home sobre mim sobre o blog mídia kit

Todos os posts sobre linguiça

o cachorro quente de festa perfeito


cachorro-quente-de-festa-5Tem algumas coisas na vida que eu nunca vou entender, e uma delas é o tal de cachorro quente de festa. Se é feito de carne moída pra mim já não é cachorro quente. Cachorro quente é com salsicha, linguiça, essas coisas. Pode até ter carne moída junto, tudo bem. Mas se for só carne moída pra mim é sanduíche de bolonhesa :P Outra coisa: porque cachorro quente de festa não tem queijo? Sério, não consigo entender. Pra mim o queijo está para o cachorro quente como a farinha para o feijão, sabe? Tudo bem que eu AMO queijo e coloco queijo em tudo que aparece. Mas pra mim no cachorro quente não pode faltar. E tudo bem que aqueles pãezinhos de cachorro quente de festa são gostosos, molinhos e até mais fáceis de comer. Mas com a existência de mini francezinhos na vida, porque não chamar eles pra festa, gente?

Então dito tudo isso, aqui vai o cachorro quente de festa perfeito. Perfeito pra quem? Pra mim, claro hahaha :P Mas espero que vocês também gostem :Pcachorro-quente-de-festacachorro-quente-de-festa-2A mistura é o seguinte: uma cebola ralada refogada com alho em um pouquinho de azeite. Então junta 4 linguiças fininhas raladas e deixa fritar bem, pra ela soltar aquela gordura. Quando ralar a linguiça observa que a pele dela vai saindo quase que inteira, então é só descartar e curtir só o recheio. :) Aí depois de refogar bem a linguiça, junta 6 salsichas raladas. Mistura bem, refoga bem e coloca um dedinho de água pra não grudar, então tapa a panela e deixa cozinhar um pouco.cachorro-quente-de-festa-3Então junta uns 100ml de Molho Pronto Apimentado Tambaú e mais um pouco de água mistura bem e deixa cozinhar bastante, mexendo de vez em quando. Depois de uns 20 minutos fervendo a água já vai ter reduzido um pouco, o que é bom porque cachorro quente de festa com muito molho faz muita bagunça :P cachorro-quente-de-festa-4Então é abrir os mini francezinhos na parte de cima, colocar uma fatia de queijo muçarela, o recheio e um pouco de batata palha por cima. E os cachorro quentes perfeitos estão prontos para a festa! :D cachorro-quente-de-festa-6Fica uma gracinha, né? Eu acho muito mais bonito do que aqueles pães de hotdog lisinhos. E, aqui pra nós, muito mais gostosos também! :D Então façam a festa e depois voltem pra me contar como foi. :D cachorro-quente-de-festa-7

* Post em parceria com a Tambaú Alimentos


linguiça caramelizada na goiabada e cachaça


linguiça caramelizada na goiabada com cachaça 4Eu tô a louca da caramelilzação das coisas hahaha :P Adoro essa coisa agridoce pra fazer de petisco, sabe? E misturar com coisas bem salgadas pra dar uma balanceada. Fiz linguiça no vinho, cebola na cachaça e geléia, e depois pensei, porque não goiabada com cachaça? Não sei bem de onde tirei essa ideia, mas ainda bem que tirei da cabeça e coloquei na panela, porque dá super certo! Então aproveita que hoje é sexta-feira e foca no petisco do happy hour. :)linguiça caramelizada na goiabada com cachaça 5 linguiça caramelizada na goiabada com cachaça 2Não tem nada mais simples. Você pega 4 linguiças fininhas, corta assim mais grossinha e mistura com 100g de Goiabada Tambaú cortada em pedaços e 1 copo de cachaça boa. Pode ser envelhecida e tal, só acho que não rola aquelas brancas mais baratas porque não vai agregar o sabor que a gente quer. Então é só juntar tudo numa panela e colocar em fogo baixo, pra ir derretendo e misturando. Eu nem gosto de refogar a linguiça antes, porque a ideia é que ela cozinhe junto com a cachaça e a goiabada e vá pegando o sabor por dentro e por fora.linguiça caramelizada na goiabada com cachaça 3O resultado é essa calda caramelizada bem reduzida envolvendo a linguiça. Aí você morde e é docinho por fora e bem salgadinho por dentro. Vai muito bem com um pãozinho pra aproveitar melhor a calda e também com uma cerveja escura pra brindar. É tão fácil, né? Não tem desculpa pra não preparar. Então vai lá e aproveita o fim de semana com esse petisco, depois volta pra me contar como é que foi. :) linguiça caramelizada na goiabada com cachaça 1* Post em parceria com a Tambaú Alimentos


feijão gordo


Eu já ouvi dizer que se você sabe cozinhar um feijão, é porque cozinha de verdade. Eu não sei se isso é muito certo, já que fazer feijão não é a coisa mais difícil do mundo. Quem faz feijão aqui em casa é Paolo, ele faz melhor que eu :P

Então ontem, domingão véspera de fim de férias, a gente resolve ficar em casa e beber uma cerveja fazendo um feijãozinho. Confesso que eu não sei bem das medidas, mas acho que usamos umas três xícaras de feijão (ou um pouco mais). Catamos para tirar os feijões ruins e as pedrinhas, se tiver, e colocamos na panela de pressão com água até cobrir e sobrar mais uns dois dedos. Contamos uns 20 minutos depois que começou a sair a pressão para desligar o fogo, e enquanto isso vai preparando o refogado que vai temperar o feijão.

Derrete um pouco de manteiga com um fio de azeite e refoga uma cebola em cubinhos até murchar. Junta o alho, dá uma boa refogada e vai juntando os salgados: bacon, paio e linguiça calabresa. Refogar bem para que a gordura dos salgados dê uma derretida, e juntar sal, pimenta, cominho, noz moscada e o tempero que você achar que combina com o seu feijão. Quando tudo estiver lindamente refogado, você vai juntando o feijão aos poucos, tirando um pouco do caldo, concha a concha e misturando. Não precisa juntar o feijão inteiro, porque depois que levantar fervura você vai voltar toda essa mistura temperada para a panela do feijão, misturar e deixar levantar fervura de novo. Está pronto :D

Ótimo pra comer com um  arroz branco e uma couve refogada no alho e bacon. É um feijão bem gordo, que dá um caldinho maravilhoso pra tomar com cerveja. Que é a cara do domingo fim de férias, a despedida antes de entrar de regime :P E não bastasse, ainda fiz um brownie de sobremesa que daqui a pouco aparece por aqui :P~


marmita do dia: massa cremosa ao forno


Massa é o prato da preguiça :D E eu amo massa, e amo “preguiçar”, então esse foi o prato do domingo, e consequentemente a marmita da segunda-feira :P Comidinha simples e rápida, para poder ter mais tempo pra não fazer nada :D

Eu fiz com fusilli, mas pode ser com qualquer tipo de massa, de preferência essas curtas. Coloquei a água do macarrão para ferver e fui preparar o molho. Refoguei no azeite uma cebola, pedaços de linguiça calabresa defumada e alho. Em seguida misturei ao refogado uma lata de tomate pelado, temperei com sal (usei sal defumado e sal do himalaia moídos na hora), pimenta do reino preta moída na hora, uma pitada de açúcar e orégano. Coloquei um pouquinho de água para deixar ferver bastante. Quando desliguei o fogo misturei 2 colheres de sopa de requeijão (para cozinhar eu compro desses mais baratos, porque tem gosto mais suave e levam amido de milho, que ajuda a engrossar o molho).

Quando a massa estava al dente (quase ai mel dente já que vai ao forno) eu escorri e, ao invés de regar com azeite, coloquei umas 3 colheres de sobremesa de geléia de pimenta e misturei na massa quente. Dá um toque discreto e saboroso ao prato :) Então é escolher uma travessa para ir ao forno, que eu deixei pré-aquecido, depejar a massa e misturar o molho. Quando coloquei na travessa misturei cubos grandes de queijo colho, manjericão fresquinho (e de folhas giganetes) da minha horta e um pouquinho (menos da metade de uma caixinha) de creme de leite, porque achei que esse molho merecia ser mais cremoso.

Então foi só cobrir com um queijo ralado honesto, que pode ser o parmesão ralado na hora ou o Pampulha Provence, que é o melhor desses que vem pronto em saquinho, e foi o que eu usei. Aí é só deixar no forno o tempo de colocar a mesa, organizar a cozinha e derreter o queijo. Ficou cremoso na medida certa, sem ficar pesado, e uma delícia. Para acompanhar, hidratei uns tomates secos e temperei com azeite, pimenta, orégano e azeitonas. :)



© 2017 - ideias de fim de semana