Warning: Illegal offset type in isset or empty in /home/ideiasde/public_html/wp-includes/post.php on line 1078
publieditorial | ideias de fim de semana
Warning: Illegal offset type in isset or empty in /home/ideiasde/public_html/wp-includes/post.php on line 1078

Tag Archives: publieditorial

bolo de coco

bolo de coco 8bolo de coco 2bolo de coco 5bolo de coco 4bolo de coco 3bolo de coco 7 bolo de coco 6bolo de coco 9Eu tenho que admitir: eu não sei fazer bolo. Não lembro nem qual foi a última vez que eu tentei, porque eu tenho o dom de solar todos, deixar ruim, é um problema. Por isso eu sempre termino no brownie. Gostoso, sem fermeto, não sola, uma maravilha. Mas como a vida é feita de testar os próprios limites, eu tentei de novo. E eu ainda sou metida, porque resolvi inventar a minha própria receita. E mais, fazer em duas versões: cupcake e tabuleiro. E sabe qual é o melhor disso tudo? DEU CERTO! Muito certo <3

Eu comecei olhando umas 2357 receitas pra ver qual eu faria. Olhei umas no Pitadinha, outras em outros sites, e no fim das contas eu decidi que ia juntar um pouco de cada uma e fazer a minha. Ingredientes comprados eu constatei que esqueci a manteiga. Sim sim, não tinha manteiga em casa. Então o jeito seria, além de juntar umas receitas, fazer ficar bom sem manteiga. E terminou que a receita ficou mais simples do que eu podia imaginar.

Fui fazendo tudo na batedeira. Bati 3 ovos inteiros (eu ia bater as claras em neve, mas aí o primeiro ovo caiu inteiro dentro da vasilha e eu bati foi tudo, a verdade é essa hehehe) e depois fui juntando 2 xícaras de farinha de trigo (sim, eu comecei a juntar com a batedeira ligada e dei um banho de farinha na pia, em mim, na cozinha, coisa linda), 2 xícaras de Leite de Coco Tambaú2 xícaras de açúcar 100g de coco ralado, que eu usei o de saquinho mesmo. Depois de tudo bem batidinho, eu juntei 2 colheres de sopa de fermento, que (milagre!) não estava vencido.

Então para o formato de cupcake é só colocar nas forminhas sem encher muito com a massa, pra não transbordar, e colocar em forno pré aquecido por 3o a 35 minutos, ou até passar no teste do palito. Para o formato de tabuleiro, você unta e enfarinha a forma, coloca a massa e leva ao forno pré aquecido por 35 a 40 minutos, ou até passar no teste do palito. Ah, eu acho que esse é o primeiro bolo que fica melhor depois que esfria. Ele quente fica meio grudentinho, sabe? Frio fica mais fofinho. Então seja pra desenformar ou pra colocar a cobertura, espera esfriar.

Aqui ainda entrou uma cobertura que é opcional, que eu só usei no formato do cupcake. Acho que esse formatinho de tabueliro quanto mais simples melhor, pra tomar com um cafezinho… Hummm! E essa receita já cria uma capinha caramelizada por conta do açúcar, sabe? Então se quiser optar por só colocar um pouco de coco desidratado por cima já dá um tcham. Mas se quiser fazer a cobertura, é só fazer tipo um brigadeiro. Derrete 1 colher de sopa de manteiga (era exatamente a medida que eu tinha na minha geladeira hehehe) e junta com 1 caixa de leite condensado1 xícara de Leite de Coco TambaúEntão leva em fogo baixo mexendo até engrossar. Pronto, então é só deixar esfriar e colocar por cima dos bolinhos e cobrir com coco ralado, Fica uma gracinha, né?

Então já que bolo é bom pra comemorar, fica aqui a minha comemoração de ter conseguido fazer um bolo! Yeah!! hahaha :)

 

* Post em parceria com a Tambaú Alimentos

são joão com histórias e promoção

Tábua de Carne 03Eu não sei quais são as comidas que eu mais gosto, se são das da Semana Santa ou do São João.. Mas a verdade é que eu comemoro só ter essas datas uma vez no ano, se não o bicho (e o bucho) ia pegar hahaha :P E com a chegada do São João vem a lembrança dos feriados passados, das comidas, das festas, das danças, da paquera. Todo mundo tem uma história de São João, né? E sempre tem uma comida boa no meio.

E toda receita também tem uma história, né? Seja na hora de fazer, na hora de comer, ou na hora de separar os ingredientes. A comida tem memória, eu acho. Então que tal puxar na memória uma receita bem gostosa e que tenha uma história inesquecível?

A receita que tiver a história mais legal vai poder comemorar o São João com uma linda tábua ilustrada dessas, do artista (e querido amigo) Pedro Melo, que criou esse material exclusivamente pra Tambaú. Olha, capricha na história porque essas tábuas são a coisa mais linda e eu sou super afim de ter uma pra mim. Agora é a sua hora de aproveitar a oportunidade.

Ah, e não é só isso. O vencedor também leva um super kit de produtos da Tambaú, que vai garantir que as receitas cheias de história também fiquem cheias de sabor. :)

Tábua de Carne 01IMG-20140611-WA0010Então é assim:

Comenta aqui nesse post dizendo a receita e a história até o dia 17/06, encerrando as participações às 17h. Não esquece de colocar o nome e o e-mail no formulário do comentário, pra gente poder entrar em contato, ok? Então eu vou escolher a história mais legal pra ganhar a tábua ilustrada de Pedro Melo e o kit de produtos Tambaú. O resultado será publicado aqui no blog no dia 18/06.

Agora é só caprichar na história e comentar! Boa sorte, gente!

sorteio de são joão

*Este post é uma parceria com a Tambaú Alimentos.

mini cheesecake de goiabada

mini cheesecakeEu amo cheesecake, e adoro experimentar diferentes tipos, formatos, sabores e receitas. Essa receita daqui é simples, e tem uma surpresa na massa que fez toda a diferença. Eu fiz uma versão mini, que eu achei um charme. Pra quem, assim como eu, ama dar comida de presente, essa é uma ótima opção. E também fica uma graça pra servir de sobremesa em casa pra um evento especial. Também funciona se você usar as forminhas tradicionais de cupcake, mas eu gostei mesmo dessa versão com folhas de papel manteiga. Achei mais ~rústico~ e ainda dá pra colocar um laço de fita pra ficar mais fofo <3 Então se liga na receita que é fácil.

mini cheesecakemini cheesecakeOs ingredientes são poucos, o que deixa a receita ainda mais fácil. Na batedeira, você bate 3 claras em neve, e depois junta 3 gemas e 1 xícara de açúcar. Bate pra misturar, depois coloca 300g de cream cheese e o suco de 1/2 limão. Então deixa essa mistura toda bater por uns 20 minutos. Enquanto isso, vamos preparar a massa. Eu gosto de experimentar alternativas para a receita básica de biscoito + manteiga. Faço muitas vezes até sem massa mesmo, porque gosto de fazer em travessas de vidro e não naquelas formas de fundo removível, sabe? Mas pra essa versão eu me inspirei nessa receita da Pitadinha e ficou ótima e fácil.mini cheesecakemini cheesecakeÉ só esfarelar bolinhos de bacia e umedecer com um pouco de leite. O suficiente pra que os farelos fiquem assim, agarradinhos de novo. Então e só forrar os quadrados de papel manteiga, que eu lambusei com um pouco de manteiga antes e pronto. A massa está pronta pra receber o recheio. Gostei dessa massa porque ela funciona até na versão do cheesecake de travessa de vidro, porque não fica dura, sabe? Mas dá uma firmesa e um docinho especial. Adorei. Então é só colocar o recheio e levar ao forno pré aquecido por uns 30 minutos, até passar no teste do palito.mini cheesecakemini cheesecakemini cheesecakeDepois de sair do forno, espera esfriar um pouco e cobre com Doce de Goiaba Cremoso Tambaú, que já vem pronto pra você derramar aí em cima. Aí é só colocar na geladeira ou no freezer até ficar geladinho pra servir. 
mini cheesecakemini cheesecakeDelícia, hein? E a textura fica ótima também, bem fofinho. Deu pra ver que cheesecake do bom não tem mistério? E pode ser mini, grande, pra cortar, comer de colher, tudo com essa mesma receita. É versátil que só ela. Então já deixa ela na agulha pra próxima reunião da família ou dos amigos, é uma delícia garantida ;)

 

Post em parceria com a Tambaú Alimentos

camarão na moranga

camarao na morangaCamarão na moranga é uma receita mais fácil do que parece. Eu diria que ela é mais trabalhosa do que difícil e, aqui pra nós, a parte mais chata de tudo é conseguir abrir a moranga. Não sei se é minha falta de prática/técnica, mas pense numa coisa que me faz suar por uns bons 15 ou 20 minutos até conseguir. Eu vou abrindo com a faca com todo medo cuidado do mundo e depois vou vendo ~onde foi que eu errei~ até conseguir levantar a tampa dela e tirar. Nessa vez, por exemplo, eu consegui quebrar uma faca tentando :x Desencaixou a lâmina do cabo e o danado do tampo não saiu hahaha :P Mas depois que essa etapa tá vencida, tudo fica mais fácil hahaha :P

Sei que em muitos lugares não existe essa tradição de comidas de coco, mas aqui em Recife é muito forte. Quando eu era pequena eu não sei se ficava mais ansiosa pelas comidas de coco da casa da minha Tia Moema ou se pelos ovos de páscoa. Era arroz de coco, feijão de coco, peixe de coco, kibaby, baba de moça de sobremesa, era tudo um sonho. E eu tenho certeza que se as reuniões de família ainda acontecessem lá, esse prato seria muito bem vindo no cardápio. :) Espero que gostem!

Acompanha.camarao na morangacamarao na morangacamarao na morangacamarao na morangaDepois de tirar o tampo a gente dá uma limpada geral dentro. Com a ajuda de uma faca e uma colher tira todo o miolo, com as sementes e aquela polpa fibrosa. Então você embala em papel alumínio e leva ao forno pré-aquecido, com a abertura virada pra baixo, por um tempo que pode variar de 40 a 60 minutos. Pode ser até um pouco mais, vai depender do tamanho da abóbora e da potência do forno.

(Dica: Se você gostar, pode separar as sementes e assar no forno com um pouco de sal e pimenta. Fica torradinha e é um snack gostoso e saudável pro dia-a-dia)camarao na morangacamarao na morangacamarao na morangacamarao na morangaPra essa receita eu fui tentando deixar tudo o mais simples possível, pra otimizar trabalho e tempo. Depois deixo aqui algumas dicas pra incrementar a receita, mas pra essa a praticidade foi prioridade, afinal, quero mostrar que uma boa moranga não tem grande mistérios. Então peguei 1 kg de camarão descascado e pré-cozido e temperei com sal, alho em flocos, suco de um limão e 2 a 3 colheres de sopa de Molho de Alho com Pimenta Tambaú. Deixe o camarão nesse tempero por uma hora.

Sim sim, eu sei que esses camarões congelados não são assim tão gostosos e que ficam mais borrachudos que os frescos. Mas a palavra é: praticidade. E se é pra ser prático, nada melhor do que esses pacotes camaradas. Se quiser fazer com camarões frescos e, ainda melhor, descascados na hora, lembre de fazer o caldo da casca de camarão pra usar no creme, que vai dar um gosto sensacional. Tem a dica aqui nesse post do Caldinho de Camarão. :)

Enquanto isso, fiz o creme. Refoguei uma cebola picada em um generoso fio de azeite. Então juntei mais uma colher de sopa de alho picado. Com esse refogado já matando a gente com o cheiro, juntei um copo de requeijão, a medida do copo de requeijão de Leite de Coco Tambaú e meia medida do copo de requeijão de leite com uma colher de sopa de amido de milho dissolvida dentro. Misturei isso e temperei com salpimenta do reino e noz moscada. Então deixa essa mistura ferver bem até engrossar e virar um creme bem cheiroso.

Depois a gente vai tirar o excesso de água que vai ter juntado no camarão pra não afogar o creme. O meu ficou um pouco ralo pra o que eu queria, então é bom deixar o camarão soltar toda a água antes de ir pra panela. Aí refoga mais uma cebola picada em um generoso fio de azeite e, com a panela bem quente, junta os camarões. Não deixa eles ficarem muito tempo, afinal, eles já estão pré cozidos, se não vão ficar duros. Então junta o creme que tá pronto, mistura e reserva.

Está na hora da montagem. Você vai pegar a moranga que vai estar bem quente e já deve estar mole. A minha ficou um pouco dura ainda, era muito grande, mas uma dica: não coloque ela no forno de volta com a abertura virada pra cima. Mais pra frente eu explico. Então com uma colher você solta um pouco da polpa dela pra que se misture com o creme que vai entrar. Coloca uma pitada de sal, já que a moranga é muito doce, mistura espalhando pelas paredes dela e vai colocando o creme.

Essa é a hora de ter camarões grandes e inteiros pra dar uma leve refogada no alho e óleo pra decorar a moranga. Mas quando eu fui comprar não tinha… Então foi assim mesmo, ao natural hahaha :P Coloquei um punhado de salsa picada em cima, que além de decorar dá um ótimo sabor. A tradição é fazer essa receita com coentro, mas como diz papai, eu só gosto de coentro mexicano. Eu aqui em Recife e ele lá no México. Ô tempero pra eu não gostar! hahaha :P Então fiquem à vontade para escolher o seu cheiro verde.

camarao na morangaCom a moranga montada, volta pro forno por uns 15 minutos pra esquentar tudo junto. Depois é só tirar e servir com arroz branco e uma saladinha.camarao na morangaAgora uma pausa dramática pra contar um breve desastre que aconteceu com essa receita.

 

[pausa dramática]

 

Quando eu fui tirar a abóbora do forno ela apenas abriu embaixo e derramou tudo na assadeira que ela estava. Sim sim, esse desastre aconteceu comigo e pode acontecer com você (mentira, só acontece comigo essas coisas, pense). Então vou dizer o que foi que eu fiz pra consertar, porque pelas fotos dá pra ver que o estrago não foi assim tão grande no resultado final né (mentira, claro que foi enorme o estrago, sujou todo meu forno, caiu molho no chão, Chica lambeu e tá até agora com a barba podre de camarão).

Primeiro, o que eu fiz de errado pra esse desastre acontecer: quando eu tirei a moranga do forno, uma hora depois, e desembalei do papel alumínio eu percebi que ela ainda estava meio dura. Então devolvi pro forno por mais uns 20 minutos com ela virada pra cima. Isso deve ter deixado o fundo dela muito mais cozido que o resto, aí quando voltou pro forno com o creme quente terminou de cozinhar e não aguentou o peso…

Então o que foi que eu fiz. Com toda minha habilidade, usei uma espátula pra segurar o fundo da moranga e transferir o que deu da moranga pra um prato grande. Com uma colher recolhi todo o recheio que ficou na assadeira e coloquei de volta na moranga, já com uma parte dela misturada ao creme, afinal, os erros também tem suas vantagens. Então ela ficou parecendo inteira, coloquei mais um pouco de salsa por cima e pronto. Dá pra enganar e não foi isso que fez ela ficar menos gostosa hahaha :)

Ah, e ainda dou outra dica. Se sobrar, reserva o recheio e pega a moranga pra fazer um creme. Tira a casca, bate no liquidificador com uns temperos (sal, pimenta, alho e cebola em focos, salsa). Aí depois dá pra servir um resto de ontem, que a gente pode chamar de ~moranga desconstruída~ pra fingir que é chic hahaha :P É só colocar o recheio de camarão numa travessa, esse creme por cima, queijo pra gratinar e pronto. Coloca no forno e espera sair um delicioso escondidinho de camarão e jerimum.

Espero que isso não aconteça com vocês, mas se acontecer, fica a dica pra não se desesperar. Nem tudo está perdido hahaha :) Tenho certeza que essa receita vai ser um sucesso na mesa da família durante a Semana Santa. Bom feriado, gente. <3

 

* Post em parceria com a Tambaú Alimentos

Página 1 de 101234567...Última »