home sobre mim sobre o blog mídia kit

Todos os posts sobre queijo

pão de queijo do paolo


Eu sou de família mineira, e dela herdei meu gosto pelo queijo, pelo feijão e por tudo mais que tinha na casa da minha avó, em Juiz de Fora, durante as férias. Ah, Dona Maria Miranda, uma jovem mãe de 8 filhos, não sei quantos netos, não sei quantos bisnetos e dois tataranetos. Cozinha que é uma maravilha, enquanto meu vô faz pão e frita lambari, que ele mesmo pescou. É uma família que dá gosto de ver reunida.

Mas confesso que nunca fui fã de pão de queijo. Na verdade eu nunca gostei desses tais pães de quejo. Sempre preferi pão com queijo, minas de preferência, mas pão de quejo realmente nunca foi minha primeira opção. Mas tenho que admitir, o pão de queijo do meu marido é uma coisa de louco, até pra mim que nem gosto de pão de queijo. E dessa vez que ele colocou um pedaço de queijo do reino ficou coisdidoido.

Para fazer o dito cujo, ele usa 1 pacote (500g) de povilho azedo, 2 ovos, 1 colher de sopa de sal, 1/3 copo americano de óleo, 1 copo americado de leite e queijos variados. Essa receita levou +- 150g de queijo do reino e mais uns 150g de mussarela.

Numa vasinha misture o povilho azedo com o sal e reserve. Em uma panela, leve ao fogo o copo de leite e o o oléo até ferver, então jogue sobre a travessa com a mistura do povilho. Misture um pouco e coloque os dois ovos inteiros e os queijos ralados ou em pedaços, e vá acrescentando leite aos poucos até dar o ponto da massa. É um ponto bem pesado e com uma liga bem firme. Haja braço colega, tem que misturar bem.

Depois disso, com a massa bem firme está na hora de fazer as bolinhas, ou qualquer coisa parecida que você consiga moldar :) Para facilitar, você pode usar duas colheres de sopa para ir dando o formato do pãozinho. Nem precisa untar a forma, pode colocar direto na forma, mas coloque com um bom espaço entre os pães, porque eles crescem bastante. Então é levar ao forno pré-aquecido até ele crescer bem e ficar dourarinho.

Se além de enfiar a faca, você quiser rodar, abra o pão de queijo e passe aquela manteiga da boa. Ela vai derreter e vai ficar escandalosamente gostoso.

Ah, e o que você pode fazer também é fazer os bolinhos na forma, cobrir tudo com papel filme e levar ao congelador. Depois de congelados, os pãezinhos podem ser colocados em um saco ou em um pote de plástico e continuar no congelador. Você pode levar ele direto para o forno, e ele continua gostoso no dia seguinte :)




cheesecake sem massa


Eu adoro cheesecake. De verdade.

A última receita que eu tinha feito era com queijo minas, e no liquidificador. Mas essa daqui eu achei uma textura melhor, e também mais saborosa. Agora eu faço uma opção de cheesecake sem aquela massa, do mesmo jeito que minha amiga Camilla faz. Economiza tempo, trabalho e umas boas calorias. Claro que aquela massa é uma delícia, principalmente quando leva amêndoas… huummmm! Mas aqui entra como opcional, tá? :)

Bem, é uma receitinha super simples. Na batedeira você vai bater ligeiramente 3 ovos inteiros e depois adicionar 2 potes de cream cheese, 150g de açúcar, o suco de 1/2 limão e 1/2 colher de chá de essência de baunilha. Bata tudo por 20 minutos em velocidade baixa. Então é só derramar essa mistura num refratário de vidro e levar ao forno pré-aquecido em fogo baixo por uns 40 minutos, ou até começar a dourar. Então é só tirar, esperar esfriar e colocar a cobertura do seu gosto. Pode ser uma calda de goiabada ou uma geléia, como eu escolhi. Comprei daquelas Queensberry (aqui pra nós, são as melhores, né?) misturei com um pouquinho-inho de água, pra ela ficar mais fácil de espalhar e joguei por cima. Então é geladeira (ou freezer, dependendo da sua pressa) até ficar durinho e pronto. É só se jogar :)


macarrão com salsicha ralada


Parece carne moída, mas não é. Eu descobri essa maravilha em um dos aniversários da minha irmã Malu, quando o pai dela chegou com um cachorro quente que foi o maior sucesso da festa. Ao contrário da carne moída a secretária da casa dele usou salsicha ralada, e ficou simplesmente divino. Eu já gostava de comer macarrão com salsicha quando cortava ela em rodelinhas, mas assim fica muito mais gostoso. É só ralar a linguiça no ralo grosso, de preferência com ela congelada ainda, e temperar à gosto. Eu gosto de ralar uma linguiça fininha também, que eu refogo primeiro, junto com a cebola e o alho, antes de colocar a salsicha na panela. Depois o tempero fica por sua conta, caldos de carne, picanha, bacon, condimentos como pimenta, páprica, orégano e ervas frescas como salsa e manjericão ficam ótimos na mistura. Tomate, pimentão, extrato de tomate, e mais o que você quiser. Eu ainda ralei um pouco de provolone por cima para finalizar. Esse da foto, na verdade, é o resto do cachorro quente do aniversário de Malu, que foi comemorado ontem, parabéns minha pequena :) Nada melhor do que em um domingo preguiçoso ter que apenas cozinhar um macarrão e o almoço estar pronto ;) E de sobremesa, o bolo de diamante negro com uns brigadeiros e bem casados :D


saladinha básica


Essa nada mais é do que a salada básica de alface, tomate e cenoura, só que com um ingrediente que é mais do que especial para mim, o queijo. De família mineira, sou completamente apaixonada por todo tipo de queijo e não perco a oportunidade de usar em minhas receitas. Para essa saladinha eu só ralei um pouco de queijo mussarela por cima, temperei com orégano, azeite e limão e ela estava pronta para ser servida acompanhando qualquer prato do dia-a-dia. É uma forma de variar na salada trivial, o que é muito importante principalmente para quem tem resistência a comer verduras ;)



© 2024 - ideias de fim de semana