home sobre mim sobre o blog mídia kit

Todos os posts sobre presentes

pra quem gosta de chá e fofura


Se tem duas coisas nesse mundo que eu queria conseguir gostar são chá e vinho. Acho chic, além de ser saudável. Ontem mesmo tudo que eu queria era um chá de camomila e seus efeitos calmantes nadando no meu sangue pra me ajudar a dormir.

Já experimentei vários tipos de chá, quente e frio, de frutas e de ervas, com e sem açúcar, com e sem leite, enfim, nada me ajudou. Em 2004 (sim, faz muito tempo que eu tento gostar de chá) eu fui pra Londres e achei que era minha chance de gostar da iguaria inglesa. Errado. Sinceramente? Lá eu experimentei os piores chás da minha vida :P

Além da bebida ter seus efeitos medicinais, eu acho que, bem como a hora do café, a hora do chá é muito mais do que a hora de beber essa infusão. Convidar para um chá (além de ser chic) é um convite pra um bom papo, pra uma fofoca, pra uma pausa na correria do dia. Os chás são ainda presentes simples e fofos, que podem ser personalizados como esse que eu e Carol fizemos quando trabalhamos na querida Lunes Comunicação, de presente para os seus clientes.

Esses chazinhos fofos do post eu catei lá do Design Sponge. São três formas lindas e simples de personalizar um saquinho de chá pro dia dos namorados, que na maioria dos países é comemorado dia 14 de fevereiro. Se eu gostasse de chá, amaria ganhar um desses de presente :P


meu pequeno natal


Eu não sou católica, então o Natal pra mim é muito mais do que um aniversário ou uma celebração religiosa. É dia da família, que pra mim é muito mais importante do que qualquer religião. O Natal é aquele dia de passar horas nos preparativos da ceia, ou resolvendo tudo aquilo que deixamos para última hora. É dia de comer até não aguentar mais e beber alegremente.

O Natal pra mim já foi um jantar com a família e uma noite com os amigos, mas eu estou velha, meus caros. Hoje, pra mim, o mais importante do Natal é ficar até a hora que for com quem eu mais amo no mundo. Desde pequena eu sempre tive que escolher se eu ia passar o Natal com a minha mãe ou com meu pai, e esse ano foi com a mamis.

Com a família do meu pai em Minas, a mãe de Paolo em São Paulo, o pai em Caruaru e a família de mamis em Maceió, fomos só nos quatro: eu, Paolo, mamis e Malu. Mamis é das minhas (ou eu sou das dela?) e toma cerveja na ceia o/ Por isso não se enganem, os copos de espumante foram alarme falso :P Foi uma noite engraçada, feliz e rápida, já que eu nunca aguento comer tanto e simplesmente apaguei no sofá :P

Mas antes disso nós fizemos nossos agradecimentos, nossas preces, nossos pedidos, nossos brindes e tudo que uma noite de Natal tem direito. Trocamos os presentes, petiscamos, tomamos algumas muitas cervejas, e até quebramos uma taça (né, Malu?), para mostrar que ainda somos uma família Oliveira (piada interna da família que carrega o gene de ser desastrada e estabanada de berço).

Eu não tenho muito costume de desejar feliz Natal, prefiro desejar uma noite feliz com a família, uma noite de amor e troca de carinho. E para desejar isso não tem dia certo, né? Por isso desejo hoje, de todo meu coração, várias noites felizes para você e toda sua família :)

E aqui embaixo o presente que Fabinho deu para mamis, um lindo castiçal em forma de flor de lotus :)


eu não sou zen


Eu simplesmente adoro velas, incensos, pedras, cristais, essências e coisas afins. Adoro. Faz tempo que eu não medito, então transferi essa força para a minha decoração. Meu irmão quando esteve aqui em casa até comentou “eu sempre achei que na tua casa sempre ia ter um inceso aceso”. E tem. Adoro o cheirinho que ele deixa, e gosto de acreditar nos seus significados. O mesmo com as velas, as pedras e as essências. Acho que ter e colocar significado nas coisas dentro de casa é muito saudável, e ajuda a gente de vez em quando, né? Essa ferradura mesmo, que está parecendo meio deslocada desse post, virou minha ferradura da sorte. Eu simplesmente tropecei nela, e não tive dúvidas de pegar ela pra mim. Afinal, quantas vezes se tropeça numa ferradura, né? Então eu guardei e tenho certeza que ela vai me trazer sorte pra 2011.

Agora diz aí, eu não sou zen mas faço escolinha pra ser, né? :P

O porta-incenso de madeira foi presente da Cami, o de pedra foi presente de Fred e os castiçais coloridos foram presente de Fabinho. Eles sabem me agradar :D

Ah, e um bom solstício de verão com lua cheia para vocês :)


arte em talheres de prata


Eu já tinha postado aqui no Ideias, em julho, esses lindos marcadores de jardim. Mas ontem, quando entrei no Beach House Living e vi esse novo uso para a mesma técnica, tive que trazer para vocês. Eu gosto por vários motivos: 1. porque é original 2. porque eu adoro usar coisas triviais para usos inesperados 3. porque eu adoro essa tipografia de máquina de escrever 4. porque as fotos são lindas 5. por todas as respostas acima :P

Ah, e achei bem conveniente trazer nessa época porque achei linda a opção natalina. Eu faria de colar, e penduraria vários no pescoço: harmonia, luz, paz, amor <3



© 2017 - ideias de fim de semana