontrinho por semanas, eu, Dani (do Ricota Não Derrete), Lila e Rafa conseguimos nos reunir. Como Dani e Lila são vegetarianas, o menu dos petiscos foi bem diferente do que eu apresentei quando recebi os meninos lá em casa e mostrei aqui nesse outro post de petiscos. Esses são vegetarianos e não levam nada de bicho e nem ovo, só leite e queijos. Então resolvi trazer um pouco do que foi nossa noite :D

Geléia de Pimentãogeleia de pimentaogeleia de pimentaoPrimeiro: tire essa careta que você fez quando leu PIMENTÃO. Essa geléia é feita com pimentão vermelho e todo mundo (eu disse TODO MUNDO) que disse não gostar de pimentão amou (eu disse AMOU) a geléia. Então por favor, tire a capa do preconceito e foca nessa geléia simples e deliciosa, que vai muito bem com um queijo prato esférico, gouda, itálico, brie, entre outros.

Usei dois pimentões vermelhos grandes e tirei a pele deles naquele esquema de queimar direto na boca do fogão, sabe? Você pega o pimentão e coloca em cima do fogão, direto na chama, sem nada. Aí ele vai queimando e você vai virando com a ajuda de uma pinça (no meu caso foi um pegador de macarrão mesmo). Aí quando a pele já estiver bem preta e queimada de todos os lados, você pega e coloca dentro de um saco plástico e fecha, abafando. Deixa por uns 5 ou 10 minutos e depois lava em água corrente. Toda a pele queimada sai e você tem o pimentão com um sabor de defumado, cozido, sem acidez e delicioso.

Eu cortei os dois em pequenos pedaços, na esperança de que com o tempo de fogo eles fossem se desfazer e virar uma pasta com uma boa textura. Mas eu estava enganada. De toda forma, foi como eu fiz. Cortei os dois pimentões em pequenos pedaços e coloquei na panela com 4 copos americanos de água e 1 copo de açúcar. Eu achei que o resultado ficou muito doce, então da próxima vez vou usar coisa de 3/4 do copo de açúcar, mas fica ao gosto do freguês. :) Aí é deixar em fogo baixo, fervendo e cozinhando. Depois de um tempo eu peguei o mixer e bati uma parte, direto na panela mesmo, deixando uns pedaços inteiros ainda pra dar uma textura mais legal. E deixei fervendo e reduzindo.

Eu não sei exatamente quanto tempo foi, confesso, mas é só ficar de olho e ir vendo se está encorpando sem queimar. Depois que esfria ainda fica um pouco mais durinha, então não precisa se preocupar. Servir gelada com queijo e amor <3

Cestinhas de palmito e ricota

cestinha de ricota com palmitocestinha de ricota com palmitoQuando eu postei os petiscos que eu fiz quando recebi os meninos, coloquei a receita da cestinha de frango e disse o quanto ela era versátil, né? Pronto. Esse recheio eu fiz com ricota, palmito, creme de ricota, uns pedaços de tomate e gratinei com queijo prato esférico que roubei do petisco da geléia aí de cima. Ficou uma delícia. :D

Guacamole

receita guacamolereceita guacamoleEssa receita não fui eu que fiz, mas com certeza vai figurar o cardápio de alguma próxima festinha. É linda, deliciosa e vai muito bem com uma cervejinha gelada. A receita quem preparou foi Rafa, mas ela me passou e eu trago aqui pra vocês :D E o melhor é que como é tudo cru, fica prático de preparar em qualquer lugar. Ah, e se você também não gosta de abacate, segue o mesmo conselho da geléia. Eu também não gosto de abacate e AMEI esse guacamole. Vai por mim.

Você pega meio abacate e amassa bem. A gente usou espremedor de batata, mas pode ser na fé do garfo também. Aí junta meio tomate maduro bem picadinho, pimenta biquinho picada e o sumo de 1 limão. A receita original leva também meia cebola roxa bem picadinha, mas como eu tenho maior problema com cebola crua e Dani também tem gastrite e é bom evitar, ela foi sumariamente retirada da receita e tenho que dizer: perdeu nada. hahahaha :P Ficou ótimo! A gente comeu com essas batatas tipo Pringles de cebola e salsa, mas vale comer com qualquer coisa que faça a base, porque o bicho é bom até puro.

Só tem que se ligar que como leva limão, ele começa a escurecer com o tempo. Então é tipo, preparar e comer. Não que eu precise dizer isso, porque com certeza será detonado rapidamente, mas fica a dica de não preparar com antecedência ;)

E como nem só de petiscos se vive a vida, Dani ainda ARRASOU no brownie sem ovo, sem leite e com muuuuito sabor. Sério, gente. Ele derrete na boca. Coisa de louco. A receita tá lá no Ricota Não Derrete e a foto aqui tá imoral, hein?

brownie vegetarianoE como eu disse, cortamos os cabelos! Sim sim, Dani é fera. Além de cantar, dançar e representar lá no Ricota, ela ainda corta o cabelo das amigas. E faz sobrancelha. E maquiagem. É um pacote completo, viu? Todo mundo merecia ter uma Dani na sua vida hahaha :P E eis que entreguei minhas madeixas pra ela com a seguinte observação: estava com saudade do meu cabelo grande, não queria tirar muito do comprimento…. Mas preciso de um corte, uma leveza, um repicado, um toque Dani mesmo, sabe? E ela foi com fé. Nas fotos pode nem parecer muito, e na verdade mudou pouco pra quem vê de fora. Mas eu acordei mais leve e os olhos mais atentos até elogiaram. :D

Antes

corte de cabelo antes

Durantecorte de cabelo durante

Depoiscorte de cabelo depois No dia seguinte (com cara de sono e ressaca) corte de cabelo depoisAlém de mim, Rafa também cortou o cabelo. Mas ela é muito mais linda e ousada, e Dani arrasou no corte. Acho eu que em breve estará lá no Ricota, então vou evitar spoilers e deixar vocês verem por lá, tá bom? hahaha :P

Dani, Lila e Rafa, que noite massa! Vocês são umas lindas mesmo. <3

Gente, aproveita as receitas pro final de semana! Abre uma cerveja e vai com fé ;)


marmita do dia: espaguete integral com gorgonzola, brócolis e palmito


marmita do diamarmita do diaQuanto tempo faz que não aparece uma receitinha aqui no Ideias, hein :) E eu nem esperava que fosse aparecer tão cedo… Tenho, tido uma preguiça incrível de cozinhar :P Mas eu percebi que uma coisa não anulou outra, já que essa receita é mega simples e super rápida, então pode fazer com preguiça mesmo :P

Nada mais é do que um espaguete de massa integral cozido al dente e coberto com o molho de gorgonzola mais fácil do mundo. Tudo bem que o molho mesmo é com cebola refogada e blá blá blá. Mas qual foi a parte da p-r-e-g-u-i-ç-a que você não entendeu? :P O negócio é sério. Então eu simplesmente pego um pedaço de gorgonzola e deixo derreter no leite. Aí quando já está bem misturado (pode deixar até aguadinho porque depois ele engrossa), é só colocar uma colher de requeijão e temperar com noz moscada e pimenta. Nem pense em colocar sal, viu? Os queijos dão conta do recado ;)

Aí pra incrementar e não ser a marmita da preguiça de sempre (toda vez é macarrão com gorgonzola nos dias de preguiça…), eu refoguei em azeite e bastante alho uns brócolis cozidos no vapor e uns palmitos cortados em pedaços. Ainda joguei uma cebola em flocos que tinha aqui em casa e temperei com uma pitadinha de sal e pimenta.

Aí é só correr pro abraço, gente. Eu montei nessa assadeira porque estou levando especialmente para dividir com as minhas vegetarianas queridas, Lila e Dani, mas se quiser pode montar direto no prato. É só colocar a massa, dar uma regada de azeite, colocar o molho e cobrir com o refogado. Fica delícia demais, gente.

Espero que as meninas comentem por aqui pra dizer se é só uma foto bonita ou é uma receita com muita cuca no lance :P

 



© 2017 - ideias de fim de semana