home sobre mim sobre o blog mídia kit

Todos os posts sobre praia da pipa

brown sugar caffé #praiadapipa


brown sugar caffebrown sugar caffebrown sugar caffebrown sugar caffeE, claro, que a viagem rápida pra Praia da Pipa rendeu algumas fotos legais. Ah, como eu estava morrendo de saudade de tirar fotos… Na verdade, acho que eu estava mais com saudade de ter paisagens novas, vistas novas, para poder fotografar. Acreditem, ver coisas novas, pessoas diferentes e caminhos que a gente não costuma andar, dá uma renovada na alma. Pelo menos na minha :) E acho que na de Paolo também, já que ele fez fotos lindas <3

Como nós cheagamos na meia-noite, da sexta para o sábado, terminamos dormindo até um pouco mais tarde e perdemos o café da manhã na pousada. Mas quem se importa? :P Pegamos o caminho para a praia e, na rua principal, achamos esse cantinho chamado Brown Sugar Caffé. É um catinho na esquina de uma galeria aberta.

As mesas são simples mas o teto é uma Bougainvillea enorme e florida. Quer coisa mais agradável? E além da sobra, a planta ainda faz lindos desenhos de luz, que estampam o chão e as mesas do lugarzinho.

Lá nós pedimos um misto quente e um suco de laranja cada um. Ô lugar pra ter suco bom é a Praia da Pipa, viu? Todo lugar tem um suco delicioso. E o misto? Bem, era um misto quente. Simples assim. Mas era um misto quente da Praia da Pipa <3

Uma outra vez, quando nós estivemos em Pipa com uns amigos, eu cheguei na casa e comentei, tristonha: “poxa, perdi meu brinco…”, e então uma amiga minha, sentindo a dor de ter um brinco xodó perdido, perguntou: “eita, foi mesmo? Onde foi?”, e eu respondi: “na Praia do Amor…”, e ela na mesma hora falou “ah… Mas foi na Praia do Amor…”, e isso mudou tudo. Eu não estava mais nem um pouco triste, porque eu perdi meu brinco, mas foi na Praia do Amor… Quem se importa? :) Então eu fui aí no Brown Sugar e pedi um misto quente, mas foi o misto da Praia da Pipa, que também é muito amor <3

E depois eu provei esse alfajor recheado com doce de leite e coberto com chocolate. Geladinho, delicioso. Virou meu doce preferido do fim de semana, e eu tive que voltar lá mais tarde para comer outro. Coisa divina.

E, enquanto a gente estava por lá, vieram dois cachorros lindos, pretos, nativos da praia, falar com a gente. Carinhosos, brincalhões e visivelmente felizes, eles conseguiram uns carinhos da gente e ficaram por lá. Conhecidos, recebiam cumprimentos de várias pessoas e ficavam por lá. Alegres, vivendo na praia.

E por um momento eu quis trocar de vida, e ser esse pretinho aí. Tombando lixo e vivendo na praia. Mas depois passou…

brown sugar caffe

Boa semana de trabalho, gente :)


bodas de madeira (entre rochas)


No dia 27 de agosto eu e Paolo completamos 5 anos juntos. Em número, pode parecer pouco, mas pra mim é uma vinda inteira juntos. Fases e mais fases atravessadas juntos. Algumas difíceis, outras mais fáceis. Umas felizes, outras nem tanto. Mas o que importa é que passamos por todas elas, juntos.

E é disso que se faz um relacionamento. De companheirismo e parceria. Porque o meu amor é sempre a primeira pessoa que eu corro quando alguma coisa dá errado. E é sempre a primeira pessoa que eu abraço quando alguma coisa dá certo. Porque o meu amor é aquela pessoa que eu quero junto sempre, e que quando estamos perto e no mesmo ritmo, parece que tudo está bem.

Porque não basta andar junto, temos que estar no mesmo passo. Porque só assim podemos acompanhar um ao outro. Mesmo que as vezes as coisas aconteçam em momentos diferentes na vida de cada um. Mesmo que as vezes nada aconteça. Sempre temos que manter o mesmo ritmo e andar juntos.

Neste fim de semana, nós fomos para a Praia da Pipa, numa comemoração simples e íntima do nosso aniversário. Nossas bodas de madeira. Nossos 5 anos de vida, juntos. E enquanto nós caminhávamos para a paradisíaca Baía dos Golfinhos, entre todas essas pedras, Paolo não queria soltar minha mão. Queria que a gente andasse sempre junto. E então ele disse: “esse caminho é igual ao casamento. Não importa quantas pedras apareçam na nossa frente, vamos sempre desviar e seguir o caminho juntos.”. E isso valeu o meu fim de semana inteiro.

Uma caminhada entre essas rochas. Essa caminhada que já fizemos tantas vezes juntos, antes, há anos atrás, acaba de ganhar um novo significado pra mim. E foi assim, de mãos dadas e passando pedra após pedra, grandes, pequenas, escondidas e escorregadias, que chegamos onde queríamos chegar. Passamos por todas, de mãos juntas, entre risadas, gargalhadas na verdade. E, quando não havia nenhuma delas entre a gente, nós nos abraçamos e nos beijamos. Porque o casamento é assim. Não importa o que tem no caminho. Vamos seguir sempre juntos e comemorar cada vez que deixarmos para trás algo difícil.

Porque o amor de verdade está sempre no mesmo ritmo. Está sempre no mesmo passo. Sempre no mesmo caminho.

Amor, eu te amo. E vamos juntos, sempre.

<3

 



© 2019 - ideias de fim de semana