home sobre mim sobre o blog mídia kit

Todos os posts sobre planta

fim de semana de chita


Esse foi o fim de semana da cor. Comprei uns pedaços de chita bem colorida e espalhei pela casa. A primeira experiência foi esconder um vaso de cimento que já está todo feio e manchado. Peguei a chita, cortei no tamanho que fosse suficiente para cobrir até os pés do jarro, fiz o acabamento na beira do pano com fita dupla face e costurei só as quinas, pra ficar bem presinho. Então fiz um corte no meio para colocar a terra, o que vai segurar o pano. Comprei lindas florzinhas para dar ainda mais vida e o resultado é esse ai.


Depois, olhando para os pedaços de chita que sobraram pensei em colocar por cima dos bancos de madeira que eu tenho, que já estão um pouco arranhados e estavam merecendo uma repaginada. Colei na parte de cima do banco com fita dupla face só para segurar o pano e ao sentar ele não saia do lugar. Enquanto estiverem fora de uso vão ser pequenas mesinhas.

E como eu não ia conseguir sossegar até acabar com o tecido, olhei para os meus quadrinhos na parede e lembrei que há meses eu vi em algum site de decoração um vídeo ensinando a colocar cor em estantes com tecido. Então peguei um pedaço de papel mais grosso e cortei no tamanho do quadradinho que eu vou colorir, colei em outro pra ficar mais firme, e cobri com a chita usando cola branca e finalizando as pontas na parte de trás com fita dupla face. É bom deixar uma média de meio centímetro menor do lugar que vc vai encaixar para que você possa tirar para limpar e trocar o tecido quando enjoar ;)

Esses pedaços de chita deram uma cor e uma vida dentro de casa, que eu tenho planos pra fazer muito mais coisas com esse tecido tão vibrante.


fim de semana de jardinagem


Esse fim de semana fiz uma das coisas que mais gosto, comprei plantas. Há muito tempo querendo fazer minha horta, comecei com algumas ervas mas ainda estou procurando outras, como orégano, salsa e cebolinha. Hoje tenho manjericão, alecrim, arruda, pimenta malagueta, hortelã e hortelã graúda. Espero que essas lindinhas fiquem firmes e fortes com o vento e a maresia aqui de casa.


Eu estava querendo colocar mais plantas dentro de casa, e já tem um tempo que eu paquero com as jibóias da minha vizinha. Elas são tão lindas e ficam tão bem à sombra que resolvi adotar para minha sala. Comprei o vaso de barro e escureci ele com betume para combinar mais com meus móveis cor tabaco. Quando ela crescer seus ramos vão cair e vai ficar uma cortina de planta, lindíssima.

Esses vasinhos amarelos foram presente da minha mãe, muito lindinhos né? E para contrastar com a cor dos vasos escolhi essas duas mudas de roxinho, que tem essa cor espetacular que fica ainda mais linda depois de uns dias de sol.

E para finalizar, uma foto da metade do meu jardim, porque a outra prateleira ainda está sendo organizada. Não gosto de ter vasos vazios em casa, assim que preenchê-los coloco a foto aqui, tá prometido. Além da horta, você pode ver uma kalanchoe na caneca, e outro tipo de kalanchoe no vasinho preto. Uma espadinha de São Jorge, um par de onze horas na parede e uma planta que eu infelizmente não sei o nome, mas que é essa mais cheia e belíssima que está embaixo. Eu ganhei ela muito pequena e ela se transformou nessa planta linda, um orgulho.

Eu amo meu jardim.


uma nova velha planta



Ontem passei o sábado em Carpina, cidade do interior aqui de Pernambuco, onde minha mãe tem uma simpática casa que está eternamente em reforma, afinal, tem coisa melhor do que sempre ter alguma coisa pra fazer na casa? Pois é, essa tem sido a diversão favorita dela há quase 1 ano. Entre o churrasco e a cervejinha, fui dar uma volta na rua para ver se achava alguma plantinha para roubar olhar. Sai de biciclieta com Malu, minha irmã e estreei as ferramentas de jardim da minha mãe na caçada. Para levar pra Recife eu enchi um saco com bastante terra, porque eu estou fazendo adubo orgânico e também precisava replantar algumas das minhas plantinhas. Para Carpina eu peguei algumas florzinhas que cresciam sem dono no canto da rua e replantei no terreno da minha mãe. Uma de flor roxinha, outra de flor branca e outra de flor rosadinha. Espero que elas fiquem firmes por lá ;) Então com terra nova e fértil em casa, hoje, domingão, resolvi me dedicar ao meu jardim. Uma das coisas que eu mais gostei de fazer foi dar uma mudada na minha planta da sala, que é uma dracena pleomele, juntando ela com os meus clorofitos. Foram as duas primeiras plantas que comprei aqui pra casa logo depois de me mudar, há mais de um ano, e eu estava precisando dar um upgrade no visual delas. Então resolvi fazer os clorofitos de forração da dracena, dando mais volume à planta, que tem um caule fino, e colocando mais tons de verde para dentro da sala. Eu adorei o resultado. A jardineirazinha que estava com os clorofitos já estava feia, vou dar uma lixada e uma pintada nela para começar outra plantação.

Aglumas pedras que tirei do vaso da dracena eu coloquei aqui aos pés do manjericão, que também replantei hoje. Ganhei esse lindo vaso da minha mãe, que também tinha me dado a muda de manjericão, e ele coloquei em cima desse prato de plástico, que é para vasos bem maiores. Coloquei algumas pedras menores também dentro do vaso e gostei da composição. Elas vão ficar por ai até eu ter um prato menor e um outro vaso grande para colocá-las.

Dica: Eu estou fazendo adubo orgânico da seguinte forma: peguei um balde de plástico, desses que são para lixeiro e são cheios de furos. Coloquei ele dentro de um saco plástico grande pra não fazer muita sugeira, mas o saco tem que ser grande o suficiente para ele ficar folgado e o adubo poder respirar. Fiz uma camada de terra e uma de matéria orgânica, que pode ser casca de frutas, verduras, casa de ovo, só não coloque comida de panela e esse tipo de resto. É só ir fazendo essas camadas e regando com um pouco de água. De vez em quando fure com um palito de churrasco ou com uma ferramenta de jardim para que o oxigênio possa entrar, porque caso ele não seja bem arejado o adubo começa a feder. Sempre terminando a camada com a terra por cima e fazendo essa aeração, o adubo é completamente inodoro. Depois que completar o balde espere entre uma média de 90 dias até o seu adubo estar pronto pra ser usado em suas plantinhas. Você recicla sua matéria orgânica em prol do seu próprio jardim ;) Quero deixar claro que essa é a minha maneira de fazer, pessoas mais profissionais utilizam outros elementos para a compostagem.



© 2017 - ideias de fim de semana