home sobre mim sobre o blog mídia kit

sim, é uma filha


Desculpem os papais e mamães que tem seus rebentos, mas pra mim cachorro é igual a filho. Quando Chica veio pra cá filhote, um pedaço redondo de pelo preto, nossa vida mudou. Eu e Paolo nos revezávamos para limpar xixi e coco, igual aos pais. Acordamos de noite com ela chorando, sofremos para educar, levamos ao médico, gastamos o dinheiro que fosse preciso para ela ter conforto e saúde, igual aos pais. Mimamos ela demais, igual a alguns pais, e abrimos mão de viagens e outras coisas para ficar com ela, como muitos pais.

Eu chamo Chica de filha. Ela corre pra mim quando quer segurança ou manha, igual a uma filha. Ela me pede colo enquanto eu estou trabalhando e quer dormir agarrada em mim, igual a uma filha. Ela precisa de atenção, de carinho e de dedicação, igual a uma filha. Chica sente quando estamos tristes e faz de tudo para nos alegrar, como todo filho.

Eu não quero escrever aqui algo sobre a relação dos donos com os seus cachorros, e sim um pouco da minha relação com a minha filha. Ontem eu e Paolo fomos ao show de uns amigos nosso, encontrar outros amigos que há muito tempo não víamos. Tinha tudo pra ser uma noite feliz, instigada, animada, mas enquanto todos estavam se divertindo, eu tentava balançar o corpo ao som da música mas a minha cabeça estava em casa. Estava em Chica. Como muitos pais fazem. E tudo que eu quis naquele momento foi poder ligar pra casa e falar com ela, para perguntar como ela estava.

Chica está doente, com a famosa doença do carrapato. Eu imagino que quando você leu isso você pensou: puta que pariu, que merda. E foi assim que eu vi as pessoas reagindo ao falar que ela estava doente. Muita gente já teve experiências ruins com essa doença, muitos pais perderam os seus filhos pelo carrapto, e eu já chorei muito por isso.

Me culpei como toda mãe, me perguntei onde eu errei como toda mãe. Fiquei com peso na consciência de sair e deixar Chica em casa, mesmo sabendo que a minha presença não iria melhorar muito o seu quadro médico. Hoje ela entrou para o antibiótico e para o remédio de fígado, suas plaquetas estão muito baixas e ela está muito fraca. E eu só estou escrevendo isso porque eu sou mãe, e estou chorando pedindo forças para que ela passe por isso sem nenhuma sequela.

Eu sei que os posts de sexta-feira deveriam ser felizes, para começar o fim de semana alegre, mas eu me culpo por qualquer alegria que eu venha a sentir. Porque eu sou mãe e minha filha está doente. Essa é a minha última sexta-feira de férias, o meu último fim de semana de férias, e tudo que eu quero é ficar em casa cuidando de Chica. Não quero sair, não quero viajar, não quero beber nem me divertir com os amigos. Eu só quero que minha filha fique boa. Só isso.

Também aproveito para agradecer a veterinária Alessandra Corrêa, que nos atendeu com o maior carinho e atenção. Explicou detalhada e pacientemente todas as possibilidades, todos os cuidados, todos os remédios. Tirou sangue para o exame que Chica nem sentiu, e tratou nós três, eu, Paolo e Chica, como todo médico deveria cuidar de toda família. Eu não tenho palavras para agradecer, Alessandra foi um anjo. Que mesmo trazendo uma notícia ruim, vai fazer com que, daqui a pouco tempo, seja uma notícia ótima de que ela está recuperada.

Desculpem o desabafo, mas como eu sempre disse, esse blog é a minha terapia. Eu já escrevi sobre minha mãe, meu pai, meu irmão, minha irmã e meu marido. Eu só precisava escrever sobre a minha filha, que eu não amo menos do que qualquer outro membro da família.

Fica boa filha, por favor.


96 comentários sobre o assunto

ow :( espero que ela melhore mesmo! tambem tenho uma filha assim e sei exatamente o que voce quis dizer! beijos e melhoras pra Chica!!

Fabiana

Nossa, Anna! Deu um aperto no coração lendo esse post… Vou ficar torcendo pra que a Chica fique boa logo e continue te proporcionando muitas alegrias. Se Deus quiser, ela ficará bem!

Talita Pessoa

    Toda energia positiva é bem vinda :)
    Brigada :*

    Anna Terra

Entendo o que vc tá sentindo. Minha cadelinha tb já teve a doença do carrapato e ficou boa. Com vc por perto, ela vai se sentir cuidada e tudo vai passar, vc vai ver. Melhoras à Chica.

Rita

Certeza que Chica vai ficar de boa e tirando muita onda e dando alegria como sempre fez.

Tô na torcida aqui.

Yuri Ribeiro

    Valeu, irmão :)
    Logo menos ela tá doida como sempre :)

    Anna Terra

Caramba, é muito ruim mesmo. Eu tenho uma labrador e ela teve a msm doença, mas graças a Deus deu tudo certo e com Chica não vai ser diferente, que dê tudo certo, estou torcendo pra isso!

Raphaella Navarro

    Eu amo labradores. E quem não ama, né?
    Soube que em cachorros maiores pode até ser mais complicado né… Mas ainda bem que a sua ficou boa, Chica também vai ficar :)

    Anna Terra

Oi Anna,

Eu tenho um Yorkie bem pequenininho, menos de 2kg, que esta ai no Brasil com a minha mae. Quando era filhote ele teve Babesia e Herliquia (ao mesmo tempo) e foi super complicado, mas ele superou e hoje continua sendo o sorriso da casa. E so seguir as recomendacoes direitinho e depois manter o Frontline religiosamente (ja que a doenca nao tem cura).

Entendo perfeitamente o amor que voce sente por ela, como eu sinto por Deskt e pelos meus dois gatos aqui em casa.

Boa sorte no tratamento. Vai dar tudo certo! :)

Beijos,

Laine

Laine Bartley

    Pois é, são histórias de superação como essas que me deixam mais animada. Brigada pela força :)
    Ah, e eu amo gatos :)

    Anna Terra

Anna, ela vai ficar bem logo. Meu cachorro também teve essa doença ha uns 6 meses. Muito antibiotoco, injeção, choro, tristeza, medico, mas graças a Deus ele se livrou. Esta com uma otite cronica, mas todos os medicos dizem que pela idade e raça, ele é um poodle.
Entendo perfeitamente sua tristeza, mas ela vai ficar otima.
E tenha dó de quem não entende isso, so quem tem a honra de ter uma amizade tão verdadeira como a de um cão é que sabe a importancia que eles tem em nossas vidas.
Bjo!

Elaine

    Vai ficar bem sim, brigada.
    E força pro seu cachorro, já que otite deixa eles tão irritadinhos né?
    :*

    Anna Terra

Sei exatamente como vc se sente. A minha Lady era meu bebê….. quando ela chegou aqui em casa com 40 dias de vida, passei várias noites sentada no chão no quintal com ela no colo(husky siberiano destrói tudo, quando é filhote) nunca senti que ela era menos do que meus filhos. Sempre senti que eram iguais prá mim, pois cuidei deles da mesma forma. Quando ela morreu 2 anos atrás, quase morri junto de tanta tristeza(não foi de doença de carrapato não). Hoje, a minha Mel, que foi adotada já com 1 ano, também é amada como uma filha. E meus filhos a amam como a uma irmã.
Entendo seu amor pela Chica e vou ficar aqui mandando energias boas prá ela e prá vc; Ela vai ficar boa.
bjs
Sônia

Sônia

    Eu tive Bizu quando eu era pequena, e ele também era um Husky destruidor. Alimentei um amor muito grande por ele, mas como eu tinha asma tivemos que nos desfazer e doá-lo. Ah, e fico feliz que uma mãe de filhos gente e filhos bichos também não faça essa distinção. Feliz de verdade.
    Obrigada pelo comentário e pelas energias positivas, tenha cereza que chica está melhorando por causa disso. Eu e ela agradecemos de coração <3

    Anna Terra

É muito lindo quando nós, seres humanos, conseguimos dar em troca todo o amor que recebemos desses filhos que nós escolhemos. Afinal eles nos amam mais do que tudo e nos terão como Norte até o fim de suas vidas. E nós, humanos, sempre tão preocupados com nosso umbigo e em estarmos sempre certos, aborrecidos constantemente com um lancezinho aqui e outro ali… quando nos deparamos com um amor como esse, que é simplesmente amor, aberto, inteiro, nos deparamos ali com o verdadeiro sentido de felicidade, de porto seguro… é o verdadeiro milagre da vida.
Enquanto isso, tudo o que eles querem é uma comidinha, uma água, mas acima de tudo isso estar por perto de nós.
Minha filha Judy teve essa doença. Mas lembro que ela tomou uma injeção e que depois de algum tempinho ficou boa. Tenha fé, vai ficar tudo bem! Quando li seu post entendi perfeitamente como se sente, pois sei que eles são um pedaço da gente. Eles vivem tão pouquinho! Mas nos dão tanta felicidade! E são muito felizes ao nosso lado. Judy foi pro céu dos cachorros com 13 aninhos, em 2008. Cresci com ela e fui muito feliz com ela. E tenho certeza de que vc ainda terá MUITAS alegrias com sua Chiquinha (e ela com vc)!

Beijos e muitas energias boas pras duas!

Cris

    Pois é, você falou uma coisa muito certa. Quando nós, frágeis humanos, nos deparamos com um amor tão verdadeiro quanto o de um filho peludo que nós escolhemos, vemos o verdadeiro sentido do amor e da vida. Eles nos ensinam mais do que a gente pensa né? Eu sei que o futuro de todos os cachorrinhos é o céu, junto com a Judy, e eu vou fazer de tudo para que, até lá, Chica tenha a melhor e mais saudável vida do mundo :)

    Anna Terra

Terrinha,

Vários filhinhos pegam esta doença no verão (lembra que sugeri no twitter?). Não sei se tem relação com a estação, mas acontece. O cãozinho de um amigo meu (beagle) estava, perto do Natal. O bichinho tava péssimo e hoje está ótimo! O importante é descobrir e tratar. O shitsu de um outro amigo teve três – atenção TRÊS – vezes. Uma foi punk-rock, a primeira, mas ele tá bom da Silva!
Então é isso: remédios, cuidados e carinho. Não tira o olho dela. Ela vai ficar nova em folha. Você vai ver.

Beijo em tu, afago em Chica.

Iale

    É, essa época é danada mesmo… E gente, como assim o cãozinho pega três vezes, né? Vou pedir pra Chica se espelhar nele pra ficar boa :)

    Brigada pelo carinho, Iale :*

    Anna Terra

Chica é amada, e não existe erro nisso Tterrinha. Levar os nossos pets para passear é necessário, mas pode vir sempre com um risco. Isso não podemos controlar. A Erlichiose é complicada, pois o pet fica tristonho, como problemas no sangue e perde o apetite rapidamente… Água de coca é super recomendada, ela deve se hidratar e se alimentar nem que seja só de carne por um tempo.

Imagino que a Alessandra seja a simpática médica do “amigo bicho”, sem dúvidas ela é muito atenciosa e a Chica logo estará 100%.

Hoje o meu filho canino faz 2 anos. Ele é minha alegria, terapia e anti-depressivo. Passamos por muitas coisas juntos, moramos sozinhos por muito tempo. E sei exatamente a força do sentimento que pode surgir entre um ser humano e um pet. É uma energia incrível, um amor com uma força que não dá pra explicar.

Vai ficar tudo bem com vocês. Beijo carinhoso.

Anna Tschá

    Pois é, acho que todo mundo que tem cachorro já teve essa experiência, né? E com certeza ela já já estará 100% :)

    Parabéns pro seu filhote, pelos 2 aninhos de alegria. Tenho certeza que uma companhia feito a dele as vezes é tudo que a gente precisa na vida.

    Brigada pela força, Anninha. De verdade :*

    Anna Terra

Oiê Terra,

Quando o post de uma “mãe” desesperada de preocupação com sua filha não pude deixar de comentar.

Durante 6 anos de minha vida tive um Canil especializado em Pastores Alemães, sem contar com mais de 20 cães de raças diferentes que já tive ao longo dos meus 27 anos, e te digo com toda a segurança do mundo: Fica tranqüila.

É tão normal um cão ter Babese, Erliquia entre outras doenças e de carrapato, quanto nós pegarmos uma gripe.

Será eternamente uma batalha contra eles, não temos como evitar a não ser que não deixe sua filha ir a rua, ou se comportar da forma que ela mais gosta, sendo cachorro, e isso é uma verdadeira malvadeza. Né?

Vai ter gente que pode até te dizer que isso mata, que já ouviu falar de algum cachorro que morreu disso ai … Mas não ligue, pra uma doença de carrapato, matar um cachorro, precisa de 2 coisas, um cachorro fraco, mal cuidado, e de um dono negligente, você não se encaixa em nenhum dos casos, então fique tranqüila.

Agora se sua filhota é daquelas que vive bem sua vida de cachorro, de 6 em 6 meses faça um hemograma completo nela e a mantenha bem protegida desses carrapatos com um banho de remédio para carrapatos de 15 em 15 dias, se ela for mais caseira de mês em mês é o suficiente.

No mais é isso mesmo, relaxe e mime ela bem muito, porque seja criança ou cachorro todos eles adoram um mimo.

Beijos

Rossana

    Poxa Roca, teu comentário me deixou mais tranquila, de verdade. Realmente será uma eterna batalha contra esses carrapatos miseráveis que são tão difíceis de matar. Eu vou voltar com o banho de carrapaticida assim que ela ficar melhor. Brigada pelo comentário e pelo carinho, viu?

    :*

    Anna Terra

Me emcionei ao ler o seu post.Temos vários bichinhos em nossa casa.Papagaio,pássaros diversos,tartarugas e por aí vaí.Nosso papagaio vive na sala e é tratado pelos meus filhos,como o irmão caçula..
Em vários momentos do post,você citou a expressão “Como toda mãe”..Só que não são todas as mães minha querida.
São todas as mães dedicadas,amorosas e imparciais como você.Sim..São todas as mães de Verdade!!!E infelizmente,nem todas as “genitoras” são assim.
Lindo o seu amor pela sua Chica,sua filha.
Força pra vocês nessa empreitada de recuperação da Chica.Sem dúvidas,logo ela estará recuperada e você nos dará a notícia num post colorido e cheio de alegrias.Além dos antibioticos,ela tem todo o amor do mundo e isso é deveras importante.Fundamental!

Beijo carinhoso..

Julia

    É verdade, né? Você me fez pensar que eu realmente amo mais Chica do que algumas as mães biológicas amam seus próprios filhos. E pode esperar que em breve virá um lindo post falando que Chica está bem, linda e curada :)

    Anna Terra

Anna,

Shine, minha filha beagle que eu amo muito e de quem eu estou separada pelas circunstâncias( ela ficou em Salvador, com o resto da família e eu mudei para Recife) teve essa mesma doença, mas ficou zerada e já está com 13 anos! É o xodó da casa, linda, idosinha, manhosa, zen..

Beijos e força, que a Chica já fica boa!

Nanda

    É tão difícil se separar dos nossos filhos, né? Hoje penso que para onde eu for, ela vai comigo. Linda e curada :)

    Brigada pela força :*

    Anna Terra

Fica assim, não. Eu sei que é difícil. Tenho duas poodles e quando qualquer coisinha acontece com elas meu mundo fica de cabeça pra baixo. Eu daria minha vida por aquelas duas branquelas.

A Chica vai ficar muito bem.

Beijos!

Camila Santana

Me emocionei com seu post. Também tenho um filho de quase um ano, e sou a mãe dele, e ele tem um primo (o cãozinho da minha irmã) e avós e pai e mãe.
Eles são a alegria da nossa vida e só de pensar neles sofrendo é muito triste.
Mas tenho certeza que a Chica vai melhorar bem rápido, com o carinho de uma mãe que a ama tanto.
Fiquem bem.

Vanisa

    ah, é. Chica também tem uma família e tanto.
    Ela só não gosta muito da prima Lua, a maltês da minha irmã :P
    Elas não se dão muito bem..
    Mas eu tmb tenho certeza que logo menos Chica vai estar boa :)
    Brigada pela força :)

    Anna Terra

Anna, força!

A Ehrlichiose é uma doencinha chata que deixa o cãozinho bem debilitado mesmo. Tive uma cocker (minha filha querida que me deixou aos 15 anos, 1 mês e 19 dias) que teve Erlichiose e Babesiose mais de uma vez. Quando a minha bebê ficava doente, eu fazia coração de galinha cozido e misturava com beterraba pra ela, até ela se recuperar. Como ela ficava sem apetite, eu sempre conseguia fazê-la se alimentar com essa dieta; quando se recuperava, voltava pra ração. Hidratação também é bem importante!!
Essa época do ano que tem chuva de verão é sempre uma explosão de carrapatos! Eles adoram esse clima quente e úmido para se reproduzirem…
Vou ficar aqui torcendo pra Chica se recuperar beeeem rápido e vocês poderem tirar outras fotos na praia com essa fofura!!

Um grande abraço!

Daniele

    É, eu recebi recomendações de fazer fígado pra ela. Mas coração deve ser bom também, junto com beterraba. E ainda bem que Chica puxou a mim, e bebe muita água :)

    Brigada pela força, viu?
    Eu e Chica agradecemos :)

    Anna Terra

Anna,
Já nos falamos algumas vezes via twitter, uma leitora que me passou o link do seu blog, sou a Isadora do Bistro da Coralina, assino o teu feed, mas nunca comento mas hj é causa nobre!!!
Melhoras para a chica, tenho tbm filhos caninos e te entendo perfeitamente em tudo, lendo suas palavras, pareciam que eram minhas. Já perdi um shitzu de cinomose, é tão doloroso. Espero que essa doença não seja tãooo grave assim.
Tenho dois filhos, um que ficou com a familia no sul, e outro que chegou aqui na nossa casa em Fortaleza a 5meses. Danadoooo, mordedor, roedor, mimado, agora mesmo enqunto escrevo ele estava fazendo uma arte e eu chamei atenção, ele correu pra lamber meus pés, puxa sacoooo.
O théo um shitzu de 2 anos que mora em Porto Alegre e o Thomaz um pug de 5meses estão mandando toda a força do mundo para a dona Chica…
bjao e melhoras

Isadora Canuso

    Oi Isadora, que bom seu comentário por aqui :)
    O shitzu é uma raça graciosa, e eu conheço uma que também é super elétrica. Eles são lindos demais :) E o pug eu costumo dizer que de tão feio ele é lindo! hahaha :) É uma raça que eu adoro.
    Muito obrigada pela força :)

    Beijos

    Anna Terra

Animais de estimação são mesmo coisas de Deus e são (para muitos donos e “pais” ) muito mais do que só animais de estimação.

Eu e meu namorido adotamos uma gatinha que tinha sido abandonada lá na ufrpe cerca de um ano atras e o q nós sentimos por ela é mais ou menos isso que vcs sentem por Chica, ela é nossa filha mesmo… Ja deixamos de sair, de viajar, nossas viagens são de no maximo 2 dias, ja nos aperriamos muito quando ela ficou doente, ja tivemos muitos gastos… certa vez achamos que ela ficaria parapletica e choramos horrores, foi terrivel, mas TUDO vale a pena e vai valer sempre.
Entao eu só espero de todo coração que a Chica fique boa e continue dando tanta alegria e espalhando toda sua graça por onde passar.

melhoras pra todos.

Nathalinha

    Eu amo gatos, e eles terminam sendo mais independentes da gente do que o cachorro, né? Eu quero voltar a ter gatos um dia. Quem sabe quando eu me mudar pra um lugar maior chica não ganha um irmão felino :)
    Brigada pela força :*

    Anna Terra

Que tristeza, Aninha! Pedindo a Deus que Chica melhore logo…eu, que tenho Menina, compreendo bem a sua preocupação. Estou na torcida por ela. :*

Claudia Giane

    Ela vai ficar boa :)
    Brigada, Claudinha :*

    Anna Terra

Poxa Anna, que triste. Eu sei como é, eu sofro muito quando minha Meg fica doente e também a trato como se fosse minha filha.
Engraçado, os cachorros precisam de tão pouco e retribuem tanto, enquanto alguns humanos são ao contrário.
Melhoras pra sua filhinha. :)

Mari

    É verdade o que vc disse sobre eles retribuirem tanto. Eles retrubuem muito mais do que recebem, é impressionante.
    Brigada, viu? :*

    Anna Terra

Poxa, Anna, sei bem como vc esta se sentido! Tem 3 filhos, que amo de paixão! A minha mais nova esta com 2 meses e quando ela chegou, percebemos que não estava qrendo comer e toda fraquinha, em um domingo levamos ela para o Vet, fez exame de sangue e tomou antibiotico. Na segunda saiu o exame e ela estava com uma das doenças do carrapato, fiquei desesperada, pensando que ela estava com a Babesa! Meu bebê doente! So fiquei mais tranquila quando fiquei sabendo que a doença (Erliquiose Canina) é ela estava era curavel. Passou a tomar antibioticos, probioticos e remedio para o figado tbm. Depois de ums dois dias apos iniciado o tratamento, ela estva comendo tudo e toda eletrica, foi o que me acalmou mais. Hoje em dia ela fica correndo em casa quem uma doida! :P no proximo mês ela vai voltar a fazer os exames de novo. Tomara que ja esteja boa!!!

A unica coisa que te aconselho é ficar calma e seguir a arrisca os horarios do medicamento e muito amor e carinho, logico uma boa alimentação tbm ajuda e muito!!

Melhoras para Chica, ela é linda!!! Lindona mesmo!

Amanda Borges

    Tadinha, ficou doente tão novinha :( Mas acho que isso também ajuda na recuperação, né? Tenho certeza que ela vai estar novinha em folha quando você menos esperar :)
    Muito obrigada pela força :)

    E Chica manda lambidas de melhoras para sua filha.

    :*

    Anna Terra

Eu amo os animais e todas as formas de seres vivos, me doi muito ver qql animal sofrendo. Agora nunca ponho um animal em lugar de um humanos,jamais os seres humanos vão ser superiores aos animais nem vice versa. Eu como mãe de gatos e bebe e perdi minha mãe e espero não perder meu filho, dor de animal morto não êh maior que mãe ou filho morto, desculpa.

Marcela

    Eu entendo o seu lado, Marcela.
    Eu não tenho filhos humanos, por assim dizer, e nunca perdi ninguém muito próximo da família. Mas pela forma como eu trato Chica, e pela vida de família que nós levamos, eu tenho certeza que qualquer coisa que acontecer com ela vai me doer como dói numa mãe “de verdade”.
    Brigada pelo comentário e volte sempre.

    Anna Terra

ow, anna! sempre visito seu blog e sou sua seguidora no twitter, mas nunca havia comentado até então, só que quando se trata de cachorros-filhos meu coração fica apertadinho! Tb tenho um filho que chegou aqui uma bolinha de pelo preta e sei como vc se sente.

mas não se culpe e fique ao lado dela, como vc disse, ela sente!

vai ficar tudo bem! ;)

bjos no coração!

Karla

    Ela já está melhorando :)
    Brigada e comente mais vezes :D

    Anna Terra

Olá! Não nos conhecemos, mas a vezes acompanho seu blog. Engraçado que não consegui ler seu post o dia todo, só agora qnd já terminei toda correria da sexta-feira.
LI todo seu post e me deu um aperto no coração, pois tenho um schauzer também, preto também e com essa mesma manchinha branca no peito e claro, tratato como filho também.
E ele também está doentinho, passou uns dias apatico, sem fazer festinha pra ninguem, agora está um pouco melhor, mas ainda está com uma infecção que ainda não sei o que é, mas que pode ser a doença do carrapato.
Lendo seu post me deu aperto no coração e uma vontade de apertar o meu filhote Poirot (esse é o nome dele)
Enfim, vou torcer pela recuperação da Chica e também de Poirot, pois só quem tem essas fofuras sabe o quanto somos capazes de amar e nos preocupar com esses peludos ao ponto de os considerarmos filhos.
Um abraço

Rebeca

    Poxa Rebeca, espero que o Poirot fique bom, viu? Mas não descuida dele não, a doença do carrapato tem que ser tratada rápido e da forma adequada, com atibióticos e tudo. Chica já está melhorando, e tenho certeza que seu filho também vai melhorar.

    Apareça mais vezes :)

    Anna Terra

Me coloco no seu lugar… ao ler o post confesso que fiquei com um nó na garganta… sim pq também tenho uma filhinha, uma cocker spaniel de 12 anos! Meu presente de 15 anos…uma parte da minha vida e por isso não a coloca inferior a mim, nem superior..apenas um “eu” vindo na forma de cão.. Ela é linda, ela é simpática, doce, carinhosa… pq seria inferior? Alias, tantos humanos com toda “sabedoria” são tão crueis, q ter “inteligencia e ser racional” pra mim é mesmo q nada!
Mas enfim, eu sei o q vc sente, sei a preocupação que dá..minha Lyssa, minha FILHA, esta velhinha, diabética, cega, surda e com mts outros problemas…mas continua doce, fiel, carismática e querida por todos! já teve a doença do carrapato aos 6 anos, se recuperou mt bem, ja passou por 6 cirurgias, em todas se recuperou mt bem tbm! Já cheirou veneno, tem otite…é Ana, e lá se vão 12 anos de mt carinho, apesar de tudo e dos rios de dinheiro q já gastamos, nada é maior que o amor que todos da família sentem por ela, é, definitivamente uma GUERREIRA!
Desejo de todo coração melhoras pra sua Chica, e um grande bj pra vcs! =)

Lu

    Pois é, Lu.. Se tem uma coisa que eu acho injusta na relação “pai e filho” com cachorros é que eu sempre achei errado uma mãe enterrar um filho, mas é assim que funciona com eles né. Assim que nossos filhos chegam nós temos que ter essa noção, de que infelizmente eles vão embora antes que nós. Se eu pudesse escolher, queria que Chica vivesse pra sempre. Tenho certeza que sua filha deu e ainda dá muitas alegrias para vc e sua família, e que todos esses problemas são coisas da idade mesmo…

    Volte sempre e comente mais vezes :)

    Anna Terra

Anna, espero que ela fique boa rapidinho. Posso imaginar sua preocupação. Eu também tenho uma pequena, e todas as atenções aqui em casa são para ela. Lola é uma doce “menina”, veja: http://gostoporbomgosto.blogspot.com/2010/08/lola-primeiro-banho.html.

Bjs para Chica.

Heloisa

    A Lola é linda!
    E parabéns pelo blog :)

    Anna Terra

Oi Anna!
Tb tenho Tobbinho como um filho.. também muitas vezes me peguei sem viajar e sem sair pra cuidar dele.
Ele já teve doença do carrapato 3 vezes. Isso mesmo, 3.
E olhe que é um cachorrinho bem cuidado, passeia mt raramente, cachorrinho de apartamento mesmo. Mas ele sempre tem a má sorte…
Passei perrengues brabos, mas ele se curou as 3x, com muito carinho e atenção. As 3x ele tomou uma injeção propria pra doença, forte porém eficaz. Em menos de 1 mes ja estava melhor. O vet dele é professor da federal rural, Dr. Neto, um senhor atencioso e que AMA animais. Se quiser, te passo o contato dele.
Bjos e tudo de bom pra sua família :)

Milena

    São histórias de superação como a de Tobbinho que me deixam feliz :) Chica não precisou tomar injeção, entrou para o antibiótico em comprimido e já apresenta melhoras consideráveis. O Tobbinho pode ter má sorte, mas é muito forte! Desejo que ele sempre se recupere de qualquer doença que venha a ter :)

    Bjs e obrigada!

    Anna Terra

Oi Anna,
Conheci seu blog a pouco tempo e fiquei encantada! Fiquei muito sentida com a notícia de hoje. Mas como todo filho, que sempre pega alguma coisa que deixa as mães doidas de preocupação, tenho certeza que a Chica vai superar essa em breve!! Nada melhor que todo amor que você dedica a ela.Muitas vibrações positivas para a Chica!!
Bjs

Caroline Peres

    Obrigada pelas energias positivas, tenho certeza que chica sentiu e já está melhorando :D Brigada pela visita e volte sempre!

    Anna Terra

Anna, sei muito bem o que vc está sentindo. Tenho meu filhinho de 4 patas também..se chama Fidel e eu e meu marido o amamos muito. Há 2 anos atrás ele teve erliquiose e ficou 17 dias muito doente, chegou a ter insuficiência renal e só nos restava torcer e acreditar na sua melhora. Chorei muito e vi na época no trabalho muitas pessoas não entenderem, Meu marido estava viajando e cheguei a antecipar uns dias de minhas férias para poder cuidar dele. EStou torcendo muito que o seu filhinho fique bom viu? Beijão

Luciana Pinheiro

    Brigada.. E é assim mesmo, né? A gente não mede esforços para ajudar nossos filhos, mesmo que ainda tenha gente que não entenda isso… Beijos!

    Anna Terra

Anna, acho que todos os pais de peludinhos se identificam e sensibilizam com você. E só quem tem um é que entende o amor que temos pelos nossos bichinhos. O meu shitzu também está com problemas com carrapatos. Ele está com uma infecção urinária séria e por isso estamos passeando com ele 4x ao dia (moro em apartamento). Assim é inevitável, os carrapatos aparecem mesmo. Hoje mesmo ele vai fazer um exame de sangue, mas espero que não apareça nenhum problema. Quando a gente cuida, eles se recuperam. Boa sorte com a Chica!

Beijos!

Camila Navarro

    Pois é Camila, Chica também é cachorra de apartamento, mas a gente só passeia com ela 1x por dia. Mas esses dias de chuva aqui em Recife e pela doença dela também, estamos deixando ela mais em casa.. Tenho certeza que seu filho vai superar rapidinho :)

    Bjs!

    Anna Terra

Minha cadela já passou por duas crises devido a essa doença, e graças a Deus se recuperou. Infelizmente, essa doença não tem cura. Mas é possível viver sendo portadora, como diabets. Espero que sua filha se recupera logo!

Victor

Oi Anna, primeiro quero dizer que te acho uma fofa, uma mulher tão jovem e tão madura! Olha tive um fila brasileiro chamado Killer, que assim como a Chica é para vc, foi meu primeiro filho, hoje sou mãe de 3 filhos humanos…rs!
Ele teve essa doença bem novinho e te juro, achei que ia desmoronar com ele, mas felizmente ele ficou bom e viveu até os dez anos. Tenho certeza que teu carinho, do seu marido e a competência da veterinária vão fazer com que a Chica fique bem logo! Fica com Deus! beijos
Liane/Bauru-SP

Liane

    Ah, Liane, muito obrigada, viu?
    Chica já está melhorando, ainda bem!
    Ah, e volte sempre e comente mais vezes :D

    Bjs!

    Anna Terra

Anna, eu tenho uma cachorrinha que teve esse mesmo probleminha.. não é nada muito perigoso se seguir bem as recomendações do veterinário… a minha filha é uma yorkshire chamada Frida… com todo cuidado e carinho ficou bem.. No entanto, ela não pode ver um carrapato nem de longe!! Com isso, temos todo cuidado aqui em casa – moramos em aptº o que já ajuda.. Depois do tratamento vocês terão que aplicar 1X por mês um carrapaticida tópico.. tem um bem fodão e é recomendado por 90% dos vetera…

Então, só coisa boa na vida de vocês que vai dar tudo certo. Pode confiar!!

André Luna

    Ah sim, André, morar em apartamento já ajuda mesmo. Chica já está se recuperando, e com certeza vou fazer de tudo para que ela não pegue mais carrapato. Mas esse bicho é tão miserável, né? Vai até onde for preciso para achar um cachorrinho… As vezes nem toda superproteção materna evita que eles venham… Mas vou sempre cuidar, como vc cuida da Frida :)

    Beijos!

    Anna Terra

Anna,

Fico muito triste mesmo de saber que a Chica está doente, mas tenho fé em sua recuperação. Ela é um bichinho querido e bem tratado, vai superar. E você, seja forte por ela também.

Eu também tenho um filho, mas ele é felino: o Aush, de 2 anos de idade. E me sinto exatamente como você. A gente planeja as nossas vidas incluindo nossos bichinhos porque eles não são mais deixados ao fundo do quintal, como antigamente. Hoje eles são nossa família.

Bom, vai soar tolice, mas sempre peço que São Francisco proteja o Aush (e toda a bicharada da família). Vou incluir a Chica na prece.

Beijos

Tatiana Py

    Ah Tatiana, que graça :) Tenho certeza que todas as preces e todas as boas energias estão ajudando Chica na sua recuperação. Muito obrigada, viu?

    Eu amo gatos, e já tive filhos felinos também. Hoje o marido não quer misturar, mas eu ainda quero que Chica tenha um irmão gato :D

    Muito obrigada pelo comentário e pelo carinho :) Apareça mais vezes!

    Anna Terra

Que post lindo, pixus! Amei muito e eu tenho certeza ABSOLUTA de que ela vai ficar boa :)
Te amo muito ;*

Malu

    Own Pixus <3
    Ela já tá melhorando, tu viu, né?
    :D

    TE AMO!

    Anna Terra

Chorei.

Mari

ana, eu tive uma cachorrinha que ganhamos ela ainda bebê (tinha uns 30/45 dias). não deu uma semana aqui em casa, e ela ficou doente (muito provavelmente já veio doente para cá). foi diagnosticada com doença do carrapato. ela, ainda muito bebe, fez todo o tratamento e ficou boa. tenho certeza que a sua cachorrinha também ficará, estou torcendo muito para isso. seu blog é muito querido. melhoras para a sua bebê e tudo de bom pra sua família. beijos. :*

carolina.

    Se eu já chorei litros com ela assim, imagina vendo esse sofrimento todo num filhote :( eu ia morrer… Mas ainda bem que ela está reagindo aos medicamentos e, mesmo faltando ainda mtos dias de tratamento, ela nem parece que tá doente :)
    Brigada pela força :*

    Anna Terra

Hola encontrei seu blog hoje, e gostei muito, agora te digo que sua filhinha vai ficar boa sim, mas vc tera’ que cuida-la muito, muito mesmo…eu tenho uma schnauzer min, e ela ja teve duas vezes, a segunda vez foi mais forte e isso que descobrimos super rápido, nao deixe ela sem comer, porque o que debilita ela e’ a falta de comida, eu fazia de tudo, e tinha vezes que ela nao queria nem carne pura acredita….mas eu batia no liqüidificador e fazia uma papinha e dava com a injeção sabe, na boca…e assim com os remédios e forçando ela a comer ela se levantou.
Doi mesmo ne’…eu fico super triste, mas vamos lutar por eles também ne’, afinal, sao nossos filhinhos.
um abraço grande.

Mag

    Isso que você fez é coisa de mãe mesmo, lindo de se ver. A gente tem que dar muita força para nossos filhos peludos, eles dependem totalmente da gente né.. Chica está reagindo bem ao tratamento e ainda bem que voltou a comer..
    Obrigada pela força e uma vida muito feliz pra sua filha :)

    Anna Terra

Oi Anna,
Sou leitora assídua do seu blog, mas NUNCA comentei…não tenho cachorro, mas nem por isso deixei de ser sensibilizada pelo seu post e não poderia deixar de desejar MELHORAS para Chica, do fundo do coração!!
Beijão!

Lorena Reis

Lindo, lindo, lindo post e linda, linda, linda filhota…É bonito ver tanta sensibilidade através de palavras, obrigada por compartilhar de forma tão verdadeira e carinhosa. Estou na torcida para que a Chica supere e fique boa logo logo. Beijos! ; )

    E ela já está melhorando :D
    Brigada pela força :)

    Beijos!

    Anna Terra

Oi Ana! Só li hoje esse post, então provavelmente a Chica já melhorou, né? fiquei com o coração apertadinho, tbm amo meus filhotes e sofreria da mesma forma… A Judite e o Toffe mandam lembranças e lambidas cheias de energia pra vcs, viu?
Beijinhos

Paula

    Ela está melhorando sim… brigada pela força :)

    Anna Terra

Oi Ana! como esta a Chica? uma das minhas meninas já teve esta doença e graças a Deus esta muito bem. Cuide direitinho que com a ajuda de São Francisco ela vai ficar ótima.

Sonia

    Ela está evoluindo bem ao tratamento… obrigada pela força :)

    Anna Terra

Anna n tenho intimidade com vc,sou uma frequentadora assidua aqui e adoro seu blog.Amo animais,mas so tenho uma cadelinha poodle q eh nossa paixão aqui há simplesmente 15 anos.Ela nunk passou por essa doença,mas como vi q vcs tem o maior cuidado,carinho e amor,vejo q vão cuidar direitinho.Eh importante sim ta sempre perto,estimular alimentação,ingestão de liquidos.Vou falar um pouquinho da minha pra vc sentir qto eh importante ta sempre perto dando atençao e carinho.A minha cadelinha sofreu algumas cirurgias como histerectomia,exerese de nodulo de mama e no feriado de 1º de maio,estavamos em Gravatá qdo deixaram o portão aberto lá de ksa,ela saiu pra fuçar o q eh de novidade…só q havia uma cadela no cio e uns 3 cachorros rodeando,qdo recebi a noticia foi q ela tinha sido atacada,q corri ela ja estava do outro lado do privê,corri,alcancei e qdo vi,havia um perfuração no pescoço e fratura de mandibula….corremos a um medico q foi bem atencioso na cidade (urgencia) e ele disse q tinhamos q voltar a Recife ou arriscar alguem em Caruaru…ela so voltou tranquila pq havia tomado um analgesico e no colo de minha mãe.Eu voltei em outro carro pq n tinha nenhuma condição emocional.Um anjo veterinario abriu a clinica (era um sabado a noite) e começou a cirurgia (19h as 00h)…isso msm!ele fez uma cirurgia n invasiva…e ai em 3 meses teve q fazer outras pq n davam resultado esperado,enfim,chegou a uma q eram 6 pinos atravessando seu focinho,comia e bebia em seringa,ou seja,revesamento de sempre alguem em ksa e durante noites e noites acordadas (eu,minha mãe e minha irmã),passou 1 ano e meio com um ‘aparelho’,pq como ela ja era idosa n tinha todos os dentes,com isso n tinha formação ossea para consolidar,demorou mas hj ela come e tomar leite só mas n bebe agua…o veterinario disse q ele eh um dos poucos q tenta essa cirurgia,q a maioria indica o sacrificio e q se n tratassemos ela como deveria,ela se deprimia e n resistiria.Bom ha alguns detalhes mas vai fik longo demais…NÃO NOS ARREPENDEMOS DE NADA Q FIZEMOS E FAZEMOS ATÉ HJ!FORÇA PRA VCS…E AMOR,MUITO AMOR!FÉ!SUA CHICA VAI FIK BOA SIM…
obs: gostaria de poder mostrar minha cadelinha especial!

Adri Aguiar

    Oi Adri, obrigada pelo comentário tão carinhoso..
    E que situação difícil a sua cadelinha está passando, hein?
    Não só a cadelinha, mas toda a família né….
    Eu fico pensando que se fosse eu, eu escolheria morrer do que ficar vivendo dessa forma… Mas eu não sei se conseguiria mandar sacrificar a minha própria filha, é uma decisão que nunca deveria caber a nós, né?
    Mas eu fiquei impressionada com o seu exemplo, e desejo muita força para toda a família, principalmente para a filha peluda que é quem mais precisa…

    Beijão!!

    Anna Terra

Anna,

Deus é tão lindo que colocou esta doutora pra cuidar da Chica, tenha fé que ela irá melhorar.
Sei que amor é esse que você está falando, quem não tem filhos como agente, faz deles nossos filhos… Em outubro passado tive uma perda imensa o meu labrador Dior que faltava 10 dias para completar 1 ano, a veterinária dele não fez o que tinha que ser feito (por imcompetência), ele se foi e até hoje e sei que nunca mais irei me recuperar dessa perda.
Deus abençoe a Chica e a você e Paolo, acredito que tudo irá dar certo…tenhamos fé!
Bjos.

Clyshenn

    Ah você não sabe a dor que dá no meu coração ao ler isso… Perder um filho por incompetência médica? Eu não sei o que eu faria, sinceramente… Ainda bem que a médica acertou em tudo, e ela já está bem melhor.. Ainda tomando antibióticos, mas já bem melhor… Muito obrigada pela força, e desejo muita força pra você também… Beijão!

    Anna Terra

Sei muito bem como é difícil ver nossos filhos peludos passando por qualquer tipo de problema de saúde. Tive um cachorrinho que também pegou essa porcaria de doença e ficou 100% depois do tratamento. Com a Chica não será diferente! :)

    Ah é, mesmo… Mas Chica já está bem melhor, só falta fazer o exame final pra confirmar :)

    Anna Terra

hoje vespera de natal to eu aqui tentando me confortar pq meu cachorrinho [lilo] tbm ta c a doença do carrapato ja tave desiludida qdo vi tantos comentarios de filhinhos q ficaram bons tomara q o meu tbm fique acabei de chegar do veterinario p favor torçam p nos pq eu tbm to doente c toda essa situaçao [obrigada]

rozana

Olá Anna eu tenho um vira lata e ele pegou esta doença, acabei o tratamento este mês olha alem do antibiótico o remédio para figado eu ministrei tambem um complexo vitminico pois tava com as plaquetas baixas. Eu tava dando só os dois primeiros remédios eu não tava dando muito resultado pois o organismo não reagia muito bem. não o exame ainda mas vou fazer de novo.

BOA SORTE!!!!!!!!

Reginaldo

Tudo de bom para a tua filhota, que como seu amor, vai se recuperar. Meu poodle, o Ego, teve parvovirose e segundo o veterinário, se curou por causa do nosso amor e atenção. Acredito nisso: o nosso amor pode realmente curar

lili

Deixe sua mensagem



© 2017 - ideias de fim de semana