Warning: Illegal offset type in isset or empty in /home/ideiasde/public_html/wp-includes/post.php on line 825
bar | ideias de fim de semana
Warning: Illegal offset type in isset or empty in /home/ideiasde/public_html/wp-includes/post.php on line 825

Tag Archives: bar

culinária de botequim no bar do chinelato

bar do chinelato bar do chinelato bar do chinelato bar do chinelato bar do chinelato bar do chinelato bar do chinelato bar do chinelato bar do chinelato Se tem uma coisa que eu herdei de pai e mãe, é a paixão por boteco. Que me desculpe os restaurantes phynos como o Oca Gourmet que eu postei aqui essa semana, eles também tem seu valor. Mas, aqui pra nós, eu sou de pé de calçada mesmo. Gente, adoro aqueles bares pequenos, com cadeira de plástico na calçada, sabe? Aqueles que a gente conhece o dono, chama o garçom pelo nome e quando passa muito tempo sem aparecer todos perguntam “tá sumido?”. Adoro aqueles botecos que tem uma comida própria, aquela que você vai até lá atrás dela, e quando come fica realizado. E que a melhor ~harmonização~ de tudo é com uma cerveja gelada ou com uma cachacinha pra rebater. Pronto, se você me perguntar qual é meu tipo de bar preferido eu diria que é assim.

E esse Bar do Chinelato consegue reunir todas essas opções acima. Ele é o bar de um amigo de papai, tio Valdir, e fica lá em Juiz de Fora. Por sinal, Juiz de Fora consegue reunir os melhores botecos que eu já frequentei. Acho que tem uma parcela de apego emocional e familiar nessa minha preferência, claro. Mas ainda quero trazer aqui algumas fotos do Futrica e do Bar do Léo, só pra começar. :)

O Bar do Chinelato tem uma história bem legal, já mudou de ponto algumas vezes e hoje ele é nessa esquina aí. Começou com o pai de tia Tânia, esposa de tio Valdir, que se chamava Chinelato, dando o nome pro bar. Hoje é Tânia que faz todas as comidas do bar, e olha… QUE COMIDAS. Gente, é um lugar onde tudo é gosto, sério. O slogan de “a melhor culinária de botequim” não é mentira não. Já tinha ido lá outras vezes e provado outros pratos, mas dessa vez só pedimos dois.

A moelinha é uma delícia. E olhe que eu sou criteriosa quanto a moela, viu? Aqui em Recife tem o Bar da Buchadinha que serve a melhor moela que eu já comi na vida, então não me encanto com qualquer miúdo. Essa é diferente da que eu sou acostumada, tem mais alho, cebolinha e rodelas de cebola. O tempero é ótimo. Devidamente servida com um pãozinho francês cortado, quando você menos espera chega mais pão. E mais pão. E eles só param de colocar pão na mesa quando todo molhinho foi rapado do prato. É o certo, né? Eu, apaixonada por pimenta, fui experimentar a pimenta da casa. Prudente que sou, coloquei só um pouquinho no pão que ia receber a moela por cima. Gente, apenas cuidado. Quando vocês virem uma pimenta que tem esse canudinho pra servir é um sinal de alerta. QUE PIMENTA FORTE. Deliciosa, mas muito forte. Dessas que você tem que espalhar muito pra ela ser tempero e não só dor, sabe? Pronto. Fica o alerta. :P

E pra finalizar nós pedimos o petisco premiado da casa nessas premiações de comidas de boteco. É um bolinho de linguiça recheado com catupiry. Ele é servido com molho de mostarda e mel e acompanha batatas fritas com queijo. Gente, que delícia. Dá vontade de ir comendo, e comendo. A pausa é só pro gole na cerveja gelada que combina que é uma maravilha. Mas definitivamente foi o melhor petisco que já comi por lá.

E aproveitando que hoje é sexta-feira, fica aí a inspiração pra entrar no fim de semana com o pé no botequim mais próximo! hahaha :) Bom fim de semana, gente. :D

bodega do futuro

bodega do futurobodega do futurobodega do futurobodega do futurobodega do futurobodega do futurobodega do futuroQue eu adoro um bom bar não é novidade, né. Aí há um tempo atrás me peguei vendo uns posts da Bodega do Futuro no Facebook. E eu, que trabalho com isso, comecei logo a analisar e não precisou de muito pra eu achar o trabalho muito bem feito (Breck e Tereza, parabéns!). E me deu logo vontade de conhecer. Mostrei pra uns amigos, todo mundo curtindo e achando massa, só esperando abrir pra conhecer. E abre hoje! :D

Mas eu que sou blogueira da capricho amiga de gente legal, fui convidada pra conhecer o lugar na pré-estréia ontem. E foi ótimo! O lugar é lindo, com lambe-lambre decorando as paredes, madeira de demolição, arte de Derlon, muito bonito o projeto. É aconchegante e lá fora tem uma área bem legal que rola até graminha sintética pra dar um clima.

Aqui pra nós, se tem duas marcas que combinam bem é Heineken e Jack Daniels, hein? E pode ir com fé que lá tem as duas. Chopp Heineken gelado a noite inteira, mas tem de 600ml e long neck se o freguês preferir, viu? E, para a minha alegria, tem cervejas diferentes na ~carta de cervejas~ <3 O cardápio é assinado pelo chef Rodolfo Albuquerque e pelo que eu li fiquei com vontade de voltar lá quantas vezes for suficiente pra experimentar tudo hahaha

A música é boa, o ambiente é legal, tem gente bonita, cerveja gelada e comida gostosa. Além disso, é perto de casa. Quero mais o que nessa vida? hahaha :) As minhas fotos ficaram meio ruins :( Então roubei essas daqui da fotógrafa Priscila Tenório e as minhas eu finalizo aqui só pra constar hahaha :Pbodega do futurobodega do futurobodega do futuro

baixaria bar

baixariabaixariabaixariabaixariabaixariabaixariabaixariabaixariabaixariaAi gente, que nome de bar é esse? hahaha :P O Baixaria fica na cidade do Porto, em Portugal. É lindo, hein? Ele tem essa proposta inda de integrar arte, música, bar, comidas e, claro, gente linda e descolada haha :P

Quando vi esse projeto da OODA lá no Leite-Com eu fiquei encatada e tive que trazer aqui pra compartilhar. Ele mistura tantas coisas rústicas que fica super moderno, né? Esses bancos e mesas de caixotes com as almofadas de sacos. Essas paredes cruas no cimento e uma delas de tinta preta pra riscar de giz (eu sei que é mais comum do que se imagina mas eu acho lindo toda vez que eu vejo).

Agora o que eu achei mais lindo de TUDO foram os lustres. Gente que coisa linda! Com plantinhas e ferro e madeira e luz amarela e zaz e zaz e zaz! hahaha :P Sério, ganhou meu coração. E os caixotes nas paredes cheios de plantas me deixaram com vontade de fazer uma horta assim AGORA :P

Fica a inspiração linda pra começar a semana.

boteco belmonte e cervejaria devassa

Boteco Belmonteboteco belmonteboteco belmonteboteco belmonteboteco belmonteboteco belmonteboteco belmonteCervejaria DevassadevassadevassadevassadevassaNa tentativa de definir a nossa ida ao Rio, eu diria que foi mais etílica do que turística, se é que vocês me entendem. Manoel não estava afim de ir pra nenhum desses lugares turísticos, ver nada turístico. O que por um lado foi bom, já que estávamos por lá na semana entre Natal e ano novo, ou seja, a semana mais lotada do ano inteiro, penso eu. Então hospedados em Botafogo e com a dura tarefa de conhecer bares legais, ficamos muito no eixo Botafogo, Ipanema, Copacabana e arredores. E como nesses tais arredores o que não falta é um bom boteco, a gente estava bem servido.

Vou pedir desculpas pelas fotos mal tiradas, mas a verdade é que, entre um chopp e outro, eu mal me lembrava de tirar fotos. Mas deu pra registrar um pouco dos bares que a gente mais frequentou em 5 dias de solo carioca: Boteco Belmonte e Cervejaria Devassa. Sem contar com o Boteco Colarinho, que nós fomos TODOS OS DIAS (sem brincadeira) e terminamos sempre deixando a foto pra depois e puft. Ficamos sem foto do nosso boteco preferido de lá, pertinho de casa, com uma super carta de cervejas e chopps diferentes e bacanas. Mas fica como missão para a próxima ida, né? Ah, também terminei sem fotos do Botequim Informal, que demoramos horrores para achar. Ele está mudando de nome para Garrafeiro Informal e passou por uma reforma agora, aí muita gente não sabe dizer onde fica. Mas tem uma boa carta de cervejas também, e o caldinho de lá é uma ótima pedida.

Então aqui estão duas indicações bem básicas e clichês pra quem vai ao Rio, mas que mereciam a minha homenagem. O Boteco Belmonte e o seu inigualável pastel de camarão com catupiry. Sério, não tem igual. Todo bar no Rio se você perguntar qual é o petisco da casa, sempre é o tal de pastel de camarão com catupiry. Eu comi vários todos os dias, mas nenhum é nem perto do pastel do Belmonte. Anota aí. Aí se quiser dar uma variada, se joga na empada aberta que também é sensacional.

A Cervejaria Devassa também é outro lugar bem bacana. Ambiente legal, o cardápio mais lindo que eu já vi na vida, chopp de todas as Devassas (chopp da Índia é amor, tá?) e uma comidinha bem boa. Pedimos uma costelinha com onion rings que tava bem honesta, mas as vedetes são as cervejas sem dúvidas. Ah, outro dia também pedimos um “fish maria”, que nada mais é do que iscas de frango bem gostosas, também são uma ótima pedida e uma boa opção pra fugir dos pastéis de camarão com catupiry hahaha :P

Tanto o Belmonte quanto a Devassa tem em vários lugares diferentes da cidade, principalmente nesse eixo da zona sul que eu falei. É bom que dá pra ir e vir de metrô, ônibus e até a pé se a disposição estiver em alta. E sim, vale ir nos dois no mesmo dia, e se tiver metade do pique meu e de Manoel pra barzinho, você ainda consegue conhecer mais alguns. :)

Ficam as indicações para quem vai ao Rio: Boteco Belmonte, Cervejaria Devassa, Garrafeiro Informal e Boteco Colarinho. :)

Página 1 de 212