sobre a naturalidade das coisas

Eu já escrevi aqui sobre a leveza e a sua importância para a vida da gente. E outra coisa que eu acho super importante e que caminha de mãos dadas com essa tal de leveza, é a naturalidade.

Deixar as coisas acontecerem naturalmente pode parecer simples, mas as vezes é muito mais difícil do que planejar, organizar e agendar tudo. A gente vive o tempo todo programando o salário pra pagar as contas, programando o fim de semana pra ver os amigos e a família, programando os horários pra encaixar a academia e um passeio com o cachorro, programando as férias, a viagem, a pauta do dia. A gente programa e planeja tanto as coisas, que agir com naturalidade está virando artigo de luxo.

E é um luxo que todo mundo merece, e o melhor, pode ter. Se dê ao luxo de acordar sem despertador um dia e passar a semana inteira sem marcar nada pro sábado. Se der vontade de ir à praia, vá. Se não der, fique em casa. Se der vontade de visitar um amigo, ligue. Se não der, veja um filme. Se der vontade de sair, saia. Se não der, peça uma pizza. E simplesmente vá se deixando levar. Ter um dia inteiro para agir com naturalidade é o primeiro passo para uma vida mais natural de forma geral.

Não planejar uma viagem, apenas viajar. Não planejar as compras, apenas ir pro supermercado. Não planejar o almoço, apenas abrir a geladeira. Não planejar a roupa que vai usar, apenas vestir. Não planejar um post pro blog, apenas escrever. Não planejar o casamento, apenas deixar o amor mover a gente.

E foi justo isso que me motivou a escrever esse texto hoje. Ontem, quando eu publiquei sobre o meu pedido de casamento, algumas pessoas se assustaram. Como se fosse algo de repente. No susto. E tenho certeza que muita gente se perguntou se era certo, se ia dar certo. E tudo que eu posso dizer é que foi natural. Duas pessoas que se amam, maduras, independentes e que querem ficar juntas, pagar as contas juntas, dormir e acordar juntas, brigar e continuar juntas. É mais simples e natural do que muita gente pensa. E acho que isso sim é um motivo pra dar certo. Porque as vezes a gente planeja tanto que quando vai realizar já passou aquele friozinho, aquela surpresa, aquele prazer.

Por isso que pra mim esse amor natural vale mais do que qualquer evento, qualquer vestido, qualquer cerimônia, qualquer festança. Porque vai no ritmo da vida. E eu sou assim. Uma pessoa que pula algumas etapas pra viver outras mais intensamente. Sem se preocupar com rótulos sociais nem nada. Apenas sendo natural e acontecendo, com força e vontade. Naturalmente como a vida deve ser.

E que seja naturalmente leve e feliz. Sempre. <3

7 Comentários em sobre a naturalidade das coisas

  1. 1
    Francine Barbosa says:

    Concordo plenamente! Há alguns anos parei de sair todos os sábados porque “esperam que eu vá”. Fazia isso, não descansava como precisava e depois ficava cansada durante a semana seguinte porque não fiz o que meu corpo e mente pediam. Tem bobagem maior do que desrespeitar seus desejos pelo o que os outros esperam de você?
    Gosto muito do blog. Boa sorte pra você = )

  2. 2
    Pablo says:

    Que texto lindo! Realmente, viver com naturalidade nos deixa mais leve. Passamos tanto tempo tendo (obrigatóriamente) que fazer alguma coisa, que reservar um tempo para fazer algo pelo simples fato de estar com vontade nos faz sentir alegria.
    Tento fazer isso sempre, aos fins de semana. Vejo o que estou sentindo, e se nada de bom me ocorrer, simplesmente visto um pijama e vou dormir. Tem coisa melhor que renovar as células e de praxe aliviar o tom arroxeado das olheiras? Hehe!

    Parabéns pelo pedido de casamento. Realmente deve ser algo fantástico! ^^

  3. 3
    Cacá says:

    ADOREI!!!! E concordo plenamente com vc! As pessoas hoje em dia pensam de forma tão planejada que quando acontece alguma coisa natural na vida da gente logo nos assustam kkkk. Tenho sentido e vivido isso agora que to grávida. Pra mim é tudo muito natural e assim pretendo viver quando nascer, mas as pessoas insistem em dizer e relatar coisas tão planejadas que causam frustração e medo kkkkk.

  4. 4
    lili says:

    Fiz isso uma vez e foi tão assustadoramente bom, que achei melhor não repetir para não virar vício

  5. 5
    Roseane says:

    “Se tiver que amar, ame hoje. Se tiver que sorrir, sorria hoje. Se tiver que chorar, chore hoje. Pois o importante é viver hoje. O ontem já foi e o amanhã talvez não venha.”
    (André Luis)

    Felicidades!! Ame intensamente como se não houvesse amanhã. Beijos!!

  6. 6
    Camila P says:

    Concordo demais com isso! Eu particularmente acho cerimonia de casamento uma coisa meio cômica.
    Parabéns ao namorido super criativo.

  7. 7

    como tudo na vida, o bom é o equilíbrio, planejar algumas coisas, mas não ficar totalmente preso, engessado naquilo, deixar espaços e “buracos” para o que pintar, deixar tempo para o que aparecer e dar chance ao inesperado, dar uma chance ao caos.
    felicidades!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>