home sobre mim sobre o blog mídia kit

Todos os posts sobre almoço

dicas para trabalhar em cafeterias


Trabalhar de qualquer lugar é uma das melhores coisas de ser freelancer, na minha humilde opinião. Em alguns momentos, precisam ser lugares com internet e talvez uma tomada por perto. E como trabalhar em um ambiente agradável faz toda a diferença, as cafeterias são sempre uma boa pedida.

Mas, aqui pra nós, precisa rolar um bom senso nessa relação. Fico pensando naquela galera que vai pra cafeteria, pede um café espresso e passa uma tarde inteira trabalhando por lá. Pensando nisso, vim aqui deixar algumas dicas marotas. E assim, eu nem sou dona de café nem nada, então talvez os donos e funcionários tenham até mais dicas do que essas pra somar. Se tiverem, fiquem à vontade pra contribuir. :)

lalá café Oferecer internet gratuitamente não é um serviço obrigatório.

As redes wifi já viraram algo básico nos estabelecimentos comerciais. Mas, não custa lembrar, que não é obrigatório. Então, caso não tenha, ou mesmo que tenha os funcionários digam que você não pode usar, não reclame, não faça cara feia, não diga que é um absurdo. Pode ser apenas uma opção do lugar, e você também tem a opção de ficar ou procurar outro lugar.

são braz Consuma no lugar.

Não tô falando de pegar um cafezinho e passar a tarde inteira. O produto da cafeteria não é a internet ou a energia que você vai usar de favor. Eles trabalham com comes e bebes, e é isso que você deve consumir lá. Essa é uma das coisas que deve levar você até lá, inclusive. Não apenas pra você trabalhar em um lugar diferente a cada dia. Isso tem seu preço.

bogart café Não seja uma mesa ocupada com um computador.

A preferência é sempre de quem vai comer, correto? Então se você já comeu suas coisas e ainda está no ambiente, tenha o bom senso de olhar ao redor e ver se tem mesa desocupada pra quem chegar. Se o lugar estiver cheio e você for uma mesa com um computador, ou você come, ou você pede a conta e sai. Ficar é uma falta de respeito com as pessoas que chegam e também com o próprio estabelecimento.

organico 22 Não seja barulhento.

O ambiente da cafeteria é pra ser agradável para todos os presentes. Geralmente tem uma música ambiente, pessoas conversando. Então fique atento ao barulho que você produz enquanto fica no telefone ou se é alguma reunião com várias pessoas. A dica também vale para os barulhos do computador/ celular. Não passe vídeos, áudios e nem escute música pelas caixinhas, use fones. Não deixe habilitados os sons de aviso do computador, como whatsapp web ou outros ruídos. Não fique batendo caneta ou qualquer outra coisa fazendo barulhos repetitivos enquanto você pensa ou fala no telefone, eles são insuportáveis.

castigliani Agradeça e seja gentil.

Pode parecer besteira falar isso, mas é bem sério. Você ficar lá trabalhando é um favor que eles te fazem, sabe? Então agradecer, postar uma fotinho na internet pra divulgar o lugar, ser gentil com os atendentes, tudo isso é importante. Afinal, você deve querer voltar lá outro dia pra trabalhar, e a política da boa vizinhança é fundamental.

Em lugares como Rússia, Alemanha e Londres já existe há muitos anos uma cultura que está começando a chegar por aqui e já tem em São Paulo: ambientes que cobram pelo tempo que se passa lá dentro, e não pelos produtos. Então é um espaço onde essas dicas vão por água abaixo, afinal, o produto é outro. Você pega pelo tempo que fica lá e pode consumir as ouras coisas “de graça”, como café, água e biscoitos à vontade. É um modelo super interessante e válido pra quem busca ambientes legais e diferentes pra trabalhar.

Eu sou membro do coworking Impact Hub, e volta e meia vou trabalhar por lá, mas confesso que gosto de procurar lugares diferentes pra experimentar. Até porque eu amo café e amo comidinhas, então nada melhor que juntar o útil com a vontade de comer hahaha :P

Cafés legais pra trabalhar em Recife:

São Braz

Gosto muito do que tem na Praça de Casa Forte. Internet free, espaço ao ar livre (sem tomadas) ou com ar condicionado (com tomadas), mesas maiores pra reunião e um bolo de laranja que vou te contar…

Lalá Café e Loja Afetiva

Um oásis no meio de um caos no Espinheiro, além da internet free e dos espaços com e sem ar condicionado, eles são pet friendly e tem um café coado com cardamomo que olha…

Bogart Café

Internet free com rede aberta (evito usar redes sem senha por motivos de segurança dos dados, vale pesquisar sobre isso) espaço ao ar livre (sem tomadas) ou com ar condicionado (com tomadas), mesa redonda pra reunião e uma soda italiana de amora pra acompanhar qualquer coisa…

Livraria da Praça

Eu gosto do ambiente de livrarias, e é por isso que gosto de passar um tempinho trabalhando de lá. A internet é free e tem espaços aberto e no ar condicionado, mas não tem tomadas em nenhuma das opções. Por isso, só vá se o notebook estiver carregado. ;)

Orgânico 22

Uma delícia de lugar, de atendimento e de cardápio. Com internet free e os espaço ao ar livre (sem tomadas) ou com ar condicionado (com tomadas distantes da mesa, bom levar extensão), também é pet friendly e só serve café coado, nada de espresso, que vai muito bem com um bolo de maçã, canela e linhaça. Isso diz muito sobre o ritmo do lugar, que fica ao lado de um estúdio de tatuagem o que me fez sofrer trabalhando e ouvindo o barulhinho da máquina. <3

CaféCafé

Esse parece que é um café feito pra trabalhar, sempre que eu vou tá cheio de gente em reunião, nos computadores e tudo mais. Só tem lugar no ar condicionado e algumas mesas tem tomada perto. O cardápio do almoço é uma delícia, e os doces…

Bistrô 858

Além da internet ótima e dos ambientes ao ar livre (sem tomadas) ou com ar condicionado (com tomadas) e mesa de reunião, também é pet friendly e tem um cardápio bem grande desde o café da manhã até o jantar.

Galo Padeiro

Não é bem um café, é uma padaria super maravilhosa. Nunca fui lá exatamente pra trabalhar, então nem tô ligada nas tomadas. Mas é bem confortável, sei que tem internet free, mesinhas dentro e fora do ar condicionado e uma vitrine incrível de pães, doces e salgados, além do cardápio de café da manhã, almoço e jantar.

Café do Brejo

Também nunca trabalhei por lá, mas sei que tem internet free e é confortável e quietinho pra trabalhar com concentração, além de uma geléia de goiabada cascão…

Castigliani

O melhor café da cidade reabriu bem pertinho da minha casa, e eu tô saltitante! Ainda não tem internet, reabriu agorinha mesmo e tá em soft open, e eu nem vi se tem tomada também. Mas eu não podia deixar ele de fora dessa lista. Vale a pena ir até pra trabalhar do teu 3G na mesinha do lado de fora, comendo um croissant caprese na frente daquele neon lindimaravilhoso e depois tomando um café vienense ou um kalita ou um capuccino da casa ou qualquer coisa do cardápio que vai ser incrível. <3

Tenho certeza que tem vários outros lugares massa pra trabalhar por aqui, mas eu talvez não conheça ou não esteja lembrada. Então, quem tem uma boa indicação? :D


quando eu não conheci brasília


Processed with VSCOcam with b5 presetSemana passada eu fiz um bate e volta em Brasília, que durou dois dias. Mas foram dias tão intensos de trabalho, entre uma reunião e outra, que eu nem posso dizer que conheci Brasília. Ainda mais com a chuva temporal que estava caindo, o jeito foi aceitar que tenho que voltar outras vezes pra conhecer :P

Mas, mesmo assim, vi um pouco e gostei do pouco que vi :D E apesar de não ter tirado muitas fotos, ou tirado fotos pensando em compartilhar aqui, vou deixar registrado o que tem, porque acho que vale a dica :D

parrilla madridChegando, direto do aeroporto, fomos almoçar no Parrilla Madrid. Éramos 4 pessoas e pedimos uma parrillada com acompanhamentos livres, todos deliciosos. Tinha uma farofa de ovo incrível e um purê de queijo que por lá tem o nome chic de Aligot de queijo meia cura que é inesquecível. Além disso tinha vários outros acompanhamentos para a chapa com 1,2kg de carnes e linguiças variadas. Bem servido, com chopp Stella Artois. Eu achei caro, mas comi tão bem que vou nem reclamar. :P

Depois de ir madrugada adentro trabalhando e ter um dia seguinte cheio de reuniões e chuva, almoçamos no Tia Zélia, na Vila Planalto, e eu achei sensacional. O restaurante é famoso entre os políticos que trabalham por lá, e vive cheio de engravatados. Mas a simplicidade do lugar permanece. A baiana Tia Zélia acerta na mão, na conversa e no sorriso, indo de mesa em mesa.tia zelia 2Lá o esquema é o seguinte: cada dia tem alguns pratos e você escolhe o que quer comer. Não é prato feito, não é self service, é um a la carte sem cardápio que você paga por pessoa. 30 reais por cabeça e você come a vontade. Quando fomos era dia de rabada, macaxeira com carne de sol e galinhada, além do famoso bolinho de macaxeira com carne moída. Gente, tudo estava tão gostoso, mas tão gostoso. Eu tava com uma fome triste, primeira refeição do dia, então nem registrei os pratos… Mas vai na fé e joga na internet que por lá é só elogio.tia zelia tia zelia 3Depois de encher o bucho lá na Tia Zélia e passar mais uma tarde inteira em reunião e sem ver a cara da rua, quando colocamos a fuça pra fora: chuva. Muita chuva. Então não nos restava nada a não ser sentar pra comer e tomar uma cerveja, né? E foi isso que a gente fez, lá no Beirute da Asa Sul. Ou a gente ia lá ou Ely tinha um troço, porque mais do que todo o trabalho, o Beirute foi a pauta dos assuntos sobre Brasília desde que marcamos a viagem.beirute 3Eu até fiquei animada quando ele disse que tinha uma cerveja da casa, mas quando experimentei eu não gostei :( Tudo bem também, né? Lá tem a Heineken mais gelada da cidade, segundo muita gente. :P Eu ainda estava até a goela do almoço, porque eu realmente exagerei em pratos e mais pratos, finalizando com pudim de leite <3 Mas não podia ir embora sem provar o tal Kibeirute, que é um kibe achatado recheado com queijo e acompanhado com um molho tártaro que olha… Não tava careta não. Bem gostoso mesmo.

beirute 2E pelo que eu vi nas mesas, e li no Foursquare, toda comida de lá é muito boa. Gostei e quero voltar. E falando em Foursquare, vi muita gente indicando uma batida chamada Diabo Verde. Uma batida com um nome desse tem que deixar a pessoa com medinho, né? Principalmente depois de perguntar pro garçon o que é que leva a batida e ele responder que é “cachaça, vodka, rum, menta… é uma farmacinha.” Mas os elogios eram tantos que valeu a pena experimentar. E tenho que dizer, não podia ter outro nome. Ô djabo!beirute copyDepois disso foi só aeroporto de novo… Então não deu pra dizer que conheci Brasília, né? Mas espero voltar em breve, então pode deixar aqui a sua dica que vai ser ótimo trocar essa experiência. :D


mercado central de belo horizonte


mercado de belo horizonte 1 mercado de belo horizonte 5 mercado de belo horizonte 4 mercado de belo horizonte 6 mercado de belo horizonte 7mercado de belo horizonte 3 mercado de belo horizonte 8 mercado de belo horizonte 9 mercado de belo horizonte 12 mercado de belo horizonte 13 mercado de belo horizonte 14 mercado de belo horizonte 11 mercado de belo horizonte 10 mercado de belo horizonte 15Eu amo mercados, do fundo do meu coração. E sei que o Mercado Central de Belo Horizonte não precisa de qualquer apresentação. Mas eu estava saudosa olhando as fotos da última viagem e pensei: vou começar a semana com esse gostinho de sábado e domingo que os mercados deixam. E comecei a separar umas fotos e reviver as delícias que conheci por lá. Claro que minha vontade era levar tudo, TUDO.

Como todo bom mercado, o de Belo Horizonte tem lugar pra beber, comer e comprar. Pra comprar a variedade é incrível. Eu, como uma boa filha de mineiro, sou viciada em queijos. Olhar um box desse com todos os tipos, tamanhos e preços é como quando um cachorro fica olhando aquelas churrasqueiras de galeto, sabe? Os olhinhos brilham. Pra levar eu comprei só o queijo cavala, esse tipo peitinho que fica pendurado, bem artesanal e que você come desfiando. Eu tinha ouvido que não podia mais vender, alguma coisa com a vigilância sanitária.. Mas parece que encontrei um lugarzinho para minha alegria <3 Mas vale a pena demais comprar o queijo canastra, minas padrão e quantos mais você puder levar. Querer, querer mesmo, eu queria todo o estoque de minas frescal. Mas esse daí já é mais difícil de levar, aí deixo pra comer só em Minas e guardar nele o gostinho da viagem. :)

Lá também é ótimo para temperos, pimentas, doces e, claro, cachaças. O doce de leite na palhinha é imbatível, junto com uma boa lata de Viçosa. Mas se você preferir, tem os doces cremosos que você escolhe, bota no pote, pesa e chora de alegria. A goiabada cremosa não é careta não, viu? As pimentas são ótimas pra você levar e conhecer, afinal, não dá pra ficar por aí experimentando todo tipo de pimenta sem querer sentar logo pra tomar um chopp. Então é pedir indicação na lojinha, escolher e provar pra ver se fez uma boa escolha. As cachaças, meu deus… Parece que todas estão reunidas ali. Você entra nas lojas de bebida e fica sem saber pra onde olhar. Entre mil nomes, rótulos e preços, é difícil escolher um pra levar. Mas você vai conversando, descobrindo e sempre encontra alguma que agrada. Então pra quem gosta, tem que comprar. Pra quem não gosta, compra de presente que não tem erro. :)

E claro que tem a parte das compras gerais, presentes, lembranças, decoração, moda, cozinha. Alguma dúvida de que eu queria levar as panelas de ferro e de pedra sabão? Imagina… Quis muito, muito. Mas me contentei em comprar coisas menores pra trazer, como brinquinhos e sandália. Mas ficar andando por todas as lojinhas você sempre encontra alguma coisa que é a cara de alguém e quer comprar de presente, encontra aquilo que você não sabia que existia mas que precisa muito a partir daquele momento, encontra tudo. O bom dos mercados é que você sempre encontra tudo.. Tudo!

E, claro, tem a parte boa: comer e beber. Os botecos de lá são ótimos. Cheios de cerveja gelada e petiscos gostosos. No Botiquin do Antonio a pedida é o chopp artesanal da Backer, escuro ou claro, pra tomar em pé no balcão. E, pra fechar minha viagem com chave de ouro, almocei esse incrível mexidão premiado lá no Casa Cheia, acompanhado de uma Serramalte estupidamente gelada. Então nem preciso dizer que o mercado foi um dos meus lugares preferidos de Belo Horizonte né? Já quero voltar. :)
mercado de belo horizonte 2 mercado de belo horizonte

mercado de belo horizonte 2


meu instagram viu #14 comidas por aí


Captura de Tela 2014-09-22 às 22.36.18Meu Instagram Viu o brigadeiro de leite Ninho com Nutella da Chocolate, Poesia e Arte. E ele é INCRÍVEL! Captura de Tela 2014-09-22 às 22.35.19Meu Instagram Viu as fofuras gostosas do novo e lindo espaço de Recife, o No Quintal Café e Bistrô.Captura de Tela 2014-09-22 às 22.34.53Meu Instagram Viu esse filé com nhoque em plena segunda-feira, entre um job e outro lá no Armazém Central do Shopping Guararapes.Captura de Tela 2014-09-22 às 22.34.35Meu Instagram Viu essa linda e deliciosa salada do Ponto do Açaí, enquanto o Pó de Lua me fazia companhia no almoço.Captura de Tela 2014-09-22 às 22.34.12Meu Instagram Viu essa peixada de mamãe que de tão gostosa colocou todo mundo pra dormir depois :P

Captura de Tela 2014-09-22 às 22.33.43Meu Instagram Viu esse delicioso crepe de charque com queijo manteiga lá da Casa de Irapa.Captura de Tela 2014-09-22 às 22.33.15Meu Instagram Viu essa incrível tapioca rendada do Empório Gerbô.Captura de Tela 2014-09-22 às 22.32.36Meu Instagram Viu essa estúpida sobremesa lá do Café Evoé que fica dentro do Paço do Frevo.Captura de Tela 2014-09-22 às 22.32.16Meu Instagram Viu essa deliciosa e inesquecível feijoada da Pitadinha <3Captura de Tela 2014-09-22 às 22.31.53Meu Instagram Viu meu martírio diário para resistir a esses deliciosos chocolates da Dona Maroca.

Espero que essa sequência de fotos abra o apetite de vocês, como fez comigo hahaha :P

Para acompanhar todos os posts do meu Instagram, segue aqui: Terrinha.

E aqui estão os outros posts da série “Meu Instagram Viu” e até a próxima o/



© 2016 - ideias de fim de semana