home sobre mim sobre o blog mídia kit

Todos os posts sobre nova iorque

um apartamento na 5th avenue


uma casa na 5th avenueuma casa na 5th avenueum apartamento na 5th avenueum apartamento na 5th avenueum apartamento na 5th avenueQuando eu vi esse apartamento entre os projetos do Selldorf, eu lembrei na hora de um que eu postei aqui no blog há muito tempo, esse apartamento na Avenida Paulista. Eu sei que um não tem nada muito parecido com o outro, mas considerando que se São Paulo é a Nova Iorque brasileira, a Avenida Paulista é a 5th Avenue, eles podem ter uma mesma vibe. Viajei?

Enfim, só acho que os dois têm essa vibe moderna, sóbria e masculina. Desse daqui eu gostei particularmente de alguns móveis. Como a cadeira e a mesa de ferro abaixo dos quadros, também a cadeira de madeira e a mesa baixa de madeira, achei especialmente charmosos. Achei a cozinha super elegante e também adorei a ideia do sofá na mesa de jantar. Já tinha visto bancos, mas sofá nunca. Se for um mais firme até que deve funcionar, né? Porque se for muito fofo e você afundar não deve ficar muito confortável :P

E aí, o que acharam desse apê? Acho meio frio mas tem sua identidade, né? :)


eu não tinha vontade de conhecer nova iorque


É verdade. Eu não tinha mínima vontade de conhecer Nova Iorque. Talvez porque eu tenho uma enorme lista de cidades que eu gostaria de visitar, antes de ir para lá. Várias da Europa, América Latina, Ásia, tudo antes de ir para os Estados Unidos. Talvez porque eu não tenha a cultura do consumo, não gosto de marcas famosas ou de sair por aí fazendo compras mesmo que tudo seja muito barato. Talvez porque eu seja do tipo que prefere o casas de pedra e madeira a prédios altos e avenidas largas. Eu não tinha vontade de conhecer Nova Iorque. Simples assim.

Mas então Malu, minha irmã, faz a tradicional viagem de 15 anos e adivinhem só quem estava no roteiro, logo como primeira cidade. Claro, New York City. Então ela andou solta pela 5ª Avenida e passeou livre pelo Central Park. Bastaram 3 dias da sua viagem para essa cidade se eternizar na sua cabeça. Depois disso ela foi para Miami e Orlando, e quando a gente pergunta: E aí, Malu, como foi na Disney? Ela responde: Nova Iorque é um máximo! Tanto que o presente que ela me trouxe foi de lá (apesar da minha insistência em dizer “gaste o dinheiro do meu presente com alguma coisa legal pra você”, ela me trouxe essa linda luva de cozinha, que eu amei :D

eu não queria conhecer Nova Iorque

Aí quase no mesmo período, meu pai e meu irmão também viajam de férias. Um doce para quem adivinhar onde eles passaram uma semana inteira. Pois é, NYC again. E hoje, falando com eles no Skype, dava pra sentir a energia e a alegria deles ao falar dessa cidade. As ruas, os museus, as pessoas, as lojas, as Starbucks, o rio, os livros, as comidas, tudo. Eles estavam encantados com tudo e mais um pouco. E olhe que de viagem eles entendem, já que há pouco tempo atrás eles passaram um mês rodando a Europa, e eu tenho que dizer que eu não lembro de ter ouvido relatos tão empolgados de outra cidade no mundo.

eu não queria conhecer nova iorqueeu não queria conhecer nova iorqueeu não queria conhecer nova iorqueeu não queria conhecer nova iorqueeu não queria conhecer nova iorqueeu não queria conhecer nova iorqueEssas são só algumas fotos da viagem, que eu roubei do Facebook de Fabinho. O que eu vou dizer pode até parecer besteira, mas mesmo que eu já tenha visto dezenas de fotos assim de NYC, quando eu vi as do meu irmão eu pensei: poxa, esse lugar parece tão legal. Sim, é a mesma paisagem. Sim, são os mesmos ângulos. Sim, é a mesma cidade. Mas eu me senti mais interessada só pelo fato das fotos serem de Fabinho. Sou doida? Pode até ser, mas acho que me achavam mais doida quando eu dizia que eu não queria conhecer Nova Iorque :)

Agora eu já considero incluir essa cidade gigante no roteiro que alguma viagem no futuro. Acho que Nova Iorque tem um pouco de São Paulo, ou vice versa. É o tipo de cidade que eu não gosto, mas que é muito legal. É uma cidade onde eu não moraria, mas passaria bem uns dias de férias. É uma cidade que tem tudo pra ser feia, mais é linda, porque é uma cidade internacional. Onde se falam várias línguas, onde se tem acesso a cultura, filmes, livros, museus, espetáculos. Onde, mesmo no meio da selva de pedra, dá pra encontrar um parque e relaxar. Onde se come de tudo, se vê de tudo, se ouve de tudo e se vive de tudo. Então, se é um lugar que tem tudo, deve ter alguma coisa que eu vá gostar :)

E foi então que eu percebi que eu não queria conhecer Nova Iorque porque eu não sabia que podia ser tão interessante.


cores de sexta: verde parque


eu quero um parqueeu quero um parqueeu quero um parqueeu quero um parqueeu quero um parqueeu quero um parqueeu quero um parqueeu quero um parqueEm Recife não tem parque. Simples assim. Tem o Parque da Jaqueira, que fica a quase 20km da minha casa e fica intransitável nos fins de semana. Tem o Parque Dona Lindu, que de parque não tem nada. É uma grande obra de Oscar Niemeyer, mas só esqueceram de colocar grama e árvores. Recife não tem um lugar assim, amplo, com verde, onde as pessoas podem ir para passear, sentar no banco e tomar um sorvete. Um lugar pra gente ir respirar, literalmente.

Eu queria um parque porque acho que um ambiente desse traz qualidade de vida para quem está por perto e pode usufruir. Todas as grandes cidades do mundo tem seus parques e suas áreas verdes, para não deixar os habitantes malucos da cabeça, porque é isso que acontece quando você não tem um espaço para respirar. Esse parque mesmo, que eu peguei no From Me To You, fica em Nova Iorque, e é um parque privado.

O Gramercy Park é fechado e só quem tem a chave são os moradores ao redor do parque, que pagam uma taxa de conservação dele. Não que eu ache isso certo, mas se for a solução para manter o parque preservado,  seguro e bem cuidado, pode ser pensado. Acho que muitas vezes as pessoas pensam: não adianta construir porque as pessoas vão destruir, e isso seria uma solução para esse pensamento pequeno. Não é? Talvez eu esteja errada, mas eu pagaria pra ter um parque por aqui.

Onde eu pudesse ir para ler um livro, tirar foto das flores, passear com Chica, namorar, fazer um pique nique. Os momentos de alegria e prazer que eu teria por ali seriam impagáveis. Porque a gente precisa de um lugar para respirar. É ou não é? :)

Eu desejo para todos um fim de semana bem verde, de preferência num parque bem lindo :)


uma casa cheia de cores


Ontem, enquanto eu procurava umas imagens legais pra fazer um post, encontrei o escritório de design de interiores Alexandra Angle. Ele tem uma sede em Nova Iorque e outra em Los Angeles, e site tem um projeto mais bonito que o outro. Fiquei encantada com vários, mas essa casa em Fire Island me ganhou por sua luz e por suas cores.

Fire Island é uma ilha que fica perto de Nova Iorque, então tem esse clima meio de casa de praia, sabe? O branco é a cor principal, e cada cômodo traz um show particular de cores, que vão desde os objetos de decoração aos de uso pessoal, como toalhas. Acho legal pensar em incluir esses objetos na decoração, afinal, tudo faz parte da casa, né? Fica a dica pra mim que estou precisando dar uma renovada no estoque de casa, mesa e banho :)

E essa cadeira pendurada toda colorida, hein? Que coisa linda é essa? Há tempos eu quero uma cadeira assim, de pendurar. Aqui em Recife em todo mercado que você vai tem pra vender, mas não são exatamente assim. Algumas são de vime, outras são como se fossem uma rede acolchoada. Mas essa colorida desse jeito ganhou meu coração.

Quando eu fiz um post sobre organização na cozinha, apareceu esse painel furadinho para pendurar panelas. Mas na foto do post as panelas eram pequenas, vermelhinhas e mais pareciam objetos de decoração do que de uso diário. Mas nessa cozinha não. São panelas de verdade, parecidas com as minhas por sinal, que estão penduradas no painel furadinho. Isso me animou :P

De forma geral, eu adorei esse projeto. Achei iluminado, colorido, jovem, alegre. Gostei mesmo.

E aproveito para desejar para vocês uma semana assim, bem iluminada, colorida e alegre :)



© 2017 - ideias de fim de semana