home sobre mim sobre o blog mídia kit

Todos os posts sobre artesanato

móbile de cartão


A única foto que dá pra ver mais ou menos a cor do quarto é a primeira… Tirei as fotos de noite ai a iluminação não ficou tão boa. Ele é um amarelinho claro com um tom meio mostarda em uma das paredes.
Eu fiz esse móbile depois que uma amiga minha, Jubz, distribuiu no trabalho cartões de visita da Farm, a marca preferida dela. Eu entrei na loja aqui de Recife só uma vez. Não tenho nenhuma peça da marca, mas já vi cada uma linda de morrer. Depois de entrar no site, conhecer a loja, as roupas, até as sacolas de compras de lá, concluí que a Farm tem uma das identidades visuais de marca mais bonitas que eu já vi. Trabalham muito bem a imagem deles, e o cartão de visita não me deixa mentir. Jubz teve a ideia de fazer porta-copos pra ela, acoplando 4 cartões e colocando papel contact em cima. Fica a dica ;)
Eu deixei os meus em cima da minha mesa durante muito tempo, depois trouxe pra casa, esqueci na gaveta, até que olhei para eles de novo um dia e pensei como eu não tinha pensado nisso antes. O quarto amarelo, como é conhecido o quarto de hóspedes aqui de casa, tem detalhes roxos, e as cores da mandala combinam perfeitamente com o restante. Então fiz tudo em aluns poucos minutos. Coloquei fita dupla-face em metade dos cartões, peguei um pedaço de naylon, fui marcando uma distância de 2 palmos entre as mandalas e colando os pares mantendo o cordão no meio. Foi quando percebi que meu móbile tava pobre. Era grande, só tinha três mandalas, porque eu só tinha seis cartões, e eu queria vê-lo pronto no mesmo dia. Na mesma hora. Então meu marido, amor da minha vida, teve a ideia de escanear os cartões e imprimir outros em casa mesmo, então eu sugeri diminuir o tamanho deles e fazer mini mandalas, que foram encaixadas entre os espaços do cordão. Como eram quase 23h e eu não podia furar o teto do quarto, mas queria ver pronto, peguei uma das mandalinhas e coloquei dupla-face segurando o nylon e colando no teto. Caiu depois de 2 dias. Então furei e escondi o gancho com a mesma mandalinha. O peso do móbile eu fiz com um pedaço de ametista, que minha secretária fez o favor de quebrar. Amarrei ela com uma fita de cetim, que era muito larga, mas como só tinha ela eu dobrei e ficou assim, e amarrei no final do cordão. Voilà! Prontinho um lindo – e gratuito – móbile.



© 2017 - ideias de fim de semana