Warning: Illegal offset type in isset or empty in /home/ideiasde/public_html/wp-includes/post.php on line 825
comi poraí | ideias de fim de semana
Warning: Illegal offset type in isset or empty in /home/ideiasde/public_html/wp-includes/post.php on line 825

Tag Archives: comi poraí

jantar no tout bistrot (com sorteio!)

Olha só que delícia, fui convidada para mais uma degustação num excelente lugar :D Eu não conhecia o Tout Bistrot, que também é um café e casa de vinhos. Ele fica em Casa Forte e oferece um ambiente confortável e de muito bom gosto.

O cardápio montado pela Chef Sofia Mota, que é uma simpatia em pessoa, conquistou todos da mesa. Dessa vez, com direito a acompanhante, levei o maridão para experimentar e ele também adorou.  Foi uma noite muito agradável entre os amigos @claudiagiane @julopes (que adorei conhecer) @juliasalgueiro @pitadinha @naminhapanela e @rrezendes. Conversamos bastante, comemos bastante e bebemos um pouquinho, foi ótimo :D

Para começar, foi servido um brandade de bacalhau, que mesmo eu que não gosto de bacalhau dei uma provadinha e curti :) Em seguida veio o carpaccio rosbif com azeite de ervas e alho confit, que foi a minha entrada preferida. Gente, vocês não estão entendendo como esse alho estava bom não, putz. Delícia! Nem o pastel de pato confit com a incrivelmente deliciosa geléia cabernet picante conseguiu barrar :)

O primeiro prato principal foi um excelente risoto de camarão com alho poró e maçã verde. Adorei a mistura, aprovadíssimo. Mas quando chegou o medalhão ao tinto com ragu de cogumelos e purê de queijo eu vi que não tinha pra mais ninguém naquela noite. Estava simplesmente perfeito. O filé no ponto que eu gosto, com os cogumelos que eu adoro e o purê de queijo que é uma perdição pra mim. Matou, pronto.

A sobremesa foi a nossa escolha, e essa minha linda taça é um pavê de cupuaçu que estava ótimo. Adoro o azedinho da fruta, com o doce do creme e do biscoito. Ficou ótimo mesmo.

Para ver mais fotos dos pratos que foram servidos, vai lá no Flickr :)

E para que vocês não fiquem só babando, vou sortear aqui um jantar com acompanhante no Tout Bistrot o/ Será um cardápio especial, com entrada, prato principal e sobremesa, montado pela Chef Sofia Mota especialmente para o vencedor. Não incluí bebidas alcoolicas, mas eu sugiro pedir uma sugestão de vinho, que lá eles tem uns que até eu que não gosto, gostei :)

Para participar é fácil, é só deixar um comentário aqui nesse post, sem esquecer de deixar seu nome e e-mail. O sorteio vai ser feito pelo Random.org pelo número dos comentários, será realizado terça-feira às 15hsó é válido para quem está na Região Metropolitana do Recife. O vencedor terá até às 20h para entrar em contato, se não eu vou sortear outra pessoa. Assim que o vencedor falar comigo eu vou passar os dados pessoais para pessoal do restaurante e vocês vão agendar uma boa data em comum para o dia do jantar.

Fechado? Valendo!

a incrível tapioca de dona elisangela

Sem dúvidas a tapioca de dona Elisangela foi uma das melhores coisas da nossa ida a São Miguel dos Milagres. Na verdade, nós paramos lá pra tentar comprar cerveja, já que em todos os mercadinhos o estoque tinha acabado no ano novo e era dia 2 de janeiro. O preço do latão era R$2,50, ela fez por R$2 e a gente terminou parando pra comer uma tapioca.

Acostumada com aquelas feitas na frigideira, em cima do carvão, eu adorei a tapioca só de ver que ela era feita na chapa, sem preocupação de limitar o tamanho ou formato dela. Primeiro dona Elisangela pergunta: Prefere massa fina ou grossa? Se estiver com muita fome é melhor pedir da grossa que dá mais sustância, mas se quiser a fininha é mais crocante. Terminou sendo massa fina para as meninas e grossa para os meninos :P

Ela vai peneirando a goma na hora, e disse que tem que estar bem molhadinha pra dar o ponto certo. A tapioca vai tomando forma com os grãos da goma grudando. Então ela joga aquele coco ralado pela filha dela, que fica sentadinha só ralando coco, e vira ele pra chapa, pra dar uma queimadinha. Ela diz que isso é que dá o gosto de coco na tapioca.

Enquanto o pessoal pensava no sabor que ia pedir, ela perguntou: vocês conhecem a de cartola? Aí na mesma hora eu fiz: pronto, eu quero de cartola. E a decisão contagiou e terminou que todos pediram do mesmo sabor :P Com a massa pronta já com o coco, ela colocou bananas bem maduras pra fritar na chapa com manteiga, depois o queijo de coalho pra derreter e fazer quela casquinha deliciosa (eu babei nessa hora hahaha).

Com a banana e o queijo fritos, ela abre as massas, coloca o recheio, despeja uma generosa porção de leite condensado por cima, e povilha canela. Juro, não vai ter foto ou texto certo que traduza o sabor dessa taipoca. E como eu estava com a boca cheia d’água e atacada por uma fome incrível, já estava pensando em qual seria a minha segunda tapioca, mas Dona Elisangela alertou: Você não aguenta não, minha filha. Isso daqui é um almoço. E ela tava certa. Todos comemos de nos lambuzar, mas no final ninguém aguentava mais nada :P

Claro que o assunto na mesa se resumiu a mermos gemidos de hummmm, mas quando a gente terminou, percebeu que não precisava falar nada mesmo. O melhor elogio era o silêncio, a boca cheia e a cara de satisfação. Eu já comi muito a famosa tapioca do Alto da Sé, em Olinda. As não menos famosas tapiocas da orla de Maceió. Tapiocas gourmet e tudo mais. Então eu posso dizer com conhecimento de causa: a tapioca da Dona Elisangela foi a melhor que eu já comi na vida.

Porque além de tudo, foi feita com carinho, com atenção, com cuidado. Enquanto perparava tudo, Dona Elisangela sorria, falava de como tinha sido bom o movimento no fim do ano e que para trabalhar ela nunca estava cansada, que podia ser essa correria o resto da vida.

Enquanto a gente ainda lambia os dedos melecados de leite condensado, ela colocou pra gente uma cortesia que nem deu tempo de fotografar. Foram pequenos pedacinhos de goma só com coco, pra gente sentir o gosto da tapioca original :P~

Tem mais algumas fotos lá no Flickr :)

O Catinho da Tapioca fica em São Miguel dos Milagres, Alagoas, bem na estrada principal em frente a uma creche, que fica ao lado da pracinha. E saindo de lá a gente foi ao mirante de Tatuamunha, por indicação de Dona Elisangela, e essa foto não deixa a gente mentir como foi lindo.

arroz preguiçoso de camarinhos

A foto não tá das melhores, porque foi tirada de noite e com a pressa da fome :P Mas foi tão fácil de fazer e tava tão gostoso, que achei digno para começar os posts das férias :)

Um parênteses sobre essa panela: eu não levei panelas para a casa que alugamos em Japaratinga, e uma das minhas alegrias foi ter essa linda panela por lá. Uma mistura de frigideira gigante com panela wok, que com certeza tem um nome específico que eu desconheço :P Gente, quero uma igual aqui em casa ontem. Muito boa :D Agora voltando…

Esse arroz não é digno de ser um arroz de camarããão, sabe. É um arroz de carmarinho, daqueles pequenininhos que a gente já compra se casca pra fazer molho. Eu digo que é um arroz perguiçoso porque pra ficar MUITO BOM, ele tinha que ser feito com camarões maiores, descascados na hora, com a casca e a cabeça trituradas e coadas duas vezes pra fazer um digno molho de camarão. Mas foi tudo na preguiça mesmo.

Na verdade, na verdade. A ideia inicial era esse camarinho ser um molho para o peixe que eu comprei, mas Paolo me convenceu a fazer as postas num dia e deixar o camarão pro outro. Aí ficou assim :P

Antes de tudo, eu dei uma escaldada nos camarinhos, pra eles não diminuírem taaaanto quando eu colocasse no molho. É só colocar uma água temperada (fiz com sal, pimenta, cúrcuma e tomilho) numa panela, quando estiver fervendo você joga os camarinhos e quando voltar a fervura você escorre e reserva um pouco da água. Então eu fiz um refogado de cebola, alho e tomates, coloquei um pouco de extrato de tomate e a água do camarão pra ir dando um ponto de molho. Aí é só colocar os camarinhos e o leite de coco, deixar dar uma fervida e pronto. O molho está ok. Então eu preparei um arroz branco só no alho poró, sal e pimenta e joguei dentro do molho, misturei, coloquei um parmesão ralado e voilá. Tava pronto, rápido e delícia :D

jantar com os amigos

Estamos em época de confraternizações, né? Ontem foi o dia de confraternizar com o querido casal de amigos Rafa e Cami, do Na Minha Panela. Há três anos eu e Paolo somos amigos desse casal de cariocas, e já passamos poucas e boas juntos :) Viajamos, comemos, bebemos, jogamos, brincamos como criança e demos algumas muitas risadas juntos. São, sem dúvidas, um casal que mora no nosso coração :)

E enquanto todas as empresas, escolas, faculdades e todo conglomerado de pessoas está comemorando tudo de bom que aconteceu em 2010, ontem foi nossa noite, mais uma noite, para celebrar a amizade de um casal tão querido.

E claro que eu não ia deixar isso barato, né? Com comidas do Na Minha Panela na minha frente (e posteriormente no meu estômago) eu não poderia deixar de fazer um post pra mostrar como eu tenho a sorte de, por muitas vezes, ser alvo daquelas delícias que muitos só babam pelo blog :P

De entrada tinha queijinho com geléia de pimenta caseira da Cami, que ficou aquelas geléias de verdade, sabe? Tinham também tomates secos com torradinha. Adoro. Enquando Paolo e Rafa bebericavam o vinho, eu sem aguentar o calor nem o sabor (ainda), fui na minha velha e boa cervejinha :P

Para o jantar, Cami fez um delicioso arroz à piamontese super cremoso, que acompanhou essas batatas salteadas no sal e alho e escalopes de carne ao molho de vinho. Estava tudo uma delícia e com aquele gostinho de quero mais. Comi mais do que devia, afinal, o que seria das confraternizações sem os exageros? Eu tinha até esquecido de guardar o espaço para a sobremesa, mas comi sem espaço mesmo. Foi um doce de banana servido quentinho por baixo de um sorvete de creme. Delícia, viu? Adoro doces e caldas quentes pra comer com sorvete :D

Depois, para esperar a comida descer para as pernas como diria mamis, ficamos assistindo aqueles programas onde as pessoas malucas comem comidas exóticas (pra não dizer nojentas), e isso fez com que a gente achasse o jantar ainda melhor. Acho que foi técnica carioca. hahahaha

Página 1 de 512345