home sobre mim sobre o blog mídia kit

Todos os posts sobre moderno

uma casa enterrada na montanha


uma casa enterrada na montanhauma casa enterrada na montanhauma casa enterrada na montanhauma casa enterrada na montanhauma casa enterrada na montanhauma casa enterrada na montanhauma casa enterrada na montanhauma casa enterrada na montanhauma casa enterrada na montanhaDepois de toda uma filosofia sobre morar numa cabana, se isolar, se conhecer, viver sozinho e tudo aquilo, eu me vejo traindo meus próprios pensamentos por alguns metros quadrados de luxo e beleza hahaha :P

Quando Cami me mandou o link dessa casa dizendo “olha, olha”, eu fiquei incrível. Quando eu penso numa casa na montanha, me vem a ideia de uma casa simples, com muita madeira, algo bem rústico e aconchegante. Essa é exatamente o oposto disso. Um show de arquitetura e design moderno, a casa abusa do cimento queimado, das linhas retas e das cores sóbrias.

Fiquei encantada com o projeto, com a ousadia de ser encruado na montanha e com a capacidade do projetista ter conseguido deixar o ambiente tão claro e garantir um pedaço de janela na maiora dos cômodos mesmo numa casa que está realmente enterrada numa montanha. É admirável.

Tudo bem que a casa parece um pouco sóbria e fria demais pro meu estilo de morada. Acho que continuo sendo mais a cabana mesmo. Mas tenho que dizer que eu daria uns toques mais rústicos, coloridos e aconchegantes e moraria aí mesmo. Enterrada e cercada de beleza por todos os lados. Né não? :)

Boa quinta-feira, gente.

 


bogart café – o lugar


bogart cafébogart cafébogart cafébogart cafébogart cafébogart cafébogart cafébogart cafébogart cafébogart caféDesde que o Bogart Café inaugurou, há pouco tempo atrás, que várias pessoas chegam pra mim e falam: você tem que conhecer, é a sua cara! Então eu estava mais do que atrasada para conhecer. Já estava marcado desde a semana passada encontrar as amigas, e já tinha ficado decidido: na terça-feira nós vamos ao Bogart. E fomos :)

Foi um encontro delicioso, em todos os sentidos. Estávamos eu, Lari, Ju, Dani e Lila. Todas conheciam o lugar, menos eu. Que desfeita, hein? :) Mas tem coisa melhor do que você ir para um lugar onde as amigas já conhecem, adoram e sabem exatamente o que você gostaria de comer?

Em todo lugar que eu vou, principalmente se for a primeira vez, eu passo tempos olhando o cardápio, paquerando, estudando, vendo o que vou pedir. Até porque eu adoro cardápios, diga-se de passagem. Mas eu já cheguei no Bogart com a câmera na mão, e quando entrei mal parei de fotografar. Aí quando chegou a hora de fazer o pedido eu nem tinha aberto o cardápio ainda, então as meninas me deram o caminho das pedras e amanhã eu conto no post sobre as comidas o que a gente pediu :D

O lugar é muito lindo. Um corredor com cadeiras encostadas na parede de tijolos aparentes e rodeadas de cadeiras lindas de madeira, algumas envernizadas e outras pintadas de azul pelas donas (Que, por sinal, disseram que é terrível de pintar. Fica a dica ;) Ao longo do corredor de pé direito alto, as luminárias desse estilo industrial dão todo um charme. Adoro :) E o piso de ladrilhos eu não vou nem comentar, né? Que coisa linda. Principalmente porque ele foi misturado com madeira, então basicamente elas reuniram dois desejos grandes meus. Não tinha como não amar :)

Logo na lá na frente tem esse armário (lindo, por sinal), que é uma vitrine da Calma Monga. Eu não sei se eu digo que é uma marca, um ateliê, ou simplesmente que é um pessoal aqui de Recife que faz umas bolsas lindas :)

O balcão tem a parede toda pintada com aquela tinta que transforma a superfície em quadro negro, sabe? Ficou ótimo. Os desenhos são muito bons, engraçados e bem feitos com giz colorido. Tudo lá é bem organizado e os detalhes são muito bem cuidados. Por sinal, eu adorei a marca e a identidade visual de lá. Gente, a marca é um gato que é uma xícara de café. Mais duas paixões que elas juntaram. Não tinha como não amar [2] :)

E quando você acha que o lugar já está lindo o suficiente, lá atrás tem uma área aberta, com mesas de madeira, guarda-sol e bancos. Gente, que lugarzinho especial e agradável, viu. Tanto que a gente começou numa mesa lá na frente e assim que vagou uma mesinha do lado de fora a gente correu pra lá.

A parede coberta de hera dá uma sensação boa, verde, perto da natureza, aconchegante, tudo aquilo. As mesas são de madeira de demolição com pés em estilo cavalete. Olha lá elas misturando duas paixões minhas de novo. Eu sou doida por mesas com pé de cavalete, gente. E madeira de demolição eu nem comento… :) Os bancos foram pintados de amarelo, o que deu todo um charme e uma vida lá fora. Não tinha como não amar [3] :P

E eu tenho que dizer que além de lindo, o lugar tem comidas (e bebidas) deliciosas e um preço bem justo. O nosso encontrinho foi ótimo, divertidíssimo, agradabilíssimo, lindíssimo, íssimo, íssimo. :) E amanhã tem o post com as comidas, porque o Bogart tem muita coisa legal pra um post só ;)


lindo apartamento em são paulo


apartamentoemsaopauloapartamentoemsaopauloapartamentoemsaopauloapartamentoemsaopauloapartamentoemsãopauloapartamentoemsãopauloapartamentoemsaopaulo

Eu achei esse apartamento o símbolo de uma decoração moderna. Não que eu entenda de definições de estilos e tudo mais, mas foi a impressão que eu tive quando olhei as fotos. Um apartamento moderno sem ser clean demais. Um apartamento cheio de detalhes interessantes, diferentes e, claro, bem modernos :P

Eu achei super legal ter encontrado esse aparamento, que fica em São Paulo, no Design Attractor, um blog da República Tcheca. Eu já postei aqui outro apartamento incrível de São Paulo, que fica na Avenida Paulista, e que também é bem modernão. Acho que esse tipo de decoração combina bem com São Paulo. São apartamentos antigos, decorados de forma atual, com objetos clássicos de design e arte.

Esse apartamento de 150m2 foi projetado pelo arquiteto Maurício Arruda. Ele teve a maioria das paredes quebradas para abrir espaço, preservando o eixo central de sustentação para as outras divisórias. Ficou amplo e iluminado. Parece ser um lugar tão fresquinho, onde sempre teve ter uma brisa circulando.

O chão preto foi uma coisa que me chamou bastante atenção. Geralmente a gente vê pisos de madeira, de cimento queimado, pisos brancos ou de pedra. Mas esse chão preto fez todo o resto da casa realçar. Ficou muito mais bonito do que eu imaginaria se me falassem “vamos pintar o chão de preto”. Ache surpreendente.

Os objetos da decoração não tem nem o que comentar, né? São todos lindos. Os quadros são maravilhosos, as mesas, as cores, as cadeiras, a mesa com pé de castelo de cartas. Tudo ficou simplesmente lindo. Eu adorei. É uma casa moderna mas que tem personalidade. Não é aquela casa que você olha e pensa: qualquer pessoa moderia morar aí. É uma casa que, com certeza, tem a cara do seu morador :)

Acho que decoração é muito isso. Tem que ter a nossa cara, e não simplesmente ser um ambiente que poderia ser de qualquer outra pessoa. Personalidade, é isso que uma decoração precisa ter :)

Boa semana para todos!


ah, os fogões industriais…


fogao+industrialfogao+industrialfogao+industrialfogao+industrialfogao+industrialEu acho lindos os tais fogões industriais, viu? O primeiro que eu postei aqui foi o do meu sogro, lá na casa de Gravatá. É lindo, bom de cozinhar, potente, é tudo de bom :)

Eu sei que ontem eu já fiz um post com fotos do Houzz, e que também foram fotos de cozinha, mas eu não resisti. Quando comecei a ver a quantidade de fotos lindas com esses fogões, tive que fazer esta pequena galeria :)

E eles não são só lindos, também são práticos, já que a maioria tem o forno separado. Isso faz com que ele possa ser embutido em algum outro móvel e fique numa altura mais confortável. Tem coisa pior que ficar se abaixando pra ver o forno? Ou só incomoda a mim, que sou velha entrevada? :P

Além disso, os fogões industriais combinam com tudo. Desde as cozinhas mais rústicas, até as mais modernas. É uma peça linda, que um dia eu ainda vou ter na minha cozinha.

Ah, e no fim de semana eu baixei o app do Jamie Oliver pro iPhone e vejam só, no vídeo de apresentação ele está numa cozinha linda, cheia de temperos e que tem um lindo fogão industrial. Que coisa, não? :P

Quem já cozinhou num fogão desses sabe a diferença que faz. Quero o meu pra ontem. Só preciso de uma pequena reforma na minha cozinha :P

20110410-235842.jpg



© 2024 - ideias de fim de semana