home sobre mim sobre o blog mídia kit

Todos os posts sobre praia da pipa

boobalai sanduicheria bar #praiadapipa


boobalai sanduicheria barboobalai sanduicheria barboobalai sanduicheria barboobalai sanduicheria barboobalai sanduicheria barboobalai sanduicheria barboobalai sanduicheria barboobalai sanduicheria barboobalai sanduicheria barO Boobalai Sanduicheria Bar foi o nosso xodó da Pipa. Nós chegamos na sexta-feira, meia noite, deixamos as coisas na pousada e fomos dar uma andada. A noite da Pipa é sempre agitada, mesmo quando a cidade está tranquila, como no fim de semana passado. Então, entre um bar badalado e outro, entre aqueles jovens bêbados e em clima de paquera e azaração, eu e Paolo estávamos nos sentindo uns velhos.

Sério gente, eu me vi bem ranzinza, reclamando do barulho eletrônico que saia de uns bares e de ter que passar apertada no meio da multidão. Então, pra relaxar, vimos que tinha um bar um pouco mais distante do foco da badalação, e resolvemos correr pra lá. Ele fica na esquina da rua principal com a Rua dos Bem-Te-Vis.

Quando chegamos, me agradei logo pela música, tocava Red Hot Chilli Peppers. O Boobalai é pequeno, não tem mesas, apenas espaço para cadeiras altas no balcão, que rodeia o bar. Sabe que adorei esse esquema? Adorei também os quadros do lugar. Gente, fiquei com muita vontade de ter o de Elis, Janis e Bob. Com certeza teria eles aqui em casa. E não me importaria de ter a prateleira de bebidas também não, viu? :P

Então fui dar check in no Foursquare e vi que tinha uma dica falando do petisco de picanha e resolvemos experimentar. E pode crer, é uma delícia. A picanha estava macia, as torradas choradas no azeite e o molho barbecue e rosé estavam ótimos. Super pedida pra acompanhar a cerveja gelada. Ficamos lá até um pouco mais tarde, ouvindo as músicas legais, bebendo cerveja e trocado uma ideia com o dono, que é um argentino gente boa.

No sábado, depois da praia, a gente estava curioso para experimentar a salada que eles tinham falado que serviam durante o dia. E acertamos de novo. A salada estava uma delícia. Alface, tomate, cenoura e beterraba raladas bem fininha, tomate seco bem suculento e umas flores de muçarela de búfala. Tudo com um molho de mostarda por cima. Boa pedida, gente. Principalmente se for acompanhada de um suco de abacaxi que eles fazem lá, bem forte e gostoso.

E de “sobremesa” Paolo pediu o açaí, que vem com uma textura de quase sorteve, coberto com banana e granola. Eu não gosto de açaí, viu? Mas esse daí eu comi todinho junto com Paolo, porque tava delícia. Saímos felizes e satisfeitos, e tivemos que fazer um esforço para não ir lá de novo no domingo, pra dar chance de conhecer outros lugares. Mas tenho que dizer, me arrependi. Era melhor ter ficado lá mesmo :P

Então é isso. O Boobalai foi o nosso grande achado da Pipa. Tudo de comer estava bom. Tudo de beber estava bom. O lugar é aconchegante, o atendimento é simpático, o clima é bacana, adorei tudo. Indico e pretendo voltar ;)

 


baía dos golfinhos #praiadapipa


baia dos golfinhosbaia dos golfinhosbaia dos golfinhosbaia dos golfinhosbaia dos golfinhosbaia dos golfinhosbaia dos golfinhosbaia dos golfinhosA Baía dos Golfinhos, ou Praia do Curral, é a minha preferida da Pipa, sem dúvidas. É o melhor banho, porque as águas são tranquilas, quase não tem onda, não tem pedra e é funda, ou seja, você precisa saber nadar pra poder entrar lá. Além disso, é mais vazia que as outras, o que deixa ela ainda melhor. Dessa vez que a gente foi até tinham colocado umas barraquinhas, mas nada que tivesse muita gente.

Para chegar lá você precisa descer na Praia do Centro e andar cerca de 1,5km para a sua esquerda. O ideal é ir com a maré secando porque com a maré cheia não dá pra passar por conta das pedras. É para ir sempre com cuidado e olhando para o chão, para não tropeçar numa pedra que esteja mais escondida. As paredes enormes das falésias são lindas, com suas cores que mudam o tempo inteiro. Um cartão postal :)

Aí, ao chegar na Baía dos Golfinhos, é só traquilidade. Mas como não tem uma sombra por lá, é bom ter cuidado com o tempo que você vai passar e o fator do seu protetor solar ;) Ah, e os golfinhos, claro. Eles são lindos e aparecem sempre por lá. Se chegar um barco por lá então, aí é que eles chegam junto mesmo. E chegam em bando, pulam, nadam e dançam pra quem quiser ver.

No sábado, não tinham muitos, mas no domingo eles estavam se exibindo, viu? Tinham vááários! Claro que tirar foto deles é muito difícil, afinal, você nunca saber quando e onde eles vão aparecer. Por isso as fotos que eu tirei são tão tímidas e mal dá pra ver as barbatanas. Mas tenho que dizer que não fiquei muito tempo tentando tirar foto porque corri pra água pra ficar pertinho deles.

E eles ficam pertinho mesmo, e pulam quase do seu lado. É uma coisa linda. É um misto de medo e de prazer, afinal, um bicho daquele tamanho nadando ao seu redor é um pouco assustador. Mas fazer parte de um espetáculo desse de cima do palco, é um puta privilégio :)

Paolo, que também é cultura, explicou o porquê dos golfinhos ficarem sempre a nossa volta, principalmente quando tem barco por perto. Eles estão distraindo as pessoas, se exibindo, enquanto um outro grupo protege as fêmeas e os filhotes do bando. Então eles ficam tentando “levar” a gente para longe de onde estão as fêmeas e os filhotes. Não é lindo?

Então eu diria que se você tem pouco tempo na Praia da Pipa, se agarre com a tábua de marés e vá para a Baía dos Golfinhos. Leve bastante água e ande, nade e tome sol por lá. Que vale super a pena ;)

E era lá que eu gostaria de estar agora, tenho que dizer :P Bom feriado pra vocês, gente :)

 


vista panorâmica do chapadão #praiadapipa


chapadãochapadãochapadãochapadãochapadãochapadãoO Chapadão é isso. Uma falésia enorme, bem plana e com muito, mas muito espaço. De lá dá pra ver algumas praias, e vale olhar por todos os ângulos que de cada lugar a vista é diferente. Agora gente, é VENTO, viu? Pode segurar o cabelo, a saia e até se segurar, porque ele é um vento que desequilibra a gente. De verdade.

Dá pra chegar até lá em cima de carro numa boa, estaciona aí em cima do Chapadão mesmo. Mas não esquece de puxar o freio de mão bem puxado, pelamordedeus. :P Nós fomos pra lá perto do fim da tarde, mas não ficamos para o pôr-do-sol, que deve ser um espetáculo lá de cima.

O Chapadão é um lugar pra incluir no roteiro. Você não perde mais de meia hora indo lá e super vale a pena. Mais do que pelas fotos, mas pelo vento na cara e por você se sentir um pontinho de nada no meio de tanta natureza. Vale mais pelo que fica registrado na nossa mente do que pelas fotos, acreditem ;)

 


creperia fases da lua (e uma história pra lá de engraçada) #praiadapipa


fases da lua creperiafases da lua creperiafases da lua creperiafases da lua creperiafases da lua creperiaNo sábado à noite, depois de ter tirando um cochilo depois da praia que se estendeu mais do que esperávamos, pegamos o restaurante que queríamos conhecer fechado. Mas tem nada não, ele fica para a próxima :) Então, procurando alguma coisa aberta pra comer, que tivesse mais cara de um restaurante do que de um bar, encontramos a creperia Fases da Lua. Com dica no Foursquare e sempre cheia, resolvemos experimentar.

O lugar é simples, mas aconchegante. O crepe é simples, mas gostoso. A massa é sequinha e o recheio é suculento. Eu pedi um de frango com palmito (que, estranhamente, leva bacon) e Paolo pediu um de frango com catupiry que foi o mais gostoso da noite. De sobremesa, um crepe de Nutella, que não tem erro, né?

E foi entre um crepe e outro, entre uma cerveja e outra que eu fui checar o meu Twitter e vi o @canalsemroteiro dizendo “Estamos bem pertinho da @annaterra mesmo sem ela saber”. Gente, que medo :P Isso que dá ficar fazendo check in no Foursquare em todo lugar :P Mas eu li, achei engraçado, e deixei por isso mesmo.

Então, quando eu realmente não esperava, chega na nossa mesa os simpáticos @canalsemroteiro, @D_Maricota e uns amigos. Confesso que fiquei roxa de vergonha, mas super feliz. Eles disseram que queriam me conhecer porque gostam muito do blog, que me seguem no Twitter e que adoram o que eu escrevo. Ah, gente, eu fiquei boba… A verdade é essa :) Morta de vergonha e toda boba. Então eles pediram pra tirar uma foto comigo, nós trocamos umas palavras e eles foram embora. Mal sabiam eles que, além de fazer minha noite mais legal, eles tinham acabado de começar uma das histórias mais engraçadas da minha vida.

Poucos minutos depois que eles foram embora, chega o garçom na minha mesa. Se eu tivesse reparado que ele estava sorrindo mais do que antes, talvez eu tivesse desconfiado… Mas então ele solta a frase: – Oi, tudo bom? Olha, eu sei quem é você… Eu só não estou lembrando o seu nome agora…

Pausa dramática.

GENTE. O cara tava achando que eu era famosa porque a galera veio tirar uma foto comigo. E foi quando eu, sem saber o que dizer, respondi, com um sorrisinho: – Anna Terra. E então, achando que era pouco, ele fala: – Eu sabia que era Anna! Só não lembrava do quê…

GENTE. O cara mente muito mal. E saiu com mil pedidos para que eu ficasse à vontade. E foi nesse momento que toda a vergonha que eu estava sentindo por ter sido “tietada”, passou. Naquele momento eu estava com vergonha do pobre garçom que me atendia. A verdadeira e pura vergonha alheia.

Então Paolo foi para o lado de fora tirar umas fotos da creperia, afinal, ela nem ia virar post, mas agora que eu tinha uma história pra contar valia a pena o registro, né? E foi nesse intervalo que o garçom chegou novamente do meu lado e, sem pestanejar, soltou: – Oi… A senhora pode me dar um autógrafo?

Pausa super dramática.

GENTE! GENTE! Como assim?! O cara me pediu um autógrafo, gente! Eu fiquei roxa, azul, preta, colorida de vergonha por ele. Sério mesmo. Eu fingi que levei na brincadeira e falei que não era ninguém famosa pra ele pedir autógrafo e, mesmo que depois disso ele tenha dito “ah, mas mesmo assim!”, eu só dei uns sorrisos e ficou por isso mesmo.

E nesse momento  eu respirei aliviada porque ele não tinha uma máquina fotográfica para me colocar no mural dos famosos do restaurante. E então eu pensei que se isso tivesse acontecido antes do pedido, meu crepe tinha vindo com mais recheio.

:P

Uma véspera de feriado bem animada para vocês :D



© 2019 - ideias de fim de semana