Warning: Illegal offset type in isset or empty in /home/ideiasde/public_html/wp-includes/post.php on line 825
publieditorial | ideias de fim de semana
Warning: Illegal offset type in isset or empty in /home/ideiasde/public_html/wp-includes/post.php on line 825

Tag Archives: publieditorial

camarão na moranga

camarao na morangaCamarão na moranga é uma receita mais fácil do que parece. Eu diria que ela é mais trabalhosa do que difícil e, aqui pra nós, a parte mais chata de tudo é conseguir abrir a moranga. Não sei se é minha falta de prática/técnica, mas pense numa coisa que me faz suar por uns bons 15 ou 20 minutos até conseguir. Eu vou abrindo com a faca com todo medo cuidado do mundo e depois vou vendo ~onde foi que eu errei~ até conseguir levantar a tampa dela e tirar. Nessa vez, por exemplo, eu consegui quebrar uma faca tentando :x Desencaixou a lâmina do cabo e o danado do tampo não saiu hahaha :P Mas depois que essa etapa tá vencida, tudo fica mais fácil hahaha :P

Sei que em muitos lugares não existe essa tradição de comidas de coco, mas aqui em Recife é muito forte. Quando eu era pequena eu não sei se ficava mais ansiosa pelas comidas de coco da casa da minha Tia Moema ou se pelos ovos de páscoa. Era arroz de coco, feijão de coco, peixe de coco, kibaby, baba de moça de sobremesa, era tudo um sonho. E eu tenho certeza que se as reuniões de família ainda acontecessem lá, esse prato seria muito bem vindo no cardápio. :) Espero que gostem!

Acompanha.camarao na morangacamarao na morangacamarao na morangacamarao na morangaDepois de tirar o tampo a gente dá uma limpada geral dentro. Com a ajuda de uma faca e uma colher tira todo o miolo, com as sementes e aquela polpa fibrosa. Então você embala em papel alumínio e leva ao forno pré-aquecido, com a abertura virada pra baixo, por um tempo que pode variar de 40 a 60 minutos. Pode ser até um pouco mais, vai depender do tamanho da abóbora e da potência do forno.

(Dica: Se você gostar, pode separar as sementes e assar no forno com um pouco de sal e pimenta. Fica torradinha e é um snack gostoso e saudável pro dia-a-dia)camarao na morangacamarao na morangacamarao na morangacamarao na morangaPra essa receita eu fui tentando deixar tudo o mais simples possível, pra otimizar trabalho e tempo. Depois deixo aqui algumas dicas pra incrementar a receita, mas pra essa a praticidade foi prioridade, afinal, quero mostrar que uma boa moranga não tem grande mistérios. Então peguei 1 kg de camarão descascado e pré-cozido e temperei com sal, alho em flocos, suco de um limão e 2 a 3 colheres de sopa de Molho de Alho com Pimenta Tambaú. Deixe o camarão nesse tempero por uma hora.

Sim sim, eu sei que esses camarões congelados não são assim tão gostosos e que ficam mais borrachudos que os frescos. Mas a palavra é: praticidade. E se é pra ser prático, nada melhor do que esses pacotes camaradas. Se quiser fazer com camarões frescos e, ainda melhor, descascados na hora, lembre de fazer o caldo da casca de camarão pra usar no creme, que vai dar um gosto sensacional. Tem a dica aqui nesse post do Caldinho de Camarão. :)

Enquanto isso, fiz o creme. Refoguei uma cebola picada em um generoso fio de azeite. Então juntei mais uma colher de sopa de alho picado. Com esse refogado já matando a gente com o cheiro, juntei um copo de requeijão, a medida do copo de requeijão de Leite de Coco Tambaú e meia medida do copo de requeijão de leite com uma colher de sopa de amido de milho dissolvida dentro. Misturei isso e temperei com salpimenta do reino e noz moscada. Então deixa essa mistura ferver bem até engrossar e virar um creme bem cheiroso.

Depois a gente vai tirar o excesso de água que vai ter juntado no camarão pra não afogar o creme. O meu ficou um pouco ralo pra o que eu queria, então é bom deixar o camarão soltar toda a água antes de ir pra panela. Aí refoga mais uma cebola picada em um generoso fio de azeite e, com a panela bem quente, junta os camarões. Não deixa eles ficarem muito tempo, afinal, eles já estão pré cozidos, se não vão ficar duros. Então junta o creme que tá pronto, mistura e reserva.

Está na hora da montagem. Você vai pegar a moranga que vai estar bem quente e já deve estar mole. A minha ficou um pouco dura ainda, era muito grande, mas uma dica: não coloque ela no forno de volta com a abertura virada pra cima. Mais pra frente eu explico. Então com uma colher você solta um pouco da polpa dela pra que se misture com o creme que vai entrar. Coloca uma pitada de sal, já que a moranga é muito doce, mistura espalhando pelas paredes dela e vai colocando o creme.

Essa é a hora de ter camarões grandes e inteiros pra dar uma leve refogada no alho e óleo pra decorar a moranga. Mas quando eu fui comprar não tinha… Então foi assim mesmo, ao natural hahaha :P Coloquei um punhado de salsa picada em cima, que além de decorar dá um ótimo sabor. A tradição é fazer essa receita com coentro, mas como diz papai, eu só gosto de coentro mexicano. Eu aqui em Recife e ele lá no México. Ô tempero pra eu não gostar! hahaha :P Então fiquem à vontade para escolher o seu cheiro verde.

camarao na morangaCom a moranga montada, volta pro forno por uns 15 minutos pra esquentar tudo junto. Depois é só tirar e servir com arroz branco e uma saladinha.camarao na morangaAgora uma pausa dramática pra contar um breve desastre que aconteceu com essa receita.

 

[pausa dramática]

 

Quando eu fui tirar a abóbora do forno ela apenas abriu embaixo e derramou tudo na assadeira que ela estava. Sim sim, esse desastre aconteceu comigo e pode acontecer com você (mentira, só acontece comigo essas coisas, pense). Então vou dizer o que foi que eu fiz pra consertar, porque pelas fotos dá pra ver que o estrago não foi assim tão grande no resultado final né (mentira, claro que foi enorme o estrago, sujou todo meu forno, caiu molho no chão, Chica lambeu e tá até agora com a barba podre de camarão).

Primeiro, o que eu fiz de errado pra esse desastre acontecer: quando eu tirei a moranga do forno, uma hora depois, e desembalei do papel alumínio eu percebi que ela ainda estava meio dura. Então devolvi pro forno por mais uns 20 minutos com ela virada pra cima. Isso deve ter deixado o fundo dela muito mais cozido que o resto, aí quando voltou pro forno com o creme quente terminou de cozinhar e não aguentou o peso…

Então o que foi que eu fiz. Com toda minha habilidade, usei uma espátula pra segurar o fundo da moranga e transferir o que deu da moranga pra um prato grande. Com uma colher recolhi todo o recheio que ficou na assadeira e coloquei de volta na moranga, já com uma parte dela misturada ao creme, afinal, os erros também tem suas vantagens. Então ela ficou parecendo inteira, coloquei mais um pouco de salsa por cima e pronto. Dá pra enganar e não foi isso que fez ela ficar menos gostosa hahaha :)

Ah, e ainda dou outra dica. Se sobrar, reserva o recheio e pega a moranga pra fazer um creme. Tira a casca, bate no liquidificador com uns temperos (sal, pimenta, alho e cebola em focos, salsa). Aí depois dá pra servir um resto de ontem, que a gente pode chamar de ~moranga desconstruída~ pra fingir que é chic hahaha :P É só colocar o recheio de camarão numa travessa, esse creme por cima, queijo pra gratinar e pronto. Coloca no forno e espera sair um delicioso escondidinho de camarão e jerimum.

Espero que isso não aconteça com vocês, mas se acontecer, fica a dica pra não se desesperar. Nem tudo está perdido hahaha :) Tenho certeza que essa receita vai ser um sucesso na mesa da família durante a Semana Santa. Bom feriado, gente. <3

 

* Post em parceria com a Tambaú Alimentos

páscoa com mais do que chocolate

pascoa lactapascoa lactapascoa lactapascoa lactapascoa lactapascoa lactapascoa lactapascoa lactapascoa lactaEsse fim de semana fui dar uma olhada lá na loja da Lacta no Shopping Recife. Eu já tinha visto antes, até porque é enorme e está linda, né? E sempre que eu vejo essas ações promocionais o meu lado publicitária grita logo, e eu fico olhando  a montagem, sinalização, figurino, promotores, produtos, organização… Juro, é quase um ato reflexo. Quando dou por mim já estou imaginando o trabalho que deu e se o resultado que tá lá era o esperado mesmo. E quando eu entrei na loja e vi que ela estava cheia, com crianças e adultos andando por lá com um sorriso no rosto, os atendentes também sorridentes, explicando a ação com simpatia e paciência, foi massa. Então fiquei pensando que se o que a agência queria era um lugar para deixar as pessoas mais felizes nesse clima de páscoa e chocolate, eles conseguiram. Essa lojinha além de vender os ovos de páscoa, também conversa com o app do Facebook. Quando eu vi o esquema do aplicativo eu já adorei, porque eu sou dessas que pede presente hahaha :P Basicamente no app é você mostra para os seus amigos o seu ovo de páscoa preferido, e ainda montar um paper toy com a sua cara, é uma coisa fofa. Então as pessoas podem ir na lojinha do Shopping Recife, levar o seu código, comprar o seu ovo de páscoa preferido e imprimir o seu paper toy, que com a faca de corte que tem lá fica ainda mais fácil do que parece de montar. Ou seja, é um presente simples, fofo e que faz a diferença, afinal, ovo de chocolate é uma delícia, mas o carinho de ganhar um paper toy com a sua cara é ainda melhor. E se você usar o app, publicar e ganhar um (ou mais, porque não!) vai ver que tem gente querendo fazer a sua páscoa mais feliz :P Pelo sim, pelo não, vou colocar o meu aqui.. Vai que. hahahaha :P pascoa lacta * Este post é um publieditorial

chica gosta da casa limpa (e eu também)

chica briluxQuem tem cachorro em apartamento sabe que um dos maiores problemas é a tal da limpeza. Eu tenho sorte de Chica ter aprendido desde novinha que o banheiro dela é a varanda, já que além de morar em apartamento eu nunca tive área de serviço… Então dos males o menor, ela faz tudo num canto só que dá pra lavar sempre. Claro que vez por outra ela faz o show dela pra chamar atenção e termina com um cocô fora do lugar, um xixi num tapete, mas via de regra ela é educada e faz só no “banheiro” dela.

Mas todo dia é aquela lida. Acordar, recolher, lavar, enxaguar, enxugar. E isso se repete pelo menos 2x no dia, mesmo que eu desça com ela pra dar uma volta praticamente todos os dias. Ah, e experimenta ficar com preguiça e deixar pra lavar depois pra ver… Chica gosta de casa limpa, rapaz. E se a varanda estiver suja, por puro protesto, ela vai fazer na sala, bem debaixo do meu nariz. E não basta estar limpa, a casa (principalmente a varanda) tem que estar cheirosa. Tem coisa pior do que casa que fede a cachorro? E quem mora em ap pequeno sabe como é difícil manter esse cheiro longe…

Aí eu que só tenho diarista uma vez na semana, fico me virando de dona de casa nos horários que eu não estou trabalhando. Aí é um tal de lavar pra cá, lavar pra lá. Tudo que eu queria era ter uma Rosie lá em casa <3 Gente, quem teve infância lembra da Rosie, dos Jetsons, né? Aquela robozinha camarada, dona da voz da limpeza. Ahh como algumas coisas podiam ser que nem a gente imaginava que seria, né? O ~futuro~ tão esperado com carros voadores, limpeza com um botão, praticidade de um clique.

Claro que estamos muito longe disso, mas a Brilux trouxe a Rosie pra vida numa campanha LINDA! Eu até poderia dizer que sou suspeita pra estar falando aqui de publicidade e tal, porque sou publicitária. Mas antes disso, eu sou dona de casa, mãe de Chica, e consumidora de produtos de limpeza. Então fica aqui minha opinião dos lados. A campanha é linda, super bem feita, bem produzida, divertida e fala de produtos que são realmente bons. Vejam os vídeos, estão lindos!



Aqui pra nós, eu não conhecia esse rosinha aí que aparece na foto, que é pra limpar e perfumar. Gente, depois de lavar a varanda de Chica com água sanitária, eu passei um pano com isso aí e pense num cheiro bom que ficou na casa. Deu pra ver que Chica até dormiu na varanda com a fuça nos produtos, né? hahaha :P chica briluxchica briluxJuro que não foi planejado! Eu estava trabalhando sentada na mesa da sala, enquanto os produtos estavam lá na varanda, que eu tinha lavado e estava esperando pra tentar uns cliques mais tarde. Quando eu vejo, essa moça está lindamente dormindo por lá. Então se ela deitou de dormir é porque estava limpo e cheiroso, Chica tem critérios altíssimos hahaha :)

Poxa, fiquei pensando aqui que seria legal uma Rosie até pra brincar com Chica que fica tanto tempo sozinha… Own. <3

briluxE pra finalizar o post, Chica e sua cara de “saia da minha varanda por favor” hahaha :)

chica brilux

* Este post é um publieditorial

correndo atrás do tempo perdido (e dos quilos achados)

corrida na ruacorrida na ruacorrida na ruacorrida na ruacorrida na ruacorrida na ruacorrida na ruacorrida na ruacorrida na ruacorrida na ruaFim de ano é aquela coisa né? Comida, comida, comida. Confraternizações, festas, bebida e mais comida. É difícil manter a linha, viu? Ainda mais pra quem, assim como eu, adora uma farra regada de boa bebida e boa comida.

Então chega janeiro e as promessas de voltar pros eixos vão se acumulando. Voltar pra academia, voltar a comer melhor, voltar a correr, pedalar, patinar. Mas a verdade é que nem sempre dá tempo de organizar a vida como a gente quer né? Por isso que qualquer tempinho extra, mais uma boa dose de coragem e força de vontade, pode virar um bom tempo pra um exercício pro corpo e pra mente. Porque se tem uma coisa que eu sinto é que os exercícios fazem super bem pra cabeça, sabe? É uma terapia.

E dando continuidade ao meu projeto de encontrar mais tempo pra mim, com a ajuda de Brastemp+Finish, eu tirei do papel minha vontade de correr na rua. Gente, como faz toda a diferença. Correr na esteira é aquela coisa sacal, né. Pra quando não tem outra opção. Correr no parque ou na pista de corrida da avenida da praia é ótimo, mas nada se compara a correr na rua. Você se sente fazendo parte da cidade, é como se não tivesse fronteiras. Você vai correndo e a rota vai acontecendo, de forma natural e feliz.

Então dia desses peguei carona na corridinha matinal de um amigo meu, Burgos, que tem me inspirado muito com a sua história. Ele perdeu 30kg mudando a alimentação e entrando para os exercícios físicos, e agora se prepara pra correr sua primeira maratona. Rumo aos 42km! É muita energia. E depois de ficar dias só de olho nas fotos de corrida dele, resolvi acompanhar. No meu ritmo, claro.. Mas chegar de manhã cedinho e ver o sol começando a levantar no Marco Zero dá uma energia tão boa… Ver as pontes iluminadas pelos primeiros raios, as ruas ainda com poucos carros, o cenário perfeito pra uma corrida. É pra começar o dia mais feliz, sem dúvidas.

Tirando que no meio da corrida eu levei uma mordida de um cachorro de rua e tive que tomar um monte de injeções, foi tudo perfeito hahaha :) Foram 5km em 40 minutos, porque além da paradinha dos cachorros eu alternei com caminhada e fui curtindo o visual, sem pressa. Porque pode parece pouco, mas se você conseguir uma horinha que seja por dia, nem que seja aquela hora que você deixa a roupa numa máquina e a louça na outra, você consegue fazer uma caminhada ou uma corridinha que vão fazer o dia inteiro render bem melhor.

Então que esse seja o começo da minha volta aos treinos. Sem exageros, sem exigir muito de mim. Exercícios pelo prazer de se sentir bem, é assim que tem que ser. Né? :)

* Post em parceria com a Brastemp+Finish

Página 1 de 91234567...Última »