home sobre mim sobre o blog mídia kit

Todos os posts sobre organização

uma casa romântica


Eu acabei de postar os lindos pratos da coleção da Cindy, do My Romantic Home. Mas depois que conheci o blog, saí encontrando cada coisa linda… Essas fotos são da casa dela! Dá pra acreditar que tem tanta coisa linda junta num lugar só? Que quantidade de louça é essa, hein? Esse estilinho cottage, tão romântico e aconchegante, acabou de ganhar muito mais pontos comigo :) Adorei os pratos decorados, e realmente vi como ela é viciada neles :P Adorei as pratarias, os cristais, as flores, as luzes, as velas, as gaiolinhas… O que é essa plaquinha “I’m in the garden”? Simplesmente AMEI. Pode escolher TUDO? Porque tá difícil dizer o que eu mais gostei.

Não, esse não é o tipo de decoração que eu quero para a minha casa nesse momento. Eu gosto de algo mais rústico, e essa decor é linda e muito luxuosa, apesar de super combinar com uma casa de campo :) Na verdade, acho que essa é a decoração digna de um castelo. Muito mais bonita que todo aquele show de mogno e tapetes persa. Então tá combinado, toda rainha e princesa tem que ter uma casa assim, tá? Então tá :) Você pode ver mais fotos no Flickr dela, e aqui ainda tem mais fotos da casa dela, inclusive decorada para o Natal :)

E pra finalizar o post, a foto do lindo, e não menos romântico, jardim da casa. Eu acho que passaria a maior parte do tempo aí, lendo meus livros, com o notebook fazendo posts inspirados, tomando chá e vinho, afinal, daqui pra que eu tenha esse jardim eu já vou ter aprendido a gostar dos dois :P

Parabéns Cindy, sua casa é realmente linda.


decoração de vitrines


Antes que digam que meu humilde postinho deveria estar no Photoshop Disasters por conta das setinhas em cima das imagens, eu vou me defender. Não tive como salvar as fotos, então dei printscreen e preferi deixar as setinhas do que cortar a foto e perder algum detalhe. Espero que vocês também prefiram :P

Agora vamos ao que interessa. Eu sempre achei que aqui (leia-se: Recife) se investe pouquíssimo em vitrines de loja. Quando você vê alguma que se destaca, é de alguma marca de fora, que vem um cara de São Paulo pra abrir e fechar a vitrine e tal, porque o pessoal daqui mesmo investe pouco. Com a chegada do fim de ano, a época das compras, esse investimento deveria ser, ao menos, considerável né? Então, pra arrazar logo com tudo e ver se alguém enxerga o quão importante é cuidar da imagem da sua loja, peguei essas imagens de vitrines da Printemps, uma loja francesa conhecida por suas vitrines lindíssimas.

Então, deu pra ver? Dá pra se inspirar até pra uma decoração mais ousada dentro de casa, hein? Adorei os painéis com fotos gigantes e pontos de luz :)


bar do brilhozinho


O Bar do Brilhozinho é exatamente isso que vocês estão vendo. Um botequinho pequeno, com seis mesas, uma decoração bem curiosa e um cardápio sempre delicioso. Fica escondido numa vielinha perto de uma das avenidas mais movimentadas do Recife, e quem é freguês não erra o caminho :) Brilhozinho é o dono do bar e é como ele chama todo mundo “opa brilhozinho, opa brilhozinha”. Sempre recebe os clientes com um sorriso estampado no rosto, conversando, contando história e brincando com todo mundo.

A decoração é basicamente o estoque do bar, onde tudo fica a mostra. Guardanapos, azeite, palitos de dente, copos, fósforo, cachaça, tudo guardado ali pra todo mundo ver. Algumas pontes do Recife e de outras cidades seguram latas e mais latas de cerveja, o que deixa o clima do lugar ainda mais divertido. Brilhozinho já foi entrevistado por todos os jornais da cidade, e além das matérias que estão emolduradas e colocadas na parede, se você pedir ele coloca pra passar os vídeos das entrevistas que foram pra televisão. E é uma alegria só.

O cardápio também fica espalhado pelo bar, e os pratos principais são o Peixe Acocorado, a Cantora Chorona e a Galinha Bronzeada.

“Brilhozinho, porque Peixe Acocorado?”

“Porque ele não pode ver um pé de coco, brilhozinha!”

“E a cantora chorona?”

“É porque quando a galinha tá feliz tá cantando, né, mas como tá na panela tá chorando, brilhozinha!”

E assim ele vai explicando os nomes que deu aos pratos, como a galinha bronzeada que é a galinha frita mais suculenta da região.

Eu adoro ir em Brilhozinho depois da praia, mas é bom chegar cedo porque sempre está cheio, inclusive todos os dias da semana. Ontem estava tranquilo na hora que nós fomos, e a gente conseguiu ter a alegria e a simpatia de Brilhozinho quase com exclusividade :P Sempre que eu recebo alguém de fora na minha casa eu faço questão de levar pra lá. Dessa vez foram queridos tios de Juiz de Fora, que vieram para uma viagem rápida e marcaram a presença lá. Como bons mineiros, experimentaram a cachaça que Brilhozinho serviu enquanto a gente se deliciava com uma caprichada porção de camarão ao alho e óleo.

Ontem foi a vez da minha mãe e da minha irmã também serem iniciadas na arte de “brilhar” no fim de semana, e também aprovaram a indicação. Fomos de Peixe Acocorado, que é feito com posta de arabaiana, essa gigante que ele tá mostrando na foto. A quantidade e o preço variam de acordo com quantas pessoas estiveram na mesa para comer. Servido com muita cebola, batatas e ovo cozido, o peixe acompanha arroz branco e um pirão que é incrivelmente delicioso. Aqueles que você come, começa a suar e pede pra dormir, sabe? Pronto. Basta um azeitezinho (que ele serve Galo, claro, pra acompanhar a qualidade dos pratos) e uma boa pimenta.

É de comer sorrindo, como pode-se perceber na foto onde eu estou gargalhando :P Depois de tudo, Brilhozinho distribui mariola pra adoçar a boca :) Aí é impossível sair de lá achando ruim. O mapa de Brilhozinho está aqui, então é só arrumar um estacionamento próximo, entrar ao lado da padaria e virar na primeira vielinha à direita, não tem erro e vale a pena conhecer.

E pra matar vocês de inveja, adivinhem minha marmita de hoje :P Peixe Acocorado, brilhozinha!


uma casa essencialmente clean


Já falei aqui que não sou muito fã de uma decoração muito clean. Pra mim quando ela é cheia de coisas, e cada coisa tem sua história, ela fica muito mais confortável e agradável. Mas essa casa é linda, né não? Há um tempo que eu perdi meu preconceito com madeira pintada. Antes eu achava que madeira tinha que ter cor de madeira, podendo variar entre mais clara e mais escura, mas sempre com cor de madeira. Mas depois de ver alguns lindos projetos com madeiras brancas, e até coloridas, perdi esse tique e abri meu leque de opções. Acho que isso me ajudou a gostar dessa casa, que vi no Digs Digs. Claro que o fato dela ter uma escada (putz, a louca apaixonada por escadas voltou…) e de ter um quarto com o teto triangular já me encantou de cara, mas ela tem detalhes muito legais.

Essa mesa com cara de “uma tábua em cima de dois cavaletes” é linda, e a cozinha é maravilhosa. Apesar de curtir mais as cozinhas rústicas, ficaria bem feliz com uma dessas. Grande, espaçosa, com um balcão gigante, linda de viver. Claro que os detalhes em madeira de verdade ajudaram bastante, mas o branco ganhou uns pontinhos comigo :)



© 2021 - ideias de fim de semana