Tag Archives: receita

arroz doce de goiaba

arroz doce de goiaba 0 arroz doce de goiaba 1 arroz doce de goiaba 2 arroz doce de goiaba 3 arroz doce de goiaba 7 arroz doce de goiaba 6Arroz doce é um prato bem tradicional, né? E confesso que nunca foi dos meus preferidos. Na sobremesa eu sempre ia pra outras coisas… Pudim, doce de leite, mousse. O tal do arroz doce nunca era o meu escolhido. Dava uma colherada ou outra pra experimentar e pronto. Mas se tem uma coisa que eu admiro na culinária é você reinventar pratos, trocar ingredientes e descobrir novos sabores. Então estava lendo uma revista de cerveja que eu assino e lá tinha uma receita de arroz doce de ovomaltine, e isso me deu um estalo de “porque não?!”. Então pesquisei mais algumas receitas, a maioria com leite, açúcar, canela e leite condensado e fui adaptando para a que eu acho que foi a melhor de todas hahaha :)

A receita é simples e ao invés de usar o arroz arbóreo, que com certeza também fica uma delícia, eu usei o arroz branco. Coisa nossa do dia a dia, sabe? Quando tem aquele saco com menos da metade, aí você usa uma parte pra fazer o almoço e a outra já pode ser a sobremesa :D Então vê como é fácil.

Pega uma panela grande e coloca 1 xícara de arroz branco lavado e escorrido e leva pra cozinhar com 1 xícara de água e 3 colheres de sopa de arroz. O arroz não vai exatamente cozinhar, sabe? Ele vai levar um susto de água quente e vai ficar ainda bem durinho. Mas é que ele já inicia o cozimento pegando o doce do açúcar. Aí depois que a água secar (cuidado porque seca bem rápido já que só tem uma xícara de água) você coloca QUASE 1 litro de leite. Quase porque não é a caixa toda, sabe? É quase mesmo, na casa dos 700ml. Então mistura, incorpora e vai mexendo.

Aí é quase o preparo do risoto. Vai mexendo, mexendo, mexendo. O leite vai ferver, subir e você vai continuar mexendo. Você deixa secar e o arroz ficar bem cremoso. Lembrando que quando esfriar ele vai ficar ainda mais durinho, deixa num ponto bem cremoso mesmo, tá bom? Aí chega a hora maravilhosa. Coloca 1 sachê de Doce de Goiaba Cremoso Tambaú todinho, e mistura. Você já vai ver que a papa que estava o arroz começa a tomar uma cor linda, e os grãos de arroz começam a aparecer melhor e ele fica com mais cara de arroz doce mesmo do que de papa de arroz hahaha :) É uma coisa linda.

Pra servir, coloquei em taças atingidas pelo raio gourmetizador que colocou açúcar na borda e lascas de queijo para servir. Mas você pode fazer ao seu gosto. Pode colocar naquela travessa grande pra servir no almoço da família, como preferir. Então coloca na geladeira por umas 2 horas pra esfriar e pode servir. Fica com uma textura maravilhosa e um sabor que eu não vou nem comentar, tem que experimentar. :)

arroz doce de goiaba 4

* Post em parceria com a Tambaú Alimentos

 

quiche de queijo com goiabada

quiche de goiabada com queijo 4 quiche de goiabada com queijo 3 quiche de goiabada com queijo 16 quiche de goiabada com queijo 15 quiche de goiabada com queijo quiche de goiabada com queijo 14 quiche de goiabada com queijo 12 quiche de goiabada com queijo 11 quiche de goiabada com queijo 10 quiche de goiabada com queijo 9 quiche de goiabada com queijo 8 quiche de goiabada com queijo 7 quiche de goiabada com queijo 5 quiche de goiabada com queijo 2Eu queria fazer uma sobremesa com cara de festa. Pensei naquelas grandonas pra servir pra família toda, pensei em porções menores pra deixar a coisa mais ~gourmet~, pensei em bolo, sorvete e então pensei: sobremesa quente. Pois é, acho que temos poucas opções de sobremesas quentes, né? Cartola, que eu amo, é uma delas. Ou um brownie quente. Mas torta quente, tipo as que a gente come salgadas, eu nunca tinha visto doce. Aí comecei a matutar isso e resolvi experimentar. Porque não um quiche de goiabada com queijo? E fui lá fazer a minha experiência :) Tenho que confessar que o resultado final ficou mais gostoso do que bonito hahaha Deu uma desmoronada porque o recheio tava muito cremoso <3 Mas vale a pena cada pedaço.

A receita a gente começa pela massa. Junta 1 ovo inteiro, 1/2 copo de iogurte natural, 2 xícaras e meia de farinha de trigo, uma pitada de sal e 100g de manteiga. Aí você mistura tudo até ficar homogêneo e então leva pra geladeira por uns 10 minutinhos. Enquanto isso, você prepara o recheio. Mistura 2 claras e 1 gema e bate com o fouet pra dar uma misturada. Então junta 1/2 copo de iogurte natural, 100g de queijo minas em cubos, 100g de cream cheese e 250g de goiabada Tambaú em cubos. Mistura tudo isso bem direitinho. Então pega a massa que está na geladeira e forra uma assadeira de fundo removível, que deve estar untada e enfarinhada. Aí forra a base e as laterais. Se a massa ainda estiver um pouco mole, pode voltar com ela pra geladeira depois de colocar na forma, só pra dar uma segurada melhor na hora de colocar o recheio.

Aí é preencher com o recheio e cobrir com parmesão ralado pra dar aquela gratinada. Em forno baixo pré aquecido ela fica uns 35 minutos, dependendo do seu forno. É bom ficar olhando. Quando ela estiver dourando nas pontas faz o teste do palito no meio pra ver se está tudo cozinhando direitinho. Aí pronto, é só tirar e decorar com uma flor de goiabada pra deixar a sobremesa ainda mais bonita e com cara de festa. :) Essa flor é fácil de fazer. Eu peguei a goiabada Tambaú e cortei em tiras. Então comecei a montar a flor numa folha de papel manteiga, enquanto a torta estava no forno. É só ir pegando as fatias e ir enrolando, como mostra aí nas fotos. Depois de pronta deixa ela esperando na geladeira. Quando a torta sair do forno é só tirar a flor com uma espátula e colocar em cima pra decorar. Fica um charme, né?

E sim, sobremesa quente é uma delícia e tem cara de festa. Ah, e pra quem quiser… Ela também funciona bem gelada. :) Espero que vocês gostem!

quiche de goiabada com queijo 6

 

* Post em parceria com a Tambaú Alimentos

ensopado de aratu ao coco

ensopado de aratu 2 ensopado de aratu ensopado de aratu 9 ensopado de aratu 8 ensopado de aratu 7 ensopado de aratu 6 ensopado de aratu 4 ensopado de aratu 3Essa receita é a cara da sexta-feira. Sabe porque? Porque isso com uma cervejinha é a melhor coisa do mundo! É comida de boteco, geralmente servida com uma farofinha ou um pãozinho. E é tão fácil que vai dar vontade de fazer todo final de semana hahaha :)

Eu sou alucinada por caranguejo, aratu e esses bichos assim hahaha :P O caranguejo pra mim é uma terapia. Ir, comer 2 ou 10, descascando tudo no dente (me julguem) e tomando minha cerveja. Se bem que eu gosto tanto de caranguejo que eu aprendi tanto a sair sozinha pra comer, quanto a comer tomando suco se não rolar de beber. Então deu pra ver como eu gosto, né? E pra mim aratu é gostinho de praia. É a memória da minha adolescência em Porto de Galinhas, onde eu ficava na praia economizando a grana só pra me servir do ensopado de aratu que passava nos carrinhos por lá. E eram sempre deliciosos!

Então quando eu estava com mamãe num empório perto da casa dela e vi a carne de aratu lá, eu tive que pegar. Já peguei pensando na receita, no gostinho, em todo o clima. E nada melhor do que fazer e confirmar de que ficou uma delícia MESMO. E o melhor, que é bem mais fácil do que eu imaginava :)

Em uma panela com azeite eu refoguei uma cebola e alho picado. Depois juntei meio quilo de carne de aratu e refoguei junto. Foi quando eu coloquei sal, pimenta calabresa e um pouco de açafrão. Eu gosto de comida com bastante tempero, sabe? E quando eu me dei conta de que tinha esquecido de comprar a salsa pra receita eu quase chorei :( Então fica a dica: quem gosta de coentro, que definitivamente não é o meu caso, pode adicionar. E quem for dos meus, vai na salsa que não tem erro. Aí pra deixar o sabor ainda mais forte, coloquei cebola e alho em flocos. Faz toda a diferença inclusive na textura ;)

Aí depois de ver que a carne já está toda cozidinha, eu juntei 200g de Polpa de Tomate Tambaú e deixei levantar fervura. Depois adicionei uma colher de sopa de requeijão, pra dar uma ~cremosidade~ e finalizei com 200ml de Leite de Coco Tambaú. Depois é só experimentar e acertar o sal e a pimenta, e tá pronto pra servir.

Fica cremoso, pra comer de colherzinha com uma farofinha. Se quiser, pode colocar um pouco mais de água e deixar mais ralinho pra ficar tipo caldinho, sabe? Esse aratu vai bem de qualquer jeito. <3 Então se prepara pra aproveitar a dica e arrasar na confraternização dos amigos no final do ano ;)

 

* Post em parceria com a Tambaú Alimentos

bolinho fit de frango com batata doce

bolinho de frango com batata doce bolinho de frango com batata doce 0 bolinho de frango com batata doce 2 bolinho de frango com batata doce 3 bolinho de frango com batata doce 4 bolinho de frango com batata doce 5 bolinho de frango com batata doce 6 bolinho de frango com batata doce 7Quando eu comecei a preparar a receita, ia chamar de almôndega fit. Mas a textura ficou bem diferente de uma almôndega, mais macia, sabe? Então pra não gerar falsas expectativas, vamos chamar de bolinho :P Ah, uma coisa importante. A receita é ~fit~ mas quero dizer que não estou em vibe fitness, lowcarb, eatclan e afins. Eu estou sim em busca de uma alimentação mais saudável, mais nutritiva e, claro, atrás de perder uns quilinhos que achei. Mas não consigo mais fazer dieta restritiva nem nada. Pra mim, o segredo é o equilíbrio. Nem tanto, nem tão pouco. Tenho a sorte de gostar de coisas integrais, naturais e essas tais denominadas “fit”. Então encarem isso como um presente gostoso para quem está nessa vibe, e pra quem não está também. :P

A receita é simples e tem a base daquele famoso “salgado maromba” que bombou no Instagram há um tempo atrás, sabe? No processador eu misturei 500g de frango cozido e desfiado com 200g de batata doce cozida, até formar uma massa. Pode adicionar um pouco de água se precisar pra deixar mais homogêneo. Nessa mistura eu temperei com sal, pimenta calabresa, alho em flocos e um pouco de curry. Depois mistura bem isso tudo e deixa esfriar. Pode colocar no congelador um pouco pra agilizar o processo. Então misturei um ovo e 2 colheres de sopa de farinha de aveia e misturei bem até ficar com uma textura consistente pra fazer as almôndegas. Se precisar, adicione mais da farinha.

Você pode rechear ele com o que quiser, eu escolhi cubinhos de queijo minas frescal. Depois de preparar as bolinhas, coloca numa assadeira antiaderente levemente untada e leva ao forno pré aquecido por 10 minutos. Tira do forno, vira as bolinhas de lado e volta por mais 10 minutos. Dá uma checada na consistência, porque a única coisa que falta “cozinhar” é o ovo, já que a batata e o frango já foram cozidos antes.

Então você pode servir como almôndegas, assim como eu fiz. Aqueci o Molho Pronto de Bolonhesa da Tambaú, coloquei os bolinhos dentro e servi com uma massa integral bem levinha e deliciosa. Foi um almoço bem servido, leve e nutritivo. :)

 

* Post em parceria com a Tambaú Alimentos

Página 1 de 311234567...2030...Última »