home sobre mim sobre o blog mídia kit

Todos os posts sobre holanda

cores de sexta: mais tulipas da holanda


campos de tulipas na holandacampos de tulipas na holandacampos de tulipas na holandacampos de tulipas na holandacampos de tulipas na holandacampos de tulipas na holandacampos de tulipas na holandaEu sei que eu já postei sobre os campos de tulipa da Holanda gente, mas como conseguir não postar de novo e de novo e de novo? Quando recebi esse link de Angela me senti ganhando um buquê de flores. De tulipas, pra ser mais exata. É sério, gente. Quando alguém diz que acho um link desse a minha cara eu me sinto ganhando um presentão :)

Essas cores, os desenhos dos jardins, os formatos, tudo me encanta muito. E o que eu acho mais legal é que os campos são, e parecem de fato ser, de verdade. As pessoas passeiam entre as flores, compram sementes, levam mudas, plantam em casa. É tudo DE VERDADE, sabe? Porque mesmo que a planta não seja artificial, se a gente deixa ela só pra olhar ela fica parecendo de mentira, né? Mas aí não.

Na Holanda as tulipas são tão tradicionais quanto os tais moinhos, e se tivesse como transformá-las em souvenir eu era a primeira a comprar. Nem que fosse no tal maior leilão de flores do mundo, que acontece por aquelas bandas. Mas na verdade eu queria era passear de bicicleta pelos campos floridos, tirar uma toalha e umas frutas da cestinha e fazer um picnic. Eu e meu amor. Vê que coisa linda :)

Um fim de semana bem florido para todos! :D


uma igreja que virou casa


casanaigrejacasanaigrejacasanaigrejacasanaigrejacasanaigrejacasanaigrejacasanaigrejaNa semana passada eu tinha visto em algum blog esse projeto, que transformou uma igreja numa casa, na Holanda. Mas o link que eu tinha visto tinha poucas fotos, poucas informações, aí deixei pra lá. Mas então eu recebi um e-mail super atencioso do João Guilherme, dizendo que tinha visto esse link e que quando começou a ler só lembrou do Ideias. E com as fotos boas e as informações ficou fácil de trazer esse post pra vocês hoje :) Obrigada, João!

Esse projeto ousado foi do escritório Zecc Architecten, em Utrecht, Holanda. Eles transformaram uma igreja clássica nessa linda casa moderna. Incrível, né? Do lado de fora eles mantiveram a aparência da igreja, já do lado de dentro tudo mudou. Apesar dos vitrais, que além de lindos ajudam a trazer uma iluminação natural invejável, o interior da casa não remete nada a uma igreja.

Com paredes, tetos e piso pintados de branco, tudo fica claro, limpo e moderno. Um contraste muito interessante com a sua parte externa. Com poucas divisões internas, a casa ficou ampla, espaçosa e parece ser ainda maior do que ela já é. Os arquitetos fizeram poucas mudanças estruturais no interior, o que deixa o projeto ainda mais incrível porque né, não é fácil transformar uma igreja numa casa linda e bem dividida como essa.

Pra não dizer que eles romperam de todo com a estética da igreja, eles pegaram alguns bancos e fizeram a mesa larga de jantar. Ficou linda, né? Eu também adorei os quadros, que parecem um grito de rebeldia que quebra com a estética “perfeitinha” da casa. Eu não posso negar que o que eu mais gostei, sem dúvidas, foi o tamanho do pé direito da casa. O teto alto e abobadado dá um respiro na casa, parece que ela fica ainda maior e mais ventilada. Adoro mesmo.

No mais, curti muito a ousadia do projeto. A decoração é muito clean para o meu estilo, mas não posso negar que ficou linda e funcionou muito bem com a proposta. Lembrei de um bar que eu ia religiosamente (com trocadilho) todos os dias e onde comemorei o meu aniversário de 18 anos, quando estudei em Londres. O Church Pub, é em formato de igreja mas é usado para práticas muito menos religiosas do que morar e viver :P

Tá aí, eu moraria numa igreja e teria um pub em outra :P

Boa semana para todos :)

 


cores de sexta: os campos de tulipa da holanda


campos de tulipas da holandacampos de tulipas na holandacampos de tulipas na holandacampos de tulipas na holandacampos de tulipas na holandacampos de tulipas na holandaFazia tempo que as cores de sexta não apareciam por aqui, né? :) Mas vi esse campo de tulipas lá no blog da Jordan Ferney, que faz planejamento de festas e tem o lindo blog Oh Happy Day. Ela é de San Francisco, nos Estados Unidos, mas se mudou com marido e filho para Paris por um ano. E já que está por lá, está aproveitando para dar uma passeada, e uma das coisas que estava no topo das indicações para ela eram os campos de tulipa da Holanda.

Não é a toa, né? Olha só a lindeza do lugar. Ela descreve dizendo que as cores são vivas e brilhantes, tanto que até parecem artificiais. Lindo demais, né? Eu queria me jogar aí no meio e ficar horas. Quem sabe fazer um pic nic? O ar desse lugar dever ser uma delícia de respirar. É um conforto para os olhos, para os pulmões, para a mente. É uma terapia completa.

Eu estive planejando uma viagem para essas bandas há uns meses atrás, mas entre uma coisa de trabalho e outra de grana, ela foi adiada. Mas de tudo que a gente olhou, lugares, roteiros, hotéis, restaurantes, eu só tenho uma exigência: ir em meados de maio/abril, para pegar a primavera. Quero ver campos de tulipas. Quero ver as sacadas das casas floridas. Quero comprar flores num mercado qualquer só pra sair linda nas fotos.

Eu amo flores. Há quem diga que tem cheio de morte, mas eu acho que tem cheio de vida. Tem cor de vida. Tem jeito de vida. Flores são lindas, plantadas em vasos, em jardins, em campos, tanto faz. Mas flores me trazem alegria, sempre.

Então eu aproveito para desejar um fim de semana cheio de flores para vocês :)


curiosidade: cidades poligonais


cidades+poligonaiscidades+poligonaisAlmeida, Portugal.

 

cidades+poligonaiscidades+poligonaisPalmanova, Itália.

 

cidades+poligonaiscidades+poligonaisBourtange, Holanda.

 

cidades+poligonaiscidades+poligonaisNaarden, Holanda.

 

cidades+poligonaiscidades+poligonaisGoryokaku, Japão.

 

Gente, eu achei essas cidades muito interessantes. Quando vi o post sobre cidades fortificadas no Obvious, eu tive que catar pra postar. Eu sou dessas pessoas que adora uma curiosidade sobre qualquer coisa, sabe? Adoro as besteiras do Guinness World Record, aqueles Livros dos Curiosos e tudo que gira em torno dessa cultura inútil :P

Mas tenho que dizer que a cultura das cidades poligonais não é nada inútil. Apesar de parecerem mega modernas, uma coisa até meio Dubai feelings, elas são antigas, a partir do século XVIII. Elas foram construídas para ser verdadeiras fortalezas contra os ataques de guerra.

Lembram o formato de alguns fortes, e a principal referência que eu tenho são os fortes aqui de Recife. O Forte das Cinco Pontas, que hoje só tem quatro porque uma delas foi destruída em combate, o Forte do Brum e o Forte Orange. Mas aqui a gente pode ver verdadeiras cidades fortificadas.

Como explica o texto do Obvious, são cidades que quebram os paradigmas da formação das cidades. Essas não são aglomerados de construções que se deram em torno de rios ou estradas, como geralmente são as cidades. Essas foram inteiramente construídas pelo homem, com o objetivo de atacar e defender. Interessante, né?

Claro que eu joguei o nome de todas as cidades no Google Maps para ver se era verdade, e para conhecer melhor esses espaços, e eu indico a viagem. Arrasta o bonequinho laranja pra lá e vai ser feliz:

Almeida, Portugal.

Palmanova, Itália.

Bourtange, Holanda.

Naarden, Holanda.

Goryokaku, Japão.

O interessante é que como o carro do Google não tem acesso a todos os pontos das fortalezas, a maioria só tem fotos das pessoas que enviam. Mas ainda assim são super interessantes, de verdade :)

Ps.: Esse post hoje é didicado ao blog raphanomundo, da minha amiga Rapha Aretakis, que hoje completa 1 aninho de vida. Parabéns! E continue nos levando junto na bagagem para suas viagens :)



© 2017 - ideias de fim de semana