home sobre mim sobre o blog mídia kit

Todos os posts sobre novo uso

vasos coloridos com meia-calça


Lembram daquele lindo vasinho ou castiçal com pregadores? Pronto, esses vasos coloridos são do mesmo blog, o Family Chic, indicado pela mesma pessoa linda, a Pitadinha. É incrível como ela sempre acerta nos links de presente pra mim :)

Eu achei de uma simplicidade e de uma beleza esses vasinhos, que vou te contar, viu? A Camilla, dona do blog e autora das lindas ideias do it yourself para decoração, simplesmente pegou vasos de vidro e colocou dentro de meia-calças coloridas. Simples assim. Para mostrar a facilidade do negócio ela colocou a filha dela para ilustrar o processo :P

É só pegar um vaso de vidro que seja mais largo que uma meia calça (ou seja, quase todos), colocar o “pé” da meia no fundo do vaso, e “calçar” ele. Ela mediu antes e cortou, mas eu vestiria primeiro a meia para depois cortar na medida ideal para o vaso, porque eu não sou muito confiante :P

Ficou uma graça, né? Imaginei vasinhos lindos com meia-calças de poá, ou com aquelas de coração iguais as de Carol. Acho que ia ficar um charme :)


bota cor na favela


Como vocês já sabem, eu estou numa correria danada no trabalho e atualmente tenho me alimentado de links que ganho de presente. E isso tem me feito muito bem, afinal, vejo que só me mandam coisas lindas dizendo que é minha cara. Me sinto elogiada :)

Hoje foi a vez de Rapha, uma querida amiga que há anos eu não vejo pessoalmente, mas que a vida de twitter e blog nos aproximou. Ela é sempre carinhosa nos comentários aqui no blog, no facebook, no twitter, e eu sempre acho que não retribuo bem todo esse carinho. Então, para tentar me desculpar, fica aqui pra todo mundo o meu MUITO OBRIGADA RAPHA! Pela atenção, pelo carinho, pelos links e por ter o Raphanomundo, um blog de viagens que me vaz embarcar junto por aí :)

E foi Rapha que me mostrou essas lindas imagens de uma das favelas do Rio. Eu já tinha ouvido falar do projeto desses dois pintores holandeses que desde 2006 colocam um pouco mais de vida nas favelas cariocas.

(Um parênteses para minha opinião: Pode ter gente que vai olhar e dizer: podia pegar esse dinheiro todinho aí de tinta e fazer uma escola, um hospital, uma praça para os moradores. De que adianta ter uma parede pintada toda colorida se a vida na favela é uma tristeza? Ma eu não penso assim. Não mesmo. Pra mim, cor é vida. E eu penso exatamente o contrário: se a vida na favela já é uma tristeza, porque não colocar, ao menos, um pouco de cor pra inspirar essas pessoas? Para levar um pouco de vida pra quem sempre vê a morte tão de perto? Eu acho que cuidar do que se vê é muito importante, não só pela beleza, mas pela essência. Eles são pintores, e o que eles podem fazer para melhorar a vida dessas pessoas é pintar. E você, o que faz pra melhorar a vida de quem não tem dinheiro pra te pagar? Pensem nisso.)

Voltando. Haas&Hahn fazem muito mais do que colorir as casas. Eles incentivam crianças e adolescentes a aprender, ensinando as técnicas e dando oficinas. Essas carpas mesmo, que eu escolhi pra finalizar o post, foram pintadas por pessoas da comunidade. Agora vai dizer que uma pintura dessa só transforma por fora? Não mesmo. Transforma de fora pra dentro, mas transforma para melhor.

Para conhecer mais o trabalho desses artistas, acessem o site e curtam a página no Facebook :)

Mais uma vez, valeu Rapha!


cachecol de retalhos de camisa


Hoje não ia ter post. Na verdade, hoje não deveria ter post. Estou correndinho aqui no trabalho… Mas quando a querida (e sumida) Sofia do Buteco Feminino me mostrou esse link eu tive que postar. Eu adorei! Claro que eu sou a favor da doação das camisas velhas para pessoas que precisam. Claro que eu não iria comprar camisas novas para fazer isso. Mas claro que eu achei uma coisa linda de viver.

É ou não é?


pra quem gosta de chá e fofura


Se tem duas coisas nesse mundo que eu queria conseguir gostar são chá e vinho. Acho chic, além de ser saudável. Ontem mesmo tudo que eu queria era um chá de camomila e seus efeitos calmantes nadando no meu sangue pra me ajudar a dormir.

Já experimentei vários tipos de chá, quente e frio, de frutas e de ervas, com e sem açúcar, com e sem leite, enfim, nada me ajudou. Em 2004 (sim, faz muito tempo que eu tento gostar de chá) eu fui pra Londres e achei que era minha chance de gostar da iguaria inglesa. Errado. Sinceramente? Lá eu experimentei os piores chás da minha vida :P

Além da bebida ter seus efeitos medicinais, eu acho que, bem como a hora do café, a hora do chá é muito mais do que a hora de beber essa infusão. Convidar para um chá (além de ser chic) é um convite pra um bom papo, pra uma fofoca, pra uma pausa na correria do dia. Os chás são ainda presentes simples e fofos, que podem ser personalizados como esse que eu e Carol fizemos quando trabalhamos na querida Lunes Comunicação, de presente para os seus clientes.

Esses chazinhos fofos do post eu catei lá do Design Sponge. São três formas lindas e simples de personalizar um saquinho de chá pro dia dos namorados, que na maioria dos países é comemorado dia 14 de fevereiro. Se eu gostasse de chá, amaria ganhar um desses de presente :P



© 2017 - ideias de fim de semana