home sobre mim sobre o blog mídia kit

macarons: a tentativa entre irmãos


Desde que eu fiz aqui os biscoitos de amêndoas ao perfume de limão que Fabinho me diz que quer fazer os tais macarons. Aquele docinho francês que é tão delicado quanto lindo e gostoso. Então, quando ele estava pra chegar aqui em casa, fui comprar as amêndoas porque ele iria fazer a primeira tentativa aqui, comigo. E assim foi. E foi ótimo :)

Algumas coisas para esclarecer sobre essa receita:

1. Ficaram feinhos mas são deliciosos;

2. Os macarons entraram, junto com sushi e nhoque, para a lista de comidas que eu prefiro pagar pra comer do que tentar fazer :P

3. Eu não tinha ideia de como macaron é puro açúcar :O

4. Nossa receita foi levemente improvisada, então não levem ela como guia ao pé da letra.

Esclarecimentos feitos, vamos ao que interessa. Para a massa você vai precisar de 350g de açúcar de confeiteiro (como não tinha, eu bati açúcar refinado no mixer. Não sei se tem o mesmo efeito, mas funcionou), 215g de farinha de amêndoas (comprei inteiras sem casca, bati no liquidificador, e em seguida no mixer pra ela ficar mais fina) , 165g de claras (aproximadamente 3) e 40g de açúcar. Se você quiser fazer colorrido, também pega lá o corante da cor que você preferir.

Aí vai começar a novelinha. Primeiro eu peneirei toda a farinha de amêndoas, depois juntei com o açúcar “de confeiteiro” e peneirei de novo. Aí você vai pegar a batedeira e bater as claras em neve com os 40g de açúcar comum, até virar um suspiro firme. Se for fazer colorido, essa é a hora de colocar o corante. Então nesse suspiro você vai, delicadamente, colocando a mistura peneirada. Deixe a mistura descansar um pouco, coisa de uns 15 minutos.

Então foi onde começaram os maiores improvisos: o ideial era pegar uma assadeira, forrar com papel manteiga ou silplat (aquelas folhas de silicone usadas pra não grudar), mas como a gente não tinha nem um nem outro, tentamos uma assadeira untada. Fon. Deu merda. Não tentem isso, a manteiga derreteu e contaminou os macarons que nunca assaram. Então foi a vez da gente tentar a minha mini assadeira de teflon. Deu certo, mas de tão pequena ela só cabia 6 bolinhas, ou seja, 3 macarons por fornada. Foi uma lenda até terminar… Mais precisamente, Fabinho ficou de meia-noite até 4h da manhã fazendo. Ah, o ideal também é fazer as bolinhas com saco de confeiteiro, mas como eu também não tenho fui fazendo na colherzinha mesmo. Dica: faça bolinhas pequenas, coisa de 2cm, e deixe um bom espaço entre elas, coisa de 4cm.

Então, com o forno pré-aquecido a 200°, você vai colocar a assadeira dos macarons dentro de outra assadeira, pra ficar um fundo duplo. Então vai deixar por 10 minutos, tirar a assadeira de baixo e deixar por mais 5 minutos. Acreditem, isso faz toda a diferença. Então é deixar eles esfriarem um pouco antes de tirar da forma. Foi aí que os nossos racharam e ficaram assim feinhos. Então eu provei eles e fiquei triste, porque eles estavam grudentinhos e com gosto de puro açúcar… Recheamos com ganache de chocolate (chocolate em barra derretido com creme de leite) e pronto. Eu já tinha ido dormir quando acabaram as fornadas, mas Fabinho recheou todos com o maior cuidado, já que eles estavam meio quebradiços, e deixou dormir num prato coberto com papel filme.

Aí quando eu acordei, meio sem esperanças porque não tinha conseguido deixar o macaron com eu gostaria, eu resolvo experimentar de novo. E voilá! Estava uma delícia! Sem estar grudento nem nada, uma noite de sono transformou aquela coisa grudentinha e com gosto de açúcar puro em um digno macaron! Sério gente, ficou delícia demais. O ganache ficou no ponto certo, e tudo terminou bem. Feinho, mas muito bom!

E é assim que termina a saga para realizar o sonho de Fabinho de fazer macarons. Com um final feliz :D Só espero que as próximas tentativas dele (porque eu não pretendo tentar de novo :P) sejam além de gostosas, lindas e dignas de fotos.

E hoje Fabinho foi embora… Vai recomeçar sua vida em Santos, mas antes vai passar um mês estudando em Vancouver. Meu coração tá apertadinho de saudade. Minha garganta deu aquele nó ao deixá-lo no aeroporto. Mas já temos data para nos ver de novo, em junho no meu aniversário. Eu sei que tá longe, mas ter essa certeza já me deixa mais tranquila. Volta logo, Fabinho.

<3


5 comentários sobre o assunto

Que trabalhão! Mas em boa companhia não tem coisa melhor, né?
É uma dureza morar longe dos amados, mas os reencontros são uma delícia! Vale a pena!

Boa semana pra tu, Terrinha :*

Rapha Aretakis

Oi Ana!
Aqui quem fala é a Ana de Juiz de fora, do email de outro dia…
Macarons!! Ainda vou fazer tbm… por enquanto estou me aventurando nos cupcakes só…
Realmente são uma delícia… Quando comi pela primeira vez (e unica por enquanto) parecia até um sonho… hahaha
Que bom que os que vcs fizeram deram certo!!
Fiz um blog pra mim! Ainda tah bem cru!! Mas o ideias já tah lá nos links :)
bjos e bom inicio de semana pra vc!

Ana Luísa

Oi, Anna!
Vim parar aqui através do blog “A casa que a minha vó queria”.
Tô amando, que surpresa maravilhosa chegar aqui.
Se pudesse ficava lendo seus posts o dia inteiro…

Beijin

Ani

Anilda

Oi, Anna Terra!
Aqui estou eu de novo! Aliás, todas as semanas eu venho espiar esse teu cantinho tão charmoso e especial… Eu sou a Teresa, aquela carioca que ganhou o lindo “Encourados” , lembra? Pois é, estou passando rapidinho pra te dizer que já enviei uma pequena lembrança pra você e ela deve chegar aí na sua casa na terça-feira… Por favor, não repare, ela leva , acima de tudo, o nosso carinho até você! É um presentinho simples, prático e bonito, pra você usar durante o ano novo inteiro, e depois, ainda dá pra fazer umas “artes” com ele pra enfeitar a tua casa…Acho que você vai gostar! Ele foi comprado durante uma viagem que fiz em novembro para os Estados Unidos.
Adorei essa sua linda estória que mistura a delícia delicada dos macarons e a alegria e cumplicidade de 2 irmãos… Fiquei imaginando a cena, com vocês cozinhando e rindo na cozinha… Parece até cena de um filme! Aqui em nossa casa, também adoramos ficar na cozinha, meu marido e eu, inventando umas comidinhas novas… É aquela confusão gostosa… Às vezes rola até uns estresses, mas no fundo a gente se diverte muito! (Rs…)
E esses seus macarons devem ter ficado uma delícia!!!
Que pena que o seu irmão já teve de ir embora,Anna… Mas o tempo passa rápido e quando vocês menos esperarem, já é tempo de estar junto de novo! A família do meu marido mora quase toda em Goiânia e temos umas sobrinhas que adoramos…A gente também fica contando os diias pra se encontrar de novo…
Eu passei também pra te convidar à participar de um “sorteio de Natal” que estou fazendo lá no meu bloguinho… Gostaria muito que você participasse! Dá uma passadinha por lá e não esqueça de me avisar quando a minha “lembrancinha carioca” chegar até as lindas terras pernambucanas!

Meu grande abraço carioca pra você!
Teresa
( do blog “Se essa lua fosse minha” )

teresa

Deixe sua mensagem



© 2017 - ideias de fim de semana