home sobre mim sobre o blog mídia kit

Todos os posts sobre amor

os amigos que a gente faz por aí


dia do amigoQuando a gente é criança, temos alguns amigos. Uns da escola, outros do prédio ou da rua em que moramos. Quando a gente vai ficando mais velho, começamos a ter os amigos do shopping e aparecem os amigos dos amigos, que podem até virar mais nossos amigos do que nossos próprios amigos. E assim vamos conhecendo ainda mais pessoas.

Eu aprendi que a gente pode fazer amigos verdadeiros em qualquer lugar, em qualquer fase da nossa vida. Aprendi que a gente pode fazer amigos verdadeiros no primeiro período da faculdade, quando várias pessoas que vem de lugares totalmente diferentes se juntam, se conhecem, formam um grupo de trabalho e de repente nasce uma grande amizade. E ela pode durar pra sempre.

Eu aprendi que a gente pode fazer amigos verdadeiros no trabalho. Nesse ambiente onde passamos a maior parte da nossa vida e dos nossos estresses. Podemos fazer amigos de verdade enquanto produzimos, enquanto reclamamos, enquanto tomamos café do lado de fora da sala. E esses amigos pode morar no nosso coração, onde nenhum colega de trabalho jamais esteve.

Eu aprendi que a gente pode fazer amigos verdadeiros na internet. A gente se expõe tanto, cria blog, fala da vida, posta várias vezes no twitter, compartilha tanto do nosso dia, que terminamos encontrando em lugares tão distantes, pessoas semelhantes a gente. Que gostam do que a gente fala, de como a gente fala, e terminam virando amigos de verdade. Alguns a gente encontra pessoalmente depois, outros ficam virtuais pra sempre, mas eles são amigos verdadeiros do mesmo jeito.

Eu aprendi que a gente pode fazer amigos verdadeiros dentro da nossa família. Porque todos dizem que os amigos são a família que a gente escolhe, mas a família que já é nossa por vida também pode ter grandes amigos que vão muito além do sangue que corre em nossas veias. Eu aprendi que a gente pode fazer amigos verdadeiros até num curso de fim de semana.

Eu aprendi que a gente pode fazer um amigo por aí, e esse amigo, depois de muito tempo, virar nosso amor, nosso companheiro. Porque essa pessoa sim, precisa ser o nosso melhor amigo. Que a gente pode ter encontrado no colégio, no prédio, no shopping, na faculdade, no trabalho ou na internet. Mas além da amizade, nós sentimos um algo mais. Um algo tão maior, tão mais forte, que nunca poderia existir se não houvesse aquela parceria de amigos de verdade.

Porque a nossa vida se faz dos amigos que a gente faz por aí.

Feliz Dia do Amigo para todos que, assim como eu, vive fazendo amigos pela vida.



os corações de carol burgo


Se tem uma pessoa que eu amo nessa vida, é Carol Burgo. Vou poupar vocês de todos os elogios que eu sempre derramo por ela, cada vez que o nome dela aprece numa conversa. Mas uma coisa é certa, de coração ela entende. E essa é uma série de desenhos, pinturas, artes digitais e afins, que ela está fazendo sobre esse órgão envolto de significado pra gente. Mas que quando a gente tira ele do peito, ele sangra até morrer e perde o sentido. Porque o lugar dele é aqui ó, recheado de boas pessoas, bons momentos e boas lembranças.

Então vamos deixar ele bater forte, mas não tão forte como o meu bateu ontem.

coracoescarolburgocoracoescarolburgocoracoescarolburgocoracoescarolburgocoracoescarolburgocoracoescarolburgocoracoescarolburgoEsses, outros corações e outras artes maravilhosas estão no blog de Carol, Um Breve Romance. E além disso ela tem o Small Fashion Diary, seu blog de moda, e o Beijo e Textos, onde ela escreve coisas que saem do coração direto para as palavras.

Carol, te amo.



© 2017 - ideias de fim de semana