Author Archives: Anna Terra

cores de sexta: mural de post-its

mural de post it 11 mural de post it 10 mural de post it 9 mural de post it 8 mural de post it 7 mural de post it 6 mural de post it 5 mural de post it 4 mural de post it 3 mural de post it 2 mural de post itVendo o Follow The Colours por esses dias, resolvi retomar uma série que tinha aqui no blog há alguns anos atrás. Cores de Sexta. A sexta-feira é um dia que merece cores e alegria, né? Seja uma sexta de sol, nublada ou uma sexta-feira 13. Quanto mais cor e vida melhor pra embalar o fim de semana. Então vamos retomar hoje com essa série em grande estilo.

A ideia foi do designer Ben Brucker, e a execução reuniu a turma do escritório durante o fim de semana. Foram mais de 8 mil post its para fazer esse incrível mural de super-heróis em 8-bit. Com certeza o escritório ficou mais feliz depois dessa intervenção aí, e isso serve de inspiração pra decoração em casa também.

Lá em 2009 eu postei aqui o vídeo de um amigo meu, Mauro Bello, fazendo o seu painel de recortes coloridos que formavam o rosto de Andy Warhol. Dá trabalho? Dá. Mas parece uma terapia deliciosa de fazer, e o resultado é maravilhoso.

Então fica a inspiração pro fim de semana. :)

Veja mais posts da série Cores de Sexta.

como fazer um vaso suspenso

como fazer um vaso suspenso 6Eu estou tentando voltar a ter mais plantas em casa. Não sou muito boa com elas, mas sigo tentando. Em outro apartamento já tive uma varanda recheada de plantas, flores, horta e tudo mais. Tenho fé que consigo de novo. :) Mas tenho ido aos poucos, pra não tentar não machucar as plantas…

Há um tempo atrás ganhei de presente uma mudinha de uma planta que eu não sei o nome, mas que é pendente e fica linda pendurada. Fiz uns clones, coloquei em vasinhos em cima de uma estante e estavam bem saudáveis. Mas acho que foi o excesso de água, ou o vaso mal drenado, não sei… Elas começaram a ficar meio ruins. Então resolvi replantar e queria pendurar esse vaso novo. Que é outra coisa importante pra mim, já que tenho gato e o ideal é manter as plantas numa distância segura hehehe :P

Eu tinha comprado vasos pra pendurar no teto ou em suportes na parede, mas não consegui achar as alças de jeito nenhum… Foi quando eu pensei: porque não fazer? As alças seguram na “dobrinha” do vaso, por isso ele não precisa ser furado pra segurar. Mas como eu ia usar fitas de cetim, tive que fazer os furos.

Usei como base os três furos que o vaso tinha na parte de baixo para furar as laterais na mesma altura. Então esquentei a ponta de parafuso com a ajuda de um alicate e fui furando a lateral. O ideal é que seja um furo não muito grande, para que ele fique seguro com um nó. Mas se o parafuso deixar pequeno demais, pode dar uma aumentada com a ajuda de uma tesoura.
como fazer um vaso suspenso como fazer um vaso suspenso 2 como fazer um vaso suspenso 3Depois é só passar a fita de cetim da cor que você escolher e dar um nó na ponta. Eu usei três pedaços de 50cm cada um, mas depois de colocar o nó nas pontas é bom levantar o vaso e ver se ele está retinho, então ajustar isso na hora de dar um nó em cima para juntar as três pontas. Se o furo ficar muito grande, pode usar um prego, um parafuso ou um palito pra segurar, aí coloca no meio do nó e ele prende. Depois disso, é só plantar. Pode ver que minha plantinha não está assim tão bonita, mas está sendo uma tentativa de salvamento. Tenho fé nela. :)como fazer um vaso suspenso 4 como fazer um vaso suspenso 5Aí é só pendurar onde achar melhor! No teto, suporte na parede, onde preferir. Fica uma graça, né? Dá pra fazer usando uma fita de cada cor, dá pra usar fitas trançadas, dá pra fazer um monte de coisas. E que, aqui pra nós, ficam muito mais bonitas que aquelas alças de plástico padrão, né?

Fica aqui a inspiração pro vaso, para as plantas, para a decoração e para a terapia. Afinal, jardinagem e projetinhos “faça você mesmo” são uma terapia maravilhosa. Vamos praticar mais. :)

quero morar nos escritórios da pereira & o’dell

Faz tempo que eu não posto um ambiente de trabalho inspirador, né? E aproveitando que é quarta-feira, aquele momento da semana que parece estar mais longe do fim de semana do que a própria segunda, trago aqui um lugar onde acho que faria todo dia parecer um sábado. É, eu queria morar aí. A Pereira & O’Dell tem escritórios em São Paulo, Rio de Janeiro, Nova Iorque e São Francisco, e o blog Desire to Inspire trouxe os dois escritórios gringos pra mostrar como são lindos.

Primeiro, o de Nova Iorque.PereiraOdell_ PereiraOdell_ PereiraOdell_ PereiraOdell_Lindo demais, né? A mistura de estilos deixa com cara de casa mesmo. Onde a pessoa vai misturando o que gosta sem se preocupar em manter um padrão. Aí tem esse Q rústico que abraça, junto com um monte de coisas modernas e que combinam tão bem. É o tipo de lugar que eu moraria, sem dúvidas. E o escritório de São Francisco também é lindo e segue uma identidade de design de interiores. Parece até ser o mesmo ambiente, né? Valorizei.escritorio para morar sf 2 escritorio para morar sf 1 escritorio para morar sf 3 escritorio para morar sf 5 escritorio para morar sf 4 escritorio para morar sf 6Essa parede de armários industriais coloridos eu vou guardar pra mim. Quero ter uma dessa um dia. Imagina na cozinha? No escritório da casa? Se tiver umas portas mais altas dá até pra pensar em guarda-roupa de verdade. Amei.

E aí, gostaram da inspiração? Se quiserem ver outros escritórios que já pintaram por aqui, dá uma olhada na tag corporativo.

couro e cangaço viram coleção de móveis

moveis cangaço moveis cangaço 2 moveis cangaço 3 moveis cangaço 4 moveis cangaço 5 moveis cangaço 6 moveis cangaço 7 moveis cangaço 8 moveis cangaço 10 moveis cangaço 11 moveis cangaço 12A lida dos cangaceiros com o couro é incrível e me encanta há muito tempo. Desde que pude acompanhar de perto a produção do livro Encourados, de Geyson Magno (fotos) e Adriana Victor (texto), que me impressiona esse trabalho tão delicado e forte ao mesmo tempo. Esse tema também chamou a atenção dos irmãos Fernando e Humerto Campana, designers de móveis. Na verdade, acho que dizer que eles fazem design de móveis é limitar um pouco a obra desses dois irmãos. Eles reinventam materiais, histórias, criatividade, e tudo isso resulta num trabalho de fabricação único.

E para a nova coleção dos Campanas, a inspiração veio do couro ornamentado do Nordeste e da palha trançada européia. Então, da parceria dos irmãos com Espedito Seleiro, nasceu a coleção Cangaço. Espedito é filho, neto e bisneto de seleiros, e trabalha com couro desde os seus 8 anos de idade. Hoje, com 75, é o principal nome em artesanato de couro no Brasil. Ele tem sua loja e oficina na Chapada do Araripe, Ceará, e vende selas, vestuário, acessórios e mobiliário com o melhor do couro trabalhado.

Não precisou de muito mais para que os irmãos tivessem a ideia de integrar a arte de Seleiro com o seu mobiliário. “Nosso primeiro contato com a produção do seu Espedito foi por meio da ArteSol. Fiquei encantado com o universo de cores, texturas e materiais e pensei que seria ótimo se pudéssemos criar um trabalho em conjunto, no qual fizéssemos um suporte para a obra dele e ele pudesse se expressar através dos nossos objetos”, conta Humberto. “Ele nos deu a liberdade de escolher quais objetos ele iria trabalhar e nós lhe demos a liberdade de eleger os temas. Nós não tocamos no vocabulário de ícones e formas que ele já tem”, completa Fernando.

A prévia desse trabalho podemos ver aqui nessas fotos da Casa Vogue e a coleção completa será apresentada na Firma Casa, em São Paulo, ainda esse mês.

Lindo demais, né? :)

Página 1 de 1851234567...203040...Última »