home sobre mim sobre o blog mídia kit

sobre decisões e ciclos da vida


free birdEu nunca falo muito de trabalho aqui no blog, né. E acho que hoje não é bem de trabalho que eu vou falar. Mas de decisões que a gente toma na vida, e dos ciclos que fazem a vida correr.

Hoje eu estou encerrando uma fase da minha vida, apesar de não conseguir dizer que estou concluindo um ciclo. Mas hoje eu estou saindo da Ampla, a agência que me acolheu depois de uma demissão me tirar do eixo. Foi aqui que eu vivi muita coisa enquanto trabalhava nesses últimos dois anos e meio da minha vida.

Aqui eu recuperei minha autoestima profissional e mudei de rumo, entrando pra o mundo mágico da comunicação digital. Enquanto trabalhava aqui me separei de um casamento, namorei e casei de novo. Enquanto eu trabalhava aqui comprei um carro novo, deixei pra trás um apartamento próprio na zona sul e me mudei de mala e cuia pra um apartamento alugado na zona norte, só pra ficar aqui pertinho. Enquanto eu trabalhava aqui eu vi muita gente nova entrar, gente antiga sair e posso dizer sem medo que fiz amizades de verdade e que vou levar pra vida inteira.

Aqui eu chorei por minha filha quase partir por uma doença, chorei por meu pai não chegar no meu aniversário por conta do vulcão, chorei por pegar quase 3 horas de trânsito pra vir trabalhar num dia de chuva. Aqui eu morri de rir trabalhando de madrugada ao som de Chuva de Prata, dou gargalhadas fáceis com as pequenas besteiras que chegam no e-mail do grupo e como não ficar feliz com os quilinhos que a geração saudável daqui me ajudou a perder? É, não tem como ser diferente ou fugir do clichê de que chorei e sorri vivendo fortes emoções por aqui.

Nesse tempo que trabalhei aqui na Ampla vi o núcleo digital crescer de 8 pessoas numa salinha pequena, para mais de 20 cabeças no meio da criação. Vivi umas 6 ou mais reformas pra agência que não para de crescer continuar crescendo. Viajei para a Ampla do Espírito Santo e percebi que é possível fazer amizade no trabalho até à distância. É, eu fiz muita coisa além de trabalhar.

E o que eu não me canso de dizer, é o quanto eu aprendi que você pode ter amigos no trabalho, e não apenas colegas de trabalho. Entende a diferença? Pessoas apaixonadas pelo que fazem, que gostam uma das outras e que sempre pensam em fazer o melhor, se ajudar, somar. Se eu fosse pintar um quadro com meus sentimentos por cada um aqui, seria uma coisa linda de se ver. Com cores vivas, intensas, traços livres, as vezes firmes, as vezes leves, mas sempre contínuos. Eu posso dizer que eu amo sem medo de supervalorizar o adorar. É amor mesmo.

Mas se é tanto amor, porque eu estou saindo? Hummm, boa pergunta.

Porque não importa o quanto você ame seus pais, a casa da sua família ou a sua própria cama. Chega um momento que você precisa levantar e andar pro mundo. Porque o fato de você sair não quer dizer que você está incomodado, que é ruim ou que você quer algo melhor. Significa apenas que você precisa de algo diferente naquele momento.

Essas decisões que são difíceis de tomar. O passo que é difícil de dar. Levantar e sair pela porta do lugar que você sente em casa e está cheio de gente que você ama para caminhar rumo a novos desafios não é fácil. Mas se fosse fácil, não seria um desafio. E o que é o tempero da vida se não a constante busca por essas doses de frio na barriga?

Estou muito feliz, apesar de chorar desde o momento que tomei a decisão de sair. E eu vou chorar ainda mais porque eu sou assim mesmo, quando o coração aperta ele escorre pelos olhos sem cerimônia. Mas é um choro misto de saudade com gratidão. Porque se eu estou alçando novos vôos, é porque o trabalho que eu fiz junto com todas as pessoas queridas dessa agência está sendo reconhecido.

E eu estou ainda mais feliz porque estou indo para um lugar onde já tenho pessoas queridas, de portas e corações abertos para me receber. E tenho certeza que vou construir muito lá com o que eu aprendi aqui, que o suor do nosso trabalho leva a gente pra muito mais longe quando misturamos com amor, carinho e respeito uns pelos outros.

Eu vou sentir saudade, turma. Muita. Estarei de longe torcendo e admirando vocês como sempre fiz.

Obrigada por tudo. Sempre.


16 comentários sobre o assunto

ô, princesa… <3

lila

Sucesso na nova empreitada. o/

Hannah Sá

“eu te entendo, mêo” :D

Ivis

É muito difícil sair da zona de conforto. Parabéns e sucesso na nova empreitada!

Raoni Velozo

“E o que é o tempero da vida se não a constante busca por essas doses de frio na barriga?”

Que lindo, Anninha! Adorei!

Então deixa seu coração escorrer mundo afora e te levar pra voar sem limites. O mundo é seu!

Muito sucesso, aprendizado e momentos felizes nos novos horizontes!

Beijos no coração!

Sarah Wero

ótimo texto Anna, gostei muito do jeito que você se expressou e redigiu.Tudo de bom pra você.

Gabriel Cardozo

Boa Sorte, querida! Um sopro de good vibrations sempre!
beijos

tita

Super sorte! Acho que vc expressou tão bem udo que tá sentindo, que até me arrepiei aqui. To buscando esse frio na barriga, e seu o quanto isso é dificil. Fé, que tudo vai continuar assim, lindo e emocionante.

milena

Amo de paixao seus posts, e ainda mais este, que Deus te abençoe na nova empreitada
e te faça realizar seus sonhos e projetos, que te abençoe no caminho por onde andar, voce é especial e Ele sabe disso, e nao deixe de nos contar as novidades.
Boa Sorte e seja feliz!!!

monica

:'(
boa sorte anna !!!

Daniel Gregório

Sinto um orgulho danado dessa menina!
O bom garota, é que vc sempre leva junto seu talento, nessa receita de sucesso
chamada Anna Terra.
Vai que o mundo é teu!
<3

Stela Oliveira

anna,
que post inspirador, hein? <3
todas as boas energias desse mundo pra ti.
boa sorte nessa mudança-recomeço! :)

heloisa

Sucesso nessa nova fase de sua vida! Daqui boas vibrações positivas.

Ioneide Santos do Nascimento

Todo “fim” é doloroso, mas recompensador…
Att.,
Lucas

Lucas Vieira

Oi Anna, faz pouco tempo que sigo seu blog, mas com esse texto me identifiquei muito. Já passei por isso, e sei que em breve terei que passar novamente. Já saí de dois lugares que gostei muito de trabalhar, e como você disse tinha amigos e não colega de trabalhos.
E sei que em breve também estarei saindo do lugar onde estou, onde fiz mais alguns amigos :). Não há nada planejado nem pensado, mas o fato de estar na reta final da faculdade faz com que eu saiba que logo logo outras portas irão se abrir. Desejo muito sucesso pra ti e que você consiga enfrentar os novos desafios ;*

Nadia

WANDERLUST é uma expressão derivada do alemão: ‘’wandern’’, ‘’a vagar’’, e ‘’Lust’’, ‘’desejo’’. É comumente definido como um forte desejo de viajar, ou de ter um forte desejo de explorar o mundo.

Não é somente um simples desejo, é uma sensação que toma todo o corpo e a mente, e em uma seqüência de fatores, incluem-se uma sensação de desconforto nas pernas, nos músculos, e aquele desejo incontrolável de ir, de seguir um rumo qualquer em direção ao desconhecido ou a algum lugar que se vá encontrar algo novo, que é a razão daquele desejo.

;)

Luisa

Deixe sua mensagem



© 2017 - ideias de fim de semana