home sobre mim sobre o blog mídia kit

Todos os posts sobre praia da pipa

todos os posts #praiadapipa


Nunca pensei que um simples fim de semana corrido fosse render tantas fotos e tantos posts, sabia? Mas já que eu passei a semana inteira falando da Pipa, vou reunir aqui todos os posts, tá? :)

Brown Sugar Caffé (delícia de lugar/alfajor :P)

brown-sugar-caffe

 

Creperia Fases da Lua e uma das histórias mais engraçadas da minha vida (vergonha)

fases-da-lua-creperia

 

Vista panorâmica do Chapadão (é vento, viu?)

chapadao

 

Baía dos Golfinhos (nossa praia preferida <3)

baia-dos-golfinhos

 

Boobalai Sanduicheria Bar  (nosso xodó)

boobalai

 

Preciosa Gelateria Artesanal Italiana (um dos melhores sorvetes EVAH)

preciosa-gelateria-artesanal

 

Os mosaicos do Exótica (veja o lado bonito)

cores-de-sexta-exotica

 

Praia do Amor (pra ver de cima)

 

praia-do-amor

 

 


praia do amor #praiadapipa


praia do amorpraia do amorpraia do amorpraia do amorpraia do amorpraia do amorpraia do amorQue feliz coincidência, o post da Praia do Amor ter ficado justo para o dia que uma prima minha está casando com um rapaz super querido. E todo casamento é um motivo pra reencontrar a família, por isso que, nesse momento, eu estou em Juiz de Fora, MG, perto do papai, dos avós e da família toda <3

A Praia do Amor fica aí embaixo dessa falésia, que eu não tive coragem de descer dessa vez :P Não por medo, mas por preguiça mesmo. É uma decida meio chata, por uma escada que mal existe. Você praticamente se arrasta pela falésia, é isso :P Aí dessa vez nós ficamos só no camarote, lá de cima, levando um vento na cara e vendo o mar. Pra quê mais? :)

Ao contrário do Chapadão, que dá pra ver nessa última foto, com os carros estacionados em cima, o topo da falésia da Praia do Amor é cheio de irregularidades, algumas plantas e um sobre e dece de areia, barro, pedra. Falando assim até parece que o lugar é uma derrota, né? Mas é isso que deixa ele ainda mais bonito :)

A tem algumas barraquinhas, mas funciona mesmo é na maré seca. Na maré alta a água vai lá em cima e quase não sobra areia para as cadeiras. Para chegar até lá, que pode ser andando ou de carro, você precisa atravessar um pequeno trecho de mato, como é o caminho da foto. E isso dificulta a volta se estiver escuro, porque realmente não dá pra ver um palmo a sua frente. Vai ver é por isso que é Praia do Amor, né? Depois do matinho escturo uma falésia ampla e cheia de, digamos, lugares escondidos. :P

Mas, assim como o Chapadão, vale uma visita. Não leva muito tempo, é uma vista diferente, é mais um lugar para sentar, olhar para o mar e relaxar. Simplesmente ficar olhando o horizonte e sentindo o ventinho na cara. Coisa linda :)

Então se você quiser uns minutinhos de paz, principalmente depois de um dia de praia, sobe lá na Praia do Amor perto do fim de tarde e aproveita. Mas volta antes do escurecer ;)


cores de sexta: os mosaicos do exótica #praiadapipa


cores de sexta exoticacores de sexta exoticacores de sexta exoticacores de sexta exoticacores de sexta exoticacores de sexta exoticacores de sexta exoticacores de sexta exoticacores de sexta exoticacores de sexta exoticacores de sexta exoticaA Exótica, pelo que eu entendi, é uma antiga boate da Pipa. Ela fica na rua principal, e quando você passa na frente não tem como não olhar. Mas ela é uma mistura tão grande de estilos, com umas paredes indianas, um teto meio chinês, umas inscrições árabes, que chega a ser bizarro. Bizarro não, “exótico” :P

Mas se você parar pra olhar direitinho, é cheio de coisas bonitas. As cores são lindas, as formas, os desenhos. Fiquei com vontade de fazer alguns desses mosaicos de quadros aqui em casa. Mas você só vê se parar uns minutinhos aí na frente. Se você simplesmente passar vai ver uma confusão de cores e abandono. E não vai ser bonito.

Mas tudo depende de como a gente olha as coisas, né? Com que olhos a gente vê as coisas. Então, se você estiver na Pipa e passar em frente ao Exótica, dê 5 minutinhos da sua atenção para essa quase ruína, e veja com outros olhos. É quando você repara na cobra que vai de um lado a outro e forma a muretinha. Em como são complexos os mosaicos. Reparou na primeira foto? É quando você vê cada detalhe. E enxerga ali algo bonito :)

E é isso que eu desejo para essa sexta-feira, um olhar mais bonito e colorido sobre as coisas :)


preciosa gelateria artesanal #praiadapipa


preciosa gelateria artesanalpreciosa gelateria artesanalpreciosa gelateria artesanalpreciosa gelateria artesanalpreciosa gelateria artesanalpreciosa gelateria artesanalpreciosa gelateria artesanalA Preciosa Gelateria Artesanal Italiana foi outro achado ótimo da gente na Pipa :) A gente estava indo almoçar para pegar estrada, então passamos na frente da gelateria e eu simplesmente senti uma vontade enorme de entrar e experimentar. Como diz a história: “a vida é curta, coma a sobremesa primeiro”, e foi isso que a gente fez :)

Entramos na gelateria e fomos atendidos por um simpático rapaz. Ele não era da Pipa e, conversando com ele, lembrei de uma coisa que eu e Paolo falamos muito durante o fim de semana: como tem gente de fora em Pipa. E muita gente com a mesma história, que foi passar um tempo lá e simplesmente ficou. Não voltou mais pra casa. E quando você conhece Pipa entende a escolha que essas pessoas fizeram.

Elas escolheram viver com pouco, e viver bem. Bem melhor do que muita gente que escolhe viver com muito. E uma coisa que a gente falou é que, em muitos lugares, você sente vontade de ficar pelas pessoas, mas na Pipa é o lugar que faz com que as pessoas fiquem. E eu comentei com o rapaz que achava interessante a quantidade de gente de fora que morava na Pipa, e ele me disse uma coisa que eu nunca vou esquecer: “É a energia da Pipa escolhe algumas pessoas pra ficar aqui”, e isso confirma toda a nossa teoria.

Casado, com filhos, morando e trabalhando na Pipa. Vivendo de forma simples num pedaço do paraíso. E ouvindo essas histórias é quando a gente para pra se perguntar se a vida que a gente leva é a vida que vale a pena. Mas então nós entramos no assunto do sorvete e, por um momento, eu afastei esses pensamentos que costumam encher minha cabeça de caraminholas.

Essa gelateria é realmente 100% artesanal. Eles tem uma receita própria, e os sorvetes são fabricados pelo próprio dono. Com a base de uma receita italiana, ele mistura os ingredientes, como frutas, ervas e doces. Tenho que dizer que foi, sem dúvidas, um dos melhores sorvetes que eu já tomei.

A textura dele é cremosa, o sabor é bem marcante, é bem especial. Eu fui no de papaia com frutas vermelhas com chocolate belga, e foi a combinação perfeita. O doce do papaia, o azedinho das frutas vermelhas e o amargo do chocolate belga. Uma explosão de sabores :) Paolo foi no de caramelo com maracujá, e mesclou o doce com o azedinho que ele tanto gosta. Olha, foram escolhas ótimas. Não tenho como dizer se são as melhores, porque infelizmente foram as únicas que eu experimentei. Mas segundo as dicas do Foursquare os que levam manjericão fazem o maior sucesso, mas infelizmente não tinha nenhum deles quando a gente foi.

Eles tem mais de 100 sabores de sorvete, misturando várias coisas e fazendo diferentes combinações de ingredientes. São 16 sabores diferentes por dia, e a produção nunca para. E eu espero que não pare mesmo, porque eu quero que a Preciosa Gelateria Artesanal Italiana esteja lá da próxima vez que eu for para Pipa :)

 

 



© 2017 - ideias de fim de semana