home sobre mim sobre o blog mídia kit

Todos os posts sobre Publieditorial

cachorro quente de forno


cachorro quentecachorro quentecachorro quenteQuando o cachorro-quente venceu a enquete da semana passada, eu confesso que fiquei super feliz. :D Eu adooooro cachorro quente, e fazer um com espírito mexicano já estava nos meus planos. :) Como eu digo, ele não é oficialmente mexicano, mas por conta da Delati Japapeño ele tem a sua alma muchacha. :D

E, como todo cachorro-quente, esse é bem simples de fazer e o resultado é delicioso. Pra não ser só mais um hot-dog, dei uns toques diferentes e eu espero que vocês gostem :D

Primeiro vamos fazer o molho, refogando cebola e alho no azeite, e depois colocando meia linguiça calabresa ralada pra dar aquele toque especial. Então coloca uma lata de tomate pelado cortado e deixa ferver. Depois dá uma temperada com orégano e chega a hora da primeira pimenta. Como a Delati Jalapeño é a mais suave de todas, pode caprichar na quantidade. Umas duas colheres de sopa pra mais, tá? Se precisar, coloca mais um pouco de água no molho e deixa dar uma fervida de novo.

Enquanto isso, pega quatro linguiças dessas fininhas e dá uma grelhada nelas. Depois é só montar no pão francês. Coloca o molho, depois a linguiça e, por cima, coloca uma mistura de queijo mussarela ralado com queijo parmesão ralado e joga no forno pra dar uma derretida e uma esquentada tudo junto. Então é só tirar do forno, dar um toque com orégano e um pouco mais de Delati Jalapeño, pra dar um rostinho mais especial. Fica uma delícia, viu? Pode apostar na receita e servir no fim de semana. :D

E aí, o que achou das receitas Delati? A primeira foram as Fajitas de Frango, depois o Chili de Forno e agora esse Cachorro-quente. Qual foi a preferida de vocês, conta pra mim? :D

delati

Este post é um publieditorial.


chili de forno com batatas


E dando continuidade as receitas deliciosas em parceria com as pimentas Delati, hoje eu trago pra vocês uma receita ótima pra curar a ressaca do carnaval. :) Sabe aquele chili tradicional mexicano que se come com nachos? Pronto, é bem diferente hahaha :P

chili de forno com batatasComo eu disse no post das fatias de frango, eu não me atrevo a fazer coisas muito tradicionais pra não profanar as culturas :P Então me inspirei nos famosos chili bens mexicanos e fiz um prato que pode ser uma ótima pedida pro almoço ou pro jantar. Se liga no preparo.

A primeira coisa a fazer é pegar um pimentão vermelho e tirar a pele dele usando essa técnica simples e gostosa. Basta você queimar o pimentão direto na boca do fogão. Isso, sem dó nem piedade. Pode queimar até ele ficar todo preto, usando uma pinça de macarrão de aço para virar. Essa técnica além de tirar a pele fácil, deixa o pimentão com um gostinho meio defumado que dá um toque especial. Aí depois que o bicho estiver todo carbonizado você taca ele numa vasilha grande com água gelada e a mágica começa a acontecer. Você espera ele dar uma esfriada e pode ir mexendo nele e tirando a pele. Ela vai sair todinha, bem facilmente. Então é só abrir, limpar e cortar em fatias. Eu gosto de cortar as fatias no meio, pra não ficarem muito longas, mas aí é como o mandar o freguês.

Depois você refoga uma cebola ralada num pouquinho de azeite e junta uma colher de sopa de alho picado. Deixa refogando enquanto você rala uma linguiça calabresa sem aquela pele. Aí junta a linguiça ao refogado e espera ela soltar o excesso de gordura. Então pode juntar a meio quilo de carne moída. Eu mandei moer patinho, mas você pode fazer com a carne da sua preferência.

Aí é dar uma  mexida pra carne ir soltando e já pode começar a temperar. Coloca o pimentão cortado, uma pitada de sal lembrando que a calabresa já é mais salgada e coloca umas 4 colheres de chá de pimenta Delati vermelha. Ela é mais suave que a habanero que nós usamos na receita das fatias, então pode ser generoso se gostar. Também pode colocar uma salsinha picada na hora e dar uma misturada. Depois disso, coloca uma lata de tomate pelado cortado em cubos, mistura e deixa lá cozinhando. Há quem goste de usar extrato ou purê, mas eu gosto desse tomate pelado porque, mesmo sendo em lata, ele é bem natural e suave. Aí deixa lá cozinhando uns 15 minutos.

Depois disso tá na hora de misturar uns 250/300g de feijão carioca cozido. Posso confessar uma coisa? Eu nunca faço feijão em casa. Tanto porque como pouco quanto por preguiça mesmo. Aí pra essa receita eu comprei aqueles feijões já cozidos no vapor, que vem fechado a vácuo e vende numa caixinha, sabe? Juro que estava com medo do resultado, mas tenho que admitir que é surpreendente. Muito gostoso. Então fica aí a dica pra quem, assim como eu, tem preguiça de fazer feijão. Aí pode misturar e deixar cozinhar por mais uns 10 minutinhos.chili de forno com batataschili de forno com batatas

Então é só fazer a montagem. Num refratário você vai espalhar umas 3 batatas inglesas médias descascadas e cortadas em rodelas de aproximadamente meio centímetro. Não pode ser muito grossa porque ela vai cozinhar no molho da carne, sabe? Aí depois das batatas pode colocar o recheio inteiro e finalizar com parmesão ralado na hora. Aí é forno baixo por uns 20 minutos. Abre, espeta pra ver se a batata já está no ponto e pronto. É só servir. chili de forno com batatas

O ponto da pimenta é aquele que dá pra sentir o tempero levemente picante mas que dá pra adicionar mais um pouco da pimenta Delati vermelha na hora. E eu adicionei mesmo porque super combina. Ah, e se a fome estiver apertando, reserva um pouco do recheio e serve com uns nachos de entrada que dá pra ir sentindo o que vai sair do forno. :D

Espero que gostem da receita, aqui em casa fez o maior sucesso. :) Ah, e eu vou precisar da ajuda de vocês para decidir a última receita dessa parceria. Lá no Facebook do Ideias tem uma enquete pra vocês responderem. São três opções de “fast-food” com inspiração mexicana. A receita mais votada até a segunda-feira da semana que vem, será preparada por mim e na quinta-feira vem pra cá pra vocês. E aí, bora lá?

 

Este post é um publieditorial.


receita de fajitas apimentadas


receita fajitas Eu não sou uma pessoa muito ligada a tradições de forma geral, sabe? Tipo, adoro frequentar lugares tradicionais e conhecer outras culturas. Mas na hora de fazer alguma coisa, eu prefiro assumir a minha ignorância e sempre dizer que estou fazendo alguma coisa inspirada, sabe? Por exemplo, não vou me comprometer a oferecer pra vocês uma receita de fajitas mexicanas. O que eu fiz foi uma fajitinhas pra jantar com meu amado, usando ingredientes fáceis e com uma receita simples. E se vocês gostam disso, fiquem de olho que a receita deu super certo :Dreceita fajitasreceita fajitasPrimeiro eu peguei meio quilo de peito de frango e cortei em tirinhas. Aí deixei temperando com sal, um limão exprimido e uma colher de sopa de pimenta Delati Habanero (arriba! arriba!). Deixa nesse tempero aí por uma horinha que é o tempo de organizar as outras coisas com calma e, se você for dos meus, bebericando uma cervejinha. Ah, essa medida é ideal pra quem gosta um pouco de pimenta. Porque só com esse tempero já dá pra ficar saborosa com um leve ardor. E quem gosta pode adicionar mais pimenta na hora que o sabor fica ainda mais aguçado, delícia demais.

Então pega meio pimentão vermelho e meio pimentão amarelo e corta em tirinhas também. Pode reparar que essa receita é tudo pela metade, mas é porque eu fiz só pra duas pessoas. Pode ir dobrando, triplicando, que tudo vai dando certo. Ah, e se quiser usar o pimentão verde também tá liberado, mas é porque eu não gosto mesmo, aí tirei da receita. Quando estiverem cortadinhos deixa reservado e vamos para a massa.receita fajitasPode ser aquelas que você compra prontas no supermercado, sabe? Mas eu tive tanta dificuldade de encontrar que não achei justo colocar aqui pra vocês, afinal, se fosse depender disso pra fazer a receita eu não faria nunca. Aí resolvi fazer uma massa de panqueca mais fntinha e mais molinha, e deu super certo. É só juntar um ovo inteiro, um copo americano de farinha (deixando um dedilho sobrando da borda) e um copo americano cheio de leite. Tempera com uma pitada de sal, uma de pimenta do reino, um tiquinho de curry e meia colher de chá de fermento. Bate no liquidificador ou mixer e pronto. É só esquentar uma frigideira e passar um pouco de azeite com a ajuda de um guardanapo e ir fazendo as panquecas. O ideal é espalhar a massa com a frigideira fria, assim ela espalha melhor e fica mais fina. Então entre uma massa e outra tira a frigideira do fogo, passa mais um pouco de azeite e vai fazendo. Massinhas prontas, reserva.

O molho de tomate foi super simples e rápido. Refoga meia cebola no azeite, junta meia lata de tomate pelado em cubos, tempera com salsa e sal e deixa lá fervendo até ficar um pouco mais grosso. Só isso.

Então tá na hora de começar com o principal. Esquenta um pouco de azeite numa frigideira mais alta. Se você tiver uma wok é perfeito. Na falta, usa o que tiver. Aí você junta os pimentões e deixa eles lá, tirando aquela crocância toda, sabe? Refoga, refoga, refoga. Depois de uns dez ou quinze minutos em fogo baixo, tá na hora de aumentar o fogo e juntar o frango delícia. Refoga, refoga, refoga. Até o frango ficar no ponto. Sem ser cru e sem queimar os pimentões.receita fajitas

Então é só montar. Abre a massa, espalha o molho de tomate, coloca um pouco alface crocante pra dar aquela cor, espalha o frango com pimentões por cima, tempera com salsa e mais pimenta Delati Habanero se for o caso. Aí é só se deliciar. Na essência, são panquecas. Mas se você convidar os amigos e disser que é um jantar mexicano vai ficar muito bem na fita hahaha :)receita fajitasE é essa receita que eu deixo pra vocês aproveitarem os dias de carnaval. É quente, gostosa e dá aquela energia que a gente precisa, né? :D Espero que gostem tanto quanto eu :)

 

Este post é um publieditorial.


massa cremosa e crocante


penne vitarellaReceita Premiada Vitarellapenne vitarellapenne vitarellapenne vitarellapenne vitarellaMacarrão com salsicha é o meu prato preferido. Pronto, é isso. Sabe aquele prato que te quebra na emenda, te deixa com água na boca só de pensar e que você comeria no café da manhã, almoço e jantar? Pronto. No dia-a-dia eu tento levar uma alimentação mais saudável, sabe. Muita salada, peitinho de frango, pouco açúcar, pouco sódio. Mas se quiser me fazer mudar de rumo, coloque um cachorro quente ou um macarrão com salsicha na minha frente. Assim vai-se minha fé na dieta hahaha :)

Aí quando a Vitarella me convidou pra fazer uma receita, e me mandou um kit bem recheado de produtos, meus olhos bateram no Penne Vitarella e eu pensei: não vou conseguir fazer outra coisa. Por gostar tanto, apesar de não comer muito, eu sempre tento fazer uma receita diferente para o meu adorado macarrão com salsicha. E essa ficou bem gostosa, misturando uma textura cremosa e crocante ao mesmo tempo.

Vou compartilhar com vocês a receita aqui, mas fiquem espertos. É bom ir se inspirando que hoje começa o Concurso Receita Premiada da Vitarella, que vai dar até R$2.000,00 em vale-compra para a receita vencedora. Participar é bem fácil. Você pode inscrever quantas receitas quiser, mas tem que ser aquelas que você faz com carinho, sabe? Com os seus ingredientes favoritos e que deixa todo mundo com água na boca. Aí é só pegar essa receita, inscrever no site da Vitarella e começar a divulgar. As 50 receitas mais votadas no site vão passar por uma comissão julgadora, que vai eleger as 10 melhores para serem preparadas pelo Chef Wellington, num evento todo especial. Nesse dia, eu, Juliana do Pitadinha e Ana do A Casa Que Minha Vó Queria vamos experimentar as 10 receitas, dar o nosso voto e de lá sairá a grande vencedora. Legal, né? E então, o que tá esperando? :D

Pra dar uma forcinha, aqui vai a receita simples da minha massa cremosa e crocante, mas vale ser receita doce ou salgada, tá? Primeiro você vai cortar 1 cebola em pedacinhos e colocar pra refogar no azeite. Enquanto isso, pode ir ralando 1 linguiça calabresa e 6 salsichas. Junte um pouco de alho ao refogado e, em seguida, misture a linguiça ralada. É bom deixar a linguiça refogar bem pra ir soltando a gordura e ajudar no refogado da salsicha. Então pode juntar as salsichas raladas e mexer até dar uma secadinha. Nessa etapa eu já gosto de começar a temperar, com pimenta calabresa e orégano. Não precisa colocar sal, já que a linguiça e a salsicha já são bem salgadinhas, né.

Aí depois do recheio ficar bem refogado, você pega uma lata de tomate pelado e, se tiver com paciência, passa na peneira pra descer só o sugo mesmo. Aí não entra o bagaço nem as sementes do tomate. Mas se tiver com preguiça coloca com tudo mesmo. ;) Aí deixa ferver bem e, se quiser, coloca um pouco de água e deixa ir fervendo e evaporando, pra ficar bem cozido. Enquanto isso coloca pode ir preparando o Penne Vitarella conforme as instruções da embalagem. Também já pode pegar umas 4 folhas grandes de acelga e cortar só o talo. As folhas pode reservar pra uma saladinha de acompanhamento. ;) Aí pega esses talos e corta em tiras não muito finas, e reserva.

No final, pega duas colheres bem cheias de requeijão e mistura no molho. É isso que vai deixar a massa bem cremosa. Depois que desmanchar todo o requeijão é a hora da mistureba. :) Numa travessa mistura a massa com o molho e, só na hora de servir, coloca a acelga. Ela vai dar uma amolecida por conta da temperatura do prato, mas vai continuar crocante. E esse prato foi uma grata surpresa de texturas. Uma massa cremosa bem saborosa com uns pedacinhos crocantes.

E aí, deu pra inspirar? Então vai logo se inscrever no Concurso Receita Premiada, que é até o dia 30 de novembro. E pra ficar por dentro de tudo, acompanha o Facebook da Vitarella, que vai ter muita coisa bacana por lá. Ah, e se depois desse prato deu vontade de comer alguma coisa doce, que tal um brigadeiro de colher carinhosamente preparado pelo amor, pra comer com bolacha Maria Leite? Hummmm!maria leite vitarellaEste post é um publieditorial.



© 2017 - ideias de fim de semana