home sobre mim sobre o blog mídia kit

cores de sexta: os mosaicos do exótica #praiadapipa


cores de sexta exoticacores de sexta exoticacores de sexta exoticacores de sexta exoticacores de sexta exoticacores de sexta exoticacores de sexta exoticacores de sexta exoticacores de sexta exoticacores de sexta exoticacores de sexta exoticaA Exótica, pelo que eu entendi, é uma antiga boate da Pipa. Ela fica na rua principal, e quando você passa na frente não tem como não olhar. Mas ela é uma mistura tão grande de estilos, com umas paredes indianas, um teto meio chinês, umas inscrições árabes, que chega a ser bizarro. Bizarro não, “exótico” :P

Mas se você parar pra olhar direitinho, é cheio de coisas bonitas. As cores são lindas, as formas, os desenhos. Fiquei com vontade de fazer alguns desses mosaicos de quadros aqui em casa. Mas você só vê se parar uns minutinhos aí na frente. Se você simplesmente passar vai ver uma confusão de cores e abandono. E não vai ser bonito.

Mas tudo depende de como a gente olha as coisas, né? Com que olhos a gente vê as coisas. Então, se você estiver na Pipa e passar em frente ao Exótica, dê 5 minutinhos da sua atenção para essa quase ruína, e veja com outros olhos. É quando você repara na cobra que vai de um lado a outro e forma a muretinha. Em como são complexos os mosaicos. Reparou na primeira foto? É quando você vê cada detalhe. E enxerga ali algo bonito :)

E é isso que eu desejo para essa sexta-feira, um olhar mais bonito e colorido sobre as coisas :)


8 comentários sobre o assunto

Estive na Pipa há uns dois anos e passei por todos estes lugares dos últimos post. Mas não pude deixar de comentar neste, porque, como tu disse, “tudo depende de como a gente olha as coisas” e eu não olhei com toda esta atenção quando estive lá! Agora dá vontade de voltar só para rever estes lugares com “outros olhos”!

silvia

Cara Anna, tenho acompanhado seus posts, e na minha opinião, na essência da palavra te digo, esse passeio que você fez à Praia da Pipa me deu inveja (da boa). Realmente você ‘viveu’.
Abraços.

Cicero Fabio de Almeida

Caramba, Anna! Conheci o blog faz pouquinho tempo (1 mês, talvez) e simplesmente adoro tudo o que você escreve.

Daí que eu moro em Natal, e não consigo contar quantas vezes já fui em Pipa. Mas a Exótica é, de longe, uns dos lugares que mais gosto pra fotografar, tenho inúmeras fotos nele até quando ainda era criança. Sempre me encantou e me faz perguntar porque um lugar assim está abandonado há tanto tempo (que eu me lembre, tem no mínimo uns 6 anos de abandono).

Adorei todos os posts sobre Pipa e só me faz ter mais orgulho da minha terrinha e mais vontade de voltar lá correeeendo e provar o crepe do Fases da Lua, o sorvete da Preciosa, caminhar pela Baía dos Golfinhos… Tudo com outros olhos, novos olhos, de novo e de novo. Brigada!

:*

Priscilla Azevedo

Oi Anna!
Eu sempre me culpo por não comentar em todos os posts aqui, como recebo por email as vezes dá preguicinha de vir comentar :x

sabe que eu cheguei em Pipa olhando pra todos os lados procurando por esses azulejos e não encontrei? Ainda pesquisei rapidinho na internet, mas logo o celular e descarregou e eu acabei desistindo.

Fui pra lá em Junho e pretendo voltar logo logo, adorei demais :) Vou fazer um post no blog como sugestão de lugar para passar a lua de mel e indicar seus posts para leitura ok?

Beijo!

Gabi Lima

Eu só fui uma vez a Pipa, em 2011. Não sabia da existência da Exótica. Parei em frente e não pude deixar de me deter por lá um tempão. Umas pessoas que estavam na mesma excursão que eu começaram a tirar fotos nessas imagens de inspiração indiana que há nas paredes frontais e depois que elas seguiram caminho, olhei por entre as janelas e vi que não só tinham referências orientais como imagens à moda greco-romana, imagens diversas, de diferentes culturas, uma grande salada.
Voltando à pousada, comentei com o dono sobre a exótica, e ele disse que quem começou a construir foi um homem que havia sido hippie nos anos 60 e 70, que tinha ido aos EUA ver shows de todos aqueles artistas alternativos da época, Jimi Hendrix, Janis Joplin… bom, foi isso que eu soube através do dono da pousada, não fui atrás pesquisar nem nada. Esses dias, tava vendo umas fotos e parece que o estado dela anda ainda mais precário. É uma pena que um edifício tão interessante possa ficar abandonado. Ele é muito bonito e interessante, mas como é propriedade privada, caberia aos seus donos tomarem alguma providência, coisa que infelizmente parece que não vai acontecer.

Leonardo Chaves

Eu morava em pipa dez de 2004 e cresci nesse lugar maravilhoso! Quando o dono do exótica James dos Estados Unidos começou a montar essa obra em 2006 ele contratou o meu pai para fazer a arte to mosaic. Tudo que for em mosaic foi feito pelo meu pai Glaucio Gonzaga De Oliveira, tive até uma festinha de 15 anos quando convidei a galerinha da minha infância. Como eu sinto falta desses tempos! O que me dói e saber que isso tá abandonado e quebrando aos poucos :(, e toda vez que passo lá eu choro só de saber que tudo que meu pai fez foi pra nada. Mais o talento permanece com ele ainda e a memória nunca vai ser esquecida.
Eu estive na última vez que vim em agosto de 2018. E sempre desejei em um dia ser dona para por vida de volta com mais arte dos moradores de pipa, como uma galeria. Mais nem todos os sonhos se realizam mais se eu pudesse comprar a posse desse lugar eu dava vida a ela de novo.

Mariana De Oliveira

Deixe sua mensagem



© 2021 - ideias de fim de semana